Adultério e Arrependimento

 

Pergunta:

 

Boa noite pastor, estou precisando me consertar com Deus. Eu me separei há quase um ano, mas não nos papéis. Na verdade eu pequei e sinto arrependimento.

 

Eu e meu marido tínhamos uma vida cheia de problemas, sem diálogo, sem uma vida a dois e eu acabei conhecendo um homem e me relacionei com ele. Eu estava fragilizada com o meu casamento e traí o meu marido e hoje me arrependo muito.

 

Fui a uma igreja evangélica com os meus filhos e eles pediram a Deus que eu e o meu marido voltássemos. Isso tocou meu coração, mas não sei se mereço, estou confusa.

 

Pastor, o meu desejo é que Deus me perdoe e o meu marido também. Quero muito voltar com ele e termos uma vida centrada no Senhor. O que devo fazer? Como consigo sentir o perdão de Deus? Me ajude pastor. Cristina

 

 

Resposta:

 

Filha, o perdão de Deus não é para ser sentido, mas crido. A Bíblia Sagrada diz que se pedirmos perdão, Ele nos perdoa. E Seu perdão é imediato. Está escrito e, portanto, é verdadeiro: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1:9).

 

Mas, para isso, é necessário que confessemos diante de Deus que pecamos mesmo. E que pecamos por nós mesmos, sem jogar a culpa noutra pessoa ou circunstância. Você traiu seu marido porque quis e não porque o casamento estava ruim. Conheço muitas pessoas cujo casamento está ruim e nem por isso elas traem o cônjuge. Conheço outras em que o casamento estava bom e ainda assim traíram.

 

Não fique se justificando, mas reconheça que pecou porque quis. Se você sondar seu coração, verá que, no fundo, alimentava alguma fantasia a esse respeito, seja por gosto, seja por vingança. Talvez até mesmo tenha tido uma ou outra experiência extra-conjugal antes. Não falo da relação sexual propriamente dita, mas de algo romântico, aventureiro, misterioso com algum colega de trabalho, vizinho, amigo. Isso também é adultério.

 

Não falo isso para lhe condenar, mas para ajudar. Jesus Cristo veio para salvar o pecador e Ele lhe ama e quer lhe dar o perdão e a paz no coração. Mesmo que seu marido não volte jamais para você, ainda assim, você terá paz porque foi perdoada.

 

E, se você tem paz no coração, anda com o senhor, faz-lhe a vontade, Ele pode até restaurar-lhe o lar, a família. Não significa que irá fazer, porque seu marido também precisa querer, mas que o Senhor tem poder para isso, tem. Não se trata de merecer, como você diz, mas sim que essa é a vontade de Deus: que todo lar, toda família, glorifique a Deus.

 

Confesse agora a deus que é pecadora, peça-lhe o perdão e um novo nascimento e comece a glorificá-lO. Procure seu marido (ou escreva-lhe, se for o caso) e peça-lhe perdão pelo adultério, assim como por todas as demais coisas que fez contra ele. Deixe o resto por conta de Deus. Comece a ler a Bíblia diariamente, a orar, a andar com Deus. Procure uma Igreja perto de sua casa e comece a congregar para que nela você seja edificada espiritualmente.

 

Para sua meditação: Leia Salmo 84.

 

Deus lhe abençoe com a plena restauração da paz, da alegria e do amor do marido e dos filhos.

 

Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração se encontram os caminhos aplanados, o qual, passando pelo vale árido, faz dele um manancial; de bênçãos o cobre a primeira chuva” (Sl 84:5,6).

 

 

José Adelson de Noronha

About these ads

298 comentários sobre “Adultério e Arrependimento”

  1. Ola pastor boa tarde, quero primeiramente agradece-lo por estar na direção de Deus, então iniciando nosso assunto; eu trabalhei em uma empresa, a princípio era solteiro, minha gerente deu em cima de mim por 3 meses dizendo que passou a gostar de mim sendo ela casada, sou afastado da igreja a anos mas sempre fui temente a Deus, mas ao passar o tempo me envolvi com essa mulher, só que dizia que não ficaria com ela por ser casada, só que pior aconteceu ela largou seu esposo para ficar comigo. E estou com ela o que fazer?????

    1. Obrigado, irmão. Ao Senhor Jesus, toda honra e glória.

      Você deve romper com essa mulher imediatamente, pois ela é casada e vocês estão em adultério, em fornicação. E deve voltar voltar ao Senhor, pedindo perdão e pedindo fortalecimento, libertação e salvação.

      Se necessário, saia dessa empresa, para não continuar sob pressão da mulher. Peça demissão e busque no Senhor outro local onde trabalhar.

  2. Pastor, eu e meu marido nos conhecemos quando tínhamos 15 anos. Sempre fomos da igreja. Somo casados há 3 anos, e temos um total de 09 anos juntos. Sempre trabalhamos na obra.
    Recentemente meu marido conheceu uma menina do trabalho dele. Ficaram muito amigos e eu sempre o adverti sobre isso. Porém recentemente, muito rrependido, ele veio me confessar que caiu em adultério.
    Meu mundo desabou. Sei que Deus tem planos maravilhosos para nós e que Ele quer que continuemos juntos. Já o perdoei mas continua doendo…fico imaginando como teria acontecido… Não consigo nem comer e nem dormir direito.

    Por favor, pastor, o que eu posso fazer para que esses pensamentos não me atormentem mais.

    Obrigada!

    1. irmã, realmente deve ser uma dor horrível, especialmente a quebra de confiança. Mas ficar pensando em detalhes, em como aconteceu, essas coisas, só piora sua situação, Já aconteceu e pronto. Agora é perdoá-lo, porque senão seu casamento acaba.

      Perdoá-lo e trabalharem juntos para restaurar a confiança recíproca e a maneira mais fácil de você perdoá-lo é olhar para dentro de si mesma e ver os seus próprios erros e pecados ocultos, os quais você nunca contou a ele e nem a ninguém.

      São pecados diferentes, eu sei, mas diante de Deus, todos são pecados igualmente severos. Por isso, aceite o arrependimento dele, perdoe-o e restaure seu casamento, seu lar, sua família.

  3. Pastor, Estou aqui para confessar uns pecados que aconteceu. eu sou jovem, nao sou casado, mais recentemente desejei 2 irmãs casadas que são da Igreja, eu me sinto cada vez mais distante de DEUS, e estou pensando em parar na caminhada, Deus é muito bom e nao merece alguem como eu; Pr, por favor me diga o que devo fazer. Obrigado

    1. Meu filho, certamente você ainda deseja, cobiça, essas duas irmãs e isso te pesa no coração. Mas parar na caminhada? O que significa isso? Quem não estiver andando em direção à sua meta, estará morrendo no caminho.

      Olhe para seus irmãos em Cristo na congregação. Eles estão no Caminho e se você parar, quando resolver andar, verá que aqueles que não pararam estarão tão longe que tornará impossível a você alcançá-los. Parar não é opção para o peregrino.

      Nós podemos nos achegar a Deus não é por merecimento nosso, mas pela Graça de Deus, pelos merecimentos do Filho de Deus, Jesus Cristo! Não saia da congregação, mas vigie seu coração e ore sempre, lendo a Bíblia diariamente, envolvendo-se em ministérios, buscando o Reino de Deus em primeiro lugar.

      O Senhor perdoe seus pecados e lhe conceda libertação desses desejos, em nome de Jesus. Quando olhar para essas irmãs, procure ver apenas suas almas, pois elas não são apenas corpos bonitos, mas sim almas preciosas do Senhor.

  4. Pastor não posso divulgar aqui a minha história, tomei a iniciativa de confessar e pedir ajuda para voce atravez do seu e-mail. aguardo resposta com a esperança que voce me ajude. Admiro muito o seu gesto de ajudar as pessoas segundo a vontade de DEUS.
    O Senhor o abençoe!

  5. Estou vivendo a mesma situação pois fui fraca e deixei o inimigo entrar e destruí meu casamento. Me arrependi do meu pecado pedi perdão a DEus e a meu esposo, meu esposo nao me quer mais, mas eu quero muito restaurar meu casamento quero minha família de volta, preciso de ajuda estou decidida a mudar, estou buscando o senhor com todas as minhas forcas mas tenho medo de n conseguir pois preciso de paz, quero mas estão sem direção , por onde começo a ler a bíblia???

    1. Irmã, o Senhor está vendo seu arrependimento assim como seu sofrimento e medo. Ele já lhe perdoou e se seu marido não lhe perdoar ele é quem sairá perdendo.

      Entregue verdadeiramente seu coração a Deus e essa angústia sairá de você. Mantenha-se firme em aproximar-se cada vez mais de Deus e leia a Bíblia diariamente. Ore, medite, louve a Deus.

      Comece lendo um capítulo por dia, a partir do evangelho de Marcos. Leia depois o evangelho de Mateus, especialmente os capítulos 5, 6 e 7, pois nesses três capítulos está todo o resumo dos ensinamentos de Jesus para uma vida cristã do agrado de Deus..

      Que o Senhor te abençoe com gozo, paz e esperança, em nome de Jesus.

  6. pastor eu sou evangélica des de que nasci e de Deus des do ventre da minha mãe, tenho 15 anos é fui iludida por um moço, sim errei ñ fui só vitima nessa historia, ele levou meu bem precioso minha virgindade e hj ele nem me olha quando passa por mim isso me doi pq eu gostava muito dele, sinto uma dor imensa por que trai o meu Deus só agora percebo a burrada que fiz meu coração esta apertado, em todas as minhas orações peço perdão a Deus creio que ele me deu o perdão! des da quela vez nunca mais cometi adultérios procuro andar retidão diante do pai mais me sinto totalmente impura diante do pai como se eu estivesse suja mais fui num evento muito benção e lá eu me rasguei me joguei as pés do pai pois hj meu pastor pregou sobe o apostolo paula que ele antes ñ erá “o grande apostolo” porque lê faltava sabedoria, creio que foi isso que aconteceu me faltou discernimento da palavra e sabedoria, então eu devo esperar o homem certo que Deus vai me enviar e assim poder fazer o certo só preciso saber disso !?

    1. Filha, não é Deus quem vai lhe enviar o homem certo, mas você que terá que aprender como escolher o homem certo, dentre tantos que estarão à sua volta, seja na Igreja, na escola, na vizinhança ou no trabalho, futuramente.

      Sua própria experiência lhe mostrou isso, de forma dolorosa, que a falta de discernimento acarreta perdas. Os jovens não têm ainda experiência de vida e têm pouco discernimento de perigos, por isso têm necessidade de contar com ajuda dos mais experiências, como pais, professores, líderes espirituais e até amigos mais velhos.

      Mas, principalmente, têm necessidade da Palavra de Deus a qual é lâmpada para nossos pés.

      Seja transparente com sua mãe e peça-lhe ajuda nas próximas vezes. Peça-lhe permissão para ter qualquer relacionamento afetivo com alguém.

      Que o Senhor tenha misericórdia de você e cicatrize essa fedrida em sua alma, é minha oração a seu favor, em nome de Jesus.

    1. Victor, Deus é amor e qualquer coisa que você fizer que trouxer ofensa, desonra ou até mesmo tristeza a Deus e/ou a alguma pessoa próxima, é pecado.

      Se, por exemplo, você vê alguém necessitando ajuda e não aje a favor daquela pessoa, você já está pecando. “Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz nisso está pecando” (Tiago 4:17).

  7. Paz
    Bom, eu sou casada a 3 anos e sempre amei e respeitei muito o meu esposo.Porém esse ano trai meu esposo com o ministro de louvor da igreja.Ficamos por um bom tempo no erro, mas nada fica encoberto na presença de Deus e meu esposo descobriu e falou direito com o pastor.Hoje eu estou de diciplina ainda não sei o tempo certo e o homem que trai também. Meu esposo me perdou, mas estou muito angustiada. Sei que somente com muita oração consiguirei ficar de pé novamente.Quando acontece a diciplina não se pode participar da santa ceia??
    Me ajude em oração Pr.

  8. Pr. Por favor me oriente, estou angustiada. Sou casada há 4 anos e tenho uma boa relação com meu marido. Houve um período que meu marido começou a me tratar de outra forma, sendo mais ríspido, ignorante. Nesse mesmo período, comecei a receber elogios e ser tentada por um professor da faculdade. Consegui fugir dos assédios dele por três vezes, mas, na quarta, eu não tive forças e caí. Desde esse dia, minha vida virou um tormento e eu não consigo ter paz.
    Já chorei tanto aos pés do Senhor pedindo perdão. Arrependo-me amargamente, pois meu marido não merecia. Já tentei confessar a ele, mas não tive coragem, pois em uma conversa que nós tivemos sobre traição, ele deixou bem claro que não perdoaria a traição. Pr., eu estou com muito medo, medo de perder meu casamento (eu o amo demais), medo da vergonha. Eu sempre fui um exemplo para outras pessoas. não consigo acreditar que eu fui capaz de trair meu marido, ele era o único homem da minha vida, eu me guardei ate o casamento. Ta doendo tanto, chego em casa e ver meu marido doí muito saber que quebrei a aliança que fiz com ele no altar. Parece que meu mundo desabou.
    Por favor, ajude-me, oriente-me.
    O senhor acha que devo confessar ao meu marido?? Tenho medo dele não saber me perdoar, medo de perder meu casamento.Tenho me humilhado muito aos pés de Deus pedido que Ele me perdoe e tenha misericórdia de mim, já tive vontade de sumir, sair de casa e nunca mais voltar.
    Por favor, me oriente não sei o que fazer!!!!

    1. Irmã, certamente o Senhor já lhe perdoou, pelo seu arrependimento. Disso não tenha dúvida.

      Agora o seu problema é lutar para preservar o casamento, não fazendo desse mal um mal maior. Você deve buscar de Deus uma direção quanto ao procedimento que deve ter, pois contar agora pode ser mais prejudicial ainda.

      Na verdade seu casamento está mal desde o princípio. Se guardou para o marido, mas se decepcionou, pois esperava um marido melhor, mais compreensivo, mas digno. E não foi isso que encontrou.

      Mas o problema não é dele apenas, mas seu também porque não viu a tempo, antes de casar-se, os sinais de como era e é.

      Agora você já sabe quem ele é, já sabe que você é uma pessoa frustrada, fraca e sujeita às tentações e sabe também que casamento é indissolúvel. Tem que aprender a viver com essas variáveis todas, sem pecar.

      Meu conselho é que você procure, enquanto o casamento é recente e pode ser transformado e abençoado com pouco esforço, um curso na área de casais, como por exemplo, Casados Para Sempre – http://www.mmibrasil.com.br ou Aliança, da Universidade da Família – http://www.udf.org.br e juntos façam o curso, participem, aprendam como abençoar a vida do outro e sejam felizes.

      O Senhor lhe abençoe com o perdão e lhe guarde de todo o mal.

        1. Irmã, eu disse que não era HORA de contar, mas não disse que não deveria contar.

          Não é com mentira que ela conseguirá preservar o casamento, mas com atitudes práticas. Ao fazerem o curso sugerido, o relacionamento entre eles poderá melhorar e aí então chegará a hora em que ela poderá contar, caso aja um mover do Espírito Santo na vida de ambos. Caso não haja, o relacionamento só irá piorar, com mentira ou não, pois as bases do mesmo estão corrompidas.

  9. pastor,preciso de sua ajuda,sou evangelica vai fazer 7 anos e meu esposo é desde de criança,comecei a namorar com ele eu tinha 14 anos e ele tinha 17,hj eu tenho 17 e ele tem 20,nós temos uma filha de 1 ano e 4 mês,pois pequemos no nosso namoro e quando descobri que eu estava grávida nós casemos,e vai fazer 2 anos de casamento ao total de tudo 4 anos juntando casamento e namoro namorei com ele 2 anos,pastor ele hj olha pra mim e diz que não gosta mais de mim e que nunca gostou,já me traiu várias vezes e todas as vezes eu o perdoei,pois o amo muito e quero meu casamento salvo tbm,bom isso só é as vezes pq tem tempo que ele diz que gosta de mim que nós vamos ser feliz,mais depois com o tempo ele vira a cabeça,ele está a afastado,eu participo do grupo de senhoras na minha igreja,ah e sem esquecer agente nunca morou juntos,ele sempre morou na mãe dele e eu na minha mãe,hj ele tem um quarto na casa da vô dele,e nós chegamos a morar por algumas meses lá sabe mais não deu certo por causa da paranoias dele,pastor nós não temos aliança pq ele perdeu a dele e a minha eu vendi,mais nós somos casados no civil de papel,ah e as vezes nós chega até falar sobre o divorcio ! Pastor me ajuda porfavor me dar um conselho em nome de Jesus !

    1. Filha, vocês erraram em tudo. Precipitaram em tudo. Namoro muito cedo, sexo no namoro e até casamento por pressão dos pais.

      Esse rapaz nunca gostou de você, de verdade, mas apenas do seu corpo. Ele está cheio de você, é imaturo e não consegue ter estrutura para cuidar de esposa e filho. E os pais dele não o incentivam a resolver a vida conjugal.

      Você necessita de apoio de seus pais e, principalmente, dos pastores de sua congregação. Essa situação, como está, é aflitiva e vai trazer doença para você.

      Procure sua mãe, fale abertamente com ela a respeito dessa situação, de tudo o que está acontecendo, fale com seu pai e fale também com seu pastor. Busque ajuda.

      Eu oro para que o Senhor visite vocês e lhes conceda graça para resolverem essa situação, em nome de Jesus.

  10. Tenho andado angustiado Pr. Por algumas vezes fui fraco e vi coisas ilicitas na tv e internet. tenho pedido perdão a Deus e confessado meu pecado. É necessário confessar a minha esposa? Sinto um peso dentro de mim, mas sei que isso traria maiores males.

  11. Sou evangélico e estou lhe escrevendo porque tenho uma grande dúvida em meu coração. Sou casado e tenho um filho de 1 ano. Há alguns meses eu cometi adultério.estou afastado dos caminhos do senhor,sai de casa trai minha esposa era casado a 3 anos e tive um relacionamento a 8 anos,somos casados no civil e fizemos um casamento na minha casa com pastores e familia, isso para Deus e um casamento valido como se fosse uma igreja?e mais que um adulterio? estou completamente arrependido. sai de casa e me envolvi com uma jovem de 20 anos e tenho eu tenho 30 anos. e minha esposa 28 anos. tirei a virgidade dessa garota e ela acha que esta gravida,quero voltar para minha esposa,minha esposa ja me pediu pra voltar mais eu fico nessa duvida,digo que volto… acabo com a outra e nao acabo… e fica nisso …fico com pena…do que eu fiz…e o que as pessoas vao dizer sobre isso tudo…o que eu faço amo a minha esposa que e a mae do meu filho,mais tenho medo de nao da certo a minha esposa nasceu no berço da igreja nunca me traiu nunca fez nada , sempre orou por mim,ela sim tem um coracao que vale ouro,tenho saudades do meu filho to longe deles faz 7 meses,me envonvi com a familia da jovem e eles me consideram muito,essa garota trab comigo todos sabem.o que vao pensar de mim,o que a familia dela vai achar?o que a jovem vai achar? estou com a jovem vai fazer 1 ano já.( uma amiga do trab teve um sonho comigo disse que no sonhou q eu estava numa rua escura so de cueca no celular o que significa. e eu ficava lá todos os dias. e ela passava com seu esposo e dissia olha aquele rapaz trab comigo. e eu nao saia de la.) eu era disssimista e nao sou mais minha vida financeira vai mau. quero sair do trab e pra ver se resolve alguma coisa,mais nao quero pedir as contas pois tenho 3 anos de empresa o que eu faço.quero acabar com o namoro e nao sei o que fazer,o que sera que Deus quer q eu volte pra minha esposa ou q eu continue pois essa jovem tb e evangelica e muito boa em tudo tb. nao sei mais o que fazer estou orando todos os dias. e chorando , e fazendo as pessoas sofrerem com isso. a mae e o pai deles me cobram sobre meu divorcio e ela tb,mais eu fico enrolando pq eu nao sei o q quero…me ajude pastor. DEUS É FIEL !!!!!!!!!

    1. Irmão, é claro que Deus quer que você esteja com a esposa e nunca com a amante!

      Se seu casamento foi feito por pastores, com a bênção dos pais, ele é válido diante de Deus sim. Se sua esposa ainda te quer, peça perdão a ela e volte logo para casa. É lá o seu lugar e não com a moça com quem se envolveu. Mesmo que ela esteja esperando um filho seu, o seu lugar é com a esposa e não com amante.

      Por mais que a moça goste de você ou a família dela, é pecado permanecer com ela. Passe a vergonha que for, seja no trabalho, seja em família, mas termine rápido com esse relacionamento pecaminoso, aceite a reconciliação que a esposa lhe oferece, peça perdão e restaure seu lar, sua família.

      Se a moça estiver mesmo grávida, você terá que amparar a criança, tanto material, emocional, e principalmente, espiritualmente. Mas não tem nenhuma obrigação para com a moça, pois vocês são apenas amantes.

      O Senhor tenha misericórdia de você, lhe perdoe e lhe conceda forças para sair desses laços em que caiu, é minha oração a seu favor, em nome de Jesus.

  12. boa tarde Pastor
    eu errei no meu mas hj gostaria de pedir perdão…ela é esposa do moço q sai hj eles estão separados e sei q foi por minha culpa…hj eles já tem outra familia e eu continuo casa com o meu mariso e sou mto feliz mas sinto q devo isso a ela sinto q devo pedir perdão a ela….mas n sei como começão
    um abraço e me ajude pastpr até mais

    1. Irmã, te aconselho a conversar pessoalmente com seu pastor ou conselheiro matrimonial, pois se você for confessar à essa mulher, sendo que eles já estão separados e com outras famílias, o seu próprio casamento também poderá acabar.

      É isso que você quer? Acabar com seu casamento, sendo que já foi a causa de acabar com o casamento de outra mulher? Não é acabando com o seu que você obterá o favor de Deus, mas sim pelo arrependimento e isso você já fez.

      Confesse ao seu pastor ou a algum conselheiro matrimonial e eles poderão ajudá-la melhor.

      O Senhor tenha misericórdia de você e guarde seu lar e sua família, em nome de Jesus.

  13. Olá, preciso de uma ajuda.. de uma pessoa sabia e usada pelo senhor! Bom me casei na igreja, no cartorio, tenho 22 anos e hoje tenho um filho de 10 meses… Me casei em 2011 fiquei 1 ano e 8 meses casada, muitas lutas tribulaçoes , muitos erros tanto meu e do meu marido! Porém estaamos separados a 7 meses . Porque? Bem, na verdade o senhor mostrou varias vezes que nao era da vontade dele, o namoro, o casamento! E mesmo assim casamos, por falta de sabedoria… Desde do namoro eu descobrir que ele me traia, namorava comigo e uma outra menina… até então foi indo, indo… Até que um dia casados já… eu errei .. dei meu telefone para um colega de trabalho! E ele ficou me ligando… Meu ex marido atendeu, e foi nossa primeira separação! Ele saiu de casa, e eu? ah eu fique atras dele durante umas 2 semanas… Quando ele voltou, ele me disse essa frase: Eu volto pra casa, mais voc~e vai receber bastante chifre! Eu disse: então nao precisa voltar… Tudo bem! Acabamos voltando, ai ele me disse que tinha me traido, durante essas dua semanas… meu chão desmoronou! A primeira traição dele… foi indo, indo… Fomos morar em outra cidade… Ele fez novas amizades, e tava querendo ter vida de solteiro’… não adimiti isso, chegar em casa tarde, sem se preocupar com a familia e filho recém-nascido.. Poiis bem, ele sempre vinha falando em se separar e tudo mais… até que me traiuu,.. E hoje ele quer voltar novamente, diz ele que quer ter nova vida, ser o marido e o pai que nao foi!… So que me envolvi com uma outra pessoa, não faço sexo nadaa! mais porém amo meu marido, mais tenho medo de me arriscar, novamente e nao dar certo! Minha familia toda é contra. Isso nao me ajuda…. :( O que eu faço Pastor?

    1. Filha, Jesus manda que perdoemos a quem pecou contra nós, se quisermos ser perdoados por Deus. Quem não perdoa é porque não entendeu o valor do perdão que recebeu de Deus, lá na cruz do Calvário. Por isso também não consegue desfrutar do perdão, não recebe perdão.

      Se você, que é pecadora, entende a Graça de Deus sobre sua vida, livrando-a da condenação eterna e reconciliando-a com Deus, deve também perdoar seu marido e reconciliar-se com ele, se ele assim quiser.

      Não retenha o perdão e aja com sabedoria, trabalhando junto com ele para re-edificar sua casa, sua família. Seu filho necessita do pai presente. Você necessita do marido e da cobertura que ele pode trazer sobre sua vida. Saia fora desse relacionamento adúltero (sim, mesmo não havendo sexo, é adúltero) que está vivendo com outra pessoa e refaça seu lar, seu casamento, sua família.

      É importante que ambos sejam aconselhados e acompanhados espiritualmente por algum conselheiro espiritual. É importante que estejam recebendo orações e intercessões, pois fizeram e falaram muitas coisas que podem estar presos em suas gargantas, trazendo mágoas e amarguras de ambas as partes. Uma boa coisa é fazer um curso sobre casamento, como por exemplo, os cursos Casados Para Sempre – http://www.mmibrasil.com.br – ou Aliança, da Universidade da Família – http://www.udf.org.br

      O Senhor te abençoe e guarde do mal e te conceda graça e sabedoria, buscando sempre ao senhor, é minha oração a seu favor, em nome de Jesus.

  14. Pastor eu estou separado há quase 1 ano mas ainda não me separei no civil, fiquei casado por 15 anos e traí minha esposa diversas vezes, hoje estou de volta a igreja, me arrependo pelo que fiz mas estou namorando uma moça que também é crente, porém minha cabeça anda a mil pois existe uma confusão tremenda dentro dela, quero muito recomeçar a minha vida com a atual namorada, nunca mais senti a vontade de sair com outra mulher tenho orado mais e mais e sempre peço que Deus me ajude a caminhar, minha ex esposa não aceita o divórcio e por este motivo eu estou aflito sem saber o que pensar ou fazer.

    1. Amado, meu conselho é que busque de Deus direção para procurar sua esposa, pedir perdão a ela pelo mal causado, dizer que está de volta nos caminhos do Senhor, que tem se esforçado para ser um homem temente a Deus e que, se ela desejar, você está disposto a refazer o casamento, restaurar o lar. Você não tem uma ex-esposa, mas sim uma esposa.

      Não é tempo de divórcio e novo casamento, mas sim tempo de restaurar a aliança primeira, restaurar a família. Essa é a vontade de Deus e creio que é a vontade de sua esposa também.

      Não aceite que satanás crave um espinho em sua carne, taxando-o de divorciado. Você é casado debaixo da bênção de Deus e, se divorciar, estará vivendo debaixo da misericórdia de Deus. Além disso, novo casamento não é direito bíblico assegurado aos divorciados, mas apenas aos viúvos.

      Veja mais a esse respeito nas mensagens no site (e comentários adicionais) na categoria casamento.

      O Senhor te abençoe permitindo-lhe ouvir a voz do Espírito Santo e lhe concedendo boa vontade da parte da esposa e filhos, é minha oração a seu favor, em nome de jesus.

  15. Pastor tenho 17 anos, e moro com meu marido faz 3 anos e 9 meses, mas somos casados no civil já faz 1 ano e 3 meses, eu amo muito meu marido e ele tbém me ama, mas só que depois de uns 2 anos juntos ele começou a me agredir fisicamente e verbalmente, já chegou a me deixar roxa varias vezes, nós dois somo da igreja evangélica, entao comecei a pedir a Deus que mudasse ele, e ele tbém é muito orgulhoso ñ dá o braço a torcer, infelizmente isso me maguava muito, entao isso foi me entristecendo e me deixando revoltada, e eu por ter 17 anos ainda estudo, e ano passado conheci um professor que me chamou muita atenção, ele era lindo e eu me sentia atraída por ele, e enquanto que por meu marido só estava conseguindo sentir raiva dele por ele ficar me batendo com tanta frequência e eu pedir a Deus que o mudasse eu ñ via nada acontecer, entao comecei a conversar com esse meu ex professor, pedi o email dele e no mesmo dia lhe enviei um email dizendo que estava afim dele, e ele gostou da idéia, cheguei até enviar foto minha de biquine pra ele e de lingire tbém, e antes que acabasse o ano eu fiquei com ele 3 vezes, mas ñ cheguei a ter relaçoes sexuais com ele, e até passei meu numero pra ele, mas depois quando entrei de ferias da escola e que ñ vi mais ele foi batendo um grande arrependimento no meu coração, porq eu sabia que eu estava errada em ter traido meu marido, e mesmo com tudo que eu estava passando em meu casamento ainda amava muito o meu marido, ele tbém me amava, e teve um culto no mês de dezembro de 2012 que Deus falou muito comigo, meu pastor havia pregado sobre o pecado de Adão contra Deus, e akela palavra veio como uma flecha em meu coração, e ela fez com que eu me arrependesse e quisesse tirar akele peso de minha cosciencia,e eu sabia que pra tirar akele peso de minha cosciencia somente me confessando, porq eu estava me setindo uma adultera dentro da igreja e perante meu marido,, entao depois que eu ouvi aquela palavra resolvi a me confessar para a esposa do meu pastor, e ela falou pra mim que eu ñ contasse nada para o meu marido, entao eu contei pra ela tudo que estava acontecendo em meu casamento,e ela me aconselhou muito, e entao eu pedia a ela que contasse tudo ao meu pastor porq eu ñ teria coragem de contar a ele o que eu tinha feito, entao o meu pastor veio na minha casa conversou comigo e com meu marido, nos colocou de banco por 1 mês meu marido ficou de banco porq me batia e eu por ter traido ele , mas eu ñ contei nada do que tinha acontecido ao meu marido, mas infelizmente akela pessoa continuou a me ligar, e eu sepmpre fugindo da tentação, até que esses dias atras eu e esta pessoa tivemos uma conversa definitiva pelo facebook e pelo celular, e ele caiu na real de que eu ñ ia ficar mais com ele, mas infelizmente pastor algo me aconteceu por esses dias, eu faço academia, e meu professor da academia começou a conversar comigo e eu omecei a desabafar sobre meu casamento com ele, entao acho que ele pensou que eu estava afim dele, ai ele me levou numa sala e pediu para que eu deixasse ele medir a minha cintura, entao eu deixei, e logo eme seguida ele pediu pra que eu deixasse ele medir meus seios ele disse que isso fazia parte do procedimento, entao eu deixei, ele mediu ate entao ele foi bem profissional, mas logo em seguida ele pediu pra que eu deixasse ele colocar suas mãos mas fora do profissional, e foi ai que eu errei, eu deixei, entao ele ficou excitado e seu orgao genital ficou ereto, e ele pediu para que eu colacasse a mao e eu coloquei, mas ñ me senti atraida por ele como eu meu senti pelo outro, entao logo em seguida pedi para que ele parasse, entao ele insistiu um pouco e depís parou e pediu para que eu ñ contassse para ninguém, e realmente eu ñ contei, ele é casado, mas agora ele fica dando em cima de mim, e eu ñ quero pra ticar o mesmo erro, eu ñ o beijei, simplismente deixei que ele colocasse a mao em mim, agora pastor quero saber se conto para o meu pastor e para o meu marido? Eu me arrependi muito do que fiz quanto da primeira vez como desta vez, e tenho medo de perder o meu marido,ele mudou dó um pouco no jeito dele, mas de vez em quando ele me bate, mas mesmo assim eu o amo…E agora pastor o que eu faço?? E até da primeira vez que o trai tenho vontade de contar, mas só me falta a coragem!!! Muito obrigada a Paz

    1. Filha, nem você ama seu marido e nem ele te ama. O que há entre vocês é algum outro tipo de interesse, pois uma vida como essa que vocês levam não pode ser chamada de amorosa e não é digna de um lar cristão.

      Seus pais, assim como seus pastores, não podem ficar na ignorância do que está acontecendo. Assim como você procedeu da primeira vez, confessando e recebendo ajuda, assim também você deve fazer agora. Mesmo passando por vergonha, por humilhação, por disciplina, pois se ocultar o pecado e a tendência, sua vida só irá piorar.

      O Senhor tenha misericórdia de você e de seu marido e lhes conceda transformação de vida e um lar que seja abençoado, em todas as áreas, é minha oração a seu favor, em nome de Jesus.

  16. Eu sou Contra o Adulterio.Não concordo com a traição de maneira nenhuma.mais creio que Homens e Mulheres arrenpendidos dessa pratica podem abandonar essa praticar e te o Perdão de Deus !

  17. Pastor, eu preciso muito de um conselho …
    vou contar minha historia…
    eu sou evangelica desde quando nasci, sou noiva a 7 anos, amo meu noivo, ele é tudo pra mim, mas de um tempo pra ca, a gente andava brigando muito, e um dia ele me bateu ate me machucar, e eu por vingança, fui e fiquei com outro rapaz em fevereiro. em março descobri que estava gravida, e sempre foi o sonho meu e do meu noivo de ter um filho, mas agora estou aflita, choro todos os dias , porque nao sei quem é o pai do meu filho, é uma vergonha pra mim, meu noivo esta muito feliz com essa criança, ele nao sabe da traição, pastor, eu nao sei o que fazer, o moço com quem eu o trai em fevereiro, depois de uma semana, cometeu suicidio, ele se matou, mas a familia dele sabe que eu fiquei com ele.. e estao em cima, estou vivendo um inferno, tenho clamado muito a deus, pedido perdao, to firme na igreja, todo o tempo busco a deus, estou na campanha, fazendo jejum, e semana passada eu fui com o coração apertado na igreja, e o pastor me disse assim: que o milagre que eu fui buscar, o senhor disse que ja me deu a bandeira da vitoria, e que ele vai me exaltar na frente dos que estao esperando pra me humilhar, se esse bebe nascer e nao for do meu noivo, eu vou ter que tirar a minha vida, eu preciso muito que voce ore por mim, sei o que fiz, jamais vou fazer de novo, aprendii…. me ajudaa , o que devo fazer ?

    1. Bruna, tirar a sua vida não é solução e nem ajudará em nada o seu bebê, que não tem culpa. Você não pensou antes, mas tem obrigação de pensar agora, pois tem uma vida indefesa necessitando de você.

      O momento não é de pensar em si mesma, mas apenas nessa criança e em como criá-la e ensiná-la, para que, no futuro, não cometa os erros que você já cometeu, assim como o seu noivo e esse outro rapaz cometeram.

      Filha, não há como esconder do noivo a sua traição, pois se você não contar pessoalmente, a outra família contará. Além disso, um noivado tão longo e em pecado, como vocês vêm tendo, além do agravante da violência, é melhor que seja resolvido de uma vez por todas. Esse rapaz não lhe quer bem, não lhe ama, pois a enrola com o casamento e ainda lhe bate.

      Você vai ser humilhada sim, ao contar, mas vai resolver sua situação. E, ao contar a ele, conte tendo alguém de sua confiança, algum parente nas proximidades, para evitar que ele parta para a violência com você, como fez anteriormente.

      Eu oro para que o Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda salvação e solução em seu caso, em nome de Jesus.

      1. Obrigado pastor, voce me ajudou muito, tenho feito propositos, buscado e pedido uma unica e ultima chance, creio que o senhor vai me dar, pois nao quero perder meu noivo, que esta buscando comigo, sei que meu milagre vai chegar, pois o senhor tem encaminhado tudo pro lado certo…… mas pastor, a questão é, você acha, que o senhor vai me ajudar mesmo sendo erro meu, (uma coisa que eu deveria ter evitado) mesmo eu tendo errado?

    2. Não faça isso !. independente de quem seja o pai, o bebê ainda será o seu filho. quem comete suicídio nunca terá descanso. além de passar uma herança terrível ao seu filho pelo resto da vida dele.

      Ore a Deus. Sempre há uma saída, pois Deus pode criar quantas saídas que Ele quiser.

      O inimigo tirou a vida do sujeito e agora quer tirar a sua vida. imagina se você comete suicídio, você pode ser atormentada ao lado do rapaz que se matou, juntos por toda a eternidade.

      você quer isso? ficar em chamas do lado do rapaz que se matou ? (um amaldiçoando o outro no inferno pela eternidade), ao invés de ficar ao lado do seu lindo filho e do seu marido.

      Ore a Deus e lembre-se que você não teve culpa pela morte desse sujeito. Esses pensamentos de morte, são dardos que o demônio lança sobre você, mas não o aceite.

      REPREENDA esses pensamentos em Nome de Jesus.

      A sua vida foi comprada pelo Sangue de jesus.

      E você, seu filho e seu marido viverão uma vida de ‘Perdão e Paz’, Em Nome de Jesus.

      Fica com Deus !

  18. Bom dia!

    Pastor, tenho 26 anos, sou casada a dez anos, hoje meu marido tem uma vida dedicada totalmente a Deus, e eu sempre estive do lado dele, apesar de ter que suportar algumas adversidades em meu casamento, inclusive traição da parte dele, e graças a Deus sempre o perdoei. Aconteceu comigo o que eu mais temia, também o trai, com uma pessoa que é da nossa igreja, infelizmente ñ foi uma só vez, mais varias, hoje mim sinto arrependida, emagreci bastante, meu marido comentou comigo que estou muito mudada, sei que Deus me perdoou sem dúvida. O meu único problema é que jamais poderei contar a meu esposo, ele nunca me perdoaria, com certeza iria querer o divorcio, e não suporto essa ideia.
    Por favor pastor me responda eu posso manter esse segredo ou é de extrema importância que ele fique sabendo.

    1. Irmã, com certeza você está muito vulnerável às tentações, principalmente porque o homem com quem se relacionou é da sua Igreja, é do seu convívio. O pecado jaz à sua porta, atento ao seu olhar. Basta um olhar dele para você, uma palavra certa, na hora certa, e você sofrerá muito com a tentação. E, quem sabe, com uma nova recaída.

      Por isso a confissão do pecado ao marido é fundamental, embora o Senhor já a tenha perdoado. A sua confissão é uma confissão de fraqueza e um pedido de ajuda intercessória, de cobertura do sacerdote do lar (o marido).

