Marido Bipolar

bipolar

PERGUNTA 

A paz do Senhor pastor! Preciso de um aconselhamento. Pastor, estou vivendo em prantos, choros, desamor, já passei maus bocado com meu marido que é cristão, hoje, descobri de tanta de todas as situações acontecidas, depois de tanto sofrimento, descobri que ele tem distúrbio bipolar. Pastor, o senhor deve conhecer essa doença: é terrível, tanto para o paciente como para os familiares e companheiros. Eu estou em um limite, eu sei que Deus tudo pode, mas não to sabendo por onde começar a orar, por onde começar a agir, de que forma proceder, não sei se vou aguentar tamanha pressão em minha vida. Tenho uma filha com ele de 6 meses, tenho orado muito pela vida dela, pois essa doença é hereditária. Pastor ele hoje já nao tem sentimentos, ele perdeu sua sensibilidade e isso está me matando, ele me trata como uma amiga, uma irmã, menos uma esposa, ontem me tratou mal ao telefone, eu já estou tão saturada que tomei uma atitude de pedir para me separar, mas ai depois já voltei atrás, pedi perdão ao Senhor. Ultimamente ele tem sido muito grosso, estúpido, não se comove com minha angustia e tristeza, tudo isso decorrente da doença. O que eu faço Pastor.. me ajuda por favor, to desesperada. Quero ter uma relação saudável e feliz, assim como é a promessa de Deus na vida do cristão. Aguardo ansiosa sua resposta. Deus continue a lhe abençoar! Bia

 

RESPOSTA 

Irmã, o fato de ter sido diagnosticado que é uma doença já é uma boa notícia. Antes você sofria os maus tratos, a violência e brutalidade e não sabia de onde vinha tanta perversidade. Agora já sabe. É da doença.

E, sendo uma enfermidade, há possibilidade de fazer tratamento psiquiátrico. Se não há cura, há pelo menos a possibilidade de se controlar a bipolaridade. Por isso, irmã, há esperança para você e sua filhinha.

Busque apoio em sua comunidade, em seus pastores. Busque orações, fortalecimento espiritual. Ponha seu coração e sua mente no Senhor, orando a Ele em todo tempo, alegrando-se com a palavra de Deus, a qual diz que a volta de Jesus é iminente. Breve nós estaremos livres do mal do mundo, pois Jesus está voltando para buscar a Sua Igreja. Alegre-se nessa promessa e nessa esperança.

E apóie seu marido no tratamento que ele precisa fazer. Se depender dele mesmo é possível que ele negue a doença e recuse ir ao médico, recuse tomar os medicamentos. Por isso a esposa é tão vital na vida de um homem e é para isso que você está onde está, nesse momento. Para ajudá-lo e apoiá-lo.

E que o Deus da esperança lhe encha de gozo e paz, segundo a sua fé no poder que o Espírito santo tem de transformar todas as coisas, inclusive seu casamento e seu relacionamento com o marido, é minha oração a seu favor.

José Adelson de Noronha

7 opiniões sobre “Marido Bipolar”

  1. Pastor falei com o Senhor, um tempo atras, para ser mais precisa o senhor me respondeu dia 04.12. está assinado com bia_fms

    Sinto necessidade de contar parte da minha historia, me separei Pastor, não tive escolher, ele disse que nao sente mais nada, e disse que nao dá mais certo, estava me rejeitando e tratando com muitaaaaaaaaaa frieza todo tempo.

    abaixo segue minha história:

    Estou precisando contar minha história à vc,s irmãos.. como um pedido de oração, como um desabafo, em busca de algumas respostas, eu sei que o Senhor está sempre pronto a nos ouvir, só queria ouvir de mulheres que passam por esta experiência.. tão dolorosa, tão dificil.. mas que eu Creio que a força do Senhor é o que nos sustenta.
    Irmãos.. tenho 28 anos, morava sozinha durante 3 anos, com uma vida meio desconsertada diante de Deus, andando em desobediência, um dia eu decidi renunciar a tudo aquilo que só me fazia mal, e consegui, fui tirando do meu caminho tudo o que não agradava ao Senhor e decidi esperar Nele.
    Já muito triste e decepcionada com os relacionamentos amorosos, estava vivendo p/Deus, ministérios, igreja, estudar, trabalho. Durante isso, orava ao Senhor, em busca de uma família, tinha um sonho de ter um filho, uma família.
    Passado-se alguns meses, chuegou um rapaz para morar ao lado de minha casa, Cristão, ficamos amigos, ele muito simpático, se mostrava muito temente a Deus, conhecia a bíblia do inicio ao fim, um homem muito inteligente, esforçado, romântico, atencioso, carinhoso.. um principe, um homem de Deus.
    Começamos a conversar, nos relacionamos e erramos com Deus, erramos conosco, não planejamos pecar, mas aconteceu. Estavamos nos planejando (juntando dinheiro) para casar em maio/2012. Com 3 meses de namoro descobri que estava grávida, depois de 3 quedas nossa.
    Foi muito preocupante para nós dois, muito mais para mim, não aceitava ter errado com Deus dessa forma, não sabia o q pensar, nos seguimos, contamos ao Pastor, toda igreja, tentamos consertar o erro diante de Deus, nos casamos.
    No dia do casamento ele passou mal (algo estranho aconteceu até hj não sei o que), ficou internado 3 dias na UTI, ficamos juntos, cuidei dele, ele queria casar ainda no hospital, queria sair de alta de todo jeito, porque queria consumar o casamento, essas eram as palavras dele. No dia 02.01.2012 teve alta, no dia 03 nos casamos.. o casamento foi lindo, cantamos um para o outro a musica de Leonardo Gonçalves, Quando Deus criou você! Foi um sonho se realizando em minha vida, cheguei a dizer para ele, vc veio para realizar todos os meus sonhos, casar, ter uma família, ter um filho.
    Passamos a morar juntos, ficamos bem uns 4 a 5 meses.. depois muitas coisas aconteceram, na verdade antes ja havia acontecido só que eu estava apaixonada demais a ponto de nao perceber a gravidade do que vinha acontecendo: atitudes insensatas, ele me magoava com historias que inventava de sua cabeça, e varias outras coisas. Conversavamos sobre, ele dizia q aquilo nao iria se repetir, e tempos depois outra coisa acontecia.
    para resumir: a minha gravidez foi muito dificil, no dia em que nossa filha nasceu, foi bem pior, a frieza era tamanha, no dia estavamos brigados, mas caramba a filha dele estava para nascer e ele queria viajar. Eu nao entendia, fiquei triste, mas me segurei por minha pequena, para que ela não sentisse nada.
    Eloá Samara é a minha princesinha, nasceu em 09.06.2013 ao meio dia.. voltamos para casa, e eu orando a Deus para que este homem fosse transformado, confesso ainda que fraquejei muito, pois não orei o quanto devia, nao jejuiei o quanto devia, deixei o Senhor sair do centro da nossa relação. (Mais uma vez falhei com Deus).
    Meus irmãos.. com 1 mês de Eloá, este homem saiu de casa, por um motivo fútil, criado e só entendido pela cabeça dele, porque até hoje ninguem compreende as atitudes dele. se for contar tudo, vai dá um livro aqui… resumindo, este homem me tratou mal, me humilhou, o homem que parecia um principe e um homem temente a Deus, passou a ser um descrente (em suas atitudes), passou a ser uma pessoa sem confiança, e eu lutando por minha família, acreditava que o Senhor tinha me dado aquela família.
    Fiz o possivel e impossivel para vivermos juntos e no final.. ele me rejeitava como mulher, dizia estar com problemas.

    Irmãos diante de todas as situações dificeis, fui pesquisar na internet sobre suas atitudes, descobri que ele tem disturbio bipolar, ão sou médica, mas tudo o que dizia, batia com ele, Tudo.. sem tirar nada. Conversei com os familiares, para convercermos a tratá-lo, conversei com o proprio, hora ele dizia que tinha problema, outra hora dizia que não dava mais p/ficarmos juntos.
    Uma semana depois de me dizer que sentiu minha falta, e que não conseguiu dormir sem minha presença, este homem, mais uma vez, me diz, não dá mais.
    Irmãos eu nao tinha escolha, estava morando em outra cidade, por conta dele, fiz toda minha mala e voltei p/minha cidade. Detalhe: Meus familiares tinham medo que acontecesse algo comigo, diante das atitudes insensatas que ele tinha, deixei tudo, familia (pais, irmaos, igreja) e fui tentar ser feliz com ele e minha filhinha que ainda estava com 3 meses.
    “Bom.. tenho grande temor a Deus, sei que honrei há todo tempo, enquanto estava com ele, e continuo honrando, sei que fiz de tudo o que podia ser feito, orei, entreguei ao Senhor, chamava-o para buscarmos juntos a presença de Deus, ele estava totalmente incrédulo, mas nao dava o braço a torcer, eu hoje irmãos entreguei ao Senhor tudo, mas tem dias que são muitoooooooo dificeis, hoje vivo eu e minha bebê, numa casa que aluguei, temos paz. Mas as vezes me pego questionando o Senhor, como é que uma historia que começa de uma forma tão linda, termina assim? Como e porque eu sofri tanto, ainda depois de tantas decepções em minha vida? Porque eu não podia ter a família que eu tanto sonhei? Porque eu nao tenho mais o amor do meu marido? Porque tanta falta de respeito, e consideração d aparte dele, enquanto eu orava para Deus restituir nossa familia, nosso relacionamento, ele estava na internet já a procura de outras. Agora.. ele já esta novamente na internet em busca de sei lá quem, vendo sites pornô (detalhe: isso ja aconteceu antes no primeiro casamento dele).
    Irmãos por favor orem por mim, eu preciso entender a vontade de Deus diante disso tudo. Eu necessito compreender e aceitar, o que Deus quer com tudo isso. Me ajudem em oração por favor, orem pela vida dele.. sei nome é Cristiano.
    Necessito ouvir a voz de Deus… me confirmando alguns sonhos que tive… me dizendo que o Senhor me honrará, com um marido abençoado, de Deus. Eu só quero ter certeza do que Deus quer de mim e fazer a sua vontade.
    vc,s me comprendem?
    Paz do Senhor!
    Fabíola Muniz
    Como vaso nas mãos do Oleiro…

    Curtir

    1. Irmã, que o Senhor tenha misericórdia dele e o cure e o restaure. Que o Senhor tenha misericórdia de você e a sustente enquanto aguarda. Que o Senhor tenha misericórdia de sua filhinha e a sustente em todas as coisas.

      Curtir

  2. Pastor estou eu aqui de volta depois de 3 meses…
    Pastor neste mesmo mês em que lhe escrevi, o meu marido me deixou, dizendo que não sente mais nada e que não dá mais para vivermos juntos, chorei muito, tentei de várias formas conversar e desfazer esse seu entendimento, mas infelizmente não consegui. No dia 22.12.12 sai de casa com minha filha e pastor pode acreditar não saia uma lágrima do rosto dele, não demonstrou nenhum sentimento, parecia um robô. Sofri, chorei muito, quase todos os dias.. hoje ainda sofro e agora muito mais pelas atitudes que ele tem tomado. Ele não consegue ser nem um bom pai, não liga pra saber da filha, não tem responsabilidade financeira em assumir os compromissos financeiros, em dar aquilo que a bebê necessita, é mesquinho com ela.. entre outras coisas.
    A família dele liga uma vez ou outra pra saber da menina… sabe quando a vida desmorona.. hoje a sensação que tenho é que não conseguirei mais sonhar. Não conseguirei mais amar..
    Tenho a impressão de que perdi muitooooo… perdi a minha comunhão com Deus, perdi alguns irmãos que tinha mesmo com amigos e irmãos verdadeiros mas que com toda a historia não me senti acolhida sabe, poucos me procuraram para aconselhar e sofrer o meu sofrimento assim como dia o evangelho.

    Primeiro, pastor queria saber como faço para voltar a ser a cristã que eu era, cheio de fôlego, cheia de vigor, fé inabalável, pois hoje me sinto fria espiritualmente. A igreja que fazia parte, não a tenho mais como um lugar bom para congregar, gostaria de respostas de Deus quanto a isso. De lá da congregação só um casal de amigos foram quem me acolheram e me deram muita força, até hoje dão.. e as outras pessoas que eu sempre tive como amigos, irmãos nada.. muito superficialmente de longe falam quando eu vou la na casa deles, vez ou outra um deles manda mensagem, enfim eu sei que o ser humano sempre vai decepcionar.

    Mas o que eu faço Pastor pra me reencontrar com o Deus que sirvo e que tanto amo… quero de volta fé.. o avivamento, já fui líder de célula e fazia parte de 4 ministérios e hoje essa vida parada, estagnada me deixa triste. Só estou visitando congregações lá perto de casa, mas eu quero voltar a congregar e ser aquela cristã que era antes de tudo isso acontecer em minha vida. Por favor .. me ajude!!!!!

    Enquanto ao meu casamento.. hoje tenho muitas duvidas.. depois de todo sofrimento e humilhação que passei.. se foi mesmo da vontade de Deus e hoje tenho dificuldade em definir o que é ou não da vontade do Senhor. Tudo parecia tão perfeito, tudo se confirmava.. eu era a pessoa mais feliz do mundo por ter uma família.. o meu sonho foi destruído.

    Me ajude Pastor.. por favor. Obrigada por ser benção em nossas vidas!!!! Deus lhe abençoe sempre!!!!

    Curtir

    1. Filha, me solidarizo com sua dor, sofrimento, tristeza e decepções. Mas não me solidarizo com sua falta de esperança, pois não podemos ficar com autocomiseração. Ter pena de si mesma é uma grande roubada.

      Tá ruim? Sim, com certeza, mas pior seria se tivesse que conviver com esse marido doente, bipolar por toda a vida. Assim, sozinha, pelo menos a sua preocupação passa a ser apenas com a filha e consigo mesma.

      Da mesma forma é ter que conviver com irmãos da congregação frios no amor e sem misericórdia. Melhor não tê-los por perto. Com eles o melhor é ter apenas os cumprimentos formais, mantendo relacionamento mais próximo com os que lhe amam de verdade, com apoio material, moral e espiritual.

      E, quanto a você, sabendo agora pela prática como são falhos e miseráveis os corações humanos, esforce-se para ter Cristo em sua vida, para que também o seu coração – tão falho como o de todos nós – seja transformado, pois há de chegar o dia em que estará forte espiritualmente e terá ao seu lado pessoas com sofrimentos semelhantes ao que está passando agora. Nesse dia, você saberá o quanto é importante dar uma palavra de apoio ao sofredor, ao miserável, ao infeliz.

      E, certamente, o Senhor, vendo seu coração disposto a apoiar, encaminhará os que sofrem para que você seja instrumento do Espírito Santo na vida deles. Eu creio nisso e oro para que o Senhