Casamento com divorciado

Pergunta: Casei-me com uma mulher casada e ela tem dois filhos, que são duas pessoas fechadas. É muito difícil minha situação. É como se eu não existisse. É um mundo diferente. Sou cristão e minha esposa se converteu também, mas não confio nela. A minha fé esfriou muito pois eu sabia que era errado casar com ela. Agora vejo o casamento de forma diferente. Eu ando muito perturbado por causa disso. O casamento é muito bom quando é feito de forma correta. Eu me arrependo muito em ter casado. A minha vida mudou muito e para pior. Responda-me, peço em nome de nosso Senhor Jesus Cristo. . Obrigada. Odila. Ilha Solteira

 

Resposta: Irmão, você está arrependido, está sofrendo e é nessas circunstâncias que Deus mais pode operar em nossas vidas. Enquanto tudo está bem, em geral, dispensamos a ação de Deus. Mas no arrependimento, no sofrimento e na impossibilidade de fazermos qualquer coisa por nós mesmos, então corremos para Deus e permitimos que Ele aja. Faça isso hoje mesmo. Peça perdão a Deus e entregue seu casamento a Ele. Entregue a esposa e os filhos dela a Ele. Entregue o relacionamento entre você e os filhos dela ao Senhor. E peça-lhe que aja em sua vida, na vida dela, na vida deles. Assuma a posição de sacerdote em seu lar, orando, intercedendo, abençoando. Clame a Jesus por um renovo em sua alma, por abundância de alegria. E frequente os cultos em sua Igreja e leia mais a Palavra de Deus. E descarte em seu coração qualquer possibilidade de separação ou divórcio, pois isso não vem de Deus, mas do inimigo que quer destruir as famílias. O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância (Jo 10:10)

José Adelson de Noronha

About these ads

30 comentários sobre “Casamento com divorciado”

  1. Paz Pastor, preciso de ajuda!
    Fui casada há 9 anos e temos dois filhos pequenos que moram comigo. Ambos tráimos um ao outro, éramos evangélicos e meu esposo foi embora de casa. Neste tempo houve grande influência da família dele que não permite e nem aceita nossa volta, mas tivemos vários encontros, até que ele encontrava algúem para se relacionar. Nestes quase 2 anos foram cinco namoradas e eu de joelho no pó, sempre orando pra ele voltar. No começo deste ano ficamos um bom tempo nos vendo escondido de todos, até que agora ele encontrou uma pessoa 17 anos mais nova que ele, ela é da igreja, canta e ele está querendo montar uma igreja junto ao pai dele e será o co-pastor da igreja. Nos deixou de lado, nunca mais me ligou, esqueceu dos filhos, está vislumbrado com ela, com esta igreja, isto tudo não entra na minha cabeça. Não pode ser de Deus. Eles querem casar no final do ano. Então fico pensando, meu Deus, o que é que o Senhor tem com tudo isto, só querdo meu esposo novamente. O que faço?

  2. Sônia, mesmo ele tendo tido filho com você primeiro, este homem optou por casar-se com a outra moça. Portanto, ele é casado e qualquer relacionamento com você é adultério.

    Aceitá-lo e conviver sexualmente com ele é pecado de adultério e fornicação. Ele não deve, porém, desamparar o seu filho, seja afetivamente, seja financeiramente.

    Rejeite, portanto, essa situação, deixando nas mãos de Deus resolver essa questão.

    Que o Senhor lhe conceda graça, guardando-a das tentações.

  3. Eu estou a 1 ano e 4 meses separada do pai do meu filho, pois ele foi embora quando estava com 3 meses de grávida, o fato é que ele casou no civil e agora a esposa dele está grávida. Hoje ele voltou para a minha casa, mas confesso que por pior que essa moça tenha feito para que nós nos separássemos, eu estou com um peso na consciência, por saber que tem uma criança que também sofre junto com ela, pois eu chorava e muito o o meu filho também não ficava bem.
    Não sei o que eu faço, pois ao mesmo tempo eu quero que o meu filho seja criado pelo próprio pai ao mesmo tempo eu tenho pena é dela que também está passando por esta situação.
    Confesso que eu também já entreguei nas mãos do Senhor a minha vida, a do meu filho e a dele também.

  4. Débora, vocês moravam juntos, mas em pecado. O filho de vocês é abençoado, embora vocês o tenham tido em pecado. A existência do filho não justifica a continuidade do pecado.

    Se ele quiser voltar para você, deve ser na condição de casados, para que não continuem pecando. Se não, é melhor, para sua salvação, permanecer solteira. Isso não impede você de exigir do pai uma pensão para criação e educação do filho.

  5. Ore para que Deus conceda a ele fé, salvação e pleno enetendimento de quem é Jesus, o amado de Deus.

    Se ele se converter e amar verdadeiramente a Jesus, ele será um bom marido.

    Enquanto isso, não se envolva sexualmente com ele, pois sexo fora do casamento é pecado.

  6. Fiquei muito tempo afastada dos caminhos do Senhor , neste tempo conheci uma pessoa e namoramos durante 8 anos , depois fiquei grávida e tenho um filho lindo .. resolvemos morar junto , mas infelizmente brigávamos muito e nos separamos , eu voltei para os braços do pai , porém estou confusa não sei se quero esquece-lo , ou se oro pra Deus o salvar e nos casarmos , pois temos um filho juntos

  7. Nem sei como encontrei esse sit, mas me surpreendi muito com as opniões, principalmente essa de Hélio Sanches, confesso fiquei horrorizada com quande ele pronucia um chingamento “ssafado” e logo após aborda os mandamentos de Deus, percebe-se que ele ñ cumpre nem o primeiro pois se assim fosse , ao invés de colocar essa pelavra, mostraria seu amor com uma opnião mas amável e não com agressão verbal, que Deus tenha misericórdia de ti dê a paz sempre e procure cumpri o 1º mandamento pois esse foi o que mais o Srº Jesus usou aqui, depois vá em frente, quem sabe um dia vc não precise só da teoria pois essa é muito fácil que Deus nos abençõe e tenha misericordia pois é por ela q seremos salvos

  8. Estava navegando pela net achei essa grande discussão sobre divórcio e parei pra ler e fiquei muito entristecida por dois fatos: Como tem gente sofrendo dentro de casamentos ou relacionamentos falidos e como tem crente que julga e fere aos irmãos que estão sofrendo! Imagina só se Jesus tivesse executado a lei do velho testamento e tivesse dito para apedrejarem Maria Madalena! Pergunto aos jogadores de pedra: Executar a lei ou exercitar a misericórdia? O que Jesus CRisto nos ensinou? Ele nos ensinou em não vivermos no pecado, mas sim nos arrepender e aceitá-lo em nossas vidas, e tudo mais o Senhor resolverá!
    E ainda digo mais, escutem isso que estou escrevendo aqui para os irmãos que sofrem: Quem fere ao próximo, Deus o ensinará a não julgar os tropeços dos irmãos com experiências vivas na própria carne! Freiem a língua para não machucarem aos pequeninos do Senhor Jesus, pois foi por todos nós pecadores que o Senhor Jesus derramou seu sangue poderoso!
    E digo a todos os irmãos que passaram por divórcio que orem a Deus, se arrependam dos seus pecados e busquem todos os dias a salvação e não escutem os fariseus que são pedras de tropeço pra aqueles que estão tentando entrar no Reino dos Céus. Não escutem os Fariseus que são sepulcros caiados, ou seja, estão todos cobertos pela lei e letra (que mata) e desconhecem que Jesus é disse assim: Mande vir ao meu banquete celestial os mancos, cegos, aleijados e ficarão fora os fariseus! Jesus veio para buscar e levantar o caído! E não para lançá-lo ao inferno: “Aquele que vir a mim de forma alguma o lançarei fora!”
    Parabéns ao Pastor José Adelson pois ele conhece o caminho da salvação e concordo com suas palavras todas baseadas na Palavra do Senhor!
    Espero ter ajudado aos que sofrem…..

  9. Gente, estudem a Biblia, DEUS NÃO DESOBEDECE A SUA PROPRIA LEI!
    Que lorota é essa aí?
    Querem ser safados, NÃO tem problema, mas não acumulem DESGRAÇAS. OS 10 MANDAMENTOS DEVEM SER OBEDECIDOS, É ATUAL E SEMPRE SERÁ!

  10. Em uma situação parecida com a testemunhada pela Cindy, estava navegando pela internet, buscando estudos e entendimentos sobre o divórcio….era católica e aceitei Jesus em minha vida há 2 meses….

    Namorei por 10 anos um rapaz, o qual me dedicava intensamente na juventude…. iniciamos o namoro eu com 18 e ele com 21 anos. Com 3 meses de namoro, descobri q ele ainda permanecia com uma ex-namorada. Qdo descobri, me afastei e logo depois ele a deixou. Iniciamos entao um namoro, e assim permanecemos durante os 3 anos seguintes. Fiquei grávida e tive um aborto, o que me abalou profundamente, entrei em depressão e mto pouco apoio recebi do meu namorado, pois este dizia q eu ficaria louca… Ainda assim, namoramos por mais 8 anos, e ficamos noivos.

    Três meses antes de casarmos, ele mudou completamente, e em um domingo pela manhã, ele revelou que não queria mais casar-se, que não me amava mais…. Fiquei atordoada, perdida, meu chão desabou, e quando questionado sobre a verdadeira razão, ele sempre afirmou q tinha medo, que não sabia se me amava realmente….

    A pressão da família, tanto minha quanto a dele, católica, o convenceram de que ele estava errando, e assim continuamos juntos, e nos casamos.

    Ele vivia em outra cidade, em razão do trabalho, já havia 7 anos….

    Não tivemos qualquer momento de paz desde que passamos a viver juntos. Em 3 meses de casamento, recebi a ligação em meu trabalho, da sua amante….

    Novamente, perdi o chão, a humilhação, a dor sentida não se pode medir…. ele por sua vez, me pediu perdão, disse sim q estava com ela, mas q queria ficar ao meu lado….

    Mas isso não durou… iniciou-se então um período de mtas tribulações, cada vez maiores, com ele me deixando e permanecendo com ela, voltando e me pedindo perdão….

    Entrei em depressão, perdi a vontade de viver, tinha vergonha, me sentia humilhada, com mtas vezes ele afirmando que era o melhor que eu me matasse, que sumisse de sua vida…. por muitas vezes, saí dirigindo nas ruas, com uma vontade de acabar com a minha vida….ou com a dele….

    Assim, irmãos, permaneci na vida durante 3 anos…. Conheci outra pessoa, iniciei um namoro, mas o ciúme incontrolável me fez afastar-se.

    No início de 2007, depois de aceitar que meu marido havia me deixado, e resgatando minhas forças, acabamos nos encontrando novamente… ele se arrependeu novamente, largou da amante e voltou pra casa, pedindo transferência da cidade em que morava, para que pudéssemos estar perto novamente.

    Quando realmente agradeci por estar novamente em paz, começou um período de brigas incansáveis, ora por manias, ora por desentendimentos diversos em razão de maneiras de viver…. falta de tempo em razão do trabalho, egoísmos…. e estas brigas tornaram-se agressões…

    Por diversas vezes, ele me ameaçava, me humilhava por ter tido outro relacionamento, me agredia fisicamente, me chutando, espancando, até mesmo tentando me sufocar…. logo depois, me pedia perdão, e eu permanecia na esperança de estas agressões tivessem fim….

    Até que um dia, em uma das agressões, pedi socorro ao meu pai….

    Resolvemos nos separar.

    Estava perdida, triste, e na minha carência, conheci um rapaz…

    Até que conseguisse alugar um outro apartamento dividi o apartamento com este rapaz e nos envolvemos.

    Estávamos muito felizes, ele era extremamente carinhoso, atencioso, me tratava com respeito. Fazíamos planos e ele me convenceu a nao me mudar de casa, esperaríamos meu divórcio para que pudéssemos nos casar. Fiquei grávida mas tive um aborto espontâneo. Logo depois disso, o comportamento dele mudou, algo o deixava inquieto e ele se abriu dizendo q era cristão, que estava afastado e que nossa situação não estava certa…

    Foi doloroso, fiquei confusa… não conhecia a Palavra e tudo o que ele dizia me trazia sentimentos de rejeição, de engano, de traição.

    Resolvi me mudar de lá, conversamos com um pastor, e entendemos que tínhamos que nos afastar para que pudéssemos nos aproximar de Deus, esperando que Ele nos guiasse.

    Mas ainda assim, continuamos a nos falar, eu começei a freqüentar igreja com ele e aceitei Jesus em meu coração e como único Salvador.

    Não tivemos mais qualquer contato que nos levasse ao pecado, e buscamos a Palavra…

    Hoje estamos nos afastando para nos purificar, nos enchermos do Espírito Santo.

    Espero em Deus o propósito que Ele tem pra mim. E se a Sua vontade for a que fiquemos juntos para assim formarmos uma família, aceitarei. Ainda assim, se Sua vontade for para que sejamos somente amigos, aceitarei.

  11. Patrícia, creio que pode dar certo sim, pois para Deus nada é impossível.

    Ore diariamente pela conversão de seu marido e por uma transformação no caráter dele. E, de sua parte, veja o que você tem feito de errado, arrependa-se, peça perdão a Deus e também a seu marido.

    E busque viver com sabedoria, com o temor de Deus no coração, pois a esposa sábia edifica o seu lar.

    “E o Deus da esperança vos encha de todo o gozo e paz no vosso crer, para que sejais ricos de esperança no poder do Espírito Santo” (Rm 15:13)

  12. Paula,
    infelizmente, por não conhecerem bem a Palavra de Deus, vocês trilharam por caminhos que trouxeram tristezas, não só a Deus, mas também a várias pessoas. Tomaram decisões erradas, que afetaram (e ainda afetam) a vida de muita gente.

    Mas Deus foi misericordioso com vocês e permitiu que casassem-se e vivessem casados por tanto tempo e ainda lhe permitiu reconhecer o pecado e voltar-se para Ele.

    Mas agora, filha, vocês devem deixar as coisas como estão, pois divorciar-se é trazer mais mal que bem.

    Vocês já têm uma família (filha), a ex-esposa também tem outra família, os filhos dele no primeiro casamento provavelmente estão seguindo seus próprios caminhos e nada garante que a ex-esposa o aceitará de volta e muito menos que eles viverão bem.

    Aproveite que você voltou para os caminhos de Deus e dê bom testemunho para o seu marido, sendo esposa fiel, boa dona de casa, companheira idônea dele. E convide-o para ir com você, para conhecer a Palavra de Deus.

    Persevere em sua decisão de conhecer mais a Cristo, de obedecê-lo e, havendo oportunidade, oficializem sua união também na Igreja.

    Que a graça e a paz do Senhor esteja com vocês, em seu lar.

  13. GOSTARIA DE SABER SE VC ACHA O NOSSO CASAMENTO VAI DAR CERTO OU NÃO PQ ME CASEI COM ELE HÁ 4 MESES MAS SEMPRE BRIGAMOS MTO E ELE SEMPRE ME AGREDIU MAS AS VEZES ELE ME MENTIU ALGUMAS COISAS DELE E NAO SEI SE ELE AINDA ME AMA OU AMA ALGUEM (UMA AMIGA DELE)… EU JA SOFRI MTO E AGORA?

  14. caros amigos, preciso tomar uma decisão muito séria em minha vida e gostaria de uma opinião . estive desviada por 10 anos e neste intervalo conheci um homem que tinha se separado varias vezes e voltado com a esposa e vivia um casamento sem amor . Eles tinham 3 filhos e numa dessas separaçoes ele viveu 2 anos com outra mulher. Quando o conheci ele estava se separando dessa segunda mulher e a esposa dele acho que tinha esperanças de reconciliação. Porem ao me conhecer procurou se divorciar e nos casamos.Ja se passaram 17 anos e temos uma filha de 9 anos .A ex esposa dele nao se casou mas tem um filho de outro relacionamento.Voltei para a presença do Senhor. Devo me divorciar?

  15. cara amiga, quero te dizer que Deus está presente nas suas decisões, e não importa sem diga se voce está certa ou errada, esteja do lado de Jesus e será bem sucedida. melhor é voce ir p o ceu sozinha do que os dois perdiçao eterna rose

  16. Caros,
    Não quero comentar sobre a situação de ninguém, apenas quero comentar o que houve comigo:
    Sou cristã, na época tinha 22 anos e solteira, encontrei um antigo namorado de adolescência(não éramos cristãos) e em desobediência ao meu pastor e principalmente à Deus, comecei a namorá-lo e o pior ,ele era espírita!!!!!!! já podem imaginar no que isso deu, acreditei que poderia levá-lo para igreja, mas foi o contrário me levou pro mundo e acabei engravidando. Me casei no civil c/ a presença apenas da minha mãe pois o meu pai não queria nem me olhar (e assim morreu sem me perdoar) esse casamento durou apenas 03 meses, era um verdadeiro inferno a minha vida, ele se transformou por inteiro, e no sétimo mês de gravidez voltei p/ casa dos meus pais. Sofri todo tipo de humilhação e acusação por parte da família
    chorava e implorava a Deus uma solução. Até que algum tempo depois conhecí uma pessoa, que aceitou a mim e minha filha, me divorciei e nos casamos (já são 15 anos)e tivemos um filho e o melhor estamos todos na igreja.
    Sabe irmãos existem coisas que acontecem, que não consequimos entender, portanto o que não entendo não julgo.
    Deus nos abençoe de forma grande!!!!!
    Paz para todos.

  17. OlÁ CLAÚDIO!
    COMO VOCE MESMO DIZ,”mas se Deus quiser me dar uma nova companheira eu vou aceitar pela fé e pronto, ” É aí justamente onde muitos erream, DEUS já lhe deu uma companheira, só que meu irmão voce não olha para sua vida e não analiza a sua situação. Será que voce “FOI” um bom marido?
    “Aos que posam de santos e atiram pedras nas pessoas por não estarem passando as mesmas coisas que elas parabéns, esperam que nunca passem por isso também, caso contrário, quem sabe o discurso muda e fica mais “misericordioso” não é ? ” Essa desculpa, é dos gays tambem que não conseguem viver como manda a Palavra de DEUS, para justificarem seus desvaneios, e DEUS não quer ninguem infeliz, não é mesmo Claúdio?
    Ora fomos avisados pelo FILHO Dde DEUS, de que neste mundo teremos dores e afliçõe mas tende bom ânimo… Mas uma vez voce cita a Bíblia “Nesta circunstância é que tenho dito que o divorciado pode encontrar a terna misericórdia do Senhor, caso se arrependa e O busque de todo o coração. E isso, amado, vale para todos os pecadores, sejam eles divorciados ou mentirosos, assassinos ou idólatras.” ENGRAÇADO, apelamos para a MISERICÓRDIA de DEUS, para nós, e os outros, será que DEUS é somente nosso? LÁ vai voce outra vez: “caso se arrependa e O busque de todo o coração”! Voce já tentou analizar essa questão como se voce fosse o outro ? Ou voce se acha tão bonzinho que NÃO pode passar por essas aflições? Esta escrito: “Se te mostras fraco na angústia, onde esta a tua fé? Me diga, a pergunta é feita a voce tambem, ou não?”…embora nos dois fôssemos à igreja, mas minha esposa nunca levou uma vida cristã verdadeira, ( E VOCE LEVAVA?) talvez até por doença psicológica por ter um ciúme doentio, ela me fez sofrer todos esses anos e ela próprio sofreu também, levávamos uma vida totalmente miserável e destruida, meu testemunho como homem casado era péssimo devido às situações que ela me expunha,… Ora irmão se ela é ou era doente, ela tem até mais “justificação” para ser o que foi, não acha? No momento em que ela mais precisou de voce, voce pulou do barço! Belo AMOR, sublime AMOR esse seu! LÁ VEM voce outra vez! “Com relação as leis de Deus realmente elas não mudam, mas a bíblia não deve ser interpretada ao “pé” da letra, senão poderiamos questionar porque Deus permitia o casamento de um homem com várias mulheres no passado e hoje não é mais permitido, o pecado mudou ? ” E o que dizer, da compra de escravos, apedrejar o filho por ele ser desobediente, o adultero, etc. OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE, ainda é o seu lema então?
    “Eu creio que Deus JAMAIS quis esse casamento” e por que voce casou então, se já sabia? Ora, primeiro voce alega o procedimento da sua esposa, para depois justificar o seu! Será que é assim mesmo que deve ser, ou tudo que ela aprontou, de certa forma foi até bom para voce ter os argumentos que precisava para se “CASAR” novamente! E esse “NOVO CASAMENTO” DEUS aprova, tem certeza, ou voce vai viver nessa de casa separa casa separa.? AH! os ímpios é que estão certos, vão morar juntos, por algum tempo para ver se é isso mesmo que DEUS quer, caso não dê certo não foi ELE foi o CAPETA,que os juntou, então começa-se tudo de novo, quando não separar mais, aí sim, foi DEUS quem juntou?
    ACORDA HOMEM, AINDA É TEMPO, FAZ UMAS 10000000000000000000000 ORAÇÕES, PÕE A CABEÇA ARA FUNCIONAR.
    NÃO TENTARAS O SENHOR TEU DEUS, NEM JUSTIFIQUE O INJUSTIFICAVÉL!
    SAUDAÇÕES EM CROTO. VIVALDO

  18. A parada do ORGULHO GAY, foi uma beleza!
    Vimos muitos homens felizes com seus companheiros, inclusive inumeros adulteros em seus segundo, terceiro ou mais casamentos, citando a BÍBLIA, como se a mesma apoiasse as safadezas ,que já tem livre acesso nas igrejas que se dizem cristãs. Como pode 2 pesos e 2 medidas? Ora já vimos que qualquer um pode usar a PALAVRA de DEUS, dando sua interpretação, afim de justificar as abominações, praticadas a céu aberto, com a maior alegria, e pasmem ridicularizando aqueles que querem viver conforme UM ASSIM DIZ O SENHOR!
    Até a Igreja Adventista TÃO PURA NO PASSADO, hoje vive mergulhada num mar de lama juntamente com muitas igrejas que els combatiam no passado. Revoluções dentro da mesma, fes com que os “SANTIHOS” criassem o tal MINISTÉRIO LEIGO, que tempos atrás”QUERIAM” viver conforme a BÍBLIA! Pura ilusão, falsidade, hoje o prato principal é falar das IGREJAS ADVENTISTAS, falar de uma tal 2300 tardes e manhãs, O OITAVO REI, O PAPA como A BESTA, do Apocalipse, sem falar das discórdias doutrinárias entre eles mesmos. Já apareceu até o TERCEIRO ELIAS no meio dels, o nome de JESUS é outro ponto de separação. MUITAS FACÇÕES, foram criadas. O acesso ao http://www.adventistas.com é um prato cheio, para os ímpios observarem que SANTIDADE, não é o LEMA deles. Na era da INTERNET, grupos de pessoas se comunicam e se adaptam as heresias pregadas por um rebanho de “OVELHAS” sem pastor, onde o lema é : Proibido proibir! A felicidade passageira tem prioridade em relaçao a VIDA ETRNA, eles pensam como muitos ,viver o hoje , só que em um sentido deturpado, essa de basta cada dia o seu mau, não consta nos seus ensinos, eles querem é ser FELIZES AQUI MESMO, pois já não acreditam mais nas promessas de DEUS! NESTE mundo tereis dores e aflições… NÃO consta no´B A BÁ deles! COMO FALAR DA IGREJA MÃE, IASD, se são piores da que a MÃE? Doutrina para eles é falar contra a TRINDADE, e nada mais! Procurem um Grupo , e observem que não existe nenhuma diferênça, entre eles , e os acusados por eles!

  19. É, realmente o mundo jaz no malígno como disse o ‘ SENHOR DA GLÓRIA’! Quanto ao casamento entre divorciados e casamento gay, creio que ao invés de você ficar falando deve orar por eles, não acha, Eugênio? Olhe para dentro de você mesmo e veja se tem amado estas pessoas. O Nosso SENHOR JESUS quando encontrou aquela mulher que os escribas e fariseus levaram pega em pleno adúltério lhe disse ” Eu porém não te condeno, vá e não peques mais”. Quanto ao SABADO DEUS esta se referindo ao descanso, não em um dia literal, por exemplo, no Japão é sabado, no Brasil ainda é sexta, na Australia, vai começar ainda o SABADO. Existe um só DEUS, ou você crê em varios deuses, se crê em só DEUS, como acho, ELE nunca se dividiu, certo?!? Que ELE tenha misericórdia de ti. JESUS te ama, assim como às lésbicas, prostitutas e etc… Ore por eles, DEUS É AMOR!!!

  20. O MUNDO JAZ NO MALIGNO!
    O ADULTÉRIO DENTRO DAS IGREJA JÁ É NORMAL, e o casamento gay, já estar a caminho, agurdem!!!
    AIASD. já aceita casamento de divorciados, adulteros, o que ela quer mesmo é o dízimo, guardar o sábado,já era, agora vale tudo! o ministério leigo, ah! ah! esse, é uma gozação.

  21. JÁ PENSARAM NA MOÇA FEIA!
    O QUE É QUE ELA FAZ, SE MATA, JÁ QUE NÃO ARRUMOU MARIDO, OU VIRA PROSTITUTA?
    NÃO SABEM RESPONDER?
    VENDE TUDO, EU DISSE TUDO E DAR O DINHEIRO AOS POBRES, E ME SEGUE! VOCE ACEITARIA ESSE CONVITE? ELE, O MOÇO RICO, TAMBEM DISSE NÃO!
    ACHAM QUE CRISTO JÁ FEZ TUDINHO E VOCE MANÉ, NÃO PRECISA FAZER NADINHA!!

  22. Prezados,

    Eu estava navegando na internet, procurando material a respeito de divórcio, separação, nova união… como forma de informação, de conhecimento, de entendimento…

    Eu sou divorciada há quase 4 anos de um casamento de 21 anos e neste tempo sempre seguindo aos mandamentos cristãos, não por obrigação e sim por convicção. Fui fiel, fui submissa ao meu esposo, fui dedicada, fui amorosa. Mas chegou a uma fase insustentável em que o desamor se instalou, e afinal a separação foi inevitável.

    Durante muito tempo me angustiei por ter perdido todas as minhas forças em continuar lutando, persistindo, perseverando… pedi perdão ao Senhor por ter falhado, mas estava muito além de minhas forças.

    Há 2 anos atrás, Natal de 2005, por um acaso me deparei com um versículo que cita:

    ” Se algum irmão tem mulher descrente, e ela consente em habitar com ele, não a deixe.
    E se alguma mulher tem marido descrente, e ele consente em habitar com ela, não o deixe,
    Mas, se o descrente se apartar, aparte-se: porque neste caso o irmão, ou irmã, não está sujeito à servidão: mas Deus chamou-nos para a paz.” I Corintios 7:15-17

    Refleti muito sobre este versículo, muito chorei… mas afinal me aliviei.

    “O amor não seja fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem Romanos.” 12:9

    Existem apenas duas pessoas que conhecem a nossa vida e a nossa verdade: nós mesmos e o Senhor Pai.
    De modo que se quisermos respostas às nossas angústias, à Ele devemos buscar, e à Ele confessar nossos pecados, e à Ele pedir perdão !!! Acredito, sim, na benevolência e misericórdia do Senhor.

    ” E a vida eterna é esta: que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” S. João 17:3.

    “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por Mim.” S. João 14:6.

    “O que vem a Mim, de modo nenhum o lançarei fora.” S. João 6:37.

    Atualmente conheci outra pessoa, estou em amor com ele e pretendemos nos casar no próximo ano. De uma forma que só eu entendo (muitas atribulações, muitas dúvidas, muitas angústias, orei e entreguei meus caminhos ao Senhor), tenho a convicção de foi Deus que o colocou em minha vida. Ele, assim como eu, somos em Cristo e cremos no Senhor e iremos pedir para abençoar nossa união, não perante aos olhos das pessoas, mas perante ao Seu imenso amor e benevolência para conosco. Quanto ao certo ou errado… (já me martirizei muito porisso; orei e pedi ao Senhor que se fosse contrário, que Ele nos apartasse… e o que aconteceu foi que a cada atribulação, nos unia ainda mais), de forma que agora entregamos nossos destinos ao Seu comando:

    “E se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a à Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-à dada.” Tiago 1:5

    “importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo” (II Cor. 5:10),

    “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça.” I João 1:9

    “Não estejais inquietos por coisa alguma: ante as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplicas, com ação de graças,
    E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.” Filipenses 4:6-7

    Acredito, sim, no imenso amor que Deus tem para conosco !!!

    Deixo aqui, apenas o meu depoimento.

  23. Aos que posam de santos e atiram pedras nas pessoas por não estarem passando as mesmas coisas que elas parabéns, esperam que nunca passem por isso também, caso contrário, quem sabe o discurso muda e fica mais “misericordioso” não é ? Com relação as leis de Deus realmente elas não mudam, mas a bíblia não deve ser interpretada ao “pé” da letra, senão poderiamos questionar porque Deus permitia o casamento de um homem com várias mulheres no passado e hoje não é mais permitido, o pecado mudou ? Eu creio na misericórdia que o pastor José Adelson falou, Deus é misericordioso, e há situações como a minha em que estive casado por 13 anos e passei as maiores humilhações possíveis, uma vida miserável, embora nos dois fôssemos à igreja, mas minha esposa nunca levou uma vida cristã verdadeira, talvez até por doença psicológica por ter um ciúme doentio, ela me fez sofrer todos esses anos e ela próprio sofreu também, levávamos uma vida totalmente miserável e destruida, meu testemunho como homem casado era péssimo devido às situações que ela me expunha, tive problemas em todas as áreas da minha vida, fui agredido verbal e fisicamente por ela, fui chamado até de gay diante de pessoas que não conhecia, fui de chamado de safado e outros adjetivos, fui maltratado e desrespeitado e tudo isso sendo fiel a ela, e vocês vem o dedo em riste dizer que Deus isso, Deus aquilo, por favor… Eu creio que Deus JAMAIS quis esse casamento, e ele é poderoso para não deixar ninguém subjugado numa situação destas, eu nunca quis me separar, tenho sofrido praticamente diuturnamente durante 13 anos, mas agora chega eu tenho fé que Deus vai mudar a minha vida, e quando isso acontecer faço questão de escrever aqui para que os senhores saibam que Deus é absoluto para fazer o que ele bem entender. O que Deus uniu o homem não separa, mas Deus pode separar, se ele vir que a situação é insustentável, não faço apologia do divórcio, eu ficaria com minha esposa por 100 anos, mas não fico mais um dia dessa maneira, já estou me separando e coloco minha vida nas mãos de Deus, se ocorrer um milagre posso até voltar a ela, mas se Deus quiser me dar uma nova companheira eu vou aceitar pela fé e pronto, é fácil ficar somente na letra, mas a letra MATA, o espírito vivifica, cuidado acusadores vocês podem estar matando as pessoas, tenho visto alguns exemplos de pessoas que sofriam muito e tiveram uma nova oportunidade e hoje são felizes e dão bom testemunho, pelos frutos os conhecereis diz a bíblia, é melhor ficar dando escândalos, sofrendo, tendo a polícia à porta como já aconteceu comigo? Tendo que ir parar na delegacia, vendo a esposa agredir a mim, agredir a outras pessoas por um ciúme doentio de anos a fio e SEM QUALQUER RAZÃO ??? Eu estou aqui pronto a discutir com qualquer pessoa sobre isso, mas vá primeiro passar 1/100 do que eu passei amigo, você conhece a Deus, conhece a misericórdia dele ou está somente na LETRA amigo, enquanto a sua vida vai muito bem obrigado ?

  24. Amado José Roldão

    fico grato pela sua participação e atenção com que leu os textos acima, bem como pelos seus comentários. Tenho zelo pela Palavra de Deus e procuro sempre não ser pedra de tropeço na vida de ninguém, muito menos na minha própria vida.

    Não endosso o pecado de forma alguma, seja ele qual for. Fundamentado, porém, na própria Palavra de Deus, reafirmo minhas posições a respeito do amor de Deus para com o pecador. Deus é justo, santo e não pode conviver com o pecado, é verdade, mas Ele é também misericordioso. E é por causa da Sua misericórdia que todos nós, eu, você e todos os que crêem, fomos salvos (Rm 11:32). Nossa salvação jamais poderá ser por obra de nossas justiças.

    A misericórdia triunfa sobre o juízo, amado, e te convido a meditar sobre o rigor dispensado ao divorciado que vive abrasado, porque o juízo será sem misericórdia para com aquele que não usou de misericórdia (Tg 2:13). O próprio Senhor Jesus afirma que nem todos estão aptos a viver em completa abstinência sexual. Isso está na parte que você deixou de citar em Mt 19.

    Quanto ao poder da graça de Deus sobre seus filhos, concordo plenamente. Devemos procurar andar sempre na luz e na verdade e jamais na prática do pecado. Lembre-se, porém, que se alguém disser que não tem pecado, já está pecando, chamando a Deus de mentiroso. E que, se alguém pecar (estou falando do cristão, daquele que tem o Espírito santo), há solução para ele, através do arrependimento e confissão. Eu não quero pecar mais, vigio para não pecar, mas se acontecer, sei que tenho um advogado junto ao Pai que irá interceder por mim. Leia 1 Jo 1 e 2.

    Irmão, tenho sempre dito que o cristão não deve se divorciar, em hipótese alguma (nem mesmo no caso de relações sexuais ilícitas) pois ele sabe qual é a vontade de Deus para o casamento. Mas o ímpio divorciado que se converte e quer viver uma vida santa, sem pecado e, por causa da misericórdia de Deus, encontra uma mulher de Deus, deve fazer tudo, tudo mesmo, para viver um novo casamento santo, glorificando ao Senhor, honrando seu cônjuge, sendo um exemplo de nova criatura. Creio sinceramente que é disso que Deus se agrada, e não do sacrifício da carne abrasada. “Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes. Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero e não holocaustos; pois não vim chamar justos e sim pecadores ao arrependimento” (Mt 9:12,13).

    Que o Senhor te abençoe.

  25. Errado, José Adelson.

    Deus não assina em baixo de nossas transgressões.

    O segundo casamento é pecado, pecado de morte. Está muito claro na bíblia, dito pelo próprio Deus, na Pessoa de Cristo Jesus. Lembra? Aquele versículo que explica claramente que o que Deus uniu o homem não separe e aquele que se casar com alguma divorciada comete adultério e vice-versa. Estude mais detalhadamente Mt 19,9-11.

    Cuidado com seus conselhos contra a Palavra de Deus, pois, como deve saber, aquele que guia ou cuida de outros terá de prestar contas no Juízo, tanto dos outros que guiou quanto de si mesmo.

    Claro, é bem mais conveniente adaptar interpretações bíblicas tendo em vista nosso prazer e satisfação pessoal. Lembro-me de Santo Agostinho: “Tantas cabeças, tantas sentenças”.

    Porém Deus não altera suas leis por causa de nossos pecados ou nossas misérias (sic), ao contrário, nós é que devemos alterar nossa vida para servirmos SOB Suas Leis.

    Um divorciado PODE e deve oferecer a sua situação em SACRIFÍCIO. Aliás, não há como saber se a outra parte de sua carne, pois, se foram validamente casados na Igreja de Cristo tornaram-se UMA SÓ CARNE, realmente não irá retornar. Acredita mesmo que o segundo casamento é mais viável do que esperar no Poder de Deus?

    Deus quer a salvação de todos os pecadores sim, é claro! Mas para que esses pecadores se salvem é preciso que deixem os seus pecados, não que os multipliquem acreditando já estarem salvos. Certamente, é muito mais fácil acreditar já estar salvo, mas a porta pela qual devemos entrar, José Adelson, é a estreita! Não essa que você ensina com suas palavras que justificam pecados em prol de um bem estar psicológico ou sentimental, palavras em prol da “felicidade” temporal, esquivando-se da salvação eterna.

    Você escreve que é impossível uma pessoa viver neste mundo cheio de lascívia e prostituição, sem pecar.

    Ora! Você endossa o pecado????

    Sim, pois se é “impossível” ao homem não pecar, como fica a ordem de Deus: ““Dirás a toda a assembléia de Israel o seguinte: sede santos, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo”. (Lv 19,2)?

    Deus, então, mentiu? Ora, José Adelson, não incentive ou endosse as misérias dos homens, pois ninguém tornar-se-á santo se continuar em pecado, se for impossível não pecar!

    Esqueceu que ao homem algo pode ser impossível, mas a Deus TUDO é possível? Está dizendo que Deus não dispensa sua Graça a nós, filhos Seus? Sim, pois com a Graça Dele podemos ser santos! O batismo, sem si, já confere a vocação para a santidade!

    Ou será que agora, porque o José Adelson disse isso ou aquilo, vamos mudar o texto bíblico onde diz que o Espírito de Deus não habita num corpo sujeito ao pecado?

    PAX

    Domonus sit in corde tuo

    José Roldão.

  26. Amado irmão Antônio,

    creio que o irmão está fazendo uma leitura equivocada acerca da minha posição a respeito do divórcio e um segundo casamento.

    Eu não apoio o divórcio e não incentivo um novo casamento, pois sei que essa não é a vontade de Deus. Mas Deus é misericordioso e de forma alguma deseja que o divorciado viva na prática do pecado, uma vez que é impossível retornar ao casamento anterior e também é impossível a ele viver neste mundo cheio de lascívia e prostituição sem pecar.

    Nesta circunstância é que tenho dito que o divorciado pode encontrar a terna misericórdia do Senhor, caso se arrependa e O busque de todo o coração. E isso, amado, vale para todos os pecadores, sejam eles divorciados ou mentirosos, assassinos ou idólatras.

    Deus abençoa um segundo casamento sim, por misericórdia, quando Ele vê que a alma da pessoa estará perdida, enlaçada no pecado, se permanecer divorciada. Os cônjuges nesta situação nunca deverão esquecer-se de agradecer eternamente ao Senhor, pelo Seu amor e misericórdia. E deverão sempre fazer de tudo para glorificarem ao Senhor dando bom testemunho conjugal.

    Deus quer a salvação de todos os pecadores. E Ele a dá de Graça, por meio de Jesus Cristo: “Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, —pela graça sois salvos, e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus;” (Ef 2:4-6)

    Que o Senhor te abençoe e guarde em Cristo Jesus.

  27. TANTO HOMEM ou MULHER CASADOS, SÓ TERÃO DIREITO A UM NOVO CASAMENTO COM A MORTE DE UM DOS DOIS. PONTO FINAL!!Romanos 7:2-3, é uma das inúmeras passagens que falam contra a separação e novo casamento enquanto um não houver falecido.
    Tempos atrás o “BRASIL” dizia que o divórcio jamais seria aceito, pois eram um país CRISTÃO… As igrejas com o passar dos anos, já se acostumaram, e essa, não é mais a questão para ser discutida, o assumto agora é casamento homossexual. Da mesma forma que aceitarão o Divórcio, COM TODA CERTEZA, casamentos HOMOSSEXUAIS, serão realizados diante do altar de TODAS, eu disse TODAS as igrejas,do mesmo modo como são realizados os casamentos ADÚLTEROS!!!
    Já se estipulam-se 30 salários mínimos para quem desobedecer a tão esperada LEI de “casamentos” HOMOSSEXUAIS

  28. Dicordo de inúmeras respostas que o Sr. tem dado, visto ser contrário a PALAVRA de DEUS. Isto de ficar com uma mulher casada, e dizer que DEUS aprova é ANTI-BIBLICO! Prezado Pastor, espero que o Sr. repense seus comentários, pois sem querer o Sr. está dando um péssimo conselho!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s