      Tendo seu marido sido julgado com misericórdia quando a traiu, ele deverá proceder da mesma forma, caso seja de fato um homem dedicado a Deus. Essa será a prova dele, para que ele saiba como anda o seu (dele) coração com relação aos mandamentos do Senhor.

      Eu oro para que o Senhor tenha misericórdia de você, inclinando o coração do seu marido a ser justo e misericordioso.

  19. Bom dia pastor, estou afundado no pecado! o pior é que n sei como sair, namorei uma moça que engravidou de propósito, amo meu filho mas não consigo ama-la e por isso cada um mora com seus pais, este é apenas o começo, quando ainda ia na igreja constantemente eu fui chamado pra ser musico de um cantor que é casado, e a esposa dele começou a pegar no meu pé vindo até em minha residência, e acabei saindo com ela diversas vezes.( não sou vítima, pequei porque quis tb)
    Ai acabei conhecendo outras moças me tornando modelo de algumas lojas e tive muitos e muitos casos, perdi até as contas, consegui parar com os casos, cansei disso tudo, alegria de horas ou minutos mas angustias imensas,(ha como eu queria voltar um pouco em minha mocidade e fazer tudo diferente, seria tão simples apenas dizer um não ao pecado) mas o que não me deixa em paz e conviver com isso que fiz com uma mulher casada, não tenho mais caso com ela, e me arrependo muito, e muito mesmo de ter tido, Tem outra coisa, antes da mãe de meu filho engravidar eu amava muito uma moça, e fazia planos com ela, depois que eu soube que seria pai me afastei dela totalmente, soube que ela esta namorando com um médico a vi estes dias na rua com ele, ela n sai de minha mente, Meu Deus!! como eu pude me enrolar tanto, penso até em suicidio, mas eu seria um covarde.
    Peço desesperadamente que hore por mim e que o Senhor Jesus me de paz de deitar e dormir em paz.

    1. Irmão, já orei por você e creio na infinita misericórdia de Deus. Creia também, pois a misericórdia do Senhor não tem fim e é por meio dela que todos nós podemos ser resgatados das trevas e do poder do pecado.

      Você pecou muitas vezes, conscientemente, mas ainda assim o Senhor te ama. A mulher casada com quem você adulterou pode ser resgatada tambémpelo Senhor. Não se preocupe com ela, nem com o marido dela, pois o homem é incapaz de desfazer qualquer pecado depois de cometido. Erro sim, podemos consertar, desfazer, fazer certo na primeira chance que tivermos. Mas com o pecado, jamais.

      Então, ore pelos dois apenas e interceda junto ao Senhor por eles. Assim como pelas demais mulheres com quem você se envolveu enquanto atuava como modelo. E ore também pela mãe de seu filho, pois ela também é uma ovelha que precisa ser resgatada.

      E volte-se para os caminhos de Deus, para a congregação, para a adoração ao Senhor, pois quem sabe sua antiga namorada, vendo sua transformação, não volta a interessar-se por você? Ainda há tempo, pois ela não está casada. E nem você.

      Que o senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda forças para andar nos caminhos de Deus, é minha oração a seu favor, em nome de Jesus.

    2. Paz Amados quero ver se vocês podem me ajuadr tenhio um colega no serviço ele esta desviado do caminho do senhor e pra piorarar ele traiu sua esposa so que essa semana ele me procurou e disse que quer voltar para deus mais não sabe como pois ele nao quer contar para a esposa que adutero pois sabe que fazendo isso o casamento dele vai acabar entao quero saber ele deve ou nao contar ? ou ele deve se confessar somente para deus e um irmao me disse que na biblia diz que nem tudo devemos contar para nossas esposas se alguem souber aonde diz isso na biblia me ajudem fiquem na paz aguardo respostas

      1. Anderson, aconselhe seu colega a fazer uma coisa de cada vez.

        Primeiro, ele deve voltar-se para o Senhor e, de coração, deixar seu espírito ser ministrado, consolado, sustentado e fortalecido pelo Espírito Santo. Ler a Bíblia diariamente, orar, frequentar a congregação, entregar o dízimo, etc.

        Enquanto isso, como sacerdote do lar deve interceder pela esposa e deixar que o Espírito Santo o use, como vaso, para abençoar a esposa e o lar.

        E só então, no tempo certo e segundo direção do Espírito Santo, é que decidirá a respeito do adultério que cometeu.

        O Senhor tenha misericórdia dele e o console e fortaleça, é minha oração.

  20. Pastor minha esposa me deixou a dois meses. ela adulterou enquanto eu fiquei em oração e santidade usando aliança nesse tempo todo, agora ela ainda está com o cara mas dizendo que estava fragilizada que errou e que pensa em voltar. e agora eu que desejava tanto isso já não sei se consigo perdoar isso fui humilhado diante da cidade toda. o que eu faço? se ela estivesse mesmo arrependida já teria largado o pecado e estaria desesperada atras de mim, acho que isso não é arrependimento verdadeiro, mas e se vier o arrependimento verdadeiro como aceitar a mulher que se entregou para outro? obrigado

    1. Irmão, eu compreendo sua dor e dificuldade, mas é nessa hora que temos que provar que somos discípulos de Cristo, aceitando a esposa de volta e cobrindo-a, como marido protetor, dos achincalhes dos vizinhos e parentes.

      Não basta aceitá-la apenas, mas deve perdoá-la e protegê-la dos maledicentes, dos fofoqueiros e também das tentações, das fraquezas que ainda estão nela. É isso que Jesus fez e faz conosco, pecadores, adúlteros espirituais. Ele deu a vida por nós, perdoando nossos pecados, justificando-nos diante de Deus e ainda intercede por nós que resistimos a Ele.

      Ser discípulo de Jesus é isso: renunciar a tudo para segui-lo. Renunciar a bens, conforto e até à honra, se necessário. Jesus se fez maldito na cruz por sua causa, por minha causa, por causa de sua esposa.

      Seja um bom discípulo de Jesus e dê a ela uma palavra de estímulo à volta ao lar, pois ela pode estar envergonhada e sem saber se você vai aceitá-la de volta.

      Que o Senhor lhe conforte e lhe conceda graça, força para perdoar e amor no coração pela esposa, é minha oração a seu favor, em nome de Jesus.

  21. Pastor,

    sou Evangélico casado a 4 anos trabalhava longe de casa tinha que ficar a semana inteira fora … e minha esposa teve um caso extra conjugal sem relações e sexual … descobri e a perdoei de coração … porém dps disso voltei a trabalhar próximo de minha casa … as brigas aumentaram e acabei caindo no pecado da traição e a traí mas ela não soube e já fazem uns meses … confessei o meu pecado ao Senhor Jesus e deixei esse pecado … tenho lutado diariamente para voltar a comunhão diária com o Senhor Jesus … Tenho a certeza que Deus me perdoou … espero em Deus que o mesmo restaure a benção dEle em nossas vidas …. peço que o Senhor ore por mim e pela minha família e que esses pecados cometidos por mim e minha esposas sumam e que nossas vidas sejam um espelho de uma vida santa em Deus.

    1. Amém, irmão, eu oro para que o Senhor opere em suas vidas e os guarde de todo o mal, em nome de Jesus. Que seu lar seja um local de paz, harmonia, alegria e inspiração para muitos outros casais.

  22. Eu me casei a 12 anos temos um filho,com dez e td pra mim,ela e uma otima mae,depois de uns 3 anos de casado,comecou as brigas,nunca trai ela,como ela tem se comportado,ultimamente,ta dificil de manter o casamento,ela teve dois filhos,quando solteira. estao adultos ,sao otimos filhos,so que um de cada pai,quebrou a cara,com o primeiro,mintiroso era casado,o segundo tambem,eu sempre fui livre,solteiro a gente se conheceu,nos envolvemos,hoje ela vive me dizendo que esta infeliz,que o casamento,e isso aquilo,eu to comecando a achar que ela gosta,e de tranqueira,homen mentiroso,safado ha tem mais uma coisa,vive indo na igreja desde quando se envolveu com o primeiro,descobriu q era casado,deu um tempo de um ano se envolveu,com um colega de trabalho,ficou gravida pela segunda vez,solteira conhecendo a palavra. ai como se nao bastace,a vergonha q ja carregava,voltou a sair,com o primeiro de novo.td bem ela me contou td isso qnd nos conhecemos,ai entendi a dor dela,o sofrimento,comecamos nos envolver,ate ai td bem,sou um homem bem resolvido,nao tenho vicios faco o melhor pra ela e meu filho ,o filho mais velho mora com a gente e um otimo rapaz,pastor to de saco cheio ouvir essas ladainhas,to afim de cair fora desse casamento. mas amo
    muito meu filho ele e uma bencao na minha vida .por favor me de um conselho o que devo fazer.viver assim nao da, to me sentindo culpado,pelo o que nao fiz,td o que faco pra ela nao ta bom,to me sentindo sem rumo,a gente nao consegue conversa,sem ter brigas.

    1. Irmão, resista a essa tendência de chutar o balde, pois isso é armadilha de satanás. O casamento cristão não é para sermos felizes, mas para fazermos o cônjuge feliz.

      Se sua esposa está infeliz, o problema maior pode ser você e não ela. Você é que não está sendo capaz de atender às expectativas dela quanto às qualidades de um companheiro ideal.

      Ela gosta de “tranqueiras”? Então seja mais firme, mais homem, mas decidido nas coisas da casa. Seja no chefe da casa, o que dá a última palavra. Isso não é pecado; pelo contrário, é ser, biblicamente, o cabeça da família.

      O fracasso de uma família, irmão, em última análise, é responsabilidade maior do cabeça, do chefe da casa, isto é, do homem. A mulher pode até ter muita culpa (e geralmente tem), mas cabe ao homem discernir essas coisas e agir antes que o casamento acabe de maneira tão trágica.

      Irmão, não se precipite, mas ame sua esposa como Cristo amou a Igreja, se necessário dando a vida por ela. Procure informações sobre cursos para casais, como “Casados Para Sempre” ou “Aliança” ou “Blindando Seu Casamento”. Pocure também aconselhamento com seus pastores e líderes espirituais.

      Há também dois cursos muito bons que vocês podem fazer, individualmente, chamados “Hombridade” (para você) e “Mulher Única” (para ela).

      Eu oro para que o Senhor tenha misericórdia de vocês e lhes conceda paz e harmonia no casamento, em nome de Jesus.

  23. Bom dia pastor me casei a 5 meses e trai meu marido estou arrependida e queria saber se Deus perdoa? Me sinto muito mal , meu coração aperta, o que fazer pastor ?

    1. Perdoar, perdoa sim, pois está escrito na Palavra em 1 João cap 1.

      Não sei quanto ao seu marido se ele a perdoará e também penso que será muito difícil você conseguir manter-se fiel daqui pra frente, pois se traiu com apenas cinco meses de casada é porque já vem com esse germe do pecado de adultério há muito tempo.

      Apenas mantendo-se firmemente apegada ao Senhor Jesus é que você conseguirá superar esse mal em seu coração, em sua natureza. Busque purificar sua mente através da leitura diária e sistemática da Bíblia Sagrada, através de orações, de louvores e da participação nos cultos e nos ministérios da Igreja, para ser fortalecida contra as tentações.

      O Senhor tenha misericórdia de você e lhe perdoe, livrando-a do mal e de resguardando seu casamento, sua família, seu lar, é minha oração a seu favor, em nome de Jesus.

  24. Sou evangelico e minha esposa também, amo minha esposa, tem mais de 40 dias que ela resolveu ir embora de casa me abandonando..Oro e jejuo a Deus para que ela volte, mais o orgulho toma conta dela, não sei se ela esta me traindo ou gostando de alguem.Peço ao pastor que ore muito pois me encontro anguatiado. deprimido,aflito, sem forças para nada…Só me apego a Deus para quebrantar o coração dela e transformar- la em um novo vaso moltado por Deus. Ela me dizia sempre que não era feliz ao meu lado..O inimigo cegou seu entimentimento. Peço oração em nosso favor.

    1. Irmão, já orei por você e sua esposa e creio no poder que Deus tem para restaurar todas as coisas. Mantenha sua fé no Senhor e confie nele, pois mais do que você mesmo, é Ele quem tem verdadeiro amor pela sua esposa. Certamente o Espírito Santo tem falado ao coração da sua esposa, contínuamente.

      Ela só não voltará se for muito resistente à ação de Deus. Por isso, descanse, pois se ela não voltar de jeito nenhum, então é melhor nem tê-la como companheira, pois a sua vida não seria boa e nem feliz.

      Melhor morar num canto do eirado do que ter uma mulher dizendo-se infeliz ao seu lado, todos os dias, diz a Bíblia.

      Que o Senhor fortaleça e console você e guarde a sua fé, é minha oração em nome de Jesus.

  25. Pastor! Em relação à minha esposa vc me aconselha a não desistir e lutar por ela? Pela nossa família que fui destruída pelas minhas atitudes? Ela me disse que acabei com a vida dela pastor, que os onze anos que ficamos juntos ela só sofreu e a única coisa boa disso tudo foi nosso filho. Dói saber que fui o pior homem do mundo e que meu sofrimento eu mesmo causei. Esperar parece tão difícil quando não se enxerga saída. Uma aluna me aconselhou procurar um psiquiatra e tomar um remédio pois não tenho conseguido dormir, vivo ansioso e deprimido, não estou me alimentando bem e por fim triste ao extremo. Irmão, por favor! Diga-me o que tiver de dizer mas, ajude com a palavra de Deus este que tem sofrido! Obrigado

    1. Irmão Gleison, o que tinha para lhe dizer eu já disse: Pare!

      Pare de se auto punir, auto condenar, auto lamentar. Você não é o centro do mundo e nem é a pessoa mais importante para sua esposa. Nunca foi. Se ela te odeia e não lhe perdoa, problema dela. Aliás, problemão!

      Pare de ligar para ela, de passar mensagens, de perguntar por ela. Quando ela perceber que você não está mais se auto lamentando, e nem rastejando, ela verá que algo diferente está acontecendo contigo. e Talvez queira perdoá-lo, voltar. Ou não! Pode ser que isso demore meses ou até anos, mas isso não lhe importará mais, pois você terá aprendido a ser livre em Deus!

      O que lhe importa mesmo é que você adore ao Senhor em espírito e em verdade. O resto é terreno e corruptível.

      Pare, irmão!

  26. Pastor, estou separado da minha esposa e tenho um filho de 6 anos com ela. Eu a traí várias vezes embora ela só saiba de duas. Num desses relacionamentos eu a deixei pra namorar a outra. Ela sofreu muito e depois de seis meses separados me perdoou começamos novamente. Mas como sou o pior ser humano que já pisou nessa terra, a deixei novamente e fui viver a vida. Fiquei muito infeliz sem ela e meu filho e corri atrás pra voltar. Comecei a freqüentar novamente uma igreja evangélica já que nos conhecemos na igreja e eu era ministro de louvor, depois de muito clamar Deus me abençoou e mesmo depois disso e de ter-lhe dado uma bofetada por ela ter saído pra beber com amigos e voltado ás quatro da manhã, reatamos sendo que isso parecia impossível. Enfim eu miserável que sou a traí novamente e ela descobriu. Ficamos morando na mesma casa por seis meses ela tentando me perdoar mas dessa vez ela me mandou embora e diz estar melhor e mais feliz sem mim. Meu filho está sofrendo muito com essa situação e a culpa que sinto é inexplicável. Preciso de ajuda pois a depressão está me consumindo e a saudade também. Acho que nunca a amei pois errei tanto. Me ajuda por favor! Tenho vontade de morrer. Sentir que fui a destruição de uma família é consumidor. Socorro por favor!

    Estou sentindo uma culpa imensa pela destruição da minha família. Sinto uma depressão enorme e vejo meu filho triste dizendo que queria ver o pai e a mãe vivendo na mesma casa pra ele poder ver os dois todos os dias. Minha esposa sempre fez de tudo pra ficarmos bem mas eu a traí varias vezes. Uma vez, saí de vasa e fui namorar uma garota que mal conhecia e vendi nossas alianças. Sou o pior ser que já pisou na terra e sinto vergonha de mim mesmo por tudo que fiz. Depois que ela me perdoou eu a traí de novo e reatamos e traí de novo, agora ela me colocou pra fora de casa e diz estar melhor e mais feliz sem mim. Também pudera, depois de errar tanto com ela. Enfim, estou tentando voltar pra igreja pra servir a Jesus e tentar apagar o passado já que quando nos conhecemos eu era ministro de louvor, tocava violão na igreja e por causa do adultério destruí minha família. Só resta chorar e se lamentar ou tem alguma saída? Tenho vontade de morrer as vezes. Se puder me ajudar fico grato desde já!

    1. Irmão, guarde em seu coração a esperança de um retorno, senão breve, pelo menos no tempo oportuno. Sua esposa há de ver o seu sofrimento, o sofrimento do seu filho, e há de compadecer-se, aceitando-o de volta.

      Essa dor que você sente hoje pode ser insuportável, mas é benéfica no seu futuro. É como um joelho com o ligamento rompido e sem tratamento, o qual impedirá que você corra para longe ou ande por lugares áridos. Faça dessa experiência dolorosa um memorial para que, ao vir novas tentações, você rejeite o mal em seu coração.

      Agradeça a Deus por ter Igreja onde congregar e onde ser consolado por irmãos, amigos, pastores. E ore sempre pela sua esposa e pelo seu filho.

      1. É o que quero fazer mas sinto-me quase sem forças física e psíquica para qualquer atitude. Só a culpa toma conta de mim e mais nada. As vezes quando a ouço dizer que jamais voltará comigo, que nada faria com que voltássemos sinto o mundo se findando. Estou sem paz interior e sem motivação. Queria ter outra oportunidade e fazer diferente. Queria apagar o passado que me atormenta! Que dor horrível! Jesus, têm compaixão Senhor! Pensas ter solução Pastor?

        1. Irmão, Jesus não lhe acusa de nada e nem o julga em nada! Pelo contrário, Jesus veio para salvá-lo e é Ele mesmo quem intercede por você diante do Pai.

          Essas acusações vêm de satanás, que é quem nos acusa de dia e de noite, sem cessar. Mas use a palavra de Deus para fortalecer-se espiritualmente, pois está escrito que quem está em Cristo é nova criatura e as coisas passadas ficaram para trás.

          Se sua esposa não lhe recebe mais e nem quer falar com você mais, escreva-lhe uma carta confessando que é pecador mesmo, que agiu com safadeza mesmo e pedindo-lhe perdão. Não fale em voltar, mas apenas peça perdão. E deixe o resto a cargo do Senhor.

          Enquanto você ficar olhando para o lar perdido, para o casamento desfeito, para sua falência como marido honesto e fiel você não será bem sucedido. Enquanto ficar se lamentando dessa forma, você não conseguirá olhar para frente, para onde está Aquele que pode, não só trazer-lhe a paz, como também ao coração da sua esposa.

          Irmão, é tempo de parar de se lamentar e passar a olhar para Jesus, o qual pode aperfeiçoá-lo e lhe restaurar o lar. Sua solução não está em você mesmo, nem na sua esposa, mas apenas em Jesus crucificado e ressuscitado.

          Que a paz do Senhor Jesus seja com você e com sua esposa, é minha oração a favor de vocês, em nome de Jesus.

          1. Obrigado Pastor! De todo coração agradeço! Estou no caminho do Senhor e não desanimarei. Quero primeiro restaurar minha vida no Senhor e em seguida minha família. Minha esposa diz estar desacreditada das pessoas, que não consegue me perdoar, que além de raiva não sente nada por mim mas, sei que Deus pode realizar qualquer coisa e creio que Ele fará mais esse milagre em minha vida. Obrigado irmão e tenha certeza que suas palavras me confortaram e encorajaram a prosseguir sem desistir nunca do objetivo principal: Jesus o Salvador. Guardarei a paz! Esteja em paz também. Seu ministério é uma benção irmão!

          2. Pastor! Sou o Gleison! postei alguns comentarios como anônimo sobre minha separação, tenho um filho de seis anos, contei que traí minha esposa várias vezes, que meu filho está sofrendo muito e disse também que estava desesperado lembra? Após algumas respostas suas elogiei seu ministério pela benção de Deus á nós através dele! Espero que se lembre de mim! Enf pastor! Estou buscando á Deus e procurando ser fiel em tudo. A raiva da minha esposa por mim parece aumentar a cada dia e a convicção de nunca mais ficarmos juntos parece estar impresso em seu olhar. Sei que a vida com Deus é mais importante que isso por isso o buscarei a cada dia. Ontem me sentindo fraco pensei em desistir dela já que ela quer viver a vida dela e me divorciar de uma vez e procurar uma mulher que teme á Deus. Acha isso possível e plausível? Gostaria de esperar Deus fazer um milagre e creio muito que Ele pode fazer mas, as vezes ela me diz coisas que deixa meu coração muito ferido. O que fazer nesse caso pastor? Me ajude pastor! Quero realmente ser limpo, fiel, homesto e tudo que puder ser de melhor. Grato!

            1. Irmão, lembro sim de você e do seu sofrimento. Meu conselho é que não tome nenhuma iniciativa de divorciar-se e nem mesmo de envolver-se com qualquer mulher. Não faça isso!

              O seu tempo agora é de aquietar-se e confiar em Deus. Não para restaurar casamento ou para ter outro lar, mas sim para edificar sua alma.

              Aquiete sua alma, irmão.

  27. olha pastor minha esposa era louca apaixonada por mim ciumenta e ate mesmo possessiva e insegura de repente mudou da agua pra o vinho parecia ser varias pessoas ao mesmo tempo começou a me humilhar perente os outros e apenas comigo mesmo tambem começou a beber desenfreadamente e uma vontade louca de dançar e apenas flar em sexo sexo sexo sexo e mais sexo e a dizer palavras vulgares e se portar como tal do meio pro fim me traiu com varios homems e por fim assumiu um amante e foi viver com ele me humilhou perante todos todos mesmo ao mesmo tempo que se rebaixou. Eu sinto que ainda a amo tenho muitas saudades dela pastor e sinto que foi algo errado que nao estava correto pois ela nao era assim. me disseram que foi feito obra de feitiçaria inclusive o comportamento repentino dela pareceu bem estas caracteristicas me diga se ela quizesse voltar e eu aceitasse o pior de tudo apesar de amala muito nao sei como poderia ser issu porque todos me chamam de corno e a ela de vagabunda adultera e o pior de tudo como eu poderia estar ao lado dela na mesma cama sabendo de todos que estiveram ali e so os que eu sei fora os que nao sei e os outros que ainda podem vir a pertubar-me eu sinceramente faço como o amigo so se lembram das mulheres e dos cornos desesperados suicidas angustiados humilhados doentes fisico pisicologicamente e espiritualmente.

  28. meu nome e ana
    PEÇO QUE OREM PRO MEU ESPOSO EDVAN LARQUE SUA AMANTE(MAILA)E VOLTE PRA MIM,
    ME AMANDO VERDADEIRAMENTE (COMO A PALAVRA DE DEUS MANDA QUE ELE ME AME COMO O AMOR DE CRISTO QUE DEU A VIDA POR SUA IGREJA)E QUE ESTE AMOR SEJA FORTE E VERDADEIRO,
    E QUE TUDO QUE ESTIVER EMPEDINDO DELE VOLTAR PRA MIM SEJA DESTRUIDO EM NOME DE JESUS
    QUE SUA AMANTE NAO TENHA FILHOS DO MEU MARIDO
    ME AJUDEM PRA QUE MINHA FAMILIA SEJA RESTAURADA E RENOVADA EM NOME DE JESUS AMEM
    OBRIGADO SEI QUE RECEBEREI EM NOME DE JESUS peço orem por ele para ele larga sua amante e voltar pra mim

  29. PASTOR ME AJUDE MEU MARIDO E UM HOMEM BOM MAS NAO SUPORTO O FATO QUE ELE ADORA OLHAR NA INTRNETE MULHERES NUAS FAZENDO SEXO ME SINTO TRAIDA HUMILHADA POI LHE ATENDO SEMPRE NAS SUAS NESSECIDADE ISSO E TRAIÇAO ME AJUDE SOU EVANGELICA ESTOU PENSANDO EM ME SEPARAR NAO SUPORTO A IDEIA DE SER TRAIDA PREFIRO VIVIR SOZINHA.OBRIGADA.A PAZ DO SENHOR.

  30. Pastor, estou casada a mais de 15 anos. O meu marido não quis ter filhos, e eu queria muito, mas abdiquei. Confesso que meu casamento foi feito pelo motivo errado, da minha parte, porque estava num momento de insegurança e carência, e acabei tendo relações sexuais antes do casamento. Já pedi perdão a Deus por isto várias vezes e em vários momentos, não tem justificativa foi errado e pronto, além disto casei com uma pessoa que embora fosse a igreja católica, desconhecia completamente o Senhor Jesus.
    Meu casamento foi difícil, na verdade, desde dias antes do casamento, era como se ele tivesse com raiva de mim, era assim que eu sentia que ele agia. No dia do nosso casamento ele estava emburrado e zangado, não queria nem tirar as fotos pra o álbum, nem quis lua de mel. Mesmo assim, resolvi me casar e ficar casada pelo resto da minha vida.
    Neste casamento complicado, acabei me afastando a cada dia dos caminhos do Senhor, embora sempre “tentava” ir a igreja. Mas, quase não orava e não lia a Palavra. Tive muitos problemas, incluindo uma terrível depressão que acabou sendo que ela se repetia de tempos em tempos. Ele tinha um ciúmes doentio e inexplicável, às vezes se tornava agressivo, mas não violento, mas ficava também distante e frio. Tivemos também problemas de ordem sexual, falta de carinho, ejaculação precoce, culminando com isto, numa “greve” sexual da minha parte, o que também me desculpei com ele e com Deus.
    Com tudo isto, em no meio de 2009 até o final de 2011 ele me traiu, ou pelo menos foi esta época que tenho provas da traição. Esta traição ocorreu num dos momentos mais difíceis da minha vida. No final de 2009 meu pai faleceu, na semana seguinte minha mãe adoeceu, ficando muito mal, como fui morar na cidade dele, distante dos meus familiares em 3000 Km, tive que viajar pra cuidar dela, ficando lá por 3 semanas. Quando voltei ele estava extremamente agressivo e assim ficou até junho de 2011. Neste meio tempo minha irmã teve câncer e meu irmão perdeu a visão de um olho e com todas estas dores da minha família, vivi esta tormenta no casamento sem ter com quem dividir nada, graças a Deus nunca nem olhei pra o lado, pensando em traí-lo. Por seu ciúmes pedi demissão do meu emprego no meio de 2010, pensei ser este o motivo da agressividade e a partir dali não trabalhei mais. Mas graça a Deus, neste tempo, fui a uma igreja muito abençoada e fui me aproximando cada dia mais de Deus, voltando a orar e aprendendo a leitura diária da Palavra, fui me tornando uma esposa melhor, inclusive fisicamente. Em julho meu marido me disse que iríamos melhorar e teríamos uma vida nova dali pra frente, mas ele não se interessava sexualmente por mim, então fiquei muito sismada. Foi quando ele disse que iria a uma viagem de trabalho, como já estava desconfiada e não estava trabalhando eu disse que iria com ele, foi aí que vi um homem totalmente transtornado e furioso, como não adiantava ele ficou manso e me prometeu que realizaria todos os meus sonhos, inclusive termos um filho para eu não ir viajar. Então tive a certeza que ele iria se encontrar com a amante, e não quis ir mais. Quando ele voltou, perguntei se ele estava me traindo, ele sem nem piscar disse que jamais faria isto. Então não tive outro jeito senão invadir seu e-mail, quando descobri tudo, com cada detalhe e todas as datas. Depois de quase 3 anos de traição, resolvi tentar perdoar e retomar o casamento, e estava a quase 1 ano tentando, e neste período é como se o espírito dele estivesse ausente. Embora quando voltamos ele passou a ir a igreja comigo, duas vezes por semana, mas na nossa casa falando com outros homens, familiares dele conversa sobre sexo como se nunca tivesse pisado numa igreja, achando graça e incentivando a fornicação este tipo de atitude.
    Ele às vezes na hora do sexo falava o nome íntimo da amante que eu tinha visto no e-mail. Ele se insinuava a outras mulheres na minha frente, e foi ficando cada vez mais frio e se distanciando, então resolvi que desta vez não iria mais atrás do que aconteceu, simplesmente desisti, vou me divorciar. Foi só falar em separação e ele aceitou na hora e não quer nem pensar em continuar tentando. Tenho certeza que ele está me traindo, porque ele apagou no histórico do celular um telefonema que sei que ele fez; além do comportamento dele. Tenho medo de pegar uma doença venérea (dst) séria. Vejo em muitos locais que eu teria que insistir, que orar pra ele se converter. Não entendo porque ele vai a igreja, mas sei que na maior parte do culto ele fica cochilando, não posso julgar, e nem quero, só sei que já faz 4 anos que sou tratada com frieza, menosprezo e indiferença e que o comportamento dele em casa em nada mudou. E hoje ele quer se divorciar, eu perguntei se ele não queria voltar atrás, e ele disse NÃO. Queria saber sua opinião sobre isto, ele se converter ou não vai depender da vontade dele? Ele estar casado comigo não garante a salvação dele? Então vou ficar vivendo com uma pessoa mentindo pra mim todos os dias, além do tratamento de total desprezo e desrespeito? O que é certo na sua opinião, porque já ouvi pastores falando que é certo eu me divorciar e citar a Palavra, e outros que seria errado, também usando versículos bíblicos. Tenho orado, lido a Bíblia, mas estou confusa, não queria desagradar a Deus, entristece-lo como fiz ao fazer sexo antes de casar. Temo a Deus, e O amo acima de tudo e de todos, inclusive de mim mesma. Obrigada por sua atenção.

    1. Irmã, compreendo sua dor e dificuldade e me solidarizo com ela. Infelizmente você não está só nessa questão. São incontáveis os casos que conheço de problemas no casamento por causa de decisões erradas no passado.

      Bíblicamente você poderá divorciar-se, porque ele está em adultério. No entanto o que o Senhor deseja é que você permaneça casada. E que, se divorciar, que não se case novamente.

      E mesmo que divorcie-se, é mandamento do Senhor que você o perdoe por tudo, pois você mesma foi perdoada por Deus de seus pecados. Alguns até ocultos do marido.

      Quanto à salvação dele, isso é entre ele e Deus apenas. Nada do você fizer, mesmo que entregue sua vida em sacrifício, mantendo o casamento sob humilhação e desprezo, poderá acrescentar nada para salvação do seu marido. A salvação é individual e ponto final. Ele precisa crer no sacrifício de Jesus a favor dele, para ser salvo. Caso contrário, permanecerá condenado.

      Quando a Bíblia diz que a presença da esposa crente santifica o marido incrédulo, ela está dizendo que, pelas orações e atitudes da esposa, o marido é preservado de muitos males, inclusive tentações.

      Quer divorciar-se e viver sua vida com liberdade? Pode, porém o Senhor não é glorificado com isto. Mas, o contrário sim.

      Suporte mais um pouco e confie em Deus a solução do seu problema. Eu creio que seu marido logo, logo, tomará ele próprio essa iniciativa.

      Veja mais a esse respeito nas várias mensagens que publiquei (e nos meus comentários adicionais) no site, na categoria Casamento – http://verboeterno.wordpress.com/category/casamento/

      O Senhor lhe abençoe com uma total transformação de vida e que seu lar seja local seguro para sua alma, é minha oração a seu favor.

      1. Caro Pastor,
        obrigada por sua resposta e oração. Não sei se percebi certo, mas me pareceu que o senhor viu e/ou profetizou algo em minha vida. Ou, talvez por sua grande experiência no assunto.
        Quanto a ficar casada, ele não quer nem ouvir falar, quer se divorciar de todo jeito, portanto, não tenho o que fazer, fico aguardando os acontecimentos.
        Tenho orado por meu marido por sua conversão até hoje, mas está ficando cada vez mais difícil. Eu não tinha detalhado, mas ele está adulterando com uma pessoa da igreja, talvez ainda não estejam se relacionando sexualmente, não posso afirmar, mas estão com certeza nos jogos “amorosos”, e o que é pior, é que ela me liga e me chama de melhor amiga e sempre me pergunta como está meu relacionamento, inclusive sobre a questão sexual.
        Esses dias ela foi “me cumprimentar” na igreja, aí cumprimentou-o, passando o decote em seu rosto, já que estávamos sentados; e então se entre-olharam. Infelizmente, eu já percebo isto a quase 1 ano, e estes jogos acontecem dentro da própria igreja também, mas não queria acreditar. Na verdade, nós a conhecemos fora da igreja, e eu até me assustei quando a vi lá, pelo tipo de vida que sabia que ela levava, e notei que ele se interessou em ir a igreja quando eu disse que ela era membro, embora sempre analisei se não seria insegurança da minha parte; a partir disto, fiquei observando a aproximação dos dois, o que se confirmou meses depois. Ela saía com um colega de trabalho do meu marido, ela dizia que o namorava, o tal colega dizia pra o meu marido que dormia na casa dela, saía com ela, mas ela não era sua namorada.
        Até hoje, estava conseguindo orar pra os dois, mas ele me trata tão mal, como já fez quando estava com a outra amante (ele teve outra amante, eu descobri com todas as provas detalhadamente, ficamos separados 1 mês e resolvi dar outra chance, vai fazer 1 ano que voltamos, daqui há três dias); como eu ia dizendo, ele me trata tão mal que perdi minha mansidão e praguejei contra ele, e ainda nem consegui pedi perdão a Deus, porque ainda estou magoada. Não sei se ela é a única amante, às vezes penso que não, mas disto eu não tenho certeza. Tento renovar minhas forças todos os dias orando e lendo a Palavra, mas é difícil não irar-se quando se é atacada diariamente dentro da sua própria casa pessoalmente pelo marido, e pela amante ao telefone, com seus deboches. Sobre perdoá-lo eu estava conseguindo, mas neste momento, estou fraca, e exausta, preciso orar muito hoje pra conseguir novamente.
        Embora, neste momento, eu não tenha intenção de casar novamente, mas ainda sou nova, portanto pode ser que num futuro, com o passar do tempo, eu poça me interessar por alguém, e como disse não quero desagradar a Deus, portanto, gostaria de saber por que alguns pastores falam que quando é por adultério pode se divorciar e casar novamente? E outros, como o senhor dizem que não? Como não sei grego ou aramaico não sei o que pensar porque todas as opiniões pros ou contra, pelo que vi usam as palavras da Bíblia no original para justificarem seus ponto de vista.
        De qualquer forma vou ficar aqui, na minha inércia esperando o que vai acontecer. Quando o senhor disse: “Eu creio que seu marido logo, logo, tomará ele próprio essa iniciativa.”, fico esperando que seja uma resposta profética, embora as coisas estejam ruins, eu creio no poder de Deus. Oro pra que Deus abrevie os meus dias de sofrimento, me dando Sua sabedoria, para que eu possa aprender o mais rápido possível tudo que Ele quer me ensinar neste deserto que estou passando.
        Agradeço a Deus por sua vida, porque para os que sofrem em seus casamentos é um grande e importante apoio, porque além das palavras edificantes, só de poder desabafar e sentir o amor do irmão já nos restaura a esperança.
        Espero que Deus lhe abençoe muito, que o senhor e toda sua casa sejam ricos em amor uns pelos outros, paz e alegria de Deus.

        1. Matheus, para Deus não há pecado maior ou menor, mas podemos assegurar que quando o homem põe sua confiança em bens, riquezas, títulos, emprego, empregadores, heranças, etc., isso certamente é uma abominação para Deus.

          Jesus falou muito do pecado do amor ao dinheiro, da avareza, do servir ao dinheiro e não a Deus e foi enfático em dizer que é impossível ao homem servir a dois senhores, isto é, a Deus e ao deus mamom (riquezas).

          Se fizermos um extrato dos ensinos de Jesus ao longo do seu ministério, veremos sete coisas mais importantes, nessa ordem:
          1) valorizar as realidades eternas acima das coisas terrenas, temporais;

          2) Exercitar a fé na dependência de Deus. Confiar 100% em Deus. Descansar no Senhor;

          3) Andar em humildade, nos relacionamentos;

          4) ter discernimento das coisas. Avaliar. Ponderar. Ser prudente;

          5) Vigiar (a si próprio). Ficar apercebido;

          6) orar e

          7) Anunciar as boas novas. Evangelizar. Fazer discípulos

          Que o Senhor lhe abençoe e lhe enriqueça abundantemente, com as graças celestiais, é minha oração a seu favor, em nome de Jesus.

  31. Pastor,sou casada a 5 anos,eu e meu esposo somos membros do corpo de Cristo,amo muito meu esposo. Há uns sete pra oito meses atrás,quando ainda visitava o velho orkut,recebi um convite de amizade de um rapaz,logo depois recebi o mesmo convite só que no facebook, Esse rapaz dizia me conhecer a uns 20 anos atras e pelo que ele me contou em um bate papo no facebook tudo batia,sempre morou no mesmo bairro que eu,Ele diz que sempre me amou desde aquela época,depois de tantos outros bate – papos vi que realmente ele me conhecia,pois ele conhece outras pessoas que eu também conheço,principalmente um dos irmãos dele que ele nem sabia que eu conhecia e tinha uma amizade a um tempo atras,amizade relacionada a igreja.Só que,esses bate-papos com ele foram ficando mais intensos,ele ia me contando como me conheceu,desde a época em que eu estudava e ele disse que estudava naquela mesma época,só que eu disse para ele que eu nunca tinha o visto,mais ele dizia que saía sempre antes de mim e ficava na porta do colégio e me via passar e dizia que os colegas dele falava para ele ir falar comigo e ele nunca fez isso,o tempo passou,e ele não me viu mais,Vim morar no mesmo condomínio que ele mora hj e antes de vir morar aqui eu já conhecia a mulher dele,,,Ele não vive bem com a mulher,mais vive com ela dentro de casa,,,Emfim pastor,é uma hístória longa,mais quero dizer que COMETI O PECADO DO ADULTÉRIO COM ELE,FOI SÓ UM DIA,ME ARREPENDO MUITO,TENHO MEDO DE CONTAR PARA O MEU ESPOSO,POIS ELE NÃO MERECE E JÁ ME AJUELHEI E PEDI PERDÃO A DEUS E ORANDO EU ESTAVA PRÓXIMA AO MEU ESPOSO E COMECEI A ORAR,PEDINDO PERDÃO TAMBÉM A ELE MAIS ELE NÃO OUVIA POIS ESTAVA DORMINDO,MAIS ORANDO PEDI PERDÃO A DEUS E NÃO COMETEREI MAIS ISSO,POIS ISSO ME DOEU MUITO POR ALGUMAS HORAS E ME DEIXOU MUITO ANGUSTIADA E AINDA ESTOU ME SENTINDO ASSIM,POIS TIVE RELAÇÃO COM ESSA PESSOA E TIVE ATÉ QUE TOMAR UM REMÉDIO “PÍLULA DO DIA SEGUINTE” TOMEI UMA E NA HORA DE TOMAR A OUTRA ACABEI ESQUECENDO E FUI TOMAR 5 HORAS DEPOIS,LIGUEI PARA UMA FARMÁCIA E PEDI ORIENTAÇÃO E O FARMÁCEUTICO DISSE QUE TALVEZ A PRIMEIRA DOSE JÁ TENHA DADO O RESULTADO E DISSE PARA EU ESPERAR…ESTOU CONTANDO ISSO PASTOR,POIS NEM FILHO EU TENHO,NÃO TOMO REMÉDIO E NUNCA CONSEGUI ENGRAVIDAR DO MEU ESPOSO,,,Emfim,seria eu perdoada por Deus,mesmo que eu não conte para o meu esposo? Pois prometi pra mim mesma que nunca mais cometeria tal ato,pois amo muito meu esposo e essa pessoa sabe disso.
    Posso eu continuar essa amizade com essa pessoa,aprendendo a se respeitar e a respeitar o meu esposo e meu lar?
    Só quero que tudo se esclareça na minha cabeça e sabendo que mesmo que eu NÃO CONTE NUNCA AO MEU ESPOSO,POIS NÃO QUERO ENTRISTECE-LO e não deixe de falar com este vizinho,mais claro,me afastar de vez,,,DEUS JÁ ME PERDOOU???

    1. Irmã, pelo seu arrependimento sincero diante de Deus, certamente que o Senhor já a perdoou, mas seu problema é muito grave, pois o adultério está no seu coração.

      Sendo casada há tão pouco tempo, amando ao marido como diz que ama, estando no seio da Igreja e ainda assim deixa-se seduzir por alguém que lhe aparece do nada? Alguém que você nunca tinha visto antes, mas apenas lhe adicionou e seduziu?

      Provavelmente esse homem é alguém romântico, com palavras que elevaram sua auto estima como mulher e que lhe apareceu como pobre coitado, infeliz com a mulher, etc. Ele é infeliz porque quer, pois não dependemos de pessoas para sermos felizes. É infeliz porque nunca teve coragem de assumir atitudes: você, no passado, e, agora, a esposa no presente.

      Se o casamento dele está mal, não é buscando em outra mulher (você) que ele vai consertá-lo, mas buscando onde errou, dentro de si mesmo. Buscar consolo em você, além de não ajudar no casamento dele, ainda irá destruir o seu próprio casamento.

      Irmã, você deve romper os contatos com esse homem, pois ele voltará a fazer pressão sobre você, tentando seduzi-la novamente, sugando sua vida espiritual. Ele vai continuar como um pobrezinho que necessita de ajuda, mas a ajuda verdadeira ele só pode receber do Senhor, quando se arrepender e se converter.

      Não aceite chamadas dele, a não ser a última, que é para pedir perdão por ter se deixado levar, assim como para perdoá-lo também. Depois disso, não aceite mais. Evite-o, e se encontrar com a esposa dele, trate-a apenas formalmente. Sem intimidade.

      Quanto a contar ao seu marido, ore pedindo ao Senhor que lhe dê direção e sabedoria. Não se precipite, mas faça tudo segundo ouvir do Senhor.

      Que a graça e a paz do Senhor esteja em sua vida. Volte a congregar com alegria no coração, a ler mais assiduamente a Bíblia Sagrada, a orar mais. Principalmente a interceder mais pelos outros.

  32. olá sou evangelica a 7 anos ,a pesar de mesmo antes de me converter muitas gente ja pensar que eu era evangelica pela minha postura.vivi um relacionamento de 15 anos sou casada mas mesmo quando nao conhecia a palavra sempre fui traida e e deixava passar so que depois q meu marido se converteu e esta na igreja a 3 anos eu descobri atraves de foto q ele ainda eat me traindo ,so que dessa vez por estar carente eu cai em temtação e tb trai so q eu estou envolvida pela pessoa e sofro por isso pois por mim meu marido nao me tocava mas,e a pessoa tb e evangelica o q de certa forma ta servindo pra gente se controlar pois so nos encontramos uma vez e nao fomos ate o fim so q sentimos falta um do outro ele tb temm uma lar de 24 anos no qual os proprios filhos dizem pra ele ser feliz mas eu sofro com issso pois hj vivo em um matrimonio q de certa forma não sinto mas nada pelo meu marido ,e e percebo q estou ficando com ele pela nossa filha de 11 anos que ja ate pegou mensagem dele pra outras mulheres…sei q estou errada pois a mulher sabia tem q edificar seu lar mas tb sei q o homem q nao honra suia mulher suas oraçoes nao sao aceitas como posso viver com esse sentimento sinto falta da pessoa que eu me envolvi pois ele sempre me liga nas datas festivas aniversario natal ano novo sendo que isso meu marido nem faz mas.nao quero viver um relacionamento seo de aparencia pra as pessoa vereme falar fulana vive bem DEUS tb nao quer isso mas tenho muito medo da mão dele pesar sobre mim o que tb e errado pois nao temos que ter medo dele ele e nosso pai e esta sempre disposto a nos pegar no colo e nos consolar, mas o que me entristece e que quando eu era traida e nao conhecia a palavra nunca cometi nada de errado e hj eu cai em tentação mas por sentimento……ore por mim pra que DEUS me mostre o melhor caminho …

    1. Vânia, já orei por você e creio que o Senhor poderá renovar sua alegria no casamento, assim como Jesus renovou o vinho, com abundância, nas bodas onde fora convidado (João cap 2).

      Convide Jesus ara seu casamento e faça tudo o que ele mandar.

      Que o Senhor a fortaleça contra as tentações e tenha misericórdia de você e de seu marido, que se encontram prisioneiro do pecado, é minha oração a seu favor.

  33. Irmão, eu tive esse pecado de traição, mas me arrependi sinceramente e não pequei mais. Mas vi em seus comentários que devemos contar ao cônjuge tal ato e pedir perdão. Pois bem, para ser mais direto, se eu contar isso para minha esposa, com certeza ela não vai me perdoar e vou ter, nessa confissão, a destruição da família. Como devo proceder? Seria sábio confessar assim mesmo? Onde está na Bíblia que devemos confessar ao cônjuge? Pois não me recordo de nenhum versículo falando acerca disso.

  34. Pastor sou um obreiro da casa do senhor , trai minha esposa estou arrependido , ninguem sabe disso só eu e Deus , se eu contar para minha esposa ela vai separa de mim , se eu conta para o meu pastor ele vai me
    disciplinar estou com muito medo eu não estou mais nesta pratica

  35. Eu trai minha esposa com algumas mulheres ,ela me maltratava muito e eu a amava demais mas por causa da falta de carinho dela tentei buscar amor em outras mulheres e encontrei mas percebi que só com ela seria feliz.Me batizei em igreja evangélica mas acabei abandonando e trai mais uma vez e acabei por encontrar de novo jesus a mais de um ano onde estou eu e ela muito feliz.Mas nunca contei a ela das minhas traições porque ela não iria me querer se lhe contasse.Já confessei a Deus muitas vezes e pedi muito perdão inúmeras vezes.Será que estou perdoado e será que Deus aceita a confissão sem contar a ela?

    1. Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; mas, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, … (1 João 2: 1

      Satanás quer nos ver caidos.
      Jesus quer nos ver levantar….

      Ou seja, mesmo que caiamos, o que importa é levantarmos e seguir a Deus com arrependimento e crendo no perdão e na graça de Deus que é maravilhosa!

  36. Boa noite. Pastor, estou passando por uma fase desastrosa… Fui criada em um lar de pais que não eram cristão, mas mesmo assim, sempre ia só a igreja nos domingos de manhã para participar da Escolinha Dominical… Até que um dia, eles aceitaram Jesus… Demoraram me soltar e quando fizeram isso, eu já estava bem mais velha, fiz tudo errado nesse mundo… Até o dia que conheci meu ex namorado, que também é evangélico… Começamos a namorar e éramos tão felizes, íamos a igreja… No terceiro ano de namoro, nós não íamos a igreja, era muito raro, as brigas começaram a surgir, várias msgs chegavam em seu cel… E ficava desconfiada, pq eram bem íntimas… e um dia abri seu pc e vi que ele sempre assistia a videos pornos e falava que era natural, até pq todo homem faz isso… E no lugar de pedir a Deus ajuda, fui deixando de olhar como o homem ideal… Ele me cobrava muito e as vezes ate me humilhava e diante de tanta coisa, comecei a sair quando ele não estava em casa, casa está que ele ficava comigo por toda semana, sendo que nem casados éramos… e de repente, depois de quase três anos e meio, mais especificamente no mês de outubro e novembro o trai… fiz coisas horríveis… Ele descobriu algumas e me largou, me chamou de vadia, vagabunda… Estou sofrendo tanto… já pedi o perdão a Deus… Eu o amo… Estava louca… Me culpo todo o tempo… Eu não quero mais viver… Ele é o homem da minha vida…
    Comprei uma aliança, e fiz um compromisso com Deus, que nenhum homem me tocará se não for o meu marido… Ele está sofrendo muito, mas disse que tem nojo de mim… Já o perdooei tantas vezes…. somos cristãos…

    1. Filha, vocês dois estão errados, vivendo como se fossem casados sem o serem. Errados e, principalmente, em pecado de fornicação. E ainda acrescentaram (ambos) o pecado de adultério.

      Melhor ficar só agora, porém sem pecado, do que voltar com ele em pecado. Melhor sofrer agora do que sofrer eternamente com a condenação de sua alma.

      Arrependa-se diante de Deus, confesse seu pecado e peça ajuda para levar vida reta e santa. Volte à congregação, dedique-se a conhecer a Cristo e o plano de Deus para salvação da sua alma.

      “Cristo morreu pelos nossos pecados, foi sepultado, mas ressuscitou ao terceiro dia”. Creia nisso e você terá o perdão de seus pecados.

      1. Eu me desviei e trai minha esposa e quando voltei para o caminho ainda nas fraquezas trai de novo com a mae da minha filha. Hoje ja senti o perdão de Deus mas fico me crucificando se eu devo contar a ela ou nao. O que faço? Pois sei que ela vai me deixar se eu contar

        1. Jonathan, no seu caso, se não contar, essa culpa vai ficar corroendo sua alma como um câncer. Além disso, a toda nova crise no casamento, tenderá a buscar consolo em mulheres e cairá novamente.

          Busque primeiro alguém na sua igreja, seja o pastor, seja um ancião discreto e temente a Deus. e confesse seu pecado, pedindo ajuda, oração e aconselhamento sobre como proceder.

          O Senhor lhe guarde de todo o mal e lhe livre das tentações, é minha oração a seu favor.

  37. pequei e estou arrependido ja confessei para Deus este erro embora não tenha havido penetração Deus ja perdoou agora estou confessando para vc ore por não quero este peso de consciência me ajude orando pelo meu perdão ficarei aliviado amém.

      1. Eu me desviei e trai minha esposa e quando voltei para o caminho ainda nas fraquezas trai de novo com a mae da minha filha. Hoje ja senti o perdão de Deus mas fico me crucificando se eu devo contar a ela ou nao. O que faço? Pois sei que ela vai me deixar se eu contar

  38. Pastor, ultimamente vivo triste, aflito e com muito medo. Tenho uma namorada maravilhosa, um presente de Deus. Sempre mto atenciosa, carinhosa, romântica, fiel e mto mto verdadeira. Tinhamos uma relação perfeita até eu cometer um pecado, o que eu considero o maior da minha vida. Em uma viagem, entre bebidas e pessoas me influenciando, eu acabei sedento à tentação e pequei. Trai minha namorada. Nunca tive essa intenção, pelo contrário, sempre fui contra e poderia jurar que nunca faria isso. Mas em questão de 1 minuto ou mais eu pequei. De volta pra casa, sabia que o certo era contar a minha namorada, mas tinha medo de a perder. Contei, porém contei com mentiras, não contei tudo que realmente aconteceu. O tempo passou e isso veio a me aflingir. Acabei chegando para ela e contando, mas eu nunca consigo contar tudo que aconteceu. Eu sinto uma dor enorme no meu peito, um medo desesperador de tirar o sono e de me fazer chorar o dia inteiro. Ela já disse que me perdoou, mas eu não consigo viver em paz. Acho que preciso contar tudo a ela, mas ela mesmo já disse pra esquecer o passado e vivermos em paz. O problema é que tenho medo. Muito medo. Ela é uma princesa maravilhosa, um verdadeiro presente de Deus. Pastor, cometi o maior erro da minha vida, que durou cerca de 1 min. Um pecado que levo na minha cabeça e não consigo mais viver em paz. Preciso da sua ajuda, conselhos, seja o que for. Estou a 1 semana a lamentar isso, perdi alguns quilos e mtas lágrimas já se foram. Ajude-me! hoje, frequento a igreja e estou mto conectado com Deus, lei a biblia todos os dias, etc. Sei que ele já me perdou, mas eu mesmo não consigo me perdoar.

    1. Filho, sua namorada parece ser uma jovem sensata, temente a Deus. Você deve contar tudo a ela, sem no entanto ficar entrando em detalhes, pois sua alma necessita dessa confissão. Se não confessar, você irá adoecer e perderá a alegria no namoro. Consequentemente o namoro tenderá a acabar. Tem que contar, para arriscar a preservar o namoro.

      É claro que sua namorada irá sofrer muito com isso, mas ela tem o Espírito Santo e, após a luta contra a dor, saberá perdoá-lo e juntos vocês trabalharão para edificar a solidez do relacionamento.

      Que o Senhor tenha misericórdia de vocês e lhes guardem de novas fraquezas.

  39. Cometi o pecado do adulterio,me arrependi e ja pedir perdao a Deus. Meu caso e mt complicado. Me sinto culpada,tenho 3 filhos e nao to conseguindo viver. Sei que se eu falar para meu esposo ele nao vai me perdoar. O que faco? Nao quero perder minha familia.

    1. Bom dia, filha. A paz do Senhor jesus seja em seu coração.

      Pela sua confissão a Deus, você já está perdoada do pecado. Agora é fazer o que o Senhor diz: “vá e não peques mais”, como ele disse à mulher pega em flagrante adultério, a qual ele perdoou mesmo ela não tendo pedido, apenas porque ela não se justificou e nem negou o pecado. (Jo cap 8:1-11).

      Esse sentimento de culpa é bom, pois torna-se uma defesa contra as tentações. É como uma ferida, que mesmo curada e cicatrizada, ainda dói quando se aperta o local. O importante é você ter firmado em sua mente que só Jesus pode livrá-la de novas quedas. Você não tem forças para resistir, caso o inimigo venha com forças contra você.

      E saiba que “o inimigo” maior é sua própria carne. Satanás é um inimigo menor em nossas vidas, embora ele monte armadilhas, faça ofertas saborosas para que nossa carne se interesse.

      Dedique à Palavra de Deus, para fortalecer seu homem interior, o espírito e aguarde em Deus o momento de confessar ao seu marido. Quero que nesse final de semana você leia e medite os capítulos 5, 6 e 7 de Mateus. OK?

      Um abração e que o Senhor lhe abençoe e guarde.

    1. Eduado, todo mundo tem alguém para se espelhar neste vida…. não é verdade? Pois bem… veja bem em quem vc quer se espelhar (seu pai, irmão mais velho, cientista, filósofo, pastor da igreja, Jesus) …. Pronto… assim, acho que vc consegue se entender pois vc escreveu
      “EU não entendo mais nada na minha vida…”
      Vc conhece as árvores pelos frutos …. não está na Bíblia….

      Não sei se ajudei… mas, estou sempre por aqui, ok

      []s

    2. Irmão, todos nós que nascemos em pecado já estávamos mortos. Era só questão de tempo, assim como um crucificado, embora vivo por algumas horas ou dias, na verdade, dentro em pouco estaria morto.

      Mas Deus prova o seu amor por nós, dando Jesus Cristo, o justo, santo e sem pecado, como holocausto em nosso lugar. Assim, se você pensa que está morrendo a boa notícia que tenho para você é que esse é o primeiro passo para a sua salvação: o reconhecimento do pecado e da condenação.

      Não é para onde ir que lhe salvará, mas para quem ir. Só Jesus pode dar-lhe vida eterna: “Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras da vida eterna;” (João 6:68)

      Vá à Página Perdão de Pecado e faça sua oração ao Senhor e receba vida e salvação. – http://verboeterno.wordpress.com/paz/

    3. espero voltar e ver seu testemunho de cura e libertação meu irmão!!! vou está orando por vc!!! não sei sua idade nem se a morte que vc cita é a espiritual ou fisica. o importante é ver vc restaurado em nome do Senhor Jesus

  40. Hj sei que meu casamento na volta mais acho que minha és esta ficando com outro, sei também que a culpa e só minha eu pago um preço alto depois que me separei a minha vida andou pra traz angustia desespero as vesez acho que nao tenho mais salvacao quando a gente comete adultério. A gente prejudica varias pessoas ao nosso redor o primeiro nossa esposa e filhos, depois nossas sogra, sogro cunhados nossos irmão nossa mãe os amigos nao sabem de que lado fica, as consequência do adultério e muito orrivel eo principal ao olhos de Deus porque a familia e a menina do olhos do pai perdoar sim através de sua misericórdia somos perdoado mas as consequência são terríveis e uma dor que nao tem fim isso vale pra todos e pior quando a gente conhece sua palavra seus mandamentos, gente olha só por deus as consequência são terríveis, por mais que vc ore a dor e muito grande pó isso antes de prejudicar sua familia cuidado a cicatriz vai ser pra sempre principalmente se vcs tiverem filhos. Antes de cometer aduterio ore a Jesus pra que te livra desse mal mesmo que sua esposa ou esposo faltar em alguma coisa porque através de Jesus ele restaura o amor eu errei e pago mesmo sendo filho do Deus vivo só a sua misericórdia pode restaura mas hj meu coração sangra sem parar e eu agradeço ao bom Deus luto pela minha salvacao e pela misericórdia de Deus.

  41. Pr. sou uma mulher muito tribulada, sei q trai meu esposo e não consigo me perdoar,ele não soube e a dois anos ele se separou de mim e foi morar c outra e tem um filho,hoje me culpo e que Deus me castiga peçlo o q fiz.Estou muito arrependida tenho pedido a Deus perdão e sinto que Ele não me perdoou.Não consigo esquecer meu esposo, temos dois filhos que estão comigo inclusive o filho é dele com outra mulher,não a que ele está agora.Pr .me ajude o que devo fazer para Deus me perdoei me faça esquece-lo.Preciso ser feliz e uma questão de ser humano se não a vida não terá sentido. Me ajude por favor.

    1. Irmã, você pecou sim, mas é Deus quem lhe justifica, por meio de Jesus Cristo, na cruz do Calvário, Se você se arrependeu, confessou ao Senhor o seu pecado, você já está perdoada. “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1:9).

      Quanto a seu marido, ele também precisa se arrepender e confessar ao Senhor, pois a vida dele tem demonstrado que necessita concertar-se. O problema dele não é com você, mas com o pecado.

      Aceite o perdão do Senhor, volte-se para Ele, tenha relacionamento íntimo com Deus e você terá a alegria e felicidade que tanto procura. E ore pelo seu marido, pois ele necessita muito de oração. Quem sabe ao vê-la feliz, apesar das circunstâncias, ele não voltará, arrependido?

      O Senhor lhe guarde e lhe fortaleça, é minha oração a seu favor.

  42. Sei,tenho consciência que pequei, sou batizada na Igreja, mas atualmente não frequento, Deus ja fez muitas maravilhas em minha vida, se pudesse apagar esse dia em que pequei, eu apagaria. Pastor, me ajude!

    1. Tamires, Jesus ensina que vivamos um dia de cada vez, pois basta a cada dia o seu mal. Basta a você o mal de hoje. Liberte-se do mal de ontem e viva em paz com o Senhor, pois o seu pecado já foi perdoado por Deus e o próprio Senhor não se lembra mais dele.

      Ficar remoendo o pecado do passado é o mesmo que não se perdoar e sofrer duas vezes.

      Que o Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda sabedoria e vigilância contra novas tentações, é minha oração a seu favor.

      1. Amem. Mas o conselho e para que as pessoas nao caia em aduterio. Eu creio que Deus já esqueceu me perdou mas todo pecado tem suas consequência e divorcio só e dado sobe duas coisas por morte ou aduterio. Obrigado por mi por em suas orações.

  43. Olá pastor, tudo bom?
    Ap´s minha separação, deixei de ir à igreja, por quase 2 anos. Me envolvi com outras mulheres mesmo sem assinar o divórcio que nunca dava certo assinar. E me envolvi com uma mulher de onde trabalho, ela é umbandista. Via-me só agradando esta mulher, aí comecei a me afastar dela pois procurava algo pra mim tb (ela já tem 48 anos e é solteira disse que não sabia se queria continuar solteira ou ter um casamento) diferente de mim passei a me afastar… só que parecia que tinha uma força que me obrigava a ficar com ela a ligar e agradá-la… até esfriei com minha filha (isso naquela época me incomodava, minha bb não tem nada com meus erros) isso me incomodava muito, resisti e parei de ligar e evitava no trabalho ela ficava me provocando no trabalho mas, não me telefonava… então um belo dia ela fez com o que nosso chefe até então meu grande colega/amigo passou a mão nela na minha frente… dias depois liguei e falei que não mais queria isso pra minha vida e nunca mais ligaria para ela… ela disse “ta bom”…
    Uma outra pessoa que sabia de tudo caçoou de mim.. fiquei irritado mas, fiquei quieto até então… só que parecia que o perfume da mulher com quem me envolvi não saia de perto de mim, ia pro banheiro, ônibus, meu carro, pensei q tava ficando doido pois não tinha prazer não era feliz ao lado dela, pq sentia isso, fui ficando nervoso com esta situação.
    Então tentei tirar esta pessoa com quem me envolvi do trabalho (pois já fui chefe) conversei com a diretoria sabendo que a história poderia se espalhar… resultado … se espalhou mesmo….
    Fui à psiquiatra, tava na terapia… ta me achando doido… e a mulher parecia que me esperava voltar.. isso me deixava mais nervoso, sabe…
    Parei de dar bom dia pra ela…

    voltei correndo pra Jesus e pedi pra minha esposa para voltar pra casa até então minha esposa não sabia de nada… no trabalho ainda ouvia e sentia algumas provocações e eu guardava tudo, não falava nada com ela…
    ia me arrastando pro trabalho, todos sabendo da história me julgando.. depois de alguns dias não conseguia dormir direito, acordava sempre as 3h da manhã com o corpo gelado, usava 2, 3 edredons, meias, calça e ficava com um frio danado… acordava com ansia/vomitos principalmente nas quintas-feiras… aí minha esposa ficou me perguntando… e dizia que eu tinha ingerido comida consagrada…tinha vergonha e medo de falar com ela…
    até q um dia confessei tudo pra minha esposa, ela me perdoou e me ajuda muito até hoje (diferente de antes da separação)
    nossa bebe uma noite ficou em nosso quarto e cama por algumas horas para assistir um dvd da Barbie e saiu de lá chorando e com dores de cabeça… fomos ao pediatra que disse que não tinha nada…
    um dia fomos a igreja e o bispo pediu para os casais irem a frente para orar… derepente minha esposa começou a passar mal, colocar a mão no pescoço parecia q algo tentava matar ela… e ela vomitou um pouco de sangue e na hora ela disse que ouvia uma voz dizendo que foi algo que eu comi o bispo dizia no momento que foi alimento consagrado (nossa, fiquei mal, e irritado comigo mesmo e com a pessoa que me envolvi)… sentia meu orgão genital gelado… minha esposa me passou um sms no dia seguinte desta noite pedindo pra eu jogar todas cuecas no lixo… fiz isso no mesmo dia e comprei novas e agora me sinto melhor (nada mais fica gelado)
    As vezes no trabalho sentia minhas forças sendo roubadas, fiquei num dia com tontura, parece uma guerra, é estranho, horrível… uma outra colega que é desviada da assembleia parou de falar comigo (sabe da vida de todos do trabalho)… Hj fico orando por minha família e por essas 3 pessoas (umbandista com quem me envolvi, com o chefe, e a colega que parou de ir a igreja e parou de falar comigo)…
    Tudo isso aconteceu pq me desviei mas, essas coisas específicas acredito que foi motivado por ação daquela mulher….Peço desculpas aos irmãos por causa do que fiz e peço um conselho do pastor, por favor

    1. Irmão, eu creio que tudo isso é espiritual mesmo e pode acontecer com qualquer pessoa que se afasta dos caminhos de Deus e da presença do Senhor.

      Agora a solução é mesmo a oração a favor dessa mulher, para ser liberta, pois ela também é amada por Deus e está perdida, a favor do seu chefe para que ele não fique prisioneiro, assim como você e também a favor, não só dessa irmã que se afastou de você como de todos os colegas que zombaram e fazem fofocas.

      Ore também pela sua esposa, seu lar e família, guardando e protegendo seu lar de todo espírito imundo.

      E volte-se para a comunhão com Deus, por meio da Palavra, da oração e da meditação. Que o Senhor lhe guarde, pois quem está em Deus o maligno não toca.

      1. Obrigado pela atenção e pela resposta… o sr . não sabe como é bom ter uma atenção de um pastor… estou orando por todos, fazendo jejuns, aprendi a orar diferente, sinto que fui humilhado. Sabe pastor reconheço o qto sou pequeno e só com Deus sou alguém (que não faz besteiras, etc)… fiz tantas besteiras e ainda sinto que Deus me ama… Ele me ama, q fico até constrangido, sei la… que palavra usar… que Amor … que Amor…. sou literalmente dependente da misericórdia, do perdão, do amor, da paciência de Deus ……. admito q se não tivesse passado por isso não pensaria nem estaria deste modo hoje em dia… acho que isso é bom né?

        obrigado mais uma vez e se o sr. puder estar orando/intercedendo por mim, muito obrigado ….

        1. Fernando, quem muito peca mas reconhece seu pecado e vê em Jesus a salvação, muito ama também. Por isso você está neste estado de graça diante de Deus.

          Ele, o Senhor, derramou-lhe abundante Graça quando você reconheceu seu pecado, assim como fez com o profeta Isaías, que reconheceu seu pecado e foi purificado (Is 6)

          Jesus é maravilhoso sim. A Ele, toda honra e glória, eternamente. Amém!

    2. Fernando, sua história é muito parecida com a minha. No final do ano passado, me envolvi com uma pessoa do trabalho, depois me envolvi com uma outra pessoa de perto do trabalho. Sou casado, minha esposa é uma serva do senhor. Depois que me envolvi com a segunda pessoa, comecei a me sentir mal, busquei a tranferencia de cidade afim de me afastar do pecado. Consegui a tranferencia. Comecei a buscar a Deus. Numa quarta-feira, durante a busca do Espirito Santo, algo começou a me encomodar. Meu pecado. Busquei orientação se deveria ou não me confessar para minha esposa. No dia seguinte, assim que ela chegou do trabalho, a chamei no quarto e expus tudo o que eu havia feito. Falei de uma forma geral sobre as traições. Ela me perdoou. Graças a Deus. Meu casamento é abençoado.

      1. Irmão, hoje fico ouvindo gracinhas da mulher, por exemplo ela numa reunião do trabalho tirou balas da bolsa e começou a distribuir para os colegas dizendo que eram balas do terreiro, da macumba que ela frequenta, num tom irônico (usando as palavras dela).
        Senti que Deus foi zombado e que minha fé também foi zombada por ela mas, não consigo mais ter raiva dela… sinto até que ela nem sabe o que está fazendo e vai colher por tudo isso porque está escrito na Bíblia. Não quero mais ser humilhado no trabalho e não vou ser mais zombado nem humilhado.
        Irmão, perdi muitas coisas, gratificação salarial, posto de trabalho, tudo por causa desta mulher (das coisas que fiz). Tenho certa vergonha de ter amizade com meu chefe. Mas, como disse não consigo ter ódio dela nem dels (antes confesso que tive) aguardo a justiça do Senhor.
        Senti, várias coisas estranhas:
        Acordava de madrugada com o corpo gelado, não conseguia mais dormir, minha esposa me abraçava, colocava calça, 2 edredons e não conseguia dormir, ela orava por mim e sentia o corpo todo arrepiado de vergonha chorava a noite toda na frente dela
        Sintia fortes arrepios, calafrios na bolsa escrotal do nada, assistindo tv, culto, almoçando, enfim
        sentia como beliscão nos mamilos…
        Minha filha não ficava no nosso quarto,, saia chorando, com ânsia, vomitava e com dores de cabeça… os médicos diziam que não tinha nada, fizemos alguns exames, enfim é espiritual né….depois de entrar na igreja (famosa aqui de SP) ela sarou , só de entrar na igreja, pedimos oração

        Espero que minha ” experiência ” sirva para ajudar alguem a não fazer a mesma besteira…. Amo o Senhor Jesus, amo minha alma, salvação, minha esposa, minha filha.

        Pastor… um abraço, muito obrigado pela atenção de ter me respondido antes…. te agradeço muitooooooooooo…. obrigado pelo site também…. vou agora para igreja… rsssss….. clamar pelo Senhor Jesus, que já me libertou dessas coisas e tem mais para mim…. eu creio!!!!! Deus tem respostas para minhas oraçoes nas madrugadas, meu clamor….

        O melhor é que Jesus me aceitou de volta, eu sinto….. eu sei, tenho certeza…
        Nem sei porque escrevi isso… tudo já passou né….. mas, glória a Deus!!

      2. Sabe, por mais que tentemos justificar o adulterio não conseguiremos nunca, É um erro que cometemos e mesmo tenho nos arrependido genuinamente, teremos consequencias, talvez uma delas seja a consciencia nos lembrando todos os dias da nossa vida!
        Quando o adulterio vem acompanhado do divorcio se torna ainda pior.
        Passei por isso há 2 anos e meio.
        Eu trai meu ex marido, e conhecendo as escrituras, me adiantei e pedi a ele o divorcio por saber que ele merecia uma nova chance.
        O pior dessa historia foi que eu levei 3 anos para tomar essa atitude indo parar até no hospital, porque eu sabia que estava em pecado e não era o que eu queria e por medo que ele viesse a se matar porque pensei que me amava a esse ponto, ou o fato de ficar sozinho e largado, mas fiquei surpresa quando ele aceitou de primeira e ainda antes do divorcio sair ele me perguntou se poderia se relacionar com outra pessoa.
        Estamos banalizando a palavra de Deus, e entristecendo a Jesus.
        Um fato que me fez chorar tanto, emagrecer, sentir- me tão mal, com vergonha de olhar as pessoas, de levantar minha cabeça dentro da igreja porque minha consciencia me dizia: o que vc ta fazendo aqui dentro? Está em pecado e suja! Assim mesmo é que me sentia, sinto ainda as vzs. Ele se casou em 1 ano apos nossa separação.
        Eu me casei esse ano novamente com uma pessoa que também vem de um divorcio e ainda tenho crises pois leio a palavra e me deparo com o versiculo que diz: Que se a mulher se separar, que fique sozinha! e foi o Senhor quem o disse,
        Penso sempre: Senhor, estou ainda no ´pecado do adulterio?
        Ainda estou em desobediencia? Quero servi-lo com coração puro e reto. Quero dedicar minha vida e meu novo casamento a Ele.
        Estamos firmes na igreja, mas esses pensamentos e profundo arrependimento rondam minha mente e meu coração.
        Pela minha reputação como mulher que já não se encaixa no versiculo bíblico: Mulher virtuosa, quem a achará? Mulher notável, que faz a diferença. Por meus lindos e amados filhos os quais magoei profundamente, aos meus pais.
        Cheguei a cancelar meu casamento com meu atual marido na noite anterior ao casamento, e vi o quanto ele saiu arrasado, magoado, ferido e eu derrotada também.
        Acabamos voltando e nos casamos há menos de 1 mês.
        Nós nos amamos, mas as vzs tenho crise de conflitos pessoais com relação a vida que levo hoje, casada mas após um duro divorcio!
        Sei que a misericordia de Deus é infinita, e quero honrar isso com a minha vida até a volta subjetiva ou objetiva dele.

        “Se eu pudesse, voltaria atrás e não faria novamente o que fiz, troquei minha comunhão pela escuridao da noite…

        1. Rose, compreendo perfeitamente sua dor e aflição. E vi em seu desabafo e testemunho uma palavra de alerta aos que pensam ser o divórcio a solução para o adultério. Assim como pensam que o segundo casamento é plenamente abençoado e sem pecado. Não é. Divorciado que se casa novamente vive em permanente estado de adultério.

          Deus é misericordioso? É, sem dúvida alguma! Deus perdoa o pecado de adultério e também do divórcio? Perdoa, sem dúvida alguma! Mas não é isso o que o Senhor deseja para nós. Ele escreveu todos os nossos dias sem o pecado e sem a culpa, mas nós escolhemos outros caminhos e por isso temos que conviver com a culpa, a acusação, a vergonha.

          Filha, divórcio é como um espinho na carne! O divorciado que conhece a Palavra de Deus terá que conviver com esse espinho por toda a sua vida. Há casos em que não se pode mais restaurar o antigo casamento e também não se consegue viver sem o abrasamento sexual e sem o pecado sexual. Então, a escolha é viver sob a culpa do pecado sexual por abrasamento ou viver sob a culpa do pecado de adultério pelo segundo casamento.

          Mas nossa vida cristã tem que ser baseada no que Jesus fez e não no que nós estamos a fazer. A salvação é exclusivamente pela Graça de Deus e não por obras nossas. Sejam elas boas ou más.

          As pessoas que julgam o divorciado e o condenam sem misericórdia também serão julgadas pelo mesmo critério, sem misericórdia. Quem condena o adúltero será condenado também como adúltero, pois a Lei é uma só. Muitos se justificam dizendo que nunca adulteraram, esquecendo-se que pecaram (e ainda pecam continuamente) em outras áreas da vida. O apóstolo Paulo dizia que descobriu ser pecador por cobiça, quando viu na Lei (que é uma só) que a cobiça é pecado.

          Ao casado pela segunda vez (que é adúltero por isso), basta o sofrimento da culpa por ter causado dor em outras pessoas, tais como o primeiro cônjuge, filhos, pais e demais familiares. Basta a vergonha do seu estado. Não é necessário que outros venham e lhe ponham o dedo na ferida, forçando-o a fazer algo que não está em seu domínio fazer.

          Se tivermos que refazer nossas más obras para sermos salvos da ira de Deus, teríamos que retroagir lá no jardim do Éden, fazer Adão vomitar o fruto proibido, colar seus pedaços e colá-lo na árvore de onde foi arrancado. Não! Deus não obrigou Adão a vomitar o fruto e colá-lo na árvore de onde foi arrancado. Deus, misericordioso que é, sacrificou um animal inocente, cobriu Adão e Eva e prometeu-lhes um Salvador.

          E sabemos hoje que o Salvador é Jesus Cristo, um inocente sacrificado por causa dos nossos pecados, sepultado sim, mas ressuscitado por causa da nossa justificação.

          Filha, é pela Graça que somos salvos. Não por refazermos nossas obras más. A Bíblia chama essas tentativas de “obras mortas”, ou seja, não têm valor algum para a nossa salvação.

          Por isso, minha oração a seu favor, para que haja paz em seu coração, mesmo tendo que viver com a culpa, a vergonha e a humilhação dentro da congregação. Muitos aparecerão condenando-a, mas lembre-se que Jesus a amou e a ama a ponto de dar a Sua vida por você, lá na cruz do Calvário.

          Dedique-se agora a ser uma abençoadora dos filhos, a edificar seu novo lar, a promover o crescimento espiritual dos filhos e a dar bom testemunho de uma vida cristã, reta, louvando e glorificando o Senhor em todo tempo.

          Leia mais a respeito da Graça maravilhosa do Senhor na mensagem no site, chamada A Graça de Deus é Suficiente – http://verboeterno.wordpress.com/2009/03/30/a-graca-de-deus-e-suficiente/

          O senhor lhe abençoe e guarde.

          1. Pastor, li o site que me recomendou.
            E pude perceber que somente a Graça de Deus é maravilhosa a tal ponto de nos fazer caminhar. É pela graça e misericordia Dele que ainda consigo dormir e acordar e ter a plena convicção do perdão!

            Obrigada, o senhor fez meu dia melhor!
            Trouxe paz ao meu coração!

            Deus o abençoe grandemente.

            1. Amém, filha. Jesus Cristo é, verdadeiramente, o nosso socorro e refúgio. Busque-O de todo o seu coração e tenha paz em seu coração e em seu lar.

  44. Querido homem de Deus..preciso de socorro urgente …..pratiquei um pecado…estou me sentindo condenada…..se o sr tem amor pelas almas me ajude…me diga algo por e-mail….

  45. A PAz Pastor, eu e meu marido temos uma linda história de amor, conseguimos juntos através do SENHOR que ele saísse dos vícios das drogas, casamos, mais de uns 2 meses pra cá ele começou a mudar, ele trabalha como porteiro e infelizmente muitas meninas (empregadas e diaristas) não se vestem adequadamente mas sempre foi assim em 3 anos nesse emprego nunca tivemos problemas nem anteriormente, mas eu descobri que ele estava enviando mensagens insinuosas me calei orei e esperei quando vi novamente tirei satisfação ele nega e negou dizendo que é mentira e disse que a mulher que ele enviou mensagem é louca, ele até quebrou o chip dele e o meu para evitar que ela nos ligasse e conversamos mais infelizmente eu sei que é mentira dele porque vi outras mensagens e ele não sabe.até deixei por opção ele sair de casa mas ele disse que era tudo mentira, o comportamento dele melhorou mais eu estou com muito medo de ele não deixar de fazer essas coias, já conversamos e está tudo bem, mas é difícil eu confiar nele como eu já confiei o que faço além de orar ?

    1. Irmã, não há muita coisa a fazer não, pois é como você diz: ele trabalha lá, passa o dia (ou a noite lá). Tem liberdade de falar com elas pessoalmente. Então, não o celular o problema, mas o coração dele.

      Você deve continuar lutando pelo lar, pela família, pelo casamento, seja por meio da oração, mas também por meio do diálogo. Se notar algum comportamento dele fora da rotina, volte a conversar, a esclarecer as coisas.

      E nunca se precipite, irmã, pois homem quando é colocado contra a parede reage de modo inusitado, inesperado. Seja sábia para que edifique sua casa.

      O Senhor lhe guarde e lhe conceda sabedoria, é minha oração a deu favor.

  46. Boa Tarde? Pastor a paz do nosso Senhor Jesus Cristo. Pastor sou convertida ha 9 meses sou bastizada casada ha sete anos tive um relaciomamento muito complicado aonde cheguei num ponto onde acabei traindo meu marido nao sei se ele me traui mas eu trai ainda nao consegui perdoar a mim mesmo por ter feito isso mas ja perdoe ele por tudo que ele me fez sofrer mas agora de uns tempos para car o Espirito Santo comecou a me pertubar que eu devo contar toda a verdade para ele estou desperada porque nao sei o que fazer tennho muito medo da reacao dele peciso de conselhos obrigada ficam com Deus…

    1. Filha, se é o Espírito Santo quem está falando para você contar, não se preocupe com absolutamente nada. Obedeça e deixe nas mãos Dele cuidar do seu casamento e do coração do seu marido.

      Outra coisa: Quando é o Espírito Santo quem estiver falando com você, não obedeça a homens que venham com conselhos contrários à voz do Espírito.

      Que o Senhor lhe conceda força e graça, é minha oração a seu favor.

      1. Olha…lembre-se que vc não era convertida, ou seja estava na ignorancia..Deus jáa te perdoou…tanto é que te resgatou do lamaçal ( senao a quissese a deixaria lá)…Ore mais a Deus sobre contar, veja se é realmente. Pois já ouvi casos de casamentos acabar devido a verdades desenterradas, e no entando haviam sido praticadas na ignorancia!!!

  47. Pastor meu nome e franciane tenho 19 anos e meu marido tem 22 nos nao somos casados no papel. sabe há um tempo atras eu o trai pelo fato de ele nunca ligar pra min me deixar de lado só viver me batendo, mas agora estou muito arrependida e com medo dele descobrir pois ele diz que se sober de alguma coisa miha ele me mata.nao sei mais o que eu faço pois eu nao traio mais ele ja faz tempo e eu amo ele demais . A única coisa que fasso e orar a deus e pedir ajuda, pesso perdao e pesso pra ser feliz . Sabe eu desejo que deus me ajude a vencer ja ate chamei meu marido pra ir a igreja hoje. Mas eu tenho certeza que deus vai me ajudar, pois eu tenho fé..

  48. Ola,
    Estou passando por um momento de muito desespero e tormentas. Sei que sou culpada de ter trago toda essa crise emocional e espiritual pra minha vida. Depois de muitos anos de casada e vivendo num periodo de grande crise conjugal fui muito fraca e acabei por trair meu marido. Nao tive coragem de contar pra ele, apenas pedi o divorcio. Ele nao entendeu e nem aceitou. Ficou muito furioso com o fato de eu querer me separar dele e acabou por me agredir fisicamente ao ponto de tentar me matar. Depois disso resolvi sair de casa. Hoje dois anos depois do que aconteceu ele continua a pedir perdao pelo que fez e me emplora para que eu volte pra ele. Ele me diz que estava doente (depressao) e diz que hoje esta bem e nunca faria nenhum mal a mim. Temos uma crianca linda juntos que amo mais que tudo nessa vida. Fico muito triste e infeliz em ver a nossa familia separada assim com a crianca um dia pra ca outro pra la. E por causa disso fico a pensar se deveria dar uma chance ao casamento e voltar pro meu marido. Minha maior angustia eh o fato de nao conseguir me perdoar por ter pecado e traido meu marido. E depois do episodio de violencia fisica tenho muito medo dele descobrir tudo, nao me perdoar e venha a me agredir novamente. Mas ao mesmo tempo penso na felicidade da crianca no meio dessa historia triste e infeliz que precisa de uma familia unida pra crescer feliz e bem estruturada na vida. Estou sofrendo muito com tudo isso e nao tenho coragem de conversar com ninguem sobre o assunto, mas preciso demais de ajuda e aconselhamento, nao aguento mais viver assim. Preciso demais de alguem para me aconselhar. Estou desesperada. Por favor me ajude !

    1. Irmã, li com cuidado seu email e vejo que realmente sua situação é típica de quem só pode contar com a misericórdia de Deus. Para o Senhor não há impossíveis e não há adultério que Ele não perdoe.

      Jesus, certa vez foi confrontado pelos legalistas, religiosos daquele tempo, que lhe trouxeram publicamente uma mulher apanhada adulterando. Ela era merecedora de castigo de morte. Apedrejamento público. Seu marido, possivelmente, estava presente entre os acusadores e iria matá-la. Mas Jesus, um justo e sem pecado, sabiamente, se humilhou diante da multidão, abaixando-se ao lado da mulher. Se alguém jogasse pedra nela, ele seria atingido também. E, como insistissem na pergunta, Jesus confrontou-os trazendo à memória deles os seus próprios pecados. Até do marido dela. Ninguém pôde acusá-la. Ninguém pôde apedrejá-la. Ela pôde voltar para casa, livre e sem condenação. Leia e medite em João cap 8: 1-11.

      Ali, naquele momento único em toda a história eterna, ficaram frente a frente o pecado do homem e a misericórdia de Deus. O juízo e a Graça. “Encontraram-se a graça e a verdade, a justiça e a paz se beijaram. Da terra brota a verdade, dos céus a justiça baixa o seu olhar. também o Senhor dará o que é bom e a nossa terra produzirá o seu fruto” (Sl 85:10-12).

      Irmã, a sua verdade subiu da terra ao céu: “sou pecadora”. Por isso, o Senhor já a perdoou e agora é tempo de você produzir frutos de justiça, frutos do Espírito Santo. Como fazer isso, estando debaixo de condenação? Como glorificar ao Senhor em seu lar e família, estando com longe da aliança que fez? Não é possível, filha.

      Volte para casa, reconstrua seu lar, sua família. Busque sabedoria de Deus para edificar seu lar. Seja uma esposa segundo os princípios bíblicos. Perdoe seu marido pela agressão. Ele está arrependido e certamente fará melhor desta vez. Sugiro que vocês procurem fazer curso de Casados Para Sempre, que congreguem juntos, que ministrem paz e alegria ao seu filho.

      Você não se arrependerá de ter dado chance à justiça de Deus, de ter confiado sua vida ao Senhor.

      Que o Senhor lhe conceda paz no coração, é minha oração a seu favor.

      1. Pastor,
        Existem alguns detalhes importantes sobre meu problema que nao lhe relatei antes. Fiquei muito envergonhada e nao tive coragem de escrever. Mas pensei bem e achei melhor lhe contar mais detalhes sobre o problema. A pessoa com quem eu pequei e’ parente do meu marido, e’ ai onde esta a pior parte do meu problema. Estamos juntos ate hoje, mas ninguem sabe dessa relacao. So que quanto mais me aproximo de Deus mais me sinto arrependida e me sinto culpada por tudo e hoje consigo enxergar a loucura que cometi. Gosto muito dessa pessoa, ele tbem me ama, quer casar e construir uma familia comigo.
        Mas tenho muito medo dessa relacao nao dar certo pq comecou com um pecado, e temo em ser castigada por Deus por isso. E sei tbem que Deus e’ contra o divorcio, o que me deixa mais aflita ainda. A uns tempos atras quando comecei a enxergar o quanto eu estava errada as coisas ficaram meio tensas entre nos dois, discutimos e terminamos tudo, mas ele disse
        para mim que se eu tentasse voltar pro meu marido ele nao iria deixar isso acontecer, ja que eles sao parentes ele nao ia deixar eu fazer o parente dele de palhaco e trouxa. Ele disse que contaria tudo sobre nos,
        tudo que aconteceu pro meu marido, se eu nao ficasse com ele, pro meu marido eu tambem nao voltava nao.
        Entao esse e meu dilema, gosto desse rapaz, quero sair do pecado e me casar com ele, mas tenho medo das consequencias do pecado que cometi.
        E se penso em fazer a coisa certa e voltar pro meu marido, tenho medo dele realmente contar toda a verdade e meu
        marido cometer uma loucura contra mim ou meu filho (qdo ele tentou me matar, ameacou matar nosso filho se eu contasse pra policia ) .
        Sei que devo confiar em Deus, que tudo se resolvera qdo entregamos nas maos do Senhor, mas nao sei mais o que devo fazer, nao sei que rumo tomar, o medo me aterroriza 24 horas por dia. Ja pedi perdao a Deus pelo pecado medonho que cometi, mas preciso dar um rumo a minha vida
        e nao sei como agir.
        Por favor me de um auxilio nesse momento pelo qual estou passando.
        Gostaria de lhe dizer ja perdoei meu marido pelo que ele me fez ( foi mais facil perdoa-lo do que perdoar a mim mesma ), mas tambem que o unico sentimento que sinto por ele hoje e’ carinho e afeto, quando penso que tive coragem de me ficar com outro homem, nao consigo nem encarar meu
        marido como homem outra vez. Nossa vida sexual nunca foi muito boa. Eles tem vontades e desejos que eu nao aprovo. Ele nao e’ cristao e pra ele tudo tem que ser permitido na intimidade, o que eu nao concordava, o que era varias vezes motivo para desentedimento. Somando os nossos problemas intimos mais a minha relacao com esse outro rapaz, quando
        paro pra pensar na possibilidade de voltar pro meu marido e penso nos momentos intimos … para lhe dizer a verdade tenho nojo as vezes, nao sei se seria nojo dele, ou de mim mesma pelo que eu fiz.
        Existem outros detalhes sobre toda essa historia pela qual me levaram a chegar onde cheguei, mas acho que o pricipal esta aqui.
        Sei que eu busquei tudo isso pra minha vida, tudo que esta acontecendo e’ resultado das minhas atitudes e acoes, mas cheguei num ponto que nao sei mais pra onde correr. O tunel se feixou pra mim. Nao tenho mais saida.
        Por isso conto com sua ajuda e aconselhamento.
        Muito obrigado,

        1. Irmã, a primeira e mais importante providência que você tem que tomar é arrepender-se dos seus pecados e entregar sua vida a Jesus Cristo, para ser salva da condenação eterna. Saia imediatamente da vida de pecado com esse rapaz. Você tem marido, tem filho e não pode ficar pensando na possibilidade de ter “vida conjugal” escondida.

          Se seu marido é um bruto, esse rapaz também está demonstrando que não lhe ama, ao tratá-la com ameaças. Pare.

          Fique sozinha, sem homem algum, pelo tempo que o Senhor lhe instruir. Entregue seu coração e sua angústia ao Senhor, busque congregar regularmente, passe a ler a Bíblia diariamente, a orar, louvar e glorificar ao Senhor com sua vida diária. Vida simples e cristã, no dia-a-dia.

          O resto é por conta do Senhor. Ele será seu advogado e seu protetor. e, principalmente, Ele será seu marido excelente: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma, porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve” (Mt 11:28-31).

          Que o Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda forças e sabedoria para romper com essa situação definitivamente. E que o Senhor lhe guarde de toda e qualquer retaliação de homens mau, é minha oração a seu favor.

        2. Me desculpe mas você é uma falta de juízo. você diz que ‘gosta deste rapaz (leia-se amante), mas tem medo de não dar certo por causa do pecado’.
          Claro que não vai dar. e se der, me diga, e se der certo, você vai pra onde despois que morrer ???
          Muitas mulheres acham que se viverem ‘felizes’ com os seus amantes até o fim da vida é o suficiente, mas eu pergunto, e depois que morrer ?, pois o seu marido, é o seu marido até o fim de sua vida, pois ele te não traiu e sim você. por qual motivo você iria repudia-lo ? por gostar mais do AMANTE do que do marido. isso justifica ??
          é uma piada, você diz que o seu marido não é cristão, pois quer fazer sexo anal (que eu também acho que é pecado sem exceção), mas eu pergunto : e o sexo com amante ??, não é a mesma coisa, pecado também ??.
          Ore e volte pra Jesus enquanto há tempo. se Você ainda está respirando, significa que ainda há tempo de se arrepender, buscar a Deus e viver em santidade, pois o Sangue de Jesus nos livra do pecado.

  49. Pastor eu não sou casado no papel nem na igreja namorei por dois anos com a pessoa ao qual vivo junto tenho planos em casa futuramente, só que de repente fui tentado por minha própria carne e fui para casa de uma amiga minha, ao qual mostrei meu penis a ela peguei nos peitos dela deitei em cima dela tirei a calcinha dela beijei na boca dela chupei os peitos dela ao ponto de quase transa com ela, só que enjaculei nas pernas dela sem ao menos eu tirar a minha roupa e nem a dela fiquei com medo e vim embora da casa dela. Eu queria saber se cometi um aduterio.

    1. Adultério significa “andar com dois”. Você cometeu pecado de adultério e fornicação, além de estar em pecado com a atual mulher com quem vive.

      1. I O QUE FASSO AGORA!!! FALO TUDO PRA ELA PEÇO SO PERDAO A DEUS O QUE EU FAÇO MESMO POIS ESTOU ARREPENDIDO,E SEI QUE A HORA QUE EU FALA PRA ELA ELA VAI QUERER ROMPER O RELACIONAMENTO…
        COMO VOU FAZER PARA PARTICIPAR DA CEIA…..

        1. Irmão, esse é um tempo de decisão em sua vida. Continuar vivendo junto, sem ser casado, é pecado. E, ainda por cima, sem firmeza na “aliança”, porque fica adulterando com outra. É tempo de você decidir-se.

  50. paz do Senhor,
    Pastor, eu me co verti a um ano e antes eu era catolica. Nos últimos anos antes de me converter eu nao tava nem aí para minhas responsabilidades. Bebia, fumava, queria saber só de festas e acabei adulterando algumas vezes. Só que me arrependi verdadeiramente e minha vida esta transformada depois da coversao. Claro que confessei todos os eus pecados a Deus e quero fazer tudo para agrada-lo. Vou batizar nesse fim de semana. Minha duvida e se devo contar ou nao para o meu marido. Conhecendo ele como conheço ele nao vai me perdoar e isso vai destruir nossa relação e tb temo por minha filha. Isso vai fazer mais mal a ele do que a mim e e exatamente isso que me impede de contar, pq o amo muito. Obrigada

    1. Filha, agora que você resolveu batizar-se, entregar verdadeiramente sua vida a Cristo e ao Senhorio de Cristo, é nele que que você deve buscar orientação sobre como proceder em relação ao passado. Seus pecados foram todos perdoados, isto é certo. Mas, quanto ao modo de proceder daqui para frente, isto é com Jesus.

      Batize-se, ore ao Senhor e não se precipite em nada, mas espere uma Palavra dele que venha límpida e clara ao seu coração sobre como proceder.

      Seja paciente consigo mesma e não se precipite. Prudência.

      O Senhor lhe abençoe com paz e uma nova vida, digna de ser chamada cristã.

    2. Sempre que alguém defende que a pessoa que adulterou não deve contar para o cônjuge, eu pergunto : ‘E se o cônjuge perguntar se você já o traiu, o que você vai responder???’. Vai mentir ? mentir não é pecado ?? tod pecado é pecado.
      Em apocalipse, há mais advertência contra os mentirosos do que outros pecados. TODOS os pecados levam ao inferno, mas só para constar em apocalipse há mais advertência sobre MENTIR. e quem adulterou, nunca vai dizer a verdade quando o cônjuge perguntar se já foi traído. aí a pessoa deve ‘torcer’ para que o cônjuge nunca pergunte se já foi traído.
      Agora, quanto a hora de confessar a verdade, realmente somente Deus e Jesus podem orientar.
      Não se precipite, busque a Deus e ore. só Deus pode lhe mostrar a hora certa de contar.
      Jesus vai lhe orientar. espere Nele.

  51. Pr. sou crente e me apaixonei por uma mulher também crente…..Mas há um problema ou uma dúvida….essa irmã ja foi casada e agora está divorciada,ela disse que supostamente ele(que também era crente)à traia com uma moça que trabalhava para ele,ela não tem provas em relação a isso…..O que eu faço,insisto nesse relacionamento?ou posso perder minha salvação por causa disto?não sei o que faço,me ajude por favor!

    1. Irmão, você só se apaixonou por esta mulher, casada, por sinal, porque a conheceu. Ela já existia antes, mas como você nem sabia da existência dela, não estava caído por ela.

      Deixe-a com seus próprios problemas conjugais e busque alguém solteira, liberada para casar debaixo da bênção de Deus. Quando você conhecer uma moça solteira e começar a relacionar-se com ela vai apaixonar-se da mesma forma.

      Quanto á mulher casada, ela precisa perdoar ao marido e também pedir perdão, reconciliando-se e refazendo seu casamento, seu lar.

      O Senhor lhe abençoe com prudência.

  52. sabe pastor encontrei esse saite por acaso na verdade creio que foi deus.quero contar um pouco da minha historia,quando eu tinha 15 anos me relacionei com um homem que atualmente ´´´´é meu esposo na epoca ele tinha 24 anos,eu ainda era virgem e ele foi o primeiro homem que eu conheci sexualmente e logo de cara eu engravidei dele e logo casamos no papel e tudo,de 15 aos 17 anos encontrei nele uma pessoa que jamais imaginei que ele mexia com coisa errada usava drogas e eu muito nova sofria muito na epoca que nos conhecemos estavamos afastado da igreja e eu fui a primeira a me reconciliar sempre foi ignorante uma otima pessoa quando esta de bem maisnao pode ter uma briga qualquer que nao pensava 2 vezes antes de me maxucar com palavras e com atitudescerto dia ele se reconciliou e eu fiquei muito feliz tudo mudou mais quando foi um certo dia ele passou por uma situaçao dificil e voltou com as inguinorancia nao voltou a usar nada nem mexer com nada mais em compesaçao tinha przer em me humilhar com palavras que me maguava profundamente. quando foi um certo dia um amigo que eu conhecia conversando comigo me elogiou disse que eu tava muito linda e aquilo me chamou atençao por o meu marido so me maltratava com palavras e ele deu ensima de mim e eu cai em tentaçao nunca tinha traido meu esposo foi a primeira vez e logo depois que eu cometi o aduterio me arrependi amargamente deus sabe o quanto isso me corroe por dentro e so foi essa unica vez nunca mais olhei nen pra esse homem e nen pra outro ja pedi tanto perdao a deus nunca contei pra ninguem e nao posso nem sonhar em contar pro meu esposo pq ele vive dizendo que se eu o trair ele me mata nao sei o que fazer com essa culpa e esse homem ja me procuroui outras vezes mais eu nao qu,nen se quer me senti atraida por ele as vezes isso me maltrata tanto que eu sinto nojo de me mesma por ter feito tal coisa e por nao aceitar que o inimigo conseguiu me segar de tal forma a esse ponto.fico me perguntando o que fazer me der um conselho por favor do que devo fazer como agir eu sei que foi so uma unica vez de todo esse tempo que eu estou com ele mas tambem sei que pro senhor nao existe pecadim e pecadao tudo e pecado e o inimigo usa muito isso pra me acusar pra tentar me parar me diga o que o senhor me aconselha a fazer?

    1. Filha, a resposta para você é a mesma que dei há pouco para Priscilla. Por favor leia e medite nela. Que o Senhor lhe conceda libertação da culpa e paz no coração

      1. sou a mulher que o senhor deixou a mesma resposta para a prescila(a mulher que o esposo era inguinorante e mexia com coisas erradas)tenho mas uma coisa a lhe perguntar,sabe pastor ja vai fazer 4 anos agora que eu estou casada e essa vez da historia anterior foi a primeira e ultima vez que trai meu esposo como ja relatei sofro ate hoje arrependida pelo que fiz ja vai fazer 10 meses que isso aconteceu,e estou na igreja e quando aconteceu eu tbm estava na igreja e ate hoje o inimigo coloca na minha cabeça que se eu tentar repreender um demonio ele me acusara falara o que eu fiz e isso me maltrata muito pq eu tenho medo mesmo que deus tenha me perdoado ele pode permitir que isso aconteça pra me castigar e eu queria saber uma coisa pode acontecer pastor de o senhor deus lançar uma maldiçao sobre mim como castigo assim como ele fez com (davi)?tenho tanto medo disso mais mim seja sinsero pode acontecer isso jose adelson? porfavor me responda o mais rapido possivel que deus lhe abençoe estou me sentindo bem melhor em poder desabafar mesmo que seja em oculto melhor ainda em esta sendo respondida que deus abençoe vc e toda a sua familia e a paz do senhor jesus

        1. Filha, certamente que satanás sabe do seu adultério e pode usar disso para envergonhá-la, caso você comece a agir na sua própria força, em próprio nome.

          Mas nós cristãos não agimos em nosso próprio nome. Agimos sempre em Nome de Jesus! oramos sempre em Nome de Jesus! Expulsamos demônios ou enfermidades em Nome de Jesus! E em Jesus satanás não encontra uma única fonte de repreensão. Toda autoridade e poder foi concedida a Jesus pelo Pai, no céu e na terra.

          Por isso, filha, ao orar por enfermos, ao orar repreendendo demônios, seja no seu lar, seja na Igreja, ore sempre em Nome de Jesus e nada lhe acontecerá.

          Quanto a Deus lhe castigar, isso não acontece. Ele pode sim, discipliná-la, como filha que você é, mas sempre usando de misericórdia e sempre segundo o que você pode suportar. E a disciplina de Deus será sempre para seu próprio bem. Não tenha medo dela. Aliás, você já está sendo disciplinada.

          O Senhor lhe abençoe e lhe fortaleça para que não venha mais a afastar-se da comunhão com Deus.

  53. oi pastor boa noite, preciso muito faser um desabafo, casei aos meus 16 anos logo aos 17 tive dois filhos gémeos logo em seguida o terceiro concluindo tive cinco filhos.sempre tive uma vida difícil ao lado do meu esposo quando ele tava na igreja, quase não conseguia trabalhar quando trabalhava ganhava pouco dinheiro quase não dava para se manter.eu sempre do lado dele eu me esforçava para ajudar financeiramente em casa ate esquecia de olhar para mim um certo dia perguntei a uma colega quantos anos ela achava que eu tinha ela me respondeu que parecia ter 40, sendo que eu tinha 30 anos.minha vida era muito difícil alem da vida difícil que eu tinha financeira, ele era bem ignorante muito mesmo ate ai me preocupava muito com minha família sempre querendo o de melhor,amava meu esposo, passávamos por muitas humilhações também devido a pouca condição. um certo dia eu não aguentando mais tanta necessidade olhei para o alto e clamei DEUS abre as portas e no dia seguinte uma empresa ligou para meu esposo para ganhar um salario que daria para viermos bem.
    e dai em diante ele não ganha muito mal conseguiu compra um carro, com poucos meses do carro comprado, começou a muda ele era obreiro, não quis mas ir a igreja, descobrir que estava me traindo, pastor o senhor não imagina como eu sofri entrei em depressão quase tive loucura só não foi pior, não entrei mesmo em loucura porque creio que DEUS colocou suas mãos, ele queria se separar eu não, mesmo com todo sofrimento não imaginava minha família destruída, orava dia e noite. pastor ele inventou ter um filho dessa mulher só pra ter uma desculpa pra não deixa ela porque não ia abandonar o filho dele no inicio que ele conheceu essa mulher não dava nada nem um centavo, se não fosse os cartão de credito que eu tinha eu e meus filhos tinha passado fome estourei todos os cartão.
    e assim vem com essa historia depois de uns dois anos com ela, tiveram um filho, isso jã vai faser 4 anos que estar com essa mulher e comigo. agora ela esta morando na Bahia. em dezembro ele foi visita ela ele me falou que ia trabalhar e que ia passar lá só pra vê o filho mas na verdade ele foi passar natal e ano novo com eles, esses tempo que ele passou lá durante o natal e ano novo ele não me ligava e nem atendia minhas ligações pastor nem pra deseja feliz ano novo nem a mim nem aos meus filhos fiquei muito triste, sendo que até ligação dela já atendeu na minha frente,e sempre que ela liga ele atende sai e cvai atender. pastor dentro de mim doeu muito foi um final de ano muito triste. decide comigo se ele fosse ver ela que eu ia acabar com essa situação pois pastor não vivo bem com essa situação as pessoas vê em mim um semblante triste,
    quando ele foi decide que não ia mas também a igreja e assim eu fiz não fui mas, um certo dia recebi uma mensagem no meu celular de uma pessoa desconhecida e fiquei respondendo como se eu tivesse numa brincadeira, eu brinquei mesmo, porque acabei me envolvendo com essa pessoa ficamos, mas eu não quero isso pra mim pastor porque depois do ato, fiquei muito triste angustiada e ando rejeitando as investidas mesmo com pouca forças por não ta firme na igreja eu quero e servi a jesus por que eu não sei viver no mundo já chorei muito.
    continuando depois de 2 meses ele voltou mas eu não queria mas aceita ele mas ele insiste, ele quer mandar em tudo como se não acontecesse nada, e eu não quero mas aceita ô eu ou ela pastor e ele não quer deixa ela, me sinto como a outra quando ele ta com ela que não atende minhas ligações e quando ta comigo ele não mede distancia para atende ela.
    pastor tem 4 meses que to sem ir na igreja como eu proceder tenho que pra me reconciliar na igreja e qual o conselho que o senhor me da a respeito do marido, ele passou 15 dias aqui e viajou pra trabalhar fora,
    eu falei pra ele que não dava mas, ele falou porque vc não falou quando eu tava com a outra, ele me respondeu que tava comigo por causa dos filhos, pastor não to mas suportando minha vida.
    não sair mas com a pessoa porque eu sei que é errado e me arrependi,
    e eu descobrir que DEUS ele é tudo na minha vida e dependendo de minha situação ou casada ou separada eu quero é ser fiel a DEUS.

    por favor pastor me ajude, eu não tenho confiança em conta com os pastores devido o tempo que meu marido era obreiro via muita coisa errada entre os obreiro, não sei o que fazer.

    1. Filha, sua mensagem foi mais um desabafo que um pedido de conselho, porque, na verdade, você sabe o que precisa fazer: arrepender-se e voltar-se para Deus. Não estou dizendo voltar para a congregação necessariamente, mas voltar-se para Deus.

      Assim como você orou no passado e foi atendida no dia seguinte, ore agora novamente pedindo ao Senhor que lhe revele uma congregação idônea para congregar. Você e seus filhos.

      Quanto ao casamento, na medida do possível, perdoe seu marido e suporte a presença dele, porque o marido ímpio é santificado na presença da esposa crente. Quanto a ter sexo com ele, não é aconselhável, pois seria uma relação promíscua e perigosa para sua saúde.

      O Senhor tenha compaixão de você e lhe fortaleça, reconciliando-a em todos os seus relacionamentos rompidos, especialmente, com Deus.

  54. A paz do Senhor
    Pastor eu sou ksada e me envolvir em um relacionamento sexual com uma mulher, agora eu estou muito arrependida já pedi perdão a Deus e sei que Ele me perdoo, mas não consigo me perdoar, penso que é por que acho que tenho que confessar ao pastor. Mas se eu for ate ao pastor ele vai me disciplinar levando o caso ao meu esposo dai tenho certeza que meu marido não me perdoar.Pastor por favor me ajude o que devo fazer eu de fato estou arrependida sinto nojo do que aconteceu. Aprendi em minha igreja que todo pecado deve ser confessado ao pastor.Ajude-me.Não consigo dormir.Será que posso tomar ceia ou tenho que falar com o pastor o ocorrido.

    1. priscilla tenho tambem esta duvida pois tambem me envolvi com uma mulher mas me voltei pra Jesus Cristo e hoje tenho um ministério de jovens,

      sou muito abençoada por Deus eu e meu esposo tenho certeza que quando pedimos perdão ele é fiel e justo para nos perdoar.
      Passei por um processo de libertação mas Deus me deu a vitória hoje falo do amor de Jesus para todas as pessoas.

    2. Priscilla, nessa questão de perdão há muita gente considerando-se superior a Deus. Inclusive os próprios pecadores, como você está agora. Pois, se Deus, o ofendido, já lhe perdoou (e você tem certeza disso), como não não perdoar-se a si mesma? Quer ser melhor que Deus? Da mesma forma agirá seu marido, se não perdoá-la caso venha a saber do ocorrido. Assim também os membros da congregação que não a perdoarem. Todos estarão sendo “melhores” que Deus, “superiores” a Deus.

      Filha, você pecou sim, e feio, mas para Deus não há pecado bonito ou pecado feio. Pecado pequeno ou pecado grande. Para Deus só há pecado e todo pecado só é tirado por meio do sacrifício de Jesus na cruz do Calvário.

      Por isso, você deve tomar a Santa Ceia sim, com o coração contrito e reverente, pois foi para isso que Jesus deu o Sangue dele na cruz. A Santa Ceia é um memorial do grande amor de Deus por você. Tome a Ceia e agradeça de todo coração o sacrifício de Jesus, pois se não fosse ele, aí sim, não haveria perdão para você em hipótese alguma. Mesmo que seu marido a perdoasse, assim como todos os membros da congregação.

      Quanto a confessar ao pastor, isto vai da sua consciência, pois se for para confessar pecados à congregação, todos os pecados deveriam ser confessados, inclusive uma pequeníssima mentirinha. E também todos deveriam confessar seus pecados à congregação, inclusive o pastor e diáconos. Essa confissão á Igreja não serve para o perdão de Deus, pois não podemos ser perdoados por obras nossas. O perdão de Deus só é possível porque Jesus já pagou por nossos pecados. Jesus foi condenado em seu lugar. Em meu lugar. Em lugar do seu marido, que também é um pecador. E em lugar do seu pastor, que também pecou e necessita da misericórdia de Deus.

      Agora, filha, você necessita urgente voltar-se para a comunhão com Deus, pois a causa do seu envolvimento sexual pecaminoso ainda está em seu coração. Esse pecado não aconteceu de repente, do nada, mas certamente veio sendo germinado em seu coração, veio sendo acalentado, até consumar-se. Essa raiz está aí dentro e pode, em determinado momento, em determinadas condições adversas em sua vida, voltar a florescer e dar fruto da carne.

      Nesses casos é que a confissão do pecado a alguém da congregação é boa. É para que tenhamos alguém com quem compartilhar e sermos sarados na nossa alma, pois o pecado oculto pode trazer doenças na alma, e, consequentemente no corpo físico. Além disso, se alguém souber dessa sua fraqueza e tentação, essa pessoa poderá colocar você na lista de intercessão dela, cobrindo-a de orações e fortalecendo-a nos seus momentos de fraqueza.

      Que o Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda sabedoria para ver o perigo e fugir dele, assim como lhe conceda paz no coração, é minha oração a seu favor.

  55. Olá, a paz do Senhor para todos que leem esse desabafo. Encontrei este site na esperança de me alimentar e seguir meu caminho em oração pela restauração do meu casamento. Se alguem puder me ajudar, aceito uma resposta da parte de Deus pois tenho sofrido demais! Vou tentar explicar resumidamente minha historia que é muito linda e ao mesmo tempo, horrivel! Sou casada há 7 anos, mas ha 2 anos meu marido esta fora de casa. Casei em 2005, nós dois eramos evangelicos e batizados nas aguas, contrariando todas as possibilidades humanas, mas Deus estava nos abençoando e no deu a direção para casarmos e meu casamento foi lindo e um grande testemunho para quem estava presente. Com 1 ano de casada adulterei e meu marido descobriu, me perdoou e resolveu continuar comigo. Na verdade na ocasião acho que não me arrependi de verdade, apenas fui vivendo minha vida, “empurrando” a culpa com a barriga. Meu esposo saiu da igreja e foi viver no mundo. Eu continuei na igreja, mas longe de Deus. Passei 3 anos sem adulterar. Era uma boa esposa e mãe, cuidava da casa, do meu esposo e trabalhava fora. Outra vez caí, entrava em salas de bate papo e meu marido novamente descobriu, ficou uns dias fora de casa mas voltou. Então desde essa vez que adulterei, comecei a achar que não o amava mais e que não queria mais meu casamento, mas não tinha coragem de deixa-lo, continuei vivendo, brigando, ele infeliz e eu agindo como se nada tivesse acontecido. Eu estava amarrada na teia do pecado e não via mais nada em minha frente. Meu marido me amava muito, tenho certeza disso, mas queria apenas “um empurrão” pra me deixar, ele estava saindo com amigos, bebendo e (depois de um tempo fui descobrir) que estava me traindo com varias mulheres. Um dia depois de uma briga nossa ele mexendo nas minhas coisas, achou uma conversa de msn impressa, de um casal que ele teve certeza ser eu, a mulher da conversa. Realmente era eu, mas a conversa era muito antiga, era uma conversa sem cabimento e sem nexo com um homem que eu nem conhecia pessoalmente, mas ele não quis saber. Já muito machucado e ferido, me deixou. Foi embora de casa e isso me fez perceber o quanto fui errada e o fiz sofrer e destruí minha familia. Depois de 5 meses de separação ele conheceu uma mulher e disse que queria ficar com ela. Nunca nos divorciamos e eu me arrependi e voltei pra igreja e fui orar por nós, pela restauração. Passei 1 ano orando e jejuando e ele com ela. O que não me dei conta é que o tempo de Deus não é o nosso e achando que Deus tava demorando a me responder achei que o melhor a fazer era esquece-lo e seguir minha vida. Me revoltei, saí da igreja de novo e me envolvi com varios outros homens. Passei 8 meses no mundo sem falar com meu esposo. Em dezembro de 2011 nos encontramos no hospital onde a mãe dele ficou doente e eu fui cuidar dela. Ele veio conversar comigo e disse que nunca me esqueceu, que não esta feliz porque gosta de mim e pensa em mim, mas não quer deixa-la pois ela esta gravida! Meu mundo desabou, mas não pude dizer nada a não ser aceitar. Bom, irmãos, hoje voltei novamente pra Jesus, ele esta com ela e no mundo. Continuo o amando muito e sabendo que estar com ele na nossa casa seria tudo que eu queria para ser feliz. Ainda estamos casados, ele disse querer o divorcio mas nunca teve coragem de ir na justiça. Estou me esforçando pra fugir do pecado e fazer a vontade de Deus. Será que ainda tenho chances de restaurar meu casamento? O que devo fazer?

    1. Na minha opinião você agora se arrependeu de verdade e confessou a Deus (e acho ao seu marido também) e isso é o que conta.
      o arrependimento sincero e a confissão para Deus e para o cônjuge sob a orientação de Deus.
      Continue orando, jejuando, frequentando a Igreja, que Deus vai restaurar o seu casamento no tempo Dele.
      Na mina opinião esse tempo de Deus é aquele tempo que farão vocês dois não se traírem mutuamente mais, ou seja, se Deus restaurar no tempo dos homens, vocês podem cair de novo, mas se Deus restaurar no tempo Dele, aí a obra vai ser completa e vocês sentirão que não vale a pena adulterar.
      Então, espere o tempo de Deus.
      Quando leio estes depoimentos (que são muitos) sempre tem uma ‘ordem’, primeiro é a tentação, depois o pecado, a pessoa transa, transa e transa…, depois quando começa a sentir as consequências vem o arrependimento.
      O arrependimento deveria ser o de ter pecado contra Deus e não por medo das consequências, pois pecar contra Deus deveria fazer ‘pesar’ o nosso coração, pois Deus nos dá o ar que respiramos, nos dá o nosso corpo e alma (corpo e alma pertencem a Deus segunda a Bíblia, por isso Ele pode fazer o que quiser com eles).
      Na história do Povo de Deus, sempre que o povo saía do centro da vontade de Deus as consequências vinham.
      Sobre o ADULTÉRIO, se as pessoas soubessem que as consequências vêm mesmo que o cônjuge nunca fique sabendo elas não fariam isso, pois ‘Não há nada encoberto que não venha a ser revelado”.
      Continue a orar, a jejuar que Deus irá restaurar o seu casamento, mas lembre-se que o seu marido sempre será o pai da criança que ele teve fora do casamento e você deve trata-lo bem, quando o seu casamento for restaurado, pois você também só não ficou grávida quando adulterou por que provavelmente tomava anticoncepcionais, senão teria um filho fora do casamento também. então quando o seu casamento for restaurado (Deus é fiel) não trate mal o filho de seu marido, pois Jesus disse ‘deixe vir a mim as criancinhas’.
      Fica com Deus !

      1. Luis, eu não entendo o trabalhar de Deus, quem sou eu neh? Sou uma miseravel pecadora digna apenas da misericordia e graça Dele. Mas eu te digo sem medo de ser hipocrita, eu ja amo essa criança como se fosse minha! Sonho com ela e desejo que ela seja uma benção na vida dos pais, até na vida dessa mulher que me fez tanto mal, pois não dá pra contar a historia toda por aqui. O que não mencionei foi que ele voltou pra casa durante esse tempo que estava com ela, no inicio da relação deles e ela me fez sofrer demais pq. pressionava ele para ele não deixa-la e eu acabei não aguentando a situação e ele foi embora de novo. Olha quando ele saiu de casa a 1 vez eu negava as traições mesmo com as evidencias na nossa cara. Tinha medo, mas eu nunca confessei de verdade o que eu fiz e como fiz. Nunca tivemos “coragem” de confessar um ao outro o que fizemos, pois o adulterio dele, eu soube por meio de uma amiga nossa onde ele foi na casa dela desesperado, chorando muito e acabou contando a ela o que fiz contra mim. Mas ja disse a Deus que quando for a vontade Dele contarei tudo que for necessario ele saber, so preciso da direção certa de Deus. O pior de tudo é que essa vida promiscua dele se deu desde a 1 vez que eu o traí. E ele foi vivendo essa vida durante anos sem eu desconfiar até a nossa separação. Sei que a culpa de tudo foi minha, eramos felizes e eu pequei primeiro. Acho que com meu sofrimento carrego até a culpa dele tbem! Acho que ele pecou por minha causa e que esta nessa vida infeliz e errada por minha culpa tbem! Então eu disse a ele que não ia resolver nada sobre o divorcio, que ele va sozinho se quiser, eu não farei oposição em assinar os papeis, vou respeitar a decisão dele, mas ir no forum dar entrada eu não vou. Ele diz: ta certo, eu vou! Mas nunca vai, me liga de 15 em 15 dias pra perguntar a mesma coisa. Continuo tendo contato com a familia dele, eles sabem do meu adulterio e me perdoaram, me amam, me procuram, choram comigo. Eles odeiam a outra mulher, não por minha causa, mas pq. dizem que ela não presta e que meu esposo vai sofrer muito ainda por causa dela. Ele tem raiva da familia pq. acha que eles estão errados e a mulher esta certa. Mas nisso não posso me meter, não cabe a mim! Obrigada pelas palavras e pelas orações. Se eu pudesse, meu maior sonho agora, seria apagar o passado…acordar com meu esposo do meu lado num lindo dia e recomeçar, fazer tudo diferente e melhor do que fiz. Sonho ser a esposa que ele sonhava ter ao lado e eu não fui. Sonho ver no rosto dele a alegria de se sentir amado e abençoado pela minha presença em sua vida. Um abraço, Deus te abençoe!

        1. Olhe para fente. Ore e continue buscar a Deus. Ore, ore, e viva em santidade. Deus irá falar com você e lhe dará o refrigério.
          Fica com Deus e lembre-se que Deus permite a provação, mas NUNCA nos abandonará. Ele só quer que as pessoas cumpram os seus mandamentos.
          Deus lhe abençoe !

  56. O adultério virou uma epidemia.
    Quantas histórias tristes de pessoas que não resistiram e caíram.

    vou contar um pouco o que aconteceu comigo.

    Quando eu era adolescente (agora tenho 39 anos) conheci meninas de familias (elas trabalhavam na casa de familia) e tive rapidas experiencias sexuais com elas (rapidas mesmo).
    mas nesta idade 16, 17 anos eu era super inexperiente (hoje em dia a iniciação da garotada começa as vezes antes dos 12 anos infelizmente).
    pra mim era coisa rapida.
    as vezes nem havia uma penetração completa, eu ficava excitado e com medo de alguém chegar (claro não era evangelico ainda).
    pra mim (na época) um super ‘amasso’ (mesmo sem sexo)com uma gata maravilhora me satisfazia totalmente.
    Deposi quando fiquei com os meus 20, 21 anos, sempre tive vontade de ‘arrebentar a boca do balão’ como dizem, mas apesar de eu sempre ter conseguido namorar praticamente todas as meninas que eu queria, eu tinha um especie de freio moral. freio de que certas coisas somente seriam permitidas depois de casar. (eu nem era evangelico ainda, mas sempre olhava para o Céu)
    Agora é claro que hoje quando pasa uma bela morena com quadril largo, o lado carnal dá sinal de vida, (chama-se TENTAÇÃO).
    Mas daí pra ultrapassar a linha é demais.
    nem quando eu NÂO era evangelico eu poucas vezes ultrapassei na adolescencia (era rapido demais e sempre com medo que alguem me pegasse no flagra).
    Agora com a minha esposa eu faço tudo o que eu quero (o que é higienico também.)
    Desde quando eu a conheci (19 anos atras) eu nunca tive relação sexual a não ser com ela propria, mesmo antes de ser evangelico. eu nunca a trai.
    mas sabe o real motivo de eu não ultrapassar a linha (adulterar, transar a vontade com outras mulheres) ?

    A certeza que existe um Deus que TUDO vê e que um dia eu darei conta do que eu fiz.

    A tentação eu ainda tenho (COMO EU DISSE A ÚNICA MULHER QUE EU TRANSEI POR COMPLETO FOI E É A MINHA ESPOSA, ISSO AS VEZES GERA UMA CURIOSIDADE DE TRANSAR COM UMA OUTRA MULHER, CURIOSIDADE QUE É MALIGNA), mas a certeza que Deus me vê a cada segundo é suficiente para eu não trair a minha esposa.
    olha que ela já me traiu a 4 anos atrás e até hoje sofre com as consequencias. varias vezes tentou se matar (você não faça isso), vergonha, ruina financeira dela, etc.
    eu não sou super crente, eu apenas peço TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA : “SENHOR ME LIVRA DO ADULTÉRIO).
    hoje eu consigo orar pela minha esposa e pelo sujeito que foi usado pelo demonio para fazer isso com o templo do Espirito santo da minha esposa.
    há relatos (arrebatamentos, visões) em que os adulteros quando morrem (aqueles que não se arrependeram) mutilam a área sexual (mutilam a área sexual no inferno, e ela volta a crescer.)
    demonios enfiam ‘lanças’ nos orgãos sexuais femininos.
    ou seja, vale a pena eu ter horas de prazer e sair da proteção de Deus ??.
    Claro que não.
    Acho que Deus olhou pra mim e disse : ‘Você NÃO”
    Se você se arrependeu de ter adulterado, tenha certeza que Deus olha pra você e diz : “Você é meu !! ” , “você não vai mais adulterar” (você NÃO).
    Esqueça o sofrimento do pasado e viva a esperança que Deus nos deu através de Jesus.
    Pois O sangue de Jesus nos comprou e nos salvou.
    Fiquem na Paz de Cristo !
    agora eu tenho um recado para as mulheres : não deem ouvidos aquelas ‘amigas’ no trabalho que contam as experiancias sexuais delas.
    elas estão caminhando para a morte. se o seu marido poderia saber mais coisas (em termos sexuais) e não sabe, é porque ele também se guardou para você. aprendam juntos. não tenha inveja das ‘amigas’ por elas terem vistos estrelas com um outro homem, pois as ‘estrelas’ de hoje podem se tornar escuridão amanha.

    Aquele que obedece a Deus, esse é o que O ama !!

    obs.: isso foi mais um desabafo pessoal mesmo.

    1. Nossa, Luis….não sei como vim parar aqui, não sou evangélica, sou católica, mas TUDO o que vc escreveu acima serviu para mim…. foi um desabafo seu, mas pode ter certeza de que pelo menos uma pessoa (eu) vc fez refletir sobre as atitudes que tomei e tomo ao longo da vida. Obrigada.

      1. Que bom, Deus te ama e quer você em santidade. Ele te contempla todos os segundos de sua vida e fica feliz todas as vezes em que você recusa o pecado.
        Fique com Deus. Deus te abençoe e te guarde.

  57. Não sei mas o q fazer, trai o meu marido com um amigo dele, mas não houve sexo, mas estou tao arrependida, nao sei como deixei isso acontecer, meu marido sabe e nao aceita meu arrependimento, mas eu nao sei viver sem ele, e doi tanto…. nao sei mas o que fazer pra ele poder aceitar o meu perdao. somos novos, mas ja estamos juntos a um bom tempo…. por favor me ajudem, já pedi perdão a DEUS e sinto que ele me conforta, mas o julgamento do homem esta forte demais, estamos afastados da igreja já tem um tempo e nao sei mas o que fazer……

    1. Filha, Davi quando pecou, o fez contra Deus. Ao ser confrontado pelo profeta e podendo escolher ser punido pelos homens ou por Deus, escolheu ser punido por Deus porque sabia que o Senhor é um Deus cheio de misericórdias.

      Assim também deve ser sua vida. Escolha Deus e deixe a cargo dele as providências quanto à sua vida conjugal, familiar. Se seu marido não quer lhe perdoar (sendo ele mesmo tão pecador quanto você), o problema é dele com Deus.

      Volte-se para a comunhão com o Senhor, leia a Bíblia diariamente, ore diariamente e seja um bom exemplo de boa esposa daqui por diante. Passado é passado. Viva o presente como boa esposa, boa dona de casa e o Senhor a edificará espiritualmente. Se seu marido não quiser voltar para a igreja, vá você sozinha. Mas não deixe de congregar porque isso só vai enfraquecê-la, como aconteceu.

      Quanto ao seu marido, não o force, mas dê tempo a ele para trabalhar essa ferida na alma.

      O Senhor lhe abençoe e guarde de novas tentações e lhe conceda paciência para esperar, assim como sabedoria para edificar seu lar.

  58. Ola a todos ,batizei em 2008…e desde então era muito fiel a Deus,bom pelo menos tentava ser sempre,sou casada a 9 anos e a 6 meses atras,cai,trai meu marido,realmente nao sei pq,nao tinha um motivo,nem motivo de querer,so trai,algo que arrasou com minha vida e paz em cristo,sai da igreja 2 meses antes de acontecer o envolvimento,e logo ja estava desviada,meu marido descobriu,e acabei por saber que ele também ja tinha me traído outras vezes,1 sexual com uma amiga e casada com amigo dele e as outras so beijos segundo ele,ele nao e batizado mas conhece a palavra mais do que eu,menti sobre alguns fatos pois fiquei envergonhada mas logo ele veio a descobrir novamente,ele tentou suicídio,entrei em depressão tivemos muitas crises,e decidimos tentar novamente,mas ele sempre teve problemas para aceitar as coisas e muitas vezes entra em conflito e começa a jogar na minha cara,me humilhando,sei que mereço ate pq sei que Deus nunca me perdoara,coo alguém que seguia seus caminhos se deixa cair desse jeito…e agora eu destruí algo q tínhamos tao bonito,nosso amor nossa vida nassa família,meus filhos sofrem com isso e sei que para ele nao deve esta fácil assim com pra mim,ja nao sei como proceder pois nao consigo voltar pros caminhos do senhor de tanta vergonha que eu sinto,me vejo suja imunda indigna do perdão de Deus,fui fraca,baixa ,e nao tenho vontade de viver,finjo esta bem,sorrio as vezes como se estivesse superando tudo,tanto a traição que sofri quanto a que fiz,mas na verdade nao estou,pq sei do mal que o causei e consequentemente aos meus filhos e a mim mesma,mas em e pelo fato dele ter me traido mas pelo que eu fiz,nao consigo me perdoar…….

    1. Anna, Satanás engana as pessoas de forma sutil, levando-as a crer que não há perdão em Deus para elas, insinuando que o pecado delas é imperdoável, que Deus as rejeitou porque elas rejeitaram a Deus e à Sua palavra.

      Isso é mentira de satanás. Deus não rejeita o pecador, mas ao contrário, enviou Jesus Cristo como Salvador, como mediador entre o homem, pecador e Deus, Santo.

      O Senhor Jesus morreu pelos seus pecados, filha. Se você pedir, Ele quer curar sua alma e restaurar sua paz. Ore pedindo perdão e pedindo restauração e o Senhor lhe atenderá imediatamente. Faça o mesmo com seu marido. Peça-lhe perdão, ao mesmo tempo que perdoe a ele.

      E procurem fazer um curso de Casados Para Sempre, que é ministrado pelo ministério http://www.mmibrasil.com.br/ . Entre no site deles e veja se há reuniões e cursos em sua cidade. Inscreva-se. Fale com seu marido. Restaure seu lar, sua família. Há muitas bênçãos para ambos, no convívio com o Senhor.

      Que o Deus da esperança encha seus corações de gozo e paz, segundo a sua fé no poder do Espírito Santo tem de restaurar todas as coisas, é minha oração a seu favor.

    2. Anna, NÃO saia da Igreja. é isso que o inimigo quer.
      Continue indo para a Igreja, pois é lá que você vai se fortalecer na Palavra de Deus.
      Você acha que as coisas irão se resolver se você sair da Igreja ?
      É indo para a Igreja e com as suas orações também, é que Deus irá dizer o quê que você terá que fazer e o momento de fazer será indicado por Deus.

      Deus vai te orientar também o momento certo pra contar, com certeza não é no meio de brigas.

      Deus vai providenciar um momento oportuno. ore e vigie, mas NUNCA saia da Igreja, continue buscando a Deus.

      Sobre temer alguma revelação, deixe disso. isso por enquanto não vai acontecer, claro que um dia você terá que contar para o cônjuge, mas isso só Deus pode dizer quando fazer, sob a orientação Dele.
      maria madalena foi pega em flagrante (foi revelada), mas o Senhor Jesus perdoou o seus pecados, que aliás eram muitos. Ninguém pode intentar acusação naqueles que estão com Deus.
      Esse medo de ser revelada é o que o inimigo está usando para você sair da Igreja, não faça isso.
      Confie no Senhor e saiba que não acreditar que o Sangue de Jesus não seria capaz de ‘pagar’ o seu pecado é um erro mais grave ainda, pois o Sangue precioso de Jesus é capaz de nos livrar de todos os pecados, pois Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.
      Fica na Paz do Senhor Jesus !

  59. USEI DROGAS fasia mais de 1 ano que não pecava mais eu preciso me desabafar tenho medo de falar com meus pais pofavor me de alguma solução sei que deus esta triste comigo eu lhe peço me ajude uma palvra amiga alguma coisa OBRIGADO .

    1. Gustavo, com drogas não se brinca. Se você teve uma recaída, tem que falar com seus pais, para que eles lhe ajudem, antes que você comece a descer mais fundo nesse abismo. Fale agora, seja transparente, para seu próprio bem. Que o Senhor lhe conceda libertação e restauração, é minha oração a seu favor.

  60. cometi o adultério apenas uma unica vez me arrependi disto na mesma hora já faz dois anos não consigo viver em paz não posso contar para o meu esposo de jeito nenhum ele me mataria… sei o que estou dizendo…não consigo ficar em paz nem na igreja pois acho que acada momemento um profeta vai vir me revelar ou algué endemoniado…. me ajude não consigo dormir, comer, viver a ois anos neste martirio ,penso até em sair da igreja, pois tenho medo de ser revelada. meu marido é crente mas não é convertido.. por motivos do dia a dia ele briga quebra as coisas e me dá grandes empurrões .que valem por uma surra, pois a força é tanta que fico marcada.. se por um acaso não dou atenção a algué3m da igreja como ele gostaria , ele faz um inferno,, dia desses, isso aconteceu e numa discussão disse para ele que este era o trabalho dele por ser diacono e ele me pegou pelos cabelos e queria me por para fora de casa… me ajudem , não quero me separar dos meus filhos nem passar essa vergonha na igreja tenho conciencia do meu erro sei o qto.. estristeci a cristo peço a dois anos perdão a deus todos os dias … vai começar um trabalho na igreja de libertação to morrendo de medo ser revelada não quero ir… não revelem o meu nome nem site por favor mas publique a resposta e até o texto

    1. Irmã, para que você chegasse a cometer o adultério é porque já vinha, há longo tempo, desenvolvendo a vontade em seu coração. Já vinha aceitando a aproximação de outro homem, dando atenção às palavras de elogio dele, às palavras de consolo e compreensão. Possivelmente algum colega de trabalho ou alguém da própria igreja.

      Esse pecado foi gestado em seu íntimo e não foi por obra de algum espírito maligno, mas sim pela sua própria insatisfação com o casamento. A cobiça (que é insatisfação) gerou o pecado. Mas não se preocupe, pois pelo seu arrependimento e confissão a Deus, você já foi perdoada. Não há mais condenação para você: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1:9).

      A confissão a Deus é suficiente para sermos perdoados. A confissão a outra pessoa é importante para cura da alma, pois o seu sofrimento é grande. Ore a Deus pedindo que lhe mostre uma irmã anciã, confiável, temente a Deus e procure-a confessando seu pecado e sofrimento e pedindo-lhe discrição e oração a seu favor. A intercessão da irmã poderá fortalecê-la nessa luta, que tanto desgaste lhe tem trago.

      Quanto ao trabalho de libertação, não se preocupe, pois o amor de Deus encobre multidão de pecado e Satanás não tem poder sobre quem está em Jesus Cristo. Ele até ruge em derredor da pessoa, mas não pode tocá-la sem a permissão do Senhor.

      Quanto a seu marido, seja paciente com ele e mansa, para não dar motivos a que o inimigo o use para trazer discórdias no seu lar. O seu silêncio é a melhor defesa contra as artimanhas de satanás. E ore sempre por ele, pois quando a pessoa não está preparada e é ungida como diácono vem peso sobre ela.

      O Senhor lhe abençoe com graça e paz no coração.

  61. Eu acho muito triste quando alguém diz : ” – Traí meu esposo ou esposa e estou triste com medo de que ele(ela) descubra”.

    A pessoa deveria ficar triste por que causou tristeza para Deus, devia ficar triste por que pecou contra Deus, mas não. A pessoa fica triste por que tem medo que o cônjuge descubra (medo das consequências) ou por ter remorso.
    Então fica parecendo que se o cônjuge nunca descobrir aí tá tudo bem.

    Elas se esquessem do que está escrito em Daniel que diz : – Não há nada encoberto que não será revelado”.

    As pessoas pensam que só terão consequências se o cônjuge souber, se não souber não haverá consequência nenhuma, ledo engano. quem disse que se o cônjuge não ficar sabendo não vai ter consequências não foi Deus e sim o inimigo, e você acreditou nele. e não era pra ter acreditado, pois ele é o pai da mentira.

    Ore a Deus, se arrependa por ter pecado e nada mais. e enfrente as consequências. mas Ore a Deus e o mais Ele fará.

    Ficar preocupado com as consequências é uma coisa e se arrepender é outra. Se você tivesse 100 % de certeza que o cônjuge nunca iria ficar sabendo de nada, você iria ficar preocupado.

    Infelizmente não, né ?

    Pois é, mas as consequências INDEPENDE do cônjuge saber ou não.

    O pecado em si já causa consequências, ou você vai querer se esconder igual a adão que pensou que poderia se esconder do Eterno ??

    Se arrependa. fale com sinceridade com Deus.

    Eu sempre lembro que Jesus enfrentou as consequências pelos NOSSOS pecados (morte de Cruz).
    se tendo consequências as pessoas ainda adulteram imagina se não tivesse nenhuma consequência.

    Quem já adulterou se arrependa e quem está pensando em adulterar fique sabendo que sempre haverá uma consequência a ser enfrentada. Deus perdoa o pecado, mas a consequência a gente vai ter que enfrentar, para ser disciplinado e não atender a vontade da carne, pois a carne mata e o Espírito Santo de Deus vivifica.

    Fica com Deus !

    1. Filha, confesse seu pecado a Deus, peça-lhe perdão e fortalecimento contra as tentações. Faça dessa experiência maldita uma arma contra novas tentações. Sua tristeza, seu arrependimento, seu medo será uma porta de escape quando for tentada novamente. E dedique-se a amar e servir ao seu marido, seu lar, sua família. Busque congregar mais, ler mais a Palavra de Deus, orar mais. para fortalecer-se.

      O Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda perdão e paz no coração.

  62. Estou desviado dos caminhos do senhor,peço pra Deus falar comigo,mas parece que ele se esqueceu de mim, o que faço?não tenho forças pra retornar a sua presença!

    1. Gilmar, o Senhor jamais se esquece de qualquer um de nós, mesmo do pior dos pecadores. Da mesma forma, Ele jamais deixa de falar conosco, nos orientando, aconselhando, advertindo. Nós é deixamos de ouvi-lo quando pomos nossa atenção nas coisas terrenas e não mais nas coisas celestiais: “Mas Sião diz: O Senhor me desamparou, o Senhor se esqueceu de mim. Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta venha a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti” (Is 49:14,15).

      Por isso, filho, volte a buscar a face de Deus, mesmo que sua mente esteja ainda cheia e atribulada. Passe a ler diariamente pelo menos um capítulo da Bíblia. Comece com o evangelho de Lucas, ore em seguida e veja como as coisas mudarão para você, gradativamente.

      O Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda paz no coração.

  63. Parabenizo este blog por tratar de forma correta os seus associados.

    Acabei de sair de um blog (outro blog, não este) que tem um dos seus assuntos a sodomia.
    o dono do blog trata mal aquele que é contra esta prática.
    acabei de sair de lá.
    Então parabéns por este blog aqui.

  64. Do mais irmãos o que a gente tem que ter em mente é que se nós obedecermos a Palavra de Deus e Crer no Nome de Jesus.

    A nós saberemos o que fazer, segundo a orientação de Deus.

    Deus é amor. Jesus Salva e dá providência.
    Não deixe que nada disso atrapalhe a Comunhão com Deus.

    Os meus post’s podem ser duros, mas quem sou eu ?

    Eu sou um pecador.

    Só estou dizendo que a gente tem que seguir a Palavra de Deus.

    Mentir não é de Deus (assim como nós não podemos julgar ninguém)

    Deus só opera onde existe amor, perdão e verdade.

    Confie em Deus, tudo vai ser resolvido obedecendo a Palavra de Deus.

    Davi pecou, adulterou e matou. mas depois ele enfrentou as consequências, voltou-se para Deus. e Deus agiu.

    Hoje nós temos Jesus como advogado. isso é o suficiente.

    Não estou aqui dizendo que eu sou mais santo do que todos. eu sou tão pecador quanto todos, pois todos pecaram.

    Só estou dizendo que Deus não concorda que uma pessoa minta.

    Se eu dissesse : ” – Olha, não conta nada, se te perguntarem se você nunca traiu, minta, diga que nunca traiu”.

    Eu não posso dizer isso.

    Eu não sou diferente de ninguém, eu mesmo já usei o Nome de Jesus em mentira quando fui parado numa blt’zs de transito (meu caro não estava licenciado).
    Quem sou eu ?

    Mas eu pedi perdão a Deus e se parassem numa blit’z de transito novamente eu não mentiria mais.

    Oremos ao Senhor, uns pelos outros.

    Eu profetizo em Nome de Jesus, que todas esses irmãos que estão em aflição sejam orientados, quebrantados, fortalecidos e revigorados pelo poder de Deus.

    Fiquem com Deus ! Paz do Senhor Jesus !

  65. luis
    21 outubro,2011 às 9:04 am
    Anônimo, Paz do Senhor, o meu nome é luis. você disse que quem se arrepende não precisa contar ao cônjuge, certo ?.

    Então você disse que eu deveria ler mais a bíblia, certo ?

    Tudo bem, agora me responda uma coisa (e isso vai fazer que TODOS repensem a questão).

    Quem ainda não contou ao cônjuge é por que não querem desmanchar o casamento, certo? .
    Segundo a sua opinião ‘não contar’ está na bíblia, pois você citou a passagem que maria madalena foi perdoada por Jesus e disse que Jesus não mandou ela desmanchar o casamento, certo ? (como se todos não soubessem do adultério dela, ela foi pega em FLAGRANTE).
    Então me diga uma coisa, só isso, me responda somente essa coisa :
    Se algum dia o seu cônjuge perguntar a você : ” – Amor me responde com sinceridade, você algum dia já me traiu ?”. te pergunto, o quê você vai responder ??, vai dizer que nunca traiu ??.
    Se você disser isso não vai estar mentindo ?? e quem é o pai da mentira ? é Deus ?? (claro que não).

    É o inimigo. O inimigo é o pai da mentira.

    Então, quem defende que deve-se pedir perdão somente a Deus e não contar ao cônjuge, deve orar todo dia para que o cônjuge nunca faça essa pergunta (perguntar se já foi traído ou não), pois se fizer, a outra pessoa vai ter que mentir (e a pessoa ainda coloca o Nome de Deus no meio e MENTE).

    É por isso que quem adultera sempre fica em dúvida se foi perdoada por Deus ou não.

    Claro que foi perdoada por Deus !

    Mas Deus não consente que a pessoa minta em nenhuma hipótese inclusive para sustentar um casamento.

    Mentira não vem de Deus.

    Deus nunca ia dizer : ” – Olha meu filho(a), quando o teu cônjuge te pergunta se foi traído responda que não, viu ?”.
    Deus nunca iria fazer isso, pois Deus nunca praticou a mentira nem gosta que seus filhos a pratiquem também.

    Mas quem adultera e não conta para o cônjuge sempre vai praticar a MENTIRA, pois sempre vai ter que mentir em sua resposta, ou seja, dizer ao cônjuge que nunca traiu, e aí é que MORA O PERIGO, pois a bíblia é CLARA em afirmar que NENHUM mentiroso vai entrar no Reino de Deus.

    Não existe mentirinha ou mentirona, qualquer mentira já coloca a pessoa em risco, pois repito, quem pratica a mentira não irá para o Reino de Deus.

    Está escrito que NENHUM mentiroso vai entrar lá.

    Então a pessoa não vai para o inferno por causa do adultério, mas pode ir por causa da mentira.

    Em Apocalipse aparece mais vezes a advertência sobre a mentira do que sobre o adultério, sabia ?

    Claro que os dois são pecados, mas a advertência aparece mais vezes com relação a mentira.

    Engraçado que a pessoa se arrepende, pede perdão a Deus e logo depois tem que mentir sobre nunca ter adulterado e a pessoa acha que não tem problema nenhum em mentir. Como se a mentira fosse um pecado menor do que o adultério.

    Entre perder um casamento ou ir para o inferno eu (luis) preferiria perder o casamento (claro que Deus não vai deixar isso acontecer e se deixar pelo menos você NUNCA mais terá que mentir).

    Outra coisa, eu NUNCA disse pra ninguém que deve DESMANCHAR O CASAMENTO.

    Pode ler os meus post abaixo (como luis).

    Eu nunca disse que era para desmanchar casamento algum.

    Eu sempre disse que era para contar ao cônjuge SIM !, mas que era para a pessoa ORAR e pedir a Deus que Ele indicasse o momento certo para contar ao cônjuge, eu disse apenas isso.

    Quem adultera e se arrepende, Deus perdoa claro.

    Você que adulterou e se arrependeu, fique sabendo que Deus já lhe perdoou, mas quem disse que Deus não quer que você enfrente as consequências ?. onde está escrito isso ?. A bíblia diz que daremos conta das nossas ações, dos nossos pensamentos, e das nossas OMISSÕES também. não contar é uma omissão.

    Perdão é uma coisa (a mais importante claro), mas enfrentar as consequências do pecado também é necessário.

    O próprio JESUS enfrentou as consequências dos NOSSOS pecados. Jesus não foi crucificado na Cruz ?. Claro que foi. e por quê Ele foi crucificado ?.
    Para nos salvar, certo?, mas para isso Deus colocou Nele as CONSEQUÊNCIAS dos NOSSOS pecados (MORTE NA CRUZ).

    Então continuo dizendo que :

    1) Quem se arrepende e pede perdão a Deus em Nome de Jesus, está PERDOADO do pecado chamado adultério.

    2) Quem omite de contar para o cônjuge comete pecado também e se respondeu ao cônjuge que nunca adulterou comete o pecado da MENTIRA. E quem vive mentindo corre sério perigo de não entrar no Reino de Deus.

    3) Adianta não ser condenado por adultério, mas ser condenado por MENTIR ?? (não vai dar no mesmo?).

    Logo, ORE a Deus.

    Se você contar(eu não sei qual é a hora certa de contar, Deus sabe) você vai enfrentar as consequências, mas lembre-se que ninguém vai mais jogar na sua cara que você adulterou, pois você estará totalmente limpo pelo Sangue de Jesus do pecado chamado MENTIRA.

    Agora se você mentir, você torna-se a sujar. Adianta limpar-se do adultério e tornar a se sujar com a mentira ?. que lógica é essa ?

    Não percebe que esse sentimento ou dúvida vem da mentira.

    É por isso que existe esse sentimento ou dúvida se Deus perdoou ou não.

    Na verdade é a mentira que está incomodando a pessoa.
    ou seja, a mentira coloca uma barreira na pessoa.

    Ela sabe que está errada, mas prefere viver oprimida do que se livrar da mentira, pois ela não quer enfrentar as CONSEQUÊNCIAS do pecado.

    Deus faz a parte Dele, ou seja, Deus perdoa sim, claro.

    Mas a pessoa deve fazer a parte dela que é enfrentar as CONSEQUÊNCIAS.

    Enfrentar as consequências, não significa que Deus estará longe de você. Deus vai se agradar mais ainda, pois você não estará mais na MENTIRA.

    Agora repito sempre que somente Deus pode dizer a hora certa de contar. Por isso que a pessoa deve orar muito, deve jejuar também.
    Pedir a Deus a hora de contar.

    Se o cônjuge pedir separação, a pessoa não deve se desesperar.

    Deve orar sempre.

    Pedir sabedoria a Deus.

    As consequências do pecado servirão para o seu fortalecimento espiritual, confia em Deus.

    O teu cônjuge poderá te abandonar sim, mas o relacionamento de Deus é mais importante que o seu cônjuge.

    A família é um plano de Deus, mas Deus nunca iria usar a MENTIRA para sustentar este plano.

    Deus iria querer que seus filhos usassem a mentira para sustentar o Seu plano ?. Claro que não.

    Fique com Deus !

    Obs.: Só Deus sabe a hora e ocasião de contar ao cônjuge, por isso que você deve orar e pedir orientação a Deus.

    A Paz do Senhor Jesus !

  66. É muito engraçado. Eu nunca vi um ADÚLTERO ou uma ADÚLTERA confessar que ADULTEROU e se arrependeu, pelo fato de ter pecado contra Deus.
    Sempre eles(as) dizem que foi por que sofriam isso ou aquilo.
    Eu sei que em 99% é verdade, a esposa ou marido sofreram isso ou aquilo outro, mas preste atenção :
    NA BÍBLIA NÃO HÁ DESCULPA PARA O ADULTÉRIO. quando falo ‘desculpa’ eu quero dizer que na Bíblia não há JUSTIFICATIVA para o adultério. sabe por quê ? por que o adúltero peca contra o seu próprio corpo e o nosso corpo é TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO.
    repetindo : NA BÍBLIA NÃO HÁ JUSTIFICATIVA PARA QUEM ADULTERA.
    um adultério provocado por outro outro adultério (por vingança por exemplo) é a mesma coisa de um adultério provocado por ‘fraqueza’.
    Tô cansado de escutar : “- Eu ADULTEREI por causa daquilo ou por isso”
    Gente LEIAM A Bíblia, não existe JUSTIFICATIVA NA BÍBLIA PARA ISSO.
    A única coisa que você tem que fazer é : ARREPENDER-SE !!! E PEDIR PERDÃO EM NOME DE JESUS ! (contar para o cônjuge sim).
    Todas as vezes que você diz : “- Eu trai por causa disso ou aquilo.” você estará impedindo o perdão, pois Jesus só perdoa aquele que se ARREPENDE e se você disser que ADULTEROU por causa disso ou aquilo é o mesmo que você dizer que na verdade NÃO SE ARREPENDE. entendeu ???
    Repito na bíblia não está escrito : ” Não ADULTERARÁS, a não ser que você tenha sofrido adultério”. não está escrito isso.
    O que está escrito é “NÃO ADULTERARÁS” e Pronto !! acabou !.

    Frases ‘incríveis’ das mulheres e homens, mas mais da parte feminina mesmo :

    Frases :

    “Quando me vi já estava nos braços dele(a)”
    ” Quando me dei por mim já tinha caído”
    “Cai na lábia dele(a)” (mesmo se ele te amasse de verdade AINDA SERIA PECADO, SE NÃO FOR O SEU CÔNJUGE)

    São frases que mostram que a pessoa na verdade teve remorso, e remorso não é arrependimento.

    Outra coisa que acho engraçado é a dúvida se a pessoa deve ou não contar.

    Claro que a pessoa é OBRIGADO a contar para o cônjuge.

    Quem não quer contar é por que quer ‘salvar a sua própria pele’. não é por causa do casamento. é para salvar a sua própria pele, pois se a pessoa estivesse, na verdade, querendo salvar o seu casamento, simplesmente ela não ADULTERARIA.

    Agora o que sempre digo é que a pessoa deve ORAR e pedir a Deus o momento de se contar, de preferência de frente para um pastor. não é o pastor que perdoará (é Deus que perdoa), mas essa atitude mostra que você se arrependeu de verdade.

    O que querem é se LIVRAR DAS CONSEQUÊNCIAS.

    Ore a Deus o momento de se contar a seu cônjuge.

    E pare de colocar a culpa em outras pessoas que isso ‘não cola’.

    O Arrependimento SINCERO (com confissão) e o perdão pelo Sangue de Jesus já é o suficiente.

    Agora eu não sei qual é a melhor hora pra contar. Ore a Deus que ELE te avisará.

    Fica com Deus !

    Obs.: O adultério virou uma EPIDEMIA. Eu nunca adulterei, mas sempre eu clamo a Deus para que ELE não deixe eu cair nessa armadilha maligna. também faço a minha parte, ou seja, eu FUJO DA PROSTITUIÇÃO. pois a bíblia é clara quanto a isso, nós perderíamos a guerra se fossemos querer ‘brincar’ com a carne.
    e a carne MATA, mas o Espírito de Deus VIVIFICA.

    1. Amigo? Estude mais a biblia e veja a passagem da mulher adultera João 8.3-11, JESUS era perfeito e aquela mulher foi pega em adulterio, e JESUS não mandou ela desmanchar o casamento, JESUS disse vá e não peques mais, e tem outras traduções que ainda dizem: para que não aconteças coisas pior! Muitos pastores pelo mundo afora ensina errado o versiculo Mateus 19.9, DEUS não permitiu em NENHUMA HIPOTESE a dissolução do casamento.Quem se casou e o conjuge ainda está VIVO, está em adulterio perante a DEUS. Seja mais humilde e tenha o coração em JESUS , e DEUS o abençoe. coutinhocarlos@ig.com.br Igreja DEUS É AMOR

      1. Anônimo, Paz do Senhor, o meu nome é luis. você disse que quem se arrepende não precisa contar ao cônjuge, certo ?.

        Então você disse que eu deveria ler mais a bíblia, certo ?

        Tudo bem, agora me responda uma coisa (e isso vai fazer que TODOS repensem a questão).

        Quem ainda não contou ao cônjuge é por que não querem desmanchar o casamento, certo? .
        Segundo a sua opinião ‘não contar’ está na bíblia, pois você citou a passagem que maria madalena foi perdoada por Jesus e disse que Jesus não mandou ela desmanchar o casamento, certo ? (como se todos não soubessem do adultério dela, ela foi pega em FLAGRANTE).
        Então me diga uma coisa, só isso, me responda somente essa coisa :
        Se algum dia o seu cônjuge perguntar a você : ” – Amor me responde com sinceridade, você algum dia já me traiu ?”. te pergunto, o quê você vai responder ??, vai dizer que nunca traiu ??.
        Se você disser isso não vai estar mentindo ?? e quem é o pai da mentira ? é Deus ?? (claro que não).

        É o inimigo. O inimigo é o pai da mentira.

        Então, quem defende que deve-se pedir perdão somente a Deus e não contar ao cônjuge, deve orar todo dia para que o cônjuge nunca faça essa pergunta (perguntar se já foi traído ou não), pois se fizer, a outra pessoa vai ter que mentir (e a pessoa ainda coloca o Nome de Deus no meio e MENTE).

        É por isso que quem adultera sempre fica em dúvida se foi perdoada por Deus ou não.

        Claro que foi perdoada por Deus !

        Mas Deus não consente que a pessoa minta em nenhuma hipótese inclusive para sustentar um casamento.

        Mentira não vem de Deus.

        Deus nunca ia dizer : ” – Olha meu filho(a), quando o teu cônjuge te pergunta se foi traído responda que não, viu ?”.
        Deus nunca iria fazer isso, pois Deus nunca praticou a mentira nem gosta que seus filhos a pratiquem também.

        Mas quem adultera e não conta para o cônjuge sempre vai praticar a MENTIRA, pois sempre vai ter que mentir em sua resposta, ou seja, dizer ao cônjuge que nunca traiu, e aí é que MORA O PERIGO, pois a bíblia é CLARA em afirmar que NENHUM mentiroso vai entrar no Reino de Deus.

        Não existe mentirinha ou mentirona, qualquer mentira já coloca a pessoa em risco, pois repito, quem pratica a mentira não irá para o Reino de Deus.

        Está escrito que NENHUM mentiroso vai entrar lá.

        Então a pessoa não vai para o inferno por causa do adultério, mas pode ir por causa da mentira.

        Em Apocalipse aparece mais vezes a advertência sobre a mentira do que sobre o adultério, sabia ?

        Claro que os dois são pecados, mas a advertência aparece mais vezes com relação a mentira.

        Engraçado que a pessoa se arrepende, pede perdão a Deus e logo depois tem que mentir sobre nunca ter adulterado e a pessoa acha que não tem problema nenhum em mentir. Como se a mentira fosse um pecado menor do que o adultério.

        Entre perder um casamento ou ir para o inferno eu (luis) preferiria perder o casamento (claro que Deus não vai deixar isso acontecer e se deixar pelo menos você NUNCA mais terá que mentir).

        Outra coisa, eu NUNCA disse pra ninguém que deve DESMANCHAR O CASAMENTO.

        Pode ler os meus post abaixo (como luis).

        Eu nunca disse que era para desmanchar casamento algum.

        Eu sempre disse que era para contar ao cônjuge SIM !, mas que era para a pessoa ORAR e pedir a Deus que Ele indicasse o momento certo para contar ao cônjuge, eu disse apenas isso.

        Quem adultera e se arrepende, Deus perdoa claro.

        Você que adulterou e se arrependeu, fique sabendo que Deus já lhe perdoou, mas quem disse que Deus não quer que você enfrente as consequências ?. onde está escrito isso ?. A bíblia diz que daremos conta das nossas ações, dos nossos pensamentos, e das nossas OMISSÕES também. não contar é uma omissão.

        Perdão é uma coisa (a mais importante claro), mas enfrentar as consequências do pecado também é necessário.

        O próprio JESUS enfrentou as consequências dos NOSSOS pecados. Jesus não foi crucificado na Cruz ?. Claro que foi. e por quê Ele foi crucificado ?.
        Para nos salvar, certo?, mas para isso Deus colocou Nele as CONSEQUÊNCIAS dos NOSSOS pecados (MORTE NA CRUZ).

        Então continuo dizendo que :

        1) Quem se arrepende e pede perdão a Deus em Nome de Jesus, está PERDOADO do pecado chamado adultério.

        2) Quem omite de contar para o cônjuge comete pecado também e se respondeu ao cônjuge que nunca adulterou comete o pecado da MENTIRA. E quem vive mentindo corre sério perigo de não entrar no Reino de Deus.

        3) Adianta não ser condenado por adultério, mas ser condenado por MENTIR ?? (não vai dar no mesmo?).

        Logo, ORE a Deus.

        Se você contar(eu não sei qual é a hora certa de contar, Deus sabe) você vai enfrentar as consequências, mas lembre-se que ninguém vai mais jogar na sua cara que você adulterou, pois você estará totalmente limpo pelo Sangue de Jesus do pecado chamado MENTIRA.

        Agora se você mentir, você torna-se a sujar. Adianta limpar-se do adultério e tornar a se sujar com a mentira ?. que lógica é essa ?

        Não percebe que esse sentimento ou dúvida vem da mentira.

        É por isso que existe esse sentimento ou dúvida se Deus perdoou ou não.

        Na verdade é a mentira que está incomodando a pessoa.
        ou seja, a mentira coloca uma barreira na pessoa.

        Ela sabe que está errada, mas prefere viver oprimida do que se livrar da mentira, pois ela não quer enfrentar as CONSEQUÊNCIAS do pecado.

        Deus faz a parte Dele, ou seja, Deus perdoa sim, claro.

        Mas a pessoa deve fazer a parte dela que é enfrentar as CONSEQUÊNCIAS.

        Enfrentar as consequências, não significa que Deus estará longe de você. Deus vai se agradar mais ainda, pois você não estará mais na MENTIRA.

        Agora repito sempre que somente Deus pode dizer a hora certa de contar. Por isso que a pessoa deve orar muito, deve jejuar também.
        Pedir a Deus a hora de contar.

        Se o cônjuge pedir separação, a pessoa não deve se desesperar.

        Deve orar sempre.

        Pedir sabedoria a Deus.

        As consequências do pecado servirão para o seu fortalecimento espiritual, confia em Deus.

        O teu cônjuge poderá te abandonar sim, mas o relacionamento de Deus é mais importante que o seu cônjuge.

        A família é um plano de Deus, mas Deus nunca iria usar a MENTIRA para sustentar este plano.

        Deus iria querer que seus filhos usassem a mentira para sustentar o Seu plano ?. Claro que não.

        Fique com Deus !

        Obs.: Só Deus sabe a hora e ocasião de contar ao cônjuge, por isso que você deve orar e pedir orientação a Deus.

        A Paz do Senhor Jesus !

      2. Realmente Jesus disse a Maria Madalena – “vá e não peque mais”.
        Se a pessoa deixa de adulterar e mente. ela não está pecando ?
        O que aconteceu com o mandamento do Senhor Jesus ??
        Jesus disse : ” vá e não peques mais”.
        Jesus não disse : – “vá e não adultere mais”.
        Ele disse : “- vai e não PEQUES mais”. ou seja, não pecar mais então pergunto: – A MENTIRA não é pecado ?.
        Então o que Jesus disse por extensão é : ‘ vai e não adulteres mais, vai e não minta mais também’, pois a mentira é pecado também, tanto quanto o adultério. a única diferença é que no adultério a pessoa peca contra o Templo do E.S.

        Se Jesus disse que era pra maria madalena ir e não voltar a PECAR (genérico, ‘todos os pecados’) Ele disse que era para ela não mentir mais também.

        Fica com Deus !

  67. Ola pastor me converti a 6 meses, mas antes disso já era casad e traia meu marido, qdo aceitei jesus coloquei fim nisso e me casei na igreja com este que há 13 anos já era meu companheiro em seguida nos batizamos, mas recentemente, depois de 6 meses não resisti e cai novamente na tentação e trai meu marido agora estou sofrendo, com vergonha de mim mesma pela minha fraqueza, me ajude peço perdão a Deus todos os dias, já pensei até em sair da igreja pois corrompi o bom testemunho de cristão. O pastor como posso saber se fui perdoada, tenho medo de perder minha familia. rogo ao senhor todos os dias pelo seu perdão. Tenho vergonha do que fiz como posso proceder. Deus lhe abençoe J.

    1. Irmã, você é fraca às tentações sexuais e necessita ajuda se quiser aprender a resistir. Tenho 2 conselhos para você: 1)jamais saia da igreja, da congregação, pois somente alimentando-se da Palavra de Deus você irá fortalecendo. Deus disse: “Eu sou o Deus Todo-poderoso. Anda na minha presença e eu lhe aperfeiçoarei” (Gn 17:1).

      2) Procure seu pastor e confesse a ele, pedindo-lhe orientação e oração. Não fique calada a esse respeito, pois sozinha você não resistirá e cairá novamente.

      O Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda espírito de fortaleza e de temor do Senhor.

  68. Pastor, meu nome é luanaa, sou evangélica meu esposo tbm.
    Quando eu era noiva , conheci um homem no trabalho que era casado mas ja estava quase se separando , ele era muito atencioso comigo e isso foi me cativando, e durante uns meses até axei que estava apaixonada por ele, tivemos relação sexuais algumas vezes, toda vez que terminavamos eu sentia um arrependimento tão grande e pedia força a Deus p não passar mais por isso pois meu esposo n merecia que eu o traisse ,mas eu sempre caia de novo, foi no maximo 10 vezes.eu muito nova com 21 anos e o outro homem bem mais velho com 33 e mais experiente me fez cair na labia a acabou me conquistando,eu fui muito fraca,depois de um mes que me casei decidir da um basta nesta situação porque meu marido é muito bom p mim e eu o amo muito jamais o quero perder.graças a Deus faz quase um ano q n cometo mais esse erro, n quero cometer jamais. ja pedi tanto perdão a Deus que axu que ele ja ta enjoado de eu falar a mesma coisa sempre, me sinto muito mal, e me envergonho toda vez que lembro,se eu podesse apagar o passado… agora n sei se o pedir perdão a Deus é o suficiente ou tenho que contar ao mesmo esposo,ele vai sofrer tanto,pode n me perdoar, tenho medo que ele n me queria mais, estamos casados a quase um ano e eu o amo muito vivemos bem, mas eu sempre fiko com aquela dor quando olho p meu esposo, me ajude Pastor, o que faço. que Deus o abençõe.

    1. Filha, o mais importante você já fez que foi o arrependimento e a oração a Deus pedindo perdão e também a interrupção da prática pecaminosa. No que tange a Deus, você já está perdoada!

      Agora, no que tange ao seu caráter, você necessita parar de jogar a culpa pelo adultério no tal homem casado e sedutor. É verdade que ele fez papel de safado, ao jogar charme para cima de você, mas você transou com ele por quis. Toda mulher, por mais nova que seja, sabe o que o homem está querendo, sabe reconhecer as intenções de um homem que se aproxima dela com palavras sedutoras. Você não foi inocente nesse caso, mas deixou-se levar, conscientemente, pela conversa dele, mesmo tendo namorado ou noivo.

      Estou dizendo isso para o seu próprio bem, pois esse homem, certamente vai voltar a assediá-la, se é que já não o fez. E, se não for ele, mais dia, menos dia, outro aparecerá em sua vida com o mesmo propósito. E você, se quiser escapar, tem que saber que a fraqueza está é em você mesma e não nos homens que a procuram. Reconhecendo que você gosta de sexo e que é vulnerável, você evitará situações que poderão levá-la a cair novamente em pecado.

      Sabe como podemos matar facilmente um “dragão”? Quebrando o ovo, antes que ele nasça, diz o ditado popular. Vigie seu coração e dedique-se ao seu marido, como esposa e companheira fiel e ajudadora, como é a vontade de Deus.

      Certamente que seu coração terá paz e não haverá necessidade de contar ao seu marido, principalmente porque você não mais pratica tal ato. Lute pelo seu casamento, pois essa é a vontade de Deus. Contar a ele, depois que você parou de pecar, é destruir seu lar, seu casamento, e destruir a confiança dele em você. O momento agora é de lutar pela consolidação da família e não de incorrer em outro erro, destruindo o lar, a família.

      Que o Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda espírito vigilante e paz no coração, é minha oração a seu favor.

  69. Li vários comentários. vi a importância na frase bíblica : ” – Fugi da prostituição”.
    Ou seja, não adianta o ser humano tentar ‘brincar’ com os desejos carnais. Por isso que a bíblia ensina que devemos simplesmente não ter contato nenhum com estas situações. exemplo : Se há algum colega de trabalho que tá cantando a mulher. a mulher pensa que está no controle, mas não está. o que ela tem que fazer? resposta : ela tem que DESVIAR do caminho do mal. o mesmo para os homens. passe por outra sala, assim você evita de passar em frente a mulher que está te deixando desorientado
    lembre-se : Você pode escolher pecar ou não (você tem o livre arbitrio), mas você não TERÁ CONTROLE SOBRE AS CONSEQUENCIAS do pecado.
    As consequencias do pecado de Davi, foi que ele perdeu 4 filhos.
    Quem adultera coloca A VIDA dos seus filhos em perigo, pois como disse, você pode escolher pecar (infelizmente), mas você não terá dominio sobre as consequencias do pecado. você pode pensar que as consequências cairá somente em você, mas pode ser em qualquer pessoa da sua família. (Clame a Deus ajuda em Nome de Jesus).
    Agora, você tem que CLAMAR A DEUS. confessar a Deus e pedir que Deus lhe dê forças, mas quando for para se desviar do mal, não fique dando bobeira, SAIA DA SALA, DESLIGUE O TELEFONE SE A PESSOA QUE ESTÁ LIGANDO NÃO É O SEU MARIDO (ou se não for a sua esposa). (Sozinho é dificil, é como se fosse uma ‘droga’ o adulterio, mas com Jesus você se livra dessa ‘droga’)
    Agora mesmo, milhões de almas estão agonizando no inferno, pois adulteraram e morreram sem se arrepender sem clamar a Jesus por perdão.
    Mas ainda há uma saída : JESUS !
    Se arrependa, pois O SANGUE DE JESUS TE LIVRA DA CONDENAÇÃO !.
    Se você está lendo agora é porque Deus ainda te deu tempo para isso. então agora mesmo peça perdão a Deus e DELIBERADAMENTE ESCOLHA não pecar mais.
    Lembre-se : Não coloque a vida da sua familia em risco. Peça a Deus forças e faça a sua parte, pois esse homem ou essa mulher não colocou um revolver na sua cabeça para você adulterar com ela !!!.
    Então faça a sua parte que Deus com certeza vai fazer a Dele.
    Deus perdoou Davi.
    E ELE te perdoou também.
    Mas : “VÁ E NÃO PEQUES MAIS !”

    ps 1:Jesus morreu por tudo isso, morreu pelos nossos pecados, para nos salvar. Glória ao Nome de Jesus.

    PS 2: Eu que escrevi isso, fui traído 4 meses depois do meu casamento (em 2008). minha esposa entrou em coma medicamentosa depois que o amante terminou, mas Deus deu o livramento a ela. eu graças a MISERICÓRDIA DE DEUS, nunca a traí. nem antes e nem depois disso.
    uma serva de Deus disse que o inimigo tramou esse laço para destruir a minha família. o inimigo ficava dizendo que eu era o ‘BOBO DA CORTE’, pois eu nunca traí, mas agradeço a Deus por eu nunca ter traído a minha esposa. claro que sempre fui tentado, mas nunca caí no adultério.
    mas sabe qual é o segredo : “Acordar de manhã e clamar a Deus : – Deus não me deixa cair em adultério”. hoje eu evito até de olhar os jornais e sites que tem mulheres em poses sensuais (olha que praticamente todos os sites mostram o que não deveriam), pois quero continuar fiel a Deus e depois fiel a minha esposa, pois eu sei que para continuar sem adulterar, eu tenho que fazer a minha parte, ou seja, escolher não olhar e desejar as outras mulheres. e você mulher tem que fazer a sua parte, pare de desejar aquele seu colega de trabalho, vizinho ou outro homem (uma sessão de orgasmos múltiplos não vale a sua alma) .
    o casamento só é sustentado pelo ‘sexo quente’ ? errado, o casamento é sustentado quando temos Jesus dando as cartas no mesmo.
    Claro que ´sexo entre casados’ é necessário, mas só sexo e sem Deus e mesmo que nada, pois um ‘sexo quente’ somente vai te alimentar o corpo e não a alma. então, Jesus em primeiro lugar no casamento, depois o resto.
    Fiquem com Deus ! (Confia no Senhor e o mais Ele O fará)

  70. Antonio Carlos

    Boa tarde pastor!!!!

    Estou precisando da sua ajudar, sou casado a 5 anos e tenho um filho de 2 anos, acontece que sempre tive um relacioanamento complicado ja trai minha esposa varias vezes com melhores diferentes, a mesma ficando sabendo dessa cituação por parte de terceiros, fora outros tipos de contrangimentos que ja fiz passar. Então ao longo desse tempo ela foi desanimando, ficando fragilizada com com algumas atitudes hostis da minha parte, mais continuou comigo mesmo sofrendo tanto. Ai ela recebeu uma proposta de emprego o qual foi registrado e começou a trabalhar, contudo ela conheceu um cara que de inicio muito cortez e bastante gentil, assim começou criar uma afinidade entre eles e chegaram e se envolver e ficando no periodo de um mes. Foi então que descobri tudo e ela confessou que estava ficando com outro e estava apaixonado, mais muito magoado com toda situação e me pedindo perdão. POR FAVOR PASTRO ME AJUDE NESTE SENTINDO.

    1. Amado, assim como ela lhe perdoou e suportou suas traições e outras ofensas, assim também você deve fazer com ela: perdoe-a e ame-a. E lute para reverter essa situação, pois caso contrário, você perderá sua família, seu lar.

      Você é o homem da casa. Tem que ser o sacerdote também. Lute e interceda pela sua esposa. Procure informações sobre o curso Casados Para Sempre – http://www.mmibrasil.com.br/ – e inscreva-se no curso, você e sua esposa.

      Que o senhor tenha misericórdia de vocês e lhes restaure o primeiro amor.

  71. Olá Pastor, sou casada há 12 anos e tenho 2 filhos. Cometi adultério com o padre da Igreja que frequentava. Ele era muiito atencioso comigo, frequentava minha casa, pois eu era orientadora da Pastoral da Comunicação, na época, e se mostrava um grande amigo. Eu , muiito carente, me sentia abandonada. Até que ele foi se mostrando diferente comigo, já não era mais amigo, não me dava mais atenção e um dia brigamos feio e ele gritou muito comigo e batia na mesa com muita força. Literalmente não era um padre e sim o demônio. Desisti de tudo naquele dia, larguei a Pastoral, tirei a venda dos olhos naquele dia. Achava que não gostava mais do meu marido na época. Era um sentimento que estava adormecido. Meu marido estava notando meu comportamento diferente e me apertou na parede e acabei confirmando para ele sobre a traição. Agora estou vivendo uma tristeza só. Me arrependi muito, tenho muita culpa por ter causado tanto sofrimento ao meu marido, e pedi perdão a ele mas ele não consegui me perdoar. Tb peço perdão a Deus todos os dias. E vi que o amo mais do que tudo e tenho medo de perdê-lo. Meu marido diz que a partir do momento que fiquei em casa é pq ele já me deu outra chance, mas não me deixa tocar nele e nem me toca, não consegui nem me abraçar. E quer que eu vá trabalhar fora agora. Diz tb que nem sabe se quer me perdoar. E diz que tem medo pq não sabe se eu terei paciência de esperar o tempo que ele precisa. Estou chorando sangue. Faz 1mês que estamos vivendo assim e no começo nem rezar eu conseguia mais. Ele está com muita raiva. Não sei mais como agir e nem o que fazer. Gostaria muito de uma orientação. Obrigada.
    14 de setembro de 2011.

    1. Filha, você fez tudo o que necessitava fazer: arrependimento, largar o pecado, confessar a Deus e pedir perdão. Também a confissão ao marido e o pedido de perdão. Certamente Deus já a perdoou e não há mais acusação alguma sobre você: “nem eu tampouco te condeno; Vai e não peques mais” (Jo 8:11), disse Jesus à mulher adúltera.

      O problema agora é do padre (que necessita se arrepender também) e do seu marido, que também é pecador e não pode jogar-lhe pedra alguma. Ou será que ele é santo e não necessita do perdão de Deus em coisa alguma? Claro que não.

      Seu marido vai perdoá-la com certeza. Ele necessita somente de tempo para aceitar o fato e trabalhar a tristeza no coração. Ele está muito ferido, sofrendo e humilhado.

      Portanto, filha, seja paciente com ele e amorosa, sem forçá-lo a nada. Ame-o com o amor que tudo suporta, que nada cobra. Cumpra com suas obrigações de mãe e esposa, dona de casa e se surgir algo para fazer fora, trabalhar, aceite. Administre sua vida de forma a haver paz no seu lar.

      E volte-se também para buscar a face de Deus, por meio de orações, leitura da Palavra de Deus, louvores e serviços à família.

      O Senhor lhe abençoe com vida nova e plena na presença do Pai e com paz no coração, no casamento e no lar.

    2. Irmã Adriana, Paz do Senhor. Você já fez o mais importante que é se arrepender, pedir perdão a Deus em Nome de Jesus e CONFESSAR o adultério ao seu marido.

      Então, fique firme no Senhor.

      Você está enfrentando as consequências, porém você não está mais na MENTIRA. você está na verdade agora.

      Quem vai lançar acusações contra você se você já não mais pratica a mentira ? ninguém.

      Continue firme.

      Ore e jejue.

      Não rebata as acusações do seu marido.

      Essas acusações não são válidas, pois Jesus morreu por você também.

      Você terá que esperar no Senhor.

      A Bíblia diz que a mulher deve ganhar o seu esposo no seu ‘procedimento’. O procedimento é mais importante que palavras e mais palavras humanas.

      Então, quando o seu marido alterar o tom da voz, responda com um tom suave. isso desvia o furor.

      Você está no caminha certo. fez as 3 coisas necessárias:

      1 – Se arrependeu.
      2 – Pediu perdão a Deus em Nome de Jesus.
      3 – Confessou ao seu cônjuge.

      Pronto, agora tenha temperância. peça a Deus isso. Ele o dará.

      As palavras humanas convencem, mas o exemplo ARRASTA. o EXEMPLO É MELHOR.

      Você agora é exemplo de esposa.

      Glória a Jesus, pois em você não existe mais a mentira.

      Ore e jejue.

      Confia no Senhor.

      Eu sei o que seu marido está passando. eu fui traído e de vez em quando eu peco em jogar na cara da minha esposa que ela adulterou.

      Para o homem é como se a esposa tivesse adulterado ontem.

      Toda vez que minha esposa dizia pra mim que estava arrependida eu me acalmava.

      Me ajudou muito o fato de saber que quem não perdoa pode parar no inferno.

      Eu pensei : ” – que idiota que eu sou, se eu não perdoar eu posso ir para o inferno”

      Agora eu oro todos os dias pedindo que o Senhor afaste de mim essa mágoa, pois é a mágoa que faz o marido jogar na cara da esposa.

      Imagina se Deus tivesse mágoa da gente. a gente estaria numa fria. mas Deus nos amou primeiro, pois mandou o Seu Filho amado morrer por TODOS os nossos pecados. logo, Jesus morreu também pelos pecados praticados pela minha esposa também.

      Fraquente a Igreja. leia a bíblia todos os dias.

      Deus está fitando os seus olhos agora, pois já fez as 3 coisas necessárias.

      Fica com Deus e tenha temperância e paciência no Senhor.

      O seu marido ainda não percebeu que agindo assim, acusando, ele está fazendo papel de diabo, pois o diabo é quem acusa.

      Ore a Deus colocar esta revelação no coração do seu marido, de que ele não deve jogar na cara nada.

      Fique sabendo que quando o marido acusa, ele não fica feliz também. ele sofre também. a acusação do seu marido coloca ele mesmo distante de Deus. prejudica ele mesmo.

      É muito ruim acusar a pessoa que a gente ama.

      Mas ele sozinho não dará conta de te perdoar. eu, pessoalmente, me livro desse sentimento todas as vezes que lembro que agora mesmo, milhões de pessoas estão no inferno por não terem perdoado alguém.

      Deus não perdoa aquela pessoa que não usa o perdão no dia-a-dia.

      O poder de Deus só opera onde existe amor e perdão.

      Só que o seu marido não sabe disso.

      É ele que corre risco agora.

      Ore por ele.

      Fica com Deus !
      Entrega o Teu Caminho ao SENHOR, Confia Nele e o mais ELE fará.

  72. olá pastor Adelson! gostária muito de ter um conselho seu, ja faz 17 anos q sou casada, antes de me casar me converti, conheci um cara evangelico que me mostrou um mau carater cristão, terminamos o relacionamento, q me deixou grandes marcas de amargura ão ponto de achar melhor sair da igreja, logo depois de um tempo conheci meu esposo, não gostava dele mais achava q valia apena gostar dele pois tinha muitas qualidade.

    casamos tivemos 2 filhos, e se passou 13 anos voltei p igreja meu esposo se converteu mais logo saiu da igreja pois era muito critico.
    tinhamos um bom casamento mais todas as x que discutiamos eu ainda pensava no meu ex namorado pois tinha amado d+ e todas as x que nos vimos eu mudava +me controlava p minguem perceber ate q um dia esse cara me procurou e eu senti vontade de beija-lo pois gostaria de saber se o q eu sentia por ele era amor, fiquei muito confusa, +pensei e apreendi q minha familia era muito importante, e afinal quando namoramos foi ele quem não me quis, orei perdi perdão a deus e pedi p o cara e disse q era p ele cuidar da esposa pois foi ele quem a escolheu cm esposa.

    o tempo passou, continuei na igreja pois de la so saio quando o senhor me recolher pois eu sei q dependo do senhor p tudo, mais ha um dois anos atras meu esposo comessou uma mudança repentina: uma certa vaidade me trouxe muitas desconfianças, comessou malhar, se cuidar cm excesso, e tinhamos muitos diálogos, e quando eu cobrava alguma coisa ele disia q eu estava ficando louca ate que fomos nos distanciando um do outro, ate que descobri que realmente tinha uma moça dez anos mais jovem que converssava com ele todos os dias na fabrica dele.

    isso p/mim foi um choque mais ão mesmo tempo um alivio pois eu não estava ficando louca! contei p ele do que tinha descobrido ele se arrependeu, e continuamos nossa vidas mais nesse meio tempo ele disse muito mal de mim p/as pessoas ate que ia chegando ãos poucos em meu ouvido e realmente isso foi criando em mim uma ferida muito grande pois ele nunca disse nada a respeito do que eu ouvia, ate q fui na casa da menina saber que tipo de amizade eles tinham, pois estava cansada de acreditar que ele ia mudar e nada, achei melhor nós nos separar, pois aquela situação estava me sufocando<

    percebi que na converssa da menina ele so não tinha me traido pois ela não quis, realmente vi que ela estava falando a verdade, senti que naquele momento não conhecia mais o meu marido as amizades dele, com garotos mais jovem e solteiro estava conrrompendo o caracter dele, e a confiança q eu tinha nele tinha ido embora, a moça saiu da fabrica aonde ele trabalha, tudo p mim me gerava desconfiança meus dias se tornavão em angustia e lagrimas era como se eu deixasse de viver e vivia em medo de ir contra a vontade de deus mais sentia a nessecidade de me distanciar dele p ver se as coisas melhorasse era como se eu servisse ele, e ele nen notasse que eu estava ali,

    ate q um dia ele e um amigo passarão no shoop e eu sabia que aquela menina trabalhava no shoop ai com uma duvida em mim fiu jogar com ele para ver se ele sabia q ela trabalhava la mui mandando mensg de celular p ele só p ver como ele reagiria, ele pedia dica p ver se era ela mesmo fiquei chocada mais uma x, ele disia q foi uma infeliz conhecidencia de ir aonde ela trabalhava eu acreditei mais o minimo q ele podia ter feito era ter recusado as msg, isso ia tirar um peso enorme de mim e ia fazer eu comessar a acreditar nele,

    ja orei tentei deixar deus cuidar mais confesso não concegui, achei que eu sozinha não podia mais carregar essa situação pedi p ele sair de casa, hoje fas quinze dia que ele esta na mãe dele, estou bem, estou orando p deus sarar minhas feridas colocar um coração perdoador em mim,

    ele tem me evitado, disia q eu estava sufocando ele, acho que é verdade pois eu nem conceguia mais sorrir, ele ia na academia isso me gerava um desconforto muito grande.

    não estou conseguindo lidar com isso, mais tenho reconhecido que preciso de ajuda, se puder me orientar, se o que estou fazendo é certo, pois ninguem ate agora conceguiu me orientar.agradeço! e que deus continue te usando e te abençoando!

    1. Filha, você caiu na armadilha que cavou para seu próprio marido! Agora está no fundo do poço, sem poder sair sozinha.

      Nunca devemos fazer isso: montar arapucas, cavar armadilhas para as outras pessoas, pois com certeza elas serão pegas, pois quem não tem pecado? E nós também, pois quem de nós é completamente transparente? Quem de nós é apto a jogar pedra num pecador? Seu marido tem parcela de culpa sim, e por isso caiu no golpe das mensagens. Mas foi você quem o incitou, quando passou mensagens a ele como se fosse a moça.

      Seu ciúme levou-a a perder (temporariamente) a família. Tem os filhos, é certo, mas sem marido. Seu lar está sem a presença do chefe da casa. Está sem cabeça. Seus filhos, sem a presença do pai. E tudo porque você não teve a sabedoria bíblica, a qual possibilita à mulher edificar seu lar. Certamente todos estão sofrendo: você, seus filhos e seu marido.

      Embora pareça que o homem, quando separa, fica “numa boa”, isso não é verdade. Aos olhos do mundo pode ser que ele passe a ter agora a liberdade que sonhava, as oportunidades que sempre quis de conhecer outras mulheres, etc., mas, aos olhos de Deus a situação dele está bem pior. Sim, porque, o pecado passa a ter mais liberdade de agir na vida dele e, consequentemente, ele fica mais escravo. Livre da mulher, porém escravo do pecado. Subjugado, humilhado pelo pecado.

      Por isso, filha, meu conselho é que você se arrependa das suas próprias faltas, erros e até pecados cometidos contra seu marido e contra seu casamento. Não fique olhando para os erros e pecados dele. olhe somente para os seus. Se arrependa deles, peça perdão a Deus e depois, se humilhe diante de seu marido, pedindo a ele perdão também. Perdoe-o também, mesmo que ele não proceda da mesma forma que você.

      E abra-lhe as portas para que retorne ao lar. Mas não o pressione, caso ele não volte imediatamente. Simplesmente perdoe, peça perdão e diga-lhe que ele é bem vindo ao lar novamente. Depois disso, ore entregando a questão ao Pai, deixando nas mãos dele a operação de conserto.

      Também ensine aos seus filhos a amar o pai e a ter convivência com ele, mesmo que estando ele fora de casa. Certamente isso será por pouco tempo. E nunca deixe de congregar, de ler a Bíblia, de orar e de louvar. Se seu lar for feliz, a possibilidade de seu marido voltar será muito maior.

      O Senhor lhe abençoe com sabedoria, prudência e perseverança em Deus. Fé em Deus, filha, é confiar em Deus!

  73. pastor meu marido me traiu com sua chefa do trabalho k deixou louco da cabeça pra se separar, sofri com meus 2 filhos mas ele nao keria sair de casa, mas tambem nao dormia em ksa, com duas semanas resolveu deixa-la mas e dificil acreditar uma vez k trabalham juntos ele mudou muito fica mais em casa porem no consigo confiar nele, sou evangelica petencostal e ele ta desviado, em orações k fui uma irma revelou k ele tava enfeitiçado feito por ela na macumba, e tenho medo d ele voltar com ela e eu me ajude, aconselhe-me e ore por mim,brigada e a paz

    1. Lane, já orei por você e sua família, e creio no poder de Deus para abençoá-la. O melhor mesmo é seu marido pedir demissão desse trabalho, arrumando outro.

      Ore por isto e aconselhe seu marido a buscar outro emprego. Mas, não fique muito desconfiada dele não, principalmente se ele está demonstrando que prioriza a família e não o ambiente de trabalho.

      O Senhor lhe abençoe com prudência e sabedoria. E ore também pela chefa dele, pois ela estão tão ou mais perdida que vocês dois.

  74. Boa noite Pastor,

    Preciso mto de uma ajuda… Pois estava em um relacionamento de 2 anos com uma atéia. Apesar do posicionamento dela foram 2 anos mto felizes, pois achei características nela que só ela tem! Porém, esse ano descobri q ela saiu com uma outra pessoa qndo entrei no perfil dela e vi inclusive q ela deu em cima da outra pessoa, então terminamos o namoro.

    Há 2 meses atrás voltamos a nos falar e ela disse do pesar q sentiu e q aquela situação foi horrível para ela e do vazio q sentiu qndo estava sem mim mesmo continuando a relação com o outro. Ela disse q estava confusa naquele momento da vida e foi se deixando levar por toda a situação. Estamos conversando e confesso q mesmo ficando com outras pessoas não era a mesma coisa qndo estava com ela… Ela se demonstra mto arrependida, chora de felicidade qndo nos encontramos e qndo eu digo o qnto ainda a amo.

    O fato é qndo estamos juntos não penso em mais nada, somente no nosso amor q é pleno, mas qndo estamos afastados as vezes me bate uma tristeza no coração. Vc acredita q com o tempo vamos conseguir voltar como éramos e q mesmo ela sendo atéia ela não fará oq fez novamente?

    Obrigado,

    1. Ismar, o coração do ser humano é corrupto e enganador. Seja essa pessoa um religioso ou não.

      Se essa moça, mesmo estando contigo, deu de cima de outro homem, nada impede que ela volte a fazê-lo novamente.

  75. Pastor
    paz do senhor!
    tenho 21 anos de idade,sou solteira,mas ha um ano atras de envolvir com um homem casado,no começo eu nao sabia que ele era casado…Mas nunca ouvir nenhum ato sexual,(sexo),ele em tratava como uma namorada mesmo.
    mas quando descobrir,eu ja gostava muito dele e nao queria mas deixa-lo…
    mas hoje graças a Deus,estou liberta desse homem Deus me deu forças e deixei ele…
    tambem estava muito distante de Deus,essa relaçao com ele fez com eu fiksse muito despesa,mas Deus trabalhou na minha vida me colocou no leito,e hoje eu sinto,Deus me perdoou,mas Pastor eu nao sei,sinto um desejo de pedir perdao na minha igreja….

  76. Preciso de ti Senhor
    Meu esposo está em adultério, não consigo viver sem ele e clamo a Deus por sua libertação. O problema é que não consigo dizer não as nossas relações sexuais que são maravilhosas. Ele sempre fala que se não tivermos esse contato é pior e na verdade eu amo nossos momentos de intimidade. Meu marido pede que eu seja paciente e já não sei mais o que fazer pois o mandei embora várias vezes, de início ele queria ir e agora diz que não quer me deixar. Preciso de uma resposta de Deus!! Socorro meu Senhor, Apresa-te em me ajudar!! Ore por mim Pastor
    Me chamo Pedrina.

    1. Filha, não querer deixá-la já um bom sinal de que ele quer mesmo é você e não a outra, mas se você concordar com tudo, satisfazê-lo em tudo, ele não terá motivação alguma para mudar essa situação.

      Já orei por você, para que o Senhor lhe conceda sabedoria e creio que o Senhor irá conceder-lhe vitória.

  77. pastor, por favor mi ajude com palavras. sou crente mas luto contra um vicio da fornicaçao. atraveis dela adulterei seis veses. sera qui Deus vai mi perdoar de novo ou ja estou condenado? sera que o Senhor vai mi desprezar? eu nao queria isso, luto muito para mi libertar. sera que vou conseguir vencer este vicio e nao desapontar o meu Senhor? mi ajude em oraçao. como faço para receber o perdao de Deus?

    1. Robson, Deus é amor e sempre que alguém vai até Ele com sincero arrependimento, Ele perdoa e restaura. Não importa o pecado metido, o Senhor perdoa. Vá até a página Perdão de Pecados – http://verboeterno.wordpress.com/paz/
      e ore ao Senhor pedindo perdão e forças para livrar-se do vício e do pecado.

      O Senhor lhe conceda arrependimento, perdão e livramento, é minha oração a seu favor.

  78. Pastor gostaria que me ajudasse
    Tenho 34 anos sou Casado nao tenho filhos nao,minha esposa é uma mulher linda e evangélica ambos desde quando nascemos,bem cai em adultério com uma mulher de minha igreja mais nova que eu 10 anos linda tb que passava pela mesma coisa que eu atenção dos conjuges,pois sou atencioso e queria mais atenção e minha esposa nao é assim,toco e canto na igreja pedi perdao á Deus me humilhei pois quero largar definitivamente desse maldito vicio da internet que por mais que eu tenta ele me consome as vezes nao falo pra ela pois causára um dano enorme de separação quero que me ajude pois eu e a moça nao nos encontramos mais nao trocamos email pois quero definitivamente parar com tudo isso mas nao tenho força mesmo orando e jejuando e colocando a boca no pó mesmo,quero uma ajuda pois nao quero ir para o inferno pecando dessa maneira,conto a vc pois nao temos homens esperientes na igreja pois se falarmos isso eles contam a muita gente,me ajude pois sou carente de Deus e quero uma nova vida con Deus pois isso me consome e entro em desespero em me limpar desse lixo que se chama adultério,pastor que essa converssa tenha um pono final pois quero ir morar no céu com Jesus meu senhor e quero trazer de volta o primeiro amor por Jesus,asvezes nao consigo me concentrar pois só penso em sexo me ajude essa sao as palavras de um homen em desespero.

    1. Amado, somente em Jesus é que somos perdoados, edificados e guardados. Por isso, se você quiser realmente sair desse mal em que entrou, tem que manter-se ligado em Jesus. Mesmo estando em pecado, tem que correr é para Jesus. Principalmente na aflição, na angústia, no medo das consequências, é que temos que correr e nos esconder em Jesus.

      Por isso, não pare de buscá-lo em todo o tempo, dedicando-se à leitura da Bíblia Sagrada, à oração. E, na perseverança, é que haverá vitória.

      O Senhor lhe abençoe e liberte desse mal, é minha oração a seu favor.

  79. boa tarde Pastor:
    A mais ou menos dois anos fui trabalhar em uma outra cidade, e ja era batizado, mas nunca levei a palavra de Deus a sério, cometia pequenos pecados e até pecados de fornicação, mas nunca havia traido a minha esposa, até que cai em uma armadilha do inimigo e adulterei< na época ja fiquei com problemas na minha consciência, e passado algum tempo me senti mal e desisti daquela aventura, achei que tinha me arrependido, não tinha a real comprensão do arrependimento, mas como ignorância. Minha esposa era dirigente do coral, ficava em casa com meus dois filhos, e eu cometi esse pecado contra ela, voltei para casa e tentei me reorganizar com pai de familia, passados dois anos do fato eis que minha esposa se afastou também da igreja e também adulterou, segundo ela justamente pela magooa que ficou daquele periodo em que estive ausente, quando descobri o adultério dela fiquei com muita raiva, mas no meu intimo sabia que não podia condena-lá,pois havia cometido o mesmo pecado,.
    E então acho que Deus começou a agir, me senti com um profundo sentimento de Perdão e a confessei o meu adultério, ambos nos perdoamos, voltamos para a igreja, e ai começou o uma nova caminhada em minha vida, pois depois daquele dia conheci de fato a jesus, tive um encontro com ele, ele tem me sustentado, por isso meu casamento ainda não acabou, fiz um propósito com deus e ele tem feito coisas extraordinárias, mas minha esposa não consegue me perdoar, tem uma magoa muito grande de mim, seu coração está muito endurecido, ja teve revelação do que deveria fazer, sobre o nosso concerto e com a igreja, mesmo assim ela não consegue se firmar e vivemos entre altos e baixos, dormimos juntos, nos abraçamos todo dia, as vezes temos até relações conjugais, mas sofro muito com a falta de perspectiva do nosso casamento, estou firme no meu propósito com Deus< procurando ele todos os dias, em orações, tenho ido aos cultos as vezes sozinho, mas não irei desistir de lutar pela minha familia, me arrependo todos os dias de meus pecados, tive muitos problemas em perdoa-lá, mas acho que já consegui em nome de Jesus, pois só ele dá o verdadeiro perdão, com esse Relato, gostaria de pedir um aconselhamento, se estou fazendo as coisas certas, e se lhe parece uma cilada do inimigo para destruir meu casamento e fazer meus filhos infelizes longe da presença de Deus, como deus tem colocado no meus coração, deus lhe abençõe.

    1. Amado, realmente o inimigo tenta destruir seu lar e sua família, mas se você mantiver-se firme no propósito de manter o casamento, ele teerá que bater-se em retirada. A Palavra de Deus diz: “sujeitai-vos, pois a Deus e resisti ao diabo e ele fugirá de vós” (Tg 4:7)

      Você, pecou, sua esposa pecou, mas um pecado não pode ser vinculado ao outro. Cada um de nós pecamos porque queremos. Assim, cabe também a cada um de nós buscarmos a Deus individualmente, no arrependimento, no quebrantamento e na conversão ao bom caminho. Você já está fazendo isto e deve perseverar nesse bom caminho.

      Enquanto isso, permaneça firme na defesa espiritual da família, do casamento e como bom marido, seja sacerdote em sua casa. Ore diariamente pela esposa, para que a fé dela nao desmorone e para que ela se arrependa e volte-se para o Senhor. Não tome nenhuma decisão precipitada, não a critique se ela não for aos cultos, mas simplesmente a apóie. Seja paciente, humilde e manso. Assim como Jesus é com você.

      Jesus nos manda que amemos aos outros como Ele nos amou, isto é, com misericórdia infinita, com mansidão, com brandura e até com sacrifício de si mesmo. Assim, desta forma, é que você deve amar sua esposa.

      O Senhor lhe abençoe e fortaleça.

  80. oi pastor eu aduterei mas ele nao sabe ja pedi perdao para deus mas devo pedir para eletbn e deus pode restaurar meu casamento depois de um aduterio me ajude e ore muito por mim

  81. pastor cometí adultério confessei a Deus primeiro depois de dois anos ao meu marido não houve amor ou sentimento foi uma fúria não é motivo mas to sofrendo com a separação tentei me matar no ato do adultério ,a impotencia de não engravidar me fez acreditar que Deus não me perdoou amo com todads as forças meu marido vivo por ele temos imensas dívidas ele me mandou embora de casa to desamparada sofrendo sem vontade de viver to desistindo de mim e insistindo nele ele tem quem apoia ele a não voltar para mim confundindo sua cabeça porque vive no meio de quem ja´sofreu o mesmo ato ore por mim preciso de muita força

    1. Filha, o seu arrependimento e confissão a Deus já lhe trouxe o perdão. Quanto a seu marido, ele está ferido e sofrendo, mas terá que perdoá-la também, caso deseje receber perdão de seus próprios pecados.

      Por isso, não faça nada precipitadamente, mas continue em oração e buscando a Deus acima de todas as coisas. Dê tempo ao seu marido, orando e intercedendo por ele.

      E não desanime da esperança de ter seu lar de volta, na presença do Senhor. Que o Deus da esperança lhe encha de todo gozo e paz, no poder que o Espírito Santo tem de agir em seu favor.

      1. Amém.
        lorany bárbara e José Adelson.

        Meu marido me traía, e depois de dois anos em que havia cometido o último adultério, foi convencido pelo Senhor para que me confessasse.
        Fiquei frustrada, me senti a pior mulher da face da terra, com isto, descobri que meu coração não era perdoador porque passei a odiar meu marido, eu o condenava e esfregava o pecado dele na cara. Pedi o divórcio e quase fiquei louca.
        Quando meu marido confessou, foi-lhe tirado o peso do pecado oculto, Deus contemplou esta atitude e o perdoou!
        Um dia o Espírito Santo me convenseu que eu deveria perdoar 70x 7 verdadeiramente, e que meu marido me confessou porque ele não queria ficar mais preso no passado (era fraco nesta área), e que através disto, Ele iria fazer uma obra tremenda no nosso relacionamento.
        Abri meu coração, não me divorciei por obedi~encia ao Senhor, mas confesso, conviver com meu marido e ter que amá-lo como o Senhor o ama, foi um martírio, eu chorava, eu esperneava, eu queria fazer mesmo era o contrário da palavra, mas, obedecer ao Espírito Santo foi o melhor caminho.
        O SENHOR RESTAUROU NOSSO CASAMENTO, MEU MARIDO É UMA NOVA CRIATURA E HOJE VIVEMOS COM O DOBRO DE AMORES…
        Amada, se você se arrependeu de fato e de verdade, faça como o irmão te orientou, ore e entregue ao senhor, Ele vai tocar no coração do se marido como tocou no meu (sei o que ele está sentindo), e o casamento de vocês será renovado. É isto que nosso Deus sabe fazer, trazer o novo quando tiramos o velho!

  82. Presciso de um conselho Pastor, atualmente tenho 25 anos. Nasci num lar cristao e ao 11 anos de idade na igreja conheci um jovem que achava muito bonito, e como as familias eram proximas terminamos assumindo um relacionamento e aos 15 anos, ja eramos namorados, mas não tinha a certeza que seria o homem que queria pra minha vida, mas ao passar do tempo foi criando um laço muito forte nas nossas vidas, familia, alguns problemas pessoais e isso foi nos aproximando cada vez mais e aos 18 noivamos, e aos 19 casei. Muito imatura na epoca, fui trabalhar pela primeira vez, meus horizontes foram sendo ampliados, e foi quando pensei nao era pra ter me casado… Mas ja era tarde, tinhas um relacionamento muito bom, mas como grandes amigos.. tinhamos nossa vida sexual ativa normal, mas não sentia feliz.. E o tempo se passou, na empresa onde trabalha entrou um jovem casado tbm, e evangelico ele com seus problemas no casamento e eu tbm, isso foi nos ligando de certa forma,e acabamos nos aproximando e levamos um relacionamento fora do casamento, mas eramos cientes que estavamos pecando e as pessoas que estavamos conosco nao mereciam isso, e devindo a alguns problemas na empresa que não prefiro relatar, pedi minha demissao.. E tentei continuar meu casamento esquecendo aquele homem.. eu e meu esposo abrimos um comercio ou seja tentando reconstruir a vida do zero… mas foi pior, nao tinhamos tempo mais pra nos, so eram brigas.. e nem amizade tinha entre nos…e decidi terminar meu casamento, pois saberia que nao era completa com ele, ele nao merecia sofrer, e nunca que um casamento iria pra frente ou tivesse mentiras.. fui clara e disse pra ele.. e no de 2009 acabamos nos separamos e divorciamos tbm, logo no segundo mes de 2010, ele encontrou uma pessoa que esta fazendo muito feliz, casou.. e eu tbm segui minha vida, conheci um homem que apesar de tudo não era evangelico* catolico, ai comecei a falar de Deus, disse que acima de tudo Deus é pra mim tudo, e que não poderia me envolver com uma pessoa que não fosse da mesma base q a minha, e fui falando de Deus, e quando teve uma oportunidade ele fez um ejc e se convertei.. pra minha alegria tava indo tudo bem… mas esse ano que surgiu aquele rapaz que tinha envolvido com ele.. dessa vez, ele separado.. disse que contou tudo pra familia dele, o motivo de ter separado da esposa e que agora queria viver ao meu lado. E disse que estava com uma pessoa, mas ele não se convence, pediu que eu orasse e perguntasse se esse meu atual relacionamento a da vontade de Deus, por ele ja tinha orando e disse ao Senhor que queria eu como sua esposa, pois me admirava pela minha personalidade por eu ser tbm, da mesma igreja.. E pastor sinto algo diferente ao olhar ele, tento fugir mas não consigo.. Falei pra ele que iriamos levantar um clamor ao Senhor, e durante 93 dias iriamos uma vez por semana ao circulo de oracao pra ter uma resposta, ele disse eu vou com vc tbm… E pastor me ajude, estou muito em duvida, pois nao quero cometer o mesmo erro do passado, casar e ser infiel..

    1. Filha, não há Bíblia direito a um segundo casamento. Quando isso acontece é exclusivamente por causa da misericórdia de Deus. Leia mais a este respeito no site, na categoria Casamento http://verboeterno.wordpress.com/category/casamento/

      Meu conselho é que você abra seu coração ao seu pastor, solicitando-lhe ajuda e oração. É prudente também conversar com seus pais, pois eles ainda são autoridade sobre você.

      O Senhor lhe conceda espírito vigilante e prudente, abrindo-lhes os ouvidos espirituais.

  83. Pastor, estou numa situação muito infeliz, sou casda a 14 anos, e por todo este tempo meu esposo me trai e nunca me pediu perdão.Dorme fora, faz dívidas…Eu me converti fazem 5 anos e ele não é convertido ainda. Naão aguento amis, ja orei, ja briguei, ja separei e voltei…por favor ore por mim, não aguento mais ser envergonhada, traída.Deus o abençoe,obrigada.

    1. Luiza, já orei por você e seu marido. Filha, diante de Deus quem está numa situação muito ruim é seu marido. Por isso, alegre-se de não ser você quem faz o que ele faz. Alegre-se porque Deus a está guardando. E ore muito por ele, pois ele é digno de misericórdia e intercessão.

      O Senhor lhe proteja e fortaleça nessa tribulação, abreviando o tempo do seu sofrimento, é minha oração a seu favor.

  84. Tenho 28 anos, esposa e mae de dois filhos. para acesso a faculdade procurei por aulas de portugues, minha irma menora que também participava do mesmo curso de portugues alertou-me que o professor olhava para mim de forma “diferente” é como quem gostasse de mim, apartir dai comecei a prestar atenção e confirmei que de facto ele me olhava “diferente”. depois de poucos dias eu comecei a ter tambem um sentimento de paixao por ele, pois comecei a acha-lo bonito e muito atencioso comigo ( se eu atrazasse ele nao cemesava a aula sem a minha presença) tudo que eu fazia ele elogiava;
    nu_nca trai o meu marido, amo ele, ele tem sido muito bom marido e pai;
    depois de acabar o curso eu mesma senti falta dele e enviei uma msg para agradecer a aula, tracamos msg durante cerca de tyres dias e no quarto dia que deveriamos regressar a nossa cidade, entendi que devia encontrar-me com ele para por fim a tudo pois néao era certo o que estava acontecendo; depois conversarmos cerca de uma hora acabamos nos beijando, me senti muito mal; disse que foi um erro grave e que tudo tinha que parar por ai, regressei a casa. contudo continuei com o mesmo sentimento;
    meu marido desconfiou de um telefone em que ele me achou estranha, me interrogou e acabei confessando que estava a gostar de outro homem; …
    Agora fiquei sabendo que ele, o professor que eu achava ser boa pessoa tem tido varios casos com as alunas e muitos até acabaram em escandalo;
    estou arrazada, apesar de o meu marido meter perdoado e me ter dado outra oportunidade eu não estou bem me sonto mesmo muito mal; por favor me ajude pelo mesmo entender o se passa comigo;
    Muito obrigada Sr pastor.

    1. Mina, assim como a Pérola (veja abaixo) você já foi perdoada pelo Senhor. Agora é tirar lição do seu erro (valorizando mais outro homem que seu marido) e do seu pecado de adultério.

      Valorize seu marido, filha, pois os homens são maus mesmo e buscam mulheres ingênuas. E busque fortalecer-se na Palavra de Deus, pois ela é martelo que amacia a carne.

  85. Bom Dia

    Pastor preciso de um conselho, pois não tenho com quem falar, sou evangelica a muito tempo, tenho 26 ano e cinco anos de casada, mas a dois a um ano atras eu cometi adulterio, durante dois anos um homem bonito e atraente me tentou e eu resistia fielmente mas chegou uma hora que eu não resisti e acabei cedendo me envolvi com ele, só que não fizemos sexo, chegueia ir a um motel com ele mas nada aconteceu pois não consegui chegar as vias de fato, o problema é que eu não sei a gravidade do que eu fiz para com Deus sei que eu adulterei mas até que ponto eu feri os sentimentos do senhor. Por quase um ano eu me envolvi com esse homem sem haver sexo, toda vez que saia com ele eu dizia para mim meso que seria a ultima vez, eu chorava me lamentava clamava a Deus por perdão mas era mais forte que eu, pois antes de me envolver com ele eu ja estava fraca espiritualmente, depois que issso aconteceu fiquei pior ainda, até que eu consegui ter forças e acabei com essa situação, desde então tenho clamado ao senhor por perdão, mas no final do ano passado eu o encontrei e ele me beijou, desde desse dia minha vida só se resume a clamar, me humilhar e chorar confessei o meu pecado a Deus, a culpa me consome e não tem um minuto dia que eu não me arrepende. Ninguem sabe disso, nem meu esposo pois se ele souber será humilhante para ele e ele me deixará. Clamo todos os dias ao senhor por uma chance para tentar concertar o meu erro, para tentar reparar o estrago que eu cometi sei que feri os sentimentos do Senhor. Por isso pergunto a perdão para mim? O que faço diante desta situação? Sera que o senhor ainda me aceita como filha?
    Em toda minha vida de cristã nunca sonhei , pensei nem sequer imaginei passar por uma situação desta.

    Muito Obrigada Deus vos abençoe

    1. Pérola, claro que há perdão sim , pois Jesus veio foi para os pecadores, para os “doentes”. Você já se arrependeu, já confessou ao Senhor o seu pecado, portanto, já está perdoada. “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1:9).

      Quanto a confessar ao seu marido, você deve ser prudente, pois há momentos em que uma confissão deste tipo poderá trazer um mal maior ainda. Já é grave o seu pecado de adultério e a confissão poderá ter consequências catástroficas, destruindo o lar.

      Dedique-se com maior afinco ainda à família, ao marido e, principalmente, a Deus, pois Ele é que será o seu escudo e fortaleza. E, caso este homem volte a procurá-la, fale de Jesus para ele e diga-lhe que em Cristo ele poderá ter o perdão de seus próprios pecados, assim como você obteve. Seja firme em seu propósito de nao mais aceitar qualquer tentativa dele de reaproximar-se de você.

      Que o Senhor lhe abençoe com paz no coração e com firmeza de propósitos.

    1. Maria, já orei por você e sua família. Creio que o Senhor está visitando seu lar e operando transformações nele.

      Meu conselho é que, enquanto essa situação continuar, você não tenha relações sexuais com seu marido, pois seria compactuar com o adultério dele, correndo ainda o risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis.

      Persevere em oração por ele, pois quem está, espiritualmente em péssima situação, é ele.

      O Senhor lhe guarde de todo o mal e de precipitação.

  86. Paz do Senhor Pastor.
    Estou passando por um momento muito dificil na minha vida e não sei como resolvê-lo, pois minha família acha melhor eu me separar do meu esposo só assim terei uma vida melhor com cristo. Meu esposo é pastor, somos casados há 10 anos, mas durante estes 10 anos eu nunca fui feliz com ele ao contrário ele sempre me machucou com palavras como você é endemoniada etc… que não vale a pena lembrar. Mas o pior de tudo não foi as palavra e sim quando eu descobrir que ele estava de bate-papo com uma cantora de São Paulo, e nas conversas ele sempre dizia q iria traze-la pra vir cnatar aqui na nossa igreja, e depois de tantas conversas peguei uma que ele mandava uma flor, e ela respondia que eram as preferidas dela, e ele foi e disse que iria pegar o endereço dela pra enviar flores pra ela, então excluir ela do orkut e e-mail dele. Quando ele descobriu ficou furioso, me chamou de endemoniada, que estava com nojo de mim pq eu tinha excluido ela etc…Foi uma baixaria da parte dele, depois de 10 dias fizermos as pazes, mas não que ele tivesse me pedido perdão pq ele nunca me pediu perdão, durante todos esses anos de casamento. Quando foi hoje eu descobrir que ele fez um novo e-mail só pra conversar com ela, e ele pedia pra ela fazer este novo e-mail. E outra só conversa com ela quando eu não estou em casa. Peguei também uma conversa que ele pedia pra ela explicar que tipo de saudade ela estava sentido dele. Não sei o que fazer pastor estou deseperada, angustiada e me sentido a pior das mulheres, estou querndo mesmo é me separar dele pois essa não é a primeir mulher que ele faz isso, pela internet no site orkut e e-mail. O que eu faço?

    1. Patrícia, sua família está equivocada quando diz que sua vida com Cristo será melhor sozinha, separada do marido. Afirmar algo deste tipo é o mesmo que dizer que Cristo não é completo em si mesmo, que Cristo não é a plenitude de todas as coisas.

      Na verdade, o inverso é que seria o correto, pois quando estamos em tribulações é que mais recorremos ao amor de Cristo. Quanso sofremos, por causa de Cristo, é que somos bem-aventurados (Mt 5). Quando somos perseguidos por causa do amor de Cristo, mais galardão teremos no céu.

      Nessas lutas, irmã, oramos mais! Aproximamos mais de Deus! Buscamos mais a presença consoladora do Espírito Santo! E isto é maravilhoso para a nossa alma e nosso espírito. Não se deixe enganar pensando que sem o marido você será mais feliz. Na verdade, separando-se, você estará jogando fora uma excelente oportunidade de glorificar a Deus com sua vida, de consolidar sua fé.

      Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível, reservada nos céus para vós outros que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo. Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo; a quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória, obtendo o fim da vossa fé: a salvação da vossa alma” (1 Pe 1:3-9).

      Ore por seu marido, perdoe-o e lute por ele, pois Deus é poderoso para transformar estas muitas lágrimas em vinho de excelente qualidade.

      O Senhor lhe abençoe e guarde.

  87. pastor, eu vou contar o que houve: eu sou casado, desde 2005 e amo minha esposa. no passadso eu tive uma namorada, e nos caimos varias vezes. a pouco tempo eu a encontrei e acabei levando a em casa e ela fez sexo oral em mim. eu sai depois arrependido e com uma dor muito grande no coração por ter traido minha esposa. o que devo fazer? so pedir perdao a deus resolverá? pois se eu contar a minha esposa ela com certeza me deixará. to muito mal e confuso. OBs: sou evangélico, mas nao sou firme com deus e ha um tempo eu ja visito sites porno e me masturbo quse que diariamente. me ajude.

    1. Filho, a confissão a Deus somente é suficiente para ser perdoado do pecado.

      Porém, você está muito mal em seu coração, pois ninguém peca sexualmente assim, no primeiro encontro. Você já vinha alimentando o adultério há muito tempo, em seu coração. Esse encontro com a ex foi só uma porta aberta para o ato em si. E tanto isso é verdade que você já vem pecando visitando sites pornôs e masturbando-se.

      Busque mais a Deus, se quiser ser liberto dessa raiz malígna.

  88. Pastor, por favor, gostaria de saber o que o Sr. diz baseado na palavra do Senhor, sobre adultério, divórcio e 2° casamento…. descobri que minha esposa me traiu e muitos pastores dizem que eu tenho o direito de larga-la e me casar novamente, mas não foi isso que aprendi nas escrituras e tbm vendo os exemplos de Jesus, em meu coração ja perdoei minha esposa, mas infelizmente ela ainda não se arrependeu do seu ato, não estamos morando juntos mais por decisão dela, temos uma filha de 9 anos e tenho certeza que ela esta passando por dificuldade enorme, afinal a crianã sempre sofre com isso; Mas voltando ao assunto, aprendi lendo em Rm 7:1-4 quando Paulo diz que se formos de outro(a), mesmo quando o nosso conjugê estiver vivo seremos chamados de adulteros…e em 1°Cor. 7:10-11, Paulo nos diz que se porém se separar que fiquemos sem se casar, ou que se reconcilie e que o marido não deixe sua mulher.
    E em Mateus 19:9, Jesus ali estava dizendo da noite prenupcial, ali Jesus no grego disse Phornéia (fornicação), e muitos usam este versiculo para se justificar o erro do seu cojugê, assim eles podem se casar novamente, e em Mateus 5:31-32 também fala isso.
    Mas vendo Jesus falando para Maria Madalena, ou até mesmo quando ele disse tudo aqui para a mulher samaritana “Disseste bem já teve 5 maridos e esse com que estas não é o seu marido”, ali Jesus reconheceu que o único marido dela no mundo espiritual era o primeiro…E temos tbm no velho testamento quando Deus comparou o casamento de Oseias e Gômer, com a aliança de Deus com Israel…e olha que Gômer traiu há Oseias e muito, e mesmo naquela época que a lei era o apedrejamento, Deus mesmo assim deu ordem a Oseias para que a perdoasse e a tomasse como sua mulher novamente, comprando-a de volta lá da escravidão.

    Então Pastor, gostaria de saber o que o Sr. tem a dizer neste casa, fico grato desde já…
    Deus o abençoe!!

    1. Gabriel, você já está com a visão correta do que a Palavra de Deus diz. Embora tenha direito ao divórcio, Deus espera que você use de misericórdia para com sua esposa. E que a cubra de orações, como um sacerdote do lar.

      Veja mais a este respeito nas várias mensagens que tenho no site (e nos comentários adicionais) nas categorias Casamento e Namoro:

      http://verboeterno.wordpress.com/category/casamento/

      http://verboeterno.wordpress.com/category/namoro/

  89. Querido pastor sou cristão desde pequeno, mas fui querer fazer a obra de Deus de verdade aos meus 16 pra 17 anos. hj estou com 18, tive uma namorada, ela tbm era cristã. a gente tava errando demais, fazendo coisas q nao podiam, mas sempre fazendo a mesma coisa. resolvi terminar com ela pra voltar me compromissar de verdade com a obra de Deus. antes de terminar meu namoro Deus falou atravez do meu pastor que pra crescer espiritualmente, pra conquistar aquilo q há anos estava amarrado, haveria perda. E fiz isso. terminei meu namoro. fiz a coisa certa Pastor?
    Deus te abençoee

    1. Jonathan,

      a princípio fez sim, pois vocês não estavam conseguindo manter-se puros no namoro. Jesus disse que se nossa mão nos faz tropeçar, que a cortássemos e a lançássemos fora, pois é preferível entrar no reino de Deus sem uma mão do que todo o nosso corpo ser lançado no inferno.

      O mesmo se pode dizer de namoro que nos faz tropeçar. Melhor cortá-lo enquanto está no princípio, do que mantê-lo porém em pecado. Além disso vocês são muito novos e devem ter outras prioridades de vida, como os estudos, vestibular, trabalho e até mesmo a obra de Deus.

      Contudo, isso não pode ser uma prática aplicável em todas as situações, pois não é terminando relacionamentos que fugimos das tentações. O pecado estará sempre à nossa porta e cabe a nós dominá-lo. Como? Amando mais a Cristo do que ao mundo e seus prazeres. Dominando, no coração, a concupiscência dos olhos e da carne.

      Vai chegar dias, por exemplo, em que você não poderá desfazer-se de uma colega de faculdade que lhe tentará. Ou uma colega de trabalho. Ou um vizinho que, por suas atitudes, lhe traz ira ao coração. Serão circunstâncias de vida que não poderemos descartar, mas que teremos que ter domínio próprio, no coração.

      O Senhor lhe abençoe e guarde e que sua Obra seja farta e abundante no Reino de Deus.

  90. pr tenho varios pensamentos com outros homens, nunca cai ou trai meu marido, mas em pensamento já fiz muitas coisas, sempre busco palavras por libertação nesta area. acredito que seja alguma situação familiar pois as vezes percebo coisas semelhantes em meio a familia. Por favor me ajude a entender o mundo espiritual. Nunca trai mesmo fisicamente, mas as vezes percebo olhares que me dão calafrios e passo a ter pensamentos com outros homens, me ajude, não sei se fui clara.
    Mas tenho certeza que Deus,vai me esclarecer…

    1. Filha, no mundo a insatisfação nos leva a cobiçar e é isso que está acontecendo contigo.

      Insatisfação com alguma coisa (não necessariamente com seu marido ou com o desempenho dele), o que a leva a buscar outra fonte de pacificação do coração. E nisso aí, sua mente vaga à procura dessa fonte. E tem encontrado uma possibilidade no sexo ilícito, pois é algo proibido.

      Isso que você está passando é pecado de cobiça e pecado de adultério, mesmo não tendo consumado fisicamente o ato. Necessita arrepender-se e pedir perdão a Deus para ser perdoada.

      O antídoto é encher sua mente comas coisas do Senhor e assim preencher seu coração de todo vazio.

      “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rm 12:2).

  91. Pastor, vim te contar a minha historia.Tenho 19 anos, e meu marido 24.
    Nos casamos ano passado, fomos morar numa cidade longe da nossa familia.
    Viajei sozinha em junho para visitar minha mãe. Lá revi um ex namorado… e a tentação foi tão forte q não resisti. nós ficamos, foi uma unica vez e ñ aconteceu nada de mais. mas minha conciencia pesou e muito.

    Esses dias doeu tanto q contei tudo a meu marido. a sua reação me surpreendeu , achei q iria me abandonar, me chutar na rua, mas não, ele ficou calmo, mas pediu q eu desse um tempo p ele.

    Estou mto mto arrependida, oro toda hora a Deus, peço toda hora ao Senhor q me perdoe pelo meu pecado. Mas meu marido ainda está mto magoado comigo;

    Ore por nós pastor. mencione-nos nas suas orações ao Senhor.
    Estou desesperada, não quero perde-lo. não pensei antes de fazer… =[ to mto tristee! não estou conseguindo comer, ele está mto magoado comigo pastor. me ajude com palavras q me confortem… e Ore por nós. obrigada! Raquel

    1. Filha, já orei por vocês e creio no poder de Deus para restaurar a paz em seu lar, assim como para restaurar a confiança de seu marido em você.

      Você caiu fácil e isso é um sinal claro de que é fraca quanto às tentações. Deve, portanto, ter uma vida de vigilância, especialmente quando, no dia-a-dia, surgirem entre vocês conflitos e discussões naturais de um casamento.

      Filha, agora dê exemplo prático de que você está arrependida e que quer ser uma boa esposa. Viva a vida comum do lar, cuide bem do seu lar e seu marido e ele verá (não por palavras, mas por atitudes) que você está realmente arrependida.

      Que o Senhor lhes abençoe com uma união mais forte e saudável.

  92. Pastor eu tenho encontrado sérias dificuldades para me manter fiél a minha esposa, já passei por varias tentações e não consigo ser forte o bastante,isso me afeta em todas as areas pois Deus é meu combustível e não consigo viver sem ele, me ajude pastor.

    1. Amado, é Jesus quem pode socorrê-lo, pois Ele é nosso sumo sacerdote e intercessor fiel e incansável.

      “Tendo, pois, a Jesus, o Filho de Deus, como grande sumo sacerdote que penetrou os céus, conservemos firmes a nossa confissão. Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado. Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna” (Hb 4:14-16)

  93. A paz pastor!

    Como muitos aqui, eu tambem tenho enfrentado um grande problema em meu casamento…
    Sou casada a mais de 10 anos…e sempre lidei com uma certa desatenção de meu esposo…por várias vezes nesses anos de casada, fui deixada de lado pelo meu esposo, nao sendo tratada com o carinho e amor que esperava ter dele…sempre muito sozinha e em segundo plano na vida dele…
    Conheci um homem tbm casado pela internet, que também dizia passar pelos mesmos problemas que eu..descaso..desamor..desafeto…
    Sou envangelica desde que nasci, e ele também é…nossos conjuges também…
    Mas mesmo sabendo do quanto tudo era pecado, nao fugimos da tentação…e acabamos por consumir o adultério.
    Sempre julgava mal quem cometia o adulterio…e de repente me vejo nessa situação…sedendo a vontade do inimigo.
    Me encontrei com esse homem por 3 vezes, durante 5 meses..moramos em cidades distantes…o que acabou contribuindo para que o romance não se estendesse tanto….mas esses 5 meses foi o suficiente para que eu amasse completamente esse homem…e desejasse de todo coração me separar de meu esposo. Esse homem, me fazia sentir a mulher mais especial e amada da face da terra…me fazia acreditar que seria possivel um novo recomeço com um amor verdadeiro…um amor que toda mulher deseja ter….
    Por tantas e tantas vezes cobrei do meu esposo esse amor, essa atenção, esse carinho…e durante anos não encontrei nele…e fui encontrar em outro.
    Depois de 5 meses juntos, nos separamos, pois o peso do pecado veio consumindo a gente…não tinhamos paz….Acabei me afastando do meu ministerio na igreja…acabei me afastando do meu esposo, pois nunca mais consegui ser a mesma esposa de antes….hoje vivo com uma enorme tristeza dentro de mim; pois não posso ficar com esse homem pois é pecado, somos casados, temos filhos…e isso envolveria muitas pessoas…..e principalmente pelo temor que mesmo diante do pecado ainda tenho em Deus.
    Quero esquecer essa história…queria esquecer esse homem, mas ainda o amo….
    Preciso de força pra retomar meu casamento…lutar pelo esposo que Deus me deu…mas me pergunto todos os dias: Será que conseguirei retomar meu casamento tendo amado outro homem? Será que conseguirei manter um casamento com uma traição, com essa mentira?
    Meu esposo nao soube de nada…e acredito que se souber aí sim meu casamento terá um fim.
    Pastor, me diga…diante de Deus, eu estarei em pecado se mesmo me arrependendo desse pecado eu manter essa mentira com meu esposo?
    É necessario contar a ele sobre minha traição? Me sinto tão mal pastor, pois sei do peso do meu pecado…sei que poderei pagar muito caro por tudo que fiz….mas é necessario fazer meu esposo sofrer por conta de um erro meu?
    Me ajude pastor, me sinto desesperada diante dessa situação….sinto o pecado pertubar minha mente…me consumindo…me entristecendo….mas estou tão fraca, sem forças pra lutar e me afastar definitivamente disso.

    Fique na paz do nosso Deus…obrigada por ouvir um pouquinho da minha história….sei que Deus falará comigo, atraves do pastor.
    Abs.

    1. Ana, realmente sua situação é muito grave, especialmente diante de seu marido.

      Mas o seu problema maior é que você está justificando seu adultério baseado no comportamento de seu marido. Isso está errado!

      Você se relacionou com outro homem porque quis, porque já havia uma semente de insatisfação em seu coração, a qual levou-a a buscar prazer fora de Jesus e de Seus mandamentos.

      Seu marido entra nessa história de pecado por circunstância. Mas se ele fosse um santo (o que também não é) ainda assim a insatisfação estaria aí, dentro de você, tentando-a.

      Por isso, reconheça com sinceridade, diante de Deus, que pecou, que tem um caráter fraco e que necessita do perdão para voltar a ter paz no coração. E refugie-se no Senhor.

      Confesse a Deus o seu pecado, sem jogar culpa no seu marido. E Ele lhe perdoará de pronto, pois está escrito: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1:9). Faça isso e você terá paz no coração.

      Essa paz quanto ao perdão de pecados é que lhe dará forças para resistir a novas investidas das tentações. E também lhe ajudará a relevar as falhas de seu marido, e lhe fortalecerá para lutar por uma família feliz.

      Quanto a confessar a seu marido, meu conselho é que você ore bastante a Deus, buscando o momento oportuno para confessar. E só faça isso quando sentir-se segura quanto à sua fidelidade a ele.

      Perdoe também a esse homem com quem você se envolveu, pois ele também é digno de compaixão e de misericórdia. E tire-o de sua mente e coração, pois ele também é um mau marido. Se fosse você a esposa dele estaria sofrendo do mesmo jeito. Marido é realidade. Amante é fantasia.

      Leia os demais comentários abaixo a respeito de reconciliação e perdão de pecados.

      “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação!” (2 Co 1:3)

  94. Alex, eu não posso fazer nada por você. Só o Senhor Jesus pode!

    O que eu podia fazer é mostrar-lhe a Palavra de Deus e isso eu já estou fazendo. Mas se você for a Deus, refugiar-se em Jesus, aí sim, você poderá ser liberto do pecado e da tentação.

    Que o Senhor tenha misericórdia de você e de sua família, assim como dessa pessoa com quem você se envolveu, mudando a realidade das vidas de vocês, é minha oração a seu favor.

  95. Ola amado pastor,
    li abaixo todos os comentários de irmãos e irmãs que passam por problemas em seus relacionamentos, comigo tbm não esta sendo diferente, eu e minha esposa estavam a beira de um divorcio e acabei conhecendo uma pessoa inusitadamente, conversamos, nos confidenciamos e acabamos nos relacionando.. ambos critãos…queriamos nos separar e assumir nosso relacionamento tamanho o desejo da união… mas aos poucos comecei a sentir o peso do pecado em minha vida e tomei por decisão afastá-la de mim de uma forma dura, que a magoou muito. Ficamos 5 meses sem nos contatar mas recentemente nos encontramos e a relação voltou a se fortalecer, eu já pedi perdão a Deus, já perdi perdão a minha mulher pois ela soube e me perdoou, mas não consigo deixar de querer tela comigo e esse desejo é reciproco… sabemos que estamos no erro, sabemos que devemos nos afastar, mas não conseguimos… por favor pastor, nos ajude!

  96. Muito obrigado, filho, pelas suas orações. Lembrando, ore sempre por mim, porque também preciso da graça e da misericórdia de Deus todo o tempo.

  97. pastor q o Deus todo poderoso possa abençoar a sua vida grandemente ,e te retribuir tudo oq o senhor tem feito pelas pessoas , e q o Senhor possa a cada dia estar cuidando do senhor!!! só Deus sabe o quanto o senhor está me ajudando ,obrigado de todo meu coraçao pastor e q Deus te abençoe grandemente….

  98. Anônimo 2,

    qualquer pecado cometido é perdoado por Deus, se confessado ao Senhor com arrependimento sincero. Deus conhece os corações e sabe quando a confissão é feita com sinceridade. Não é a confissão a pastor, padre ou a qualquer outra pessoa que libera o perdão de Deus, mas sim a sinceridade do arrependimento e da decisão de não mais pecar.

    Pelo seu arrependimento e confissão a Deus de que pecou, certamente Ele já lhe perdoou. Quanto a isso não há dúvida alguma. É a própria Palavra de Deus quem garante isso: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1:9).

    Fique tranquilo, portanto, e viva uma vida saudável com sua esposa, amando-a e respeitando-a de todo o seu coração.

  99. pastor isso ja aconteceu a um ano e meio e tenho certesa q se eu contar a minha esposa ela nao vai me perdoar ela ja disse isso q nunca me perdoaria ,e pastor eu nao quero perder minha familia e as amo muito sera q se eu nao contar a ela eu serei perdoado pastor?me ajude ore por mim ,nunca contei isso a ninguemm só para deus e pedi muito perdao ! sera q ja estou perdoado pastor?me responda

  100. Anônimo 2,

    há casos em que contar ao cônjuge, especialmente tendo sido uma única vez, pode ser pior que não contar, pois o que poderia ser solução torna-se em destruição.

    No entanto, eu lhe aconselho a manter-se vigilante quanto ao que está em seu coração, porque seu pecado é bastante recente e certamente que as causas que levaram-no a pecar ainda não foram resolvidas. Você pode estar abafando o problema, sem tê-lo resolvido.

    Amado, na maioria da vezes, o pecado deixa um gosto bom na boca do pecador. E sua carne passa a desejar uma outra experiência, depois mais outra e assim sucessivamente. Se ficasse numa só ocorrência, o problema estaria resolvido. Mas, quase nunca fica numa única vez.

    Por isso, a confissão a outra pessoa é de grande ajuda, para que a outra pessoa se coloque na brecha a nosso favor, orando e intercedendo por nós, que estamos fracos no espírito, mas fortes na carne.

    No caso de pecado por adultério a situação é mais grave ainda, porque, pela sua repetição, a família vai sendo solapada em dois de seus alicerces básicos, que são a confiança e o respeito mútuos. E Satanás é muito traiçoeiro, dando corda às tentações para que, depois que a pessoa estiver enlaçada, tornar público o adultério. Nesse caso, quando o adultério é descoberto o estrago é imenso, vindo brigas irreconciliáveis, separação, divórcio e até morte, em alguns casos. A família é destruída, os filhos sofrem horrores, todos à volta do casal são afetados.

    Por isso, medite bem e veja se está seguro para contar à sua esposa, pois quando o pecado é confessado logo no seu início e deixado, o conserto fica mais fácil. O perdão torna-se mais fácil de ser liberado pelo cônjuge traído, porque ele sabe que foi um momento de fraqueza. Ambos lutarão por um novo lar, um novo relacionamento, uma nova união.

    Que o Senhor lhe guarde contra as tentações e lhe conceda espírito vigilante, é minha oração a seu favor.

    “Erguendo-se Jesus e não vendo a ninguém mais além da mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? Respondeu ela: Ninguém, Senhor! Então, lhe disse Jesus: Nem eu tampouco te condeno; vai e não peques mais” (Jo 8:10,11).

  101. a paz do senhor pastor ,desculpa mais nao entendi!oq devo fazer ?se contar minha esposa sei q ela vai me abandonar e nao quero nunca isso pq eu amo ela e minha filha ,mais preciso q um homem de Deus me de uma orientaçao por isso pastor diga pra mim oq devo fazer??obrigado

  102. Pr.José Adelson,chorei muito ao ler seu depoimento…Deus falou tremendamente comigo e fui muito ministrada pelo Espírito Santo…Louvo a Deus por ser canal e instrumento de Deus na minha vida…..Amém,li,recebi e agora vou vivê-las em nome de Jesus!!!!Abraçoss!!!

  103. Pr.José Adelson, li seu comentário e sou grata ao Senhor Jesus pelas orientações vindas do Espírito de Deus…Já tenho 10 dias sem vê-lo e assim como muitas outras vezes q falei de Jesus pra ele, falei q estava arrependida, q não queria mais viver em pecado, só q não fui firme,era apenas remosso,voltava a fazer…E creio q agora é pra valer em nome de Jesus, vou fazer isso novamente,vou orar antes e mandar uma mensagem ou até ligar dizendo d como me sinto hoje,completamente arrependida…depois de 10 dias me sinto livre e apaixonada pelo meu esposo e meu filhooo…Quero viver nessa decisãoo, vigiando e orando sempre…E me fortificando na graça do Senhor através do Sangue de Jesus…Que o Senhor Jesus te abençoe abundantemente e continue te usando na obra e no ministério q Ele tem te colocado e tem confiado ao senhor…Sei e acredito q és um profeta do Senhor neste tempo…Valeu e fica com Deus…Abraçosss!!
    “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.”I Co 15.58

  104. Lima, o que posso fazer por você é orar, pois vejo que você já conhece a Palavra, mas está decidido a não praticá-la.

    E sem prática da Palavra, toda casa cairá, quando vierem as tempestades.

    Que Deus tenha misericórdia de você, pois como o mesmo critério que você tem julgado a esposa e esses “pastores”, assim também você será julgado.

    Perdoe, amado de Deus, para que você seja livre e sarado de todo o mal, na alma e, consequentemente, no físico.

    “Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração. Afligi-vos, lamentai e chorai. Converta-se o vosso riso em pranto, e a vossa alegria, em tristeza. Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará” (Tg 4:7-10).

  105. Carla,

    já orei por você e creio no poder de Deus para libertá-la dessa tentação, bem como de novas recaídas.

    Filha, ponha bem firme em seu coração que adultério é pecado que traz sérias consequências. A você e a todos os que, de algum modo, estão em seu círculo de relacionamentos: família, irmãos em Cristo, amigos, vizinhos.

    E uma das consequências mais graves que tenho visto nesse tipo de pecado é a morte espiritual. Uma morte lenta por esvaziamento do amor a Deus. Muito cuidado, filha.

    O que fazer? A única solução é recorrer às fontes da vida, isto é, voltar a beber da água viva que o Senhor Jesus nos dá: o Espírito Santo! Paulo alerta contra a embriaguez do pecado sexual e dá a solução: “E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo. As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao Senhor; porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo. Como, porém, a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas ao seu marido” (Ef 5:18-24).

    Você já tem um marido transformado, que está dando demonstrações de arrependimento e de querer consertar tudo o que fez de errado. Faça a sua parte também.

    Dê um basta definitivo a esse jovem instrumento das trevas. Como? Falando a verdade com ele. Que você caiu sim, mas que de agora em diante não quer mais. Que está arrependida, que está em pecado, mas que não deseja continuar assim. E mais: fale com ele a respeito de Jesus e do perdão de pecados. Ele é pecador também e necessita do perdão dos seus pecados. Deus ama esse jovem e deseja abençoá-lo com uma nova vida.

    Depois de pregar o evangelho a ele, pare de falar com ele. Apenas ore por ele, como você tem orado por tantos outros pecadores.

    E ame e respeite seu marido, pois essa é a vontade de Deus.

    Que a graça e a paz do Senhor Jesus esteja em seu coração. “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação! É ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus” (2 Co 1:3,4)

  106. pastor preciso de ajuda!sou casado a 3 anos,e trai minha esposa mais foi uma vez só e me arrependo amargamente,pois tenho uma mulher e uma filha maravilhosa e nao quero perde-las ,e minha mulher disse q se ela souber q eu a trai ela nao me prdoa nunca ,ja pedi perdao a deus e nao cometi mais isso mais preciso de uma palavra de um homem de deus !oq devo fazer? eu nao quero perder minha salvaçao,me ajude.aguardo sua resposta

  107. Olá Pastor…

    EM RESUMO:
    Sou casado a 16 anos. Temos uma filha de 12. Aos 7 anos fui traído e o mais indignante é que foi com um “pastor” da escola que ela trabalhava e com outro “pastor” que participavam do mesmo grupo de oração…
    E todo esse tempo pra cá a minha vida sentimental virou um bagaço, minha vida física tbem teve alteração, pois minha visão ficou comprometida em 70%, devido ao alto stress.

    Foi muito muito humilhante: na família, na igreja, na cidade, etc!!!

    O diabo a tomou literalmente… Seis legiões de demônios quase a levou à morte. Teve a intervenção de vários pastores para a expulsão.

    Hoje, pra ela tá tudo bem. Realmente ela foi curada.

    Mas pra mim, não!

    No meu entendimento, amor é algo maravilhoso, sério, é doação pelo outro, é fazer parte do outro em tudo.
    NÃO CONSIGO PERDOÁ-LA!!!
    Hoje tenho somente interesse sexual, mas amor
    não…
    Ainda não joguei tudo aos ares, por:
    1- Pela filha,
    2- Pela família,
    3- Pela igreja,
    4- Pelo evangelho
    Preferi muito ter casado com a mulher mais depravada de todo o mundo que com uma pessoa que jurou fidelidade. Porque eu saberia quem era a pessoa que eu estava casando.

    Desculpe o desabafo… Pois a única pessoa que falei sobre o assunto foi a irmã dela.

    Já tentei reatar várias vezes, mas não consigo amá-la como antes. Acreditar nela em tudo que fala, faz.

    A Palavra diz: “Não deis lugar ao diabo”(Efésios)
    “Deu brecha”… o estrago não tem tamanho!

    Adeus Pastor.

  108. Pr. sou cristã a 10 anos, casada a 14 anos, tenho 32 anos e um filho lindo de 10 anos…ha 1 ano traiu meu marido com uma pessoa mais nova q eu um jovem lindo…tudo começou com cantadas na sala de aula…sou sua professora e essa foi a ponte…Meu esposo tem 3 anos de convertido, mais ja me traiu e eu o perdoei, eu sempre dizia q nunca iria trair, sofri muito no meu casamento, ele bebia muito, e ficava com varias mulheres em minha frente…orei, jejuei, paguei um preço por ele e ele mudou completamenteee, é uma pessoa ótima comigo,hoje vive em função da família…mais agora depois de muitas bençãos e vitórias,o diabo armou esse laço, to com esse aluno,to apaixonada…não sei o q façoooo!!To desesperada, pois tenho consciência do meu pecado, ja decidir terminar com ele, mais não consegui, fiquei 3 meses longe dele, me arrependi, chorei me humilhei e cri q Deus me perdoou…Mais aí em janeiro voltei a praticar o mesmo ato, não tenho forças, ele sempre me procura, me liga, me ajude pastor…Já me abri pra uma irmã, ela tá em intecessão por mim…E domingo agora na Páscoa,eu decidir não mais cruscificar Jesus novamenteee…Me sentir mal,suja,um nojo de tudo, de mim mesma…e Sei q foi Deus me alertando e me dando mais uma chance…Preciso esquecê-lo, pois sei q não passa de momentos e tudo isso é passageiro, e minha famílai sofrerá com tudo isso…E sei tbm que pode vir a tona e eu ficar margem da sociedade e ser desmascarada,pq é isso q s pois sou da igreja, ganho vidas,tenho grupos de estudos…enfimm…to muito confusa e preciso de de conselhos vindo de Deus e sei q és um pastor abençoado e usado pelo Senhor Jesus…Me ajude!!To desesperadaa

  109. Filha,

    qualquer pecado cometido é perdoado por Deus, se confessado ao Senhor com arrependimento sincero. Deus conhece os corações e sabe quando a confissão é feita com sinceridade. Não é a confissão a pastor, padre ou a qualquer outra pessoa que libera o perdão de Deus, mas sim a sinceridade do arrependimento e da decisão de não mais pecar.

    O problema é que, na maioria da vezes, o pecado deixa um gosto bom na boca do pecador. E sua carne passa a desejar uma outra experiência, depois mais outra e assim sucessivamente. Se ficasse numa só ocorrência, o problema estaria resolvido. Mas, quase nunca fica numa única vez.

    Por isso, a confissão a outra pessoa é de grande ajuda, para que a outra pessoa se coloque na brecha a nosso favor, orando e intercedendo por nós, que estamos fracos no espírito, mas fortes na carne.

    Que o Senhor tenha misericórdia de vocês e lhes libertem de todo o mal, é minha oração a seu favor.

  110. eu preciso de ajuda!!! eu conheço a palavra sou lider ponta de lança em minha igreja mas cai em adultério com o musico e agora? não sei o que fazer, ja confessei para um pastor amigo, ja orei jejuei mas ainda caiu!!! me ajude

  111. “Mas o mal que eu não quero fazer, esse eu faço… e o bem que eu tento fazer, não consigo!”

    O Apóstolo Paulo foi bem claro nessa afirmação. Não que isso seja uma desculpa para continuarmos pecando, porque a misericórdia do Senhor é a causa de não sermos consumidos, mas… Deus tem um limite.
    Lute contra sua carne, que o Senhor te contemplando em todos os momentos porque ele é onipresente, Deus vendo seu esforço vai te recompensar e você vai cantar o hino da vitória.

    A paz do Senhor Jesus!

  112. Marinete, você precisa arrepender-se dos seus próprios pecados para ser salva. O problema de suas filhas e desse homem é entre eles e Deus.

    Você está vivendo uma vida de pecado e isso está trazendo consequências para todos. Trouxe para dentro de casa, para conviver com suas filhas um homem adúltero, pecador e as consequências são essas. Todos envolvidos no pecado.

    Arrepende-se, filha e deixe essa vida. Sai fora desse homem e busque a Deus. Passe a dar bom exemplo para suas filhas e passe a orar por elas, pelo arrependimento delas.

    Quem sabe, pelo seu exemplo, elas não se arrependem e não decidem por uma nova vida?

    O Senhor lhe conceda quebrantamento e sabedoria.

  113. Estou sofrendo um dilema de familia meu conjugue,no qual ainda náo somos casados me traiu com as minhas duas filhas. Eu os perdoei mas as meninas continuam me martirisando e, me culpando por eu ainda estar com ele. vivemos juntos a dez anos. As duas vivem no pecado, e náo querem assumir responssabilidades diante de Deus e da sociedade. O que fasso?

  114. Olà Pastor tenho 30 anos e sou casada a 13, tenho dois filhos me converti a +ou- 6 anos que a idade do meu filho mais novo ,qd me coverti estava com depressão tinha traido meu marido enao aceitava mais esta com .Deus fez um grande milagre recostrui meu casamento e em meio a crises no meucasamento pequei novamente contra o Senhor trair o meu marido…e agora desviada , agustiada e triste nao sei como agir…Pois estou com vergonha de Deus…sei q procurei e tera uma consequencia, mais queria muito voutar a ser uma mulher santa…ajude-me por favor, q Deus tenha misericordia de mim, e eu consiga renova a minha salvação, obrigada.

  115. Filha, além do pecado de adultério, você está usurpando o papel da esposa na casa: cria os filhos, cuida da casa e ainda serve na cama.

    Essa situação não pode continuar de forma alguma, pois o fim disso não é bom. Esse casamento pode ser destruído a qualquer momento.

    Peça perdão a Deus e peça suas contas logo. Os filhos não são seus e cabe aos pais deles providenciar os cuidados que eles necessitam. Com essa desculpa, Satanás a tem mantido escrava do pecado.

    E passe a orar por esta família, para que todos se arrependam de seus pecados e se convertam. Não seja instrumento de Satanás para destruição, mas instrumento de Deus para edificação.

    Que o Senhor lhe conceda o perdão de seus pecados e lhe conceda espírito determinado para não mais pecar.

  116. olha, eu me converti ha 1 ano, me batizei nas aguas, me arrependi de todos os meu pecados. Só que tem um que não me deixa em paz: sou babá e tive um relacionamento com meu patrão durante 2 anos. Depois que eu me converti falei para ele que não queria mais nada com ele, por que eu ja sabia que não estava certa diante de Deus. Ele parou de me procurar por uns tempos, mas depois voltou. Ainda trabalho na casa dele. Eu me sinto muito triste, culpada por isso. Me sinto incapaz de resolver essa situação porque eles têm 3 filhos, eu tomo conta da casa e das crianças. Somos parentes, gosto muito das crianças e eu não tenho coragem de pedir minhas contas porque sei que não tem ninguem para cuidar dele, e com essa situação ja pequei VARIAS VEzes. O eu faço? Sempre peço perdão a Deus. Não sei com sair dessa situação.

  117. Ricardo, quanto ao pecado, veja comentários feitos à Marisa.

    Quanto ao casamento, você deve procurar solução urgentemente, pois você está correndo sério risco de destruir completamente sua família.

    Aconselho-lhe buscar ajuda nos cursos Casados Para Sempre (http://www.mmibrasil.com.br) e Hombridade (http://www.udf.org.br).

    Cabe ao homem, como cabeça, buscar soluções para sua família.

    Que Deus lhe conceda sabedoria para encontrar um novo caminho reto e santo.

  118. Anonimato,
    não entendi como você trai várias vezes alguém de quem “gosta muito, muito mesmo”. Me parece que você gosta mesmo é do ex-namorado.

    Se continuar assim, seu namoro atual não terá futuro, porque corre risco de ter outros momentos de “fraqueza”, principalmente quando seu ex aproximar-se de você.

    Peça perdão a Deus pelos pecados de fornicação e mentira e peça-lhe força para ser transparente com seu namorado, seja para contar-lhe, seja para terminar.

    Que o Senhor lhe conceda firmeza e determinação.

  119. A paz do Senhor Jesus!

    Agradeço pela ajuda e pelo conselho, estou me sentindo bem melhor, continuo pedindo oração ao pastor José Adelson em favor da minha vida para que eu tenha graça e sabedoria de Deus vigiando sempre, pois não quero cair em pecado novamente, e sim servir ao meu Jesus que grandes coisas tem feito pela minha vida e pelos meus. Que Deus o abençoe ricamente estará também em minhas orações.

    Marisa,

  120. Marisa,

    qualquer pecado cometido é perdoado por Deus, se confessado ao Senhor com arrependimento sincero. Deus conhece os corações e sabe quando a confissão é feita com sinceridade. Não é a confissão a pastor, padre ou a qualquer outra pessoa que libera o perdão de Deus, mas sim a sinceridade do arrependimento e da decisão de não mais pecar.

    O problema é que, na maioria da vezes, o pecado deixa um gosto bom na boca do pecador. E sua carne passa a desejar uma outra experiência, depois mais outra e assim sucessivamente. Se ficasse numa só ocorrência, o problema estaria resolvido. Mas, quase nunca fica numa única vez.

    Por isso, a confissão a outra pessoa é de grande ajuda, para que a outra pessoa se coloque na brecha a nosso favor, orando e intercedendo por nós, que estamos fracos no espírito, mas fortes na carne.

    No caso de pecado por adultério a situação é mais grave ainda, porque, pela sua repetição, a família vai sendo solapada em dois de seus alicerces básicos, que são a confiança e o respeito mútuos. E Satanás é muito traiçoeiro, dando corda às tentações para que, depois que a pessoa estiver enlaçada, tornar público o adultério. Nesse caso, quando o adultério é descoberto o estrago é imenso, vindo brigas irreconciliáveis, separação, divórcio e até morte, em alguns casos. A família é destruída, os filhos sofrem horrores, todos à volta do casal são afetados.

    Mas, quando o pecado é confessado logo no seu início e deixado, o conserto fica mais fácil. O perdão torna-se mais fácil de ser liberado pelo cônjuge traído, porque ele sabe que foi um momento de fraqueza. Ambos lutarão por um novo lar, um novo relacionamento, uma nova união.

    Eu lhe aconselho a manter-se vigilante quanto ao que está em seu coração, porque seu pecado é bastante recente e certamente que as causas que a levaram a pecar ainda não foram resolvidas. Você está abafando o problema, mas ainda não o resolveu. Você diz que se dá bem com o marido, embora tenha alguns conflitos. Portanto, a causa do adultério pode ser pelas oportunidades que lhe foram apresentadas, seja no trabalho ou estudo, por exemplo. Ou então foi por vingança o que caracteriza que você, de fato, ainda não perdoou a seu marido.

    Cuidado também, filha, porque esse homem com quem você se envolveu quase certamente vai assediá-la novamente, principalmente porque deve ser alguém próximo a você. Se você sentir que está vacilante, abra seu coração a alguém de sua confiança na Igreja, e peça-lhe ajuda em oração e conselhos. E, se for o caso, conte ao seu pastor, para que ele lhe ajude junto a seu marido. É preferível isso do que voltar a cair no mesmo pecado, porque se isso ocorrer novamente, sua situação certamente ficará bem grave.

    “Erguendo-se Jesus e não vendo a ninguém mais além da mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? Respondeu ela: Ninguém, Senhor! Então, lhe disse Jesus: Nem eu tampouco te condeno; vai e não peques mais” (Jo 8:10,11).

    Que o Senhor lhe guarde contra as tentações e lhe conceda espírito vigilante, é minha oração a seu favor.

  121. O meu caso é parecidissimo com o da Marisa acima. Só que ao contrário. No meu caso, eu pequei, traí. Conheci mulheres pela internet e como estava “carente” decidi conhecê-las e então rolou! Minha mulher trabalha muito, é dedicada, supermãe, mas esqueceu-se de mim. Não me procura, etc. Fiquei desempregado e isso então se agravou. Pelo fato exposto acima, resolvi parar, pedi perdão à DEUS, me arrependi amargamente naqueles momentos de oração. Deixei por um tempo. Mas sempre volta o velho homem.
    Em sã consciência reconheço que estou errado, pecando, isso mancha minhas vestes e minha consciência, entristeço o Espírito Santo e isso me incomoda muito. Não tenho coragem nenhuma de confessar isso à minha esposa. Ela não perdoaria nunca! Mas nunca mesmo! Ela é maravilhosa, mas nesta questão… sem chances nenhuma.
    Que faço pastor?? Não posso confessar, não posso nem encobrir a verdade? tipo assim: “Esposa? as coisas não vão bem entre nós.. me perdoa porque não tenho sido um marido bom pra você e quero recomeçar de novo… ”
    Que faço? Ficarei feliz que me oriente, na Palavra, sem rodeios!

  122. Querido abençoado Pr.

    Tenho algumas dúvidas, tenho um namorado há algum tempo e durante o nosso namoro eu o traí com o meu ex namorado algumas vezes. O problema é que eu gosto muito dele (do meu atual namorado), muito mesmo, foi uma fraqueza infeliz da minha parte, tanto é q eu decidi q eu não quero mais isso p mim e decidi que vou ser fiel a ele. Minha pergunta é: devo contar a ele sobre isso, ou devo pedir perdão a Deus e esquecer o que aconteceu e começar novamente com ele?
    Aguardo Resposta.
    Grata.

  123. A paz do Senhor Pastor

    Sou evangélica e estou lhe escrevendo porque tenho uma grande dúvida em meu coração. Sou casada e tenho uma filha de 12 anos. Há alguns meses eu cometi adultério. Foram algumas vezes; mas algo começou tocar em mim e então resolvi abandonar essa prática, estou muito arrependida, já confessei de joelhos dobrados e em lágrimas ao Senhor Jesus o meu pecado, porém ouvi dizer que temos que contar ao nosso pastor e ao cônjugue. Mas meu marido é um tanto genioso e sempre me disse que jamais perdoaria um caso assim e que tira minha vida sem dó nem piedade, apesar de também já ter me traído e eu o perdoei. Amo ele e nos damos bem apesar de alguns conflitos, nossa filha é uma benção em nosso lar e na igreja. O que devo fazer? Preciso contar meu pecado? Será que Jesus me perdoou? Por favor pastor, preciso muito de sua ajuda e também das suas orações, pois gostaria de voltar a ser membra do corpo de Cristo… Agradeço e que Deus lhe abençoe!

    1. Eu sempre pergunto aquelas pessoas que dizem que não se deve contar para o cônjuge o adultério cometido : – Se o seu cônjuge perguntar se já foi traído, o quê você responderia ??, você iria mentir para preservar o casamento ??, mas em apocalipse está escrito que nenhum mentiroso vai entrar no Reino de Deus. Então você deve orar pra que nunca seu cônjuge pergunte se já sofreu adultério, né?
      Logo, é claro que deve-se contar para o cônjuge, porém a hora de contar somente Deus pode dizer.
      Não saia na pressa e atribulada para contar.
      Ore a Deus, jejue e Deus lhe dirá o dia e a hora pra contar.
      Muitas pessoas pensam que as consequências do adultério somente virão se o seu cônjuge souber, mas é impossível as consequências serem ‘paradas’ ou anuladas por causa do desconhecimento do cônjuge. sempre ela virá.
      Jesus enfrentou as consequências dos NOSSOS pecados : Morte de Cruz !
      Agora, Jesus morreu pelos nossos pecados. Ele é fiel e justo e irá nos perdoar.
      Olhe para frente. você precisa somente do Sangue de Jesus, e o seu Sangue nos purifica de todo o pecado. Você disse que está arrependida, então Deus já a perdoou.
      Ore a Deus e Ele lhe orientará de ‘quando e como’ contar ao seu cônjuge.
      Confia no Senhor e o mais Ele fará. Assim como ele viu o ato de adultério praticado, Ele também viu as suas lágrimas de arrependimento e o seu pedido de perdão.
      Você deve ser sentir perdoada, pois não deve duvidar do sacrifício santo de Jesus. não dá para o homem ‘ajudar’ no sacrifício de Jesus na Cruz. O sacrifício de Jesus é suficiente para salvar o mundo. e foi por isso que Jesus veio ao mundo, para salvar as pessoas, inclusive eu e você, pois TODOS nós somos pecadores, não vivemos pecando, mas somos pecadores, pois todos já cometemos pecados.
      Jesus mesmos disse : – Aquele que nunca pecou, que atire a primeira pedra.
      Agora, Jesus disse a mulher adultera : – Vá e não peques mais.
      Tenho certeza que se você estiver buscando a Deus (e você está), você nunca mais vai adulterar na vida.
      Espere em Deus e Ele lhe orientará sobre o que e quando fazer.
      Fica na Paz do Senhor Jesus !

  124. Pastor o senhor e uma bencäo de Jesus, muito obrigada pelos conselhos e vejo q assim como eu muitos estao aprendendo muito mais de Jesus com o senhor. Que Deus continue lhe abencoando ricamente com bencaos sem medida..
    “Não havendo sábios conselhos, o povo cai, mas na multidão de conselhos há segurança. Pv 11:14″
    “Quando não há conselhos os planos se dispersam, mas havendo muitos conselheiros eles se firmam. Pv 15:22″
    “Ouve o conselho, e recebe a correção, para que no fim sejas sábio. Pv 19:20″
    “Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento; Pv 3:13″
    Obrigada e a paz de Jesus

  125. Simone, a sua obediência deve ser a Deus em primeiro lugar. E a vontade de Deus é que nenhum casal se separe, mas que vivam unidos e em paz.

    É claro que você não deve viver com um marido que lhe agride ou põe em risco sua saúde por causa de drogas ou adultério.

    Mas, se ele está disposto a lhe perdoar e a largar o vício, então é sua obrigação ajudá-lo. Mas, o principal disso tudo é que vocês dois arrependam-se de seus pecados e voltem-se para o caminho de Deus.

    Somente quando ambos estiverem submetidos ao senhorio de Jesus Cristo, amando mais a Deus do que a qualquer outra pessoa, é que vocês poderão ser felizes no casamento.

    Converse com seu marido e veja qual é a intenção dele em voltar para Deus e em largar do vício. Procure também seu pastor e peça-lhe ajuda e oração.

    Que o Senhor lhes conceda espírito quebrantado e restauração plena de sua família.

  126. Pastor Adelson,
    Eu reconheco q devo retomar meu casamento, e estou decidida a voltar e comecar novamente. Ainda estou morando em outra cidade, mas regresso ainda esse mes de novembro a minha cidade.
    Eu sinto o chamado de Deus pra recomecar, mas minha mae nao aceita minha decisao de voltar com ele (nao tenho pai presente), qd falamos sobre esse assunto ela passa dias sofrendo, triste pelos cantos, diz q nao quer mais viver e fico muito confusa. Ela deseja q eu me case de novo com outra pessoa, mas ja expliquei a ela o q a biblia diz, visto q ela ainda nao e crista.
    Sabe pastor qd converso com ela fico tao confusa porque ela consegue me deixar incerta. Nos nos damos tao bem, ela me tem mais zelo que os outros irmaos, sinto isso.
    Ela sempre deixou q eu resolvesse o que fazer com minha vida, sempre nos deu plena liberdade, mas qd me casei ela ficou muito triste com tudo, comigo, com ela mesma. Mas mesmo assim nunca deixou de me dar apoio e estar ao meu lado. Ela me apoiou muito qd me separei, e se alegrou e ela diz nao entender agora minha vontade de regresso com meu marido, diz ela ser uma vergonha voltar a minha cidade e voltar com ele.
    Fico na verdade pensando em como sera dizer a todos q voltei com meu marido depois de tudo q se passou, meus amigos q viram e acompanharam todos os passos da separacao, tudo…
    Ele no entanto esta feliz com meu regresso e faz planos pro futuro, diz estar disposto a procurar uma igreja na qual possamos ficar os dois, porque antes de casarmos eramos de uma igreja e depois q casamos fomos pra outra e ele nao conseguiu se adaptar la e tb nao tivemos um acompanhamento em nossa relacao.
    Sendo assim tenho duvidas, qd falo com ele fico feliz por estar fazendo o que eu quero e a vontade de Deus, mas qd falo com minha mae fico arrasada vendo ela naquele estado.
    A familia dele nos apoia em tudo, sempre foi assim, ja a minha desaprova em tudo.
    Sei o que fazer mas preciso de orientacao de como proceder com minha familia.
    De ja agradeco, aguardando retorno…

  127. Simone,
    mesmo separados judicialmente, vocês continuam casados, tanto pelas leis dos homens, quanto pelas leis de Deus. A separação civil só se completa depois do divórcio.

    Você não deve envolver-se afetiva ou sexualmente com nenhum homem, pois isso é pecado de adultério. Também não deve tomar iniciativa de divorciar-se, mesmo tendo, biblicamente esse direito, enquanto não consertar com sua mãe (e pai, se tiver). Você pecou contra seus pais e contra Deus, casando-se sem o consentimento deles.

    Procure-os e peça perdão, arrependa-se e quam sabe, as coisas poderão desenrolar-se para você. Quem sabe seu marido não se converte, larga do vício e do adultério e não volte-se para Cristo e para você?

    Primeiro é preciso consertar na raiz o mal. Seu marido pode vir a ser uma bênção, mas é preciso que ele também se arrependa, que peça perdão às pessoas que ele desonrou, entre as quais estão seus pais e os pais dele e que entregue sua vida ao senhorio de Jesus Cristo. Se ele amar mais a Jesus, ele poderá ser um bom marido. Se não, é melhor você continuar só (sem pecar).

    Que o Senhor lhe abençoe com coragem para consertar o que é preciso.

  128. Pastor, a paz de Jesus,
    me casei a 2 anos atras sem consentimento de minha mae e de meus amigos, e depois de 11 meses casada me separei judicialmente. Ele nao conseguiu perdoar algumas traicoes antes do casamento e sempre lembrava isso. Ele saiu da igreja e comecou a sair com os amigos e beber. Entao o mandei embora de casa. Agora depois de um ano sozinha estive lendo sobre divorcios e novos casamentos. Tenho algumas duvidas a respeito desse assunto, pois nao sei se devo retornar com ele ou esperar um novo relacionamento. Soube q ele estava usando drogas, e tive q sair da minha cidade por causa disso, ele me ameacou. Mas soube a poucos dias e ele parou. Eu liquei pra ele esses dias e ele diz q ainda me ama e essas coisas, mas tenho duvidas. Sei q ele esteve com outras pessoas durante esse ano q estamos separados. Gostaria muito de um aconselhamento a esse respeito.
    Grata.

  129. Caroline, os mandamentos de Deus são absolutos. Deus manda que nos arrependamos, confessemos nossos pecados e deixemos a prática.

    Você tem opção de escolha: ficar com o namorado e continuar pecando ou ficar com Deus e voltar a ter comunhão com Ele.

    Nessa opção, você deve pregar o evangelho ao seu namorado, convidá-lo ao arrependimento e à conversão. Se ele arrepender-se, crer em Jesus como sendo o Filho de Deus que morreu pelos pecados dele, foi sepultado, mas ressuscitou e está vivo, então ele mesmo desejará ter uma vida santa e sem pecado. E vocês, juntos, terão uma nova vida.

    O Senhor Jesus lhe ama, assim como ao seu namorado. Ele quer perdoar ambos, mas é necessário o arrependimento.

    E, se seu namorado rejeitar o perdão de pecados, o melhor, para você, é deixá-lo, pois continuando com ele, você só irá afastando-se de Deus e o fim desse caminho, é a morte espiritual.

    “O povo que jazia em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região e sombra da morte resplandeceu-lhes a luz. Daí por diante, passou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus” (Mt 4:16,17).

  130. Pastor
    Estou precisando muito de uma palavra, sou evangelica a uns 7 anos, ate 2 anos atraz a minha vida era correta diante de Deus, mas conheci um rapaz e começamos a namorar, e acabei me afastando dos caminhos do Senhor, mantemos relação sexual e isso me deixa muito mal depois que acontece porque eu não quero mais fazer esse tipo de coisa antes de casar, ja tentei falar com ele mas não consigo e ele não entende, pois não é evangelico.
    O que eu faço pastor ?

    Tenho medo do que pode acontecer comigo?

    Como faço para me concertar com Deus??

    aguardo uma resposta

  131. Irmão, há poucos dias tivemos em nossa Igreja um evento para as famílias, onde vimos dois testemunhos de esposas que adulteraram e cujos maridos as perdoaram.

    Eles tinham a obrigação de perdoar, porque este é o mandamento de Deus. Mas tinham também a opção de divorciarem-se.

    Obrigação sim, porque se não perdoassem também não seriam perdoados por Deus de seus próprios pecados, inclusive adultério também: “E, quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas. Mas, se não perdoardes, também vosso Pai celestial não vos perdoará as vossas ofensas” (Mc 11:25,26).

    E você também tem obrigação de perdoar, pois tem seus próprios pecados de adultério, inclusive aqueles que sua mulher não sabe. É verdade ou não? Quer ver? “Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela” (Mt 5:28).

    Pois bem, aqueles maridos perdoaram suas esposas e ambos optaram por manterem o casamento. Eles colocaram-se na brecha do casamento, e assim o inimigo não pôde mais penetrar.

    Hoje suas famílias são abençoadas. Numa família os filhos são ainda menores, mas abençoadíssimos. Noutra, três dos quatro filhos estão casados, servindo ao Senhor no louvor e no pastoreio. Levitas e pastores.

    O que seria desses homens se tivessem optado pelo divórcio? O que seria dos filhos? E da esposa?

    Irmão, meu conselho é que você mantenha seu casamento e coloque-se como um homem valente, de pé, à porta de seu lar para não deixar entrar nenhum espírito intruso.

    Entenda, ser valente em pé, é dobrar os joelhos em oração a favor da família, é ter comunhão com Deus, por meio da Palavra e do louvor.

    Esquece acareação, pois tendo relação sexual ou não, ela cometeu adultério, não só no coração, mas na prática. Adultério significa “andar com dois”.

    Por isso, perdoe-a e ore por ela, pois quem está pior nesse caso é ela mesma. E sonde seu comportamento em relação a ela, para ver se você está falhando em algo, para que ela tomasse esse tipo de atitude.

    Defenda sua família, esposa e filha.

    Que a graça e a paz do Senhor esteja com você e em seu lar.

  132. Pastor, que a paz do Senhor esteja convosco! Gostaria de ler sua opinião a respeito do meu caso: tenho uma mulher e uma filha de 02 anos, estamos convivendo há 04 anos e no início deste ano a mesma manteve um relacionamento extra-conjugal que durou (segundo ela) pouco mais de 01 mês e que não houve relação sexual entre ambos. Descobri o adultério através de 01 carta que ela escrevera ao ex-amante em que lá estava impresso que a própria estava “apaixonada”.

    De início, minha reação foi lhe mandar embora, mas, mediante o sofrimento em perder minha amada filha e as súplicas de minha mulher, acabei deixando-a até o fim deste ano para que ela pudesse terminar seu ano letivo e que ela demonstrasse que havia mudado para melhor. A questão é que ela melhorou, mas melhorou aquém do esperado, e o pior é que peço a Deus para me mostrar se é válido continuar com ela e não sinto uma resposta positiva.

    Não consigo perdoá-la, não confio em sua versão de que não houve relação sexual. Até jurar pela alma de nossa filha ela jurou para que eu acreditasse. Para complicar mais a situação, inquiri seu ex-amante para que este me confirmasse se houve ou não o ato e este, por sua vez, argumentou que sim.

    Estou confuso, indignado, ela parece segura em sua versão, freqüenta a igreja, pediu o perdão pelo pecado, mas meu coração não consegue sentir a sinceridade em suas palavras. Estou quase realizando uma acareação entre os 02, mas ainda assim não sei se terei o resultado esperado.

    O que fazer? Amo minha filha, não quero esfacelar minha família, mas não consigo sentir meu próprio perdão e o perdão de Deus em meu coração para levar esta relação adiante?

  133. Filho, o perdão de Deus ao pecador não pode ser comparado a nada que conhecemos.

    Podemos ter uma pálida idéia de quão grande é a disposição de Deus em perdoar quando meditamos na passagem onde Jesus diz que devemos perdoar a um irmão até setenta vezes sete.

    Quando você sabe que algo é pecado e ainda assim peca, voluntariamente, você está cometendo uma iniquidade. Mas Deus perdoa iniquidades também.
    Ai de nós se não fosse assim. Quem pode condenar Deus por perdoar iniquidades? Transgressões?

    “O SENHOR é misericordioso e compassivo; longânimo e assaz benigno. Não repreende perpetuamente, nem conserva para sempre a sua ira. Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui consoante as nossas iniqüidades. Pois quanto o céu se alteia acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem. Quanto dista o Oriente do Ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões” (Sl 103:8-12).

    A iniquidade traz consequências e uma delas é a perda da unção, da alegria, da paz. Traz culpa, vergonha. Mas, se você teme a Deus e quer ser liberto desse mal, não se conforme com ele, mesmo fraquejando eventualmente. Disponha-se firmemente no coração a ficar liberto, não se acomode, mas ore pedindo a Deus libertação. E ela virá, com certeza. Mais dia, menos dia, você se verá completamente liberto.

    Há uma plantinha nas hortas caseiras que se chama “tiririca”, cuja raiz se propaga em nódulos. A cada nódulo, nasce uma nova planta e assim a tiririca se torna uma praga. Por baixo da terra é uma raiz só. Você pode arrancar todas as tiriricas visíveis, mas sempre ficam nódulos na terra e assim ela volta a manifestar-se, a propagar-se.

    Assim é nossa vida de pecado, especialmente na área da lascívia, luxúria, imoralidade sexual. Temos raízes plantadas lá na infância e que se propagaram, sem que percebêssemos. Pecamos olhando com desejo para uma coleguinha, pedimos perdão, Deus perdoa, mas um nódulo nasceu. Pecamos novamente, olhando uma foto de mulher nua, pedimos perdão, Deus perdoa, mas outro nódulo nasceu. E assim sucessivamente.

    Deus perdoou cada pecado confessado a Ele, mas as raízes continuaram lá na terra, propagando-se.

    Como se acaba com a “tiririca” sem envenenar a terra? Abafando a terra. Impedindo que ela receba sol. Colocamos um plástico preto, grosso, nos canteiros. Sem sol, a raíz da tiririca começa a subir à superfície, até que fica exposta, podendo assim serem arrancados todos os nódulos. Isso não acontece em um ou dois dias, mas em semanas ou até meses.

    Amado, abafe esses nódulos em seu coração e eles perderão a força vital. Eles terão que subir á superfície e o Agricultor poderá arrancá-los facilmente.

    E como se abafa um coração pecador? Pela Palavra de Deus. Pela oração diária. Pela súplica a Deus. Pelo louvor e adoração a Deus. Não há outro meio. Se permanecermos em Jesus e as Palavras dele permanecerem em nós, podemos pedir o que quisermos e Ele nos atenderá.

    Mesmo cometendo iniquidade eventualmente, amado, não se entregue, mas mantenha-se na presença de Deus, leia a Bíblia diariamente, ore, clame e creia que você será liberto dessas raízes malígnas.

    Jesus lhe ama! Persevere na presença dele.

    “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação! É ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus” (2 Co 1:3,4).

    Veja mensagem nesse site intitulada “Vencendo a Masturbação”.

  134. Graça e paz pastor.

    Pr. vou tentar explicar direito. Sou um jovem de 19 anos e sou cristão a 2 anos mas, preciso me concertar com Deus.

    Bom, antes de aceitar Jesus, eu acreditava que a mastubação era algo normal, então fazia normalmente. Agora que sou cristão, sei que é pecado mas, às vezes tenho vontade de fazer e acabo fazendo, mesmo sabendo que estou pecando, que o Espírito Santo se afastará de min e até mesmo sabendo que me sentirei mal depois, ficando com a conciência (suja).

    O que acontece comigo é; peco sabendo que estou me sujeitando a perda espiritual e depois peço perdão pra Deus, passa algum tempo acontece o mesmo. E até hoje tem me acontecido isto.

    Eu já estou cançado disso na minha vida, tenho um desejo profundo de não fazer mais isto mas, não consigo evitar a martubação (parece que é algo que deve ser feito pra satisfazer a minha vontade da carne).

    Minha pergunta é: Será que Deus me perdoa mesmo eu sabendo que vou pecar? E será que Ele me perdoa mais de uma vez pelo mesmo pecado? E como posso me arrepender de verdade?

    Muito obrigado pastor, Deus te abençoe!

  135. Nil, o pecado é bom mesmo, principalmente na hora, mas as consequências são terríveis.

    A escolha entre a vida e a morte está nas suas mãos. Se você quiser continuar pecando, Deus deixará. Mas se você quiser parar e mudar de vida, Ele está pronto a salvá-la, não só dos pecados cometidos, como também da escravidão ao pecado. “Se procederes bem, não é certo que serás aceito? Se, todavia, procederes mal, eis que o pecado jaz à porta; o seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre dominá-lo” (Gn 4:7).

    Escolha a vida, filha. Ore pedindo perdão a Deus, ore pedindo-lhe a salvação e um novo nascimento.

    “Irmãos, venho lembrar-vos o evangelho que vos anunciei, o qual recebestes e no qual ainda perseverais; por ele também sois salvos, se retiverdes a palavra tal como vo-la preguei, a menos que tenhais crido em vão. Antes de tudo, vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (1 Co 15:1-4).

    Deus lhe conceda libertação e uma nova vida, é minha oração a seu favor.

  136. Estou em pecado, não consigo me reconciliar, pois estou sempre voltando a cometer o mesmo pecado, e o pior é que desejo este pecado, irei para inferno, não quero isso, mas não conssigo dizer não, e o desejo cresce a cada dia, como posso me livrar deste mal?

    1. EU não entendo mais nada na minha vida, A ciência, a midia, os estudiosos, psicologos, sexilogos e por ai vai sempre disseram que isso não é pecado, que é até saudável. Por que as coisas que dão prazer tem que ser taxadas como pecado. Com todo o respeito, será que não precisamos rever o que é realmente PECADO???!!!

      1. Eduardo, procure ouvir também a voz de Deus e não somente a voz dos homens (cientistas, comunicadores, psicólogos, sexólogos, filósofos e outros mais).

        Leia mais a Bíblia, em oração, para que você conheça realmente o que é o pecado e o mal que ele faz na alma humana. Aí, então, você terá argumentos de ambos os lados, para questionar.

        O Senhor lhe abençoe

        1. a paz pastor,eu tenho uma dúvida meu marido pediu o divórcio eu nunca concordei pois não havia motivos, recentemente descobri que ele cometeu adultério com uma moça da igreja e que o filho que ela estava esperando é dele isso foi um caos pra mim, 0 que devo fazer neste caso pois ele já abriu o processo se eu assinar terei algum peso?

          1. Irmã, nesse caso é lícito o divórcio e não haverá condenação sobre você. Sobre ele, sim, mas sobre você, não.

            Assinando ou não, ele já não está mais em aliança contigo, pois escolheu o adultério e o divórcio. Você não deveria pedir, embora fosse lícito biblicamente, mas se ele pediu é porque não quer restaurar o casamento. Pode assinar sem culpa.

            O mais importante, porém, é que de coração você o perdoe, para que o pecado dele não venha a oprimi-la com raiz de amargura.

            O Senhor tenha misericórdia dele (e dessa mulher) e console seu coração, sustentando-a nas suas tribulações, é minha oração a seu favor, em Nome de Jesus.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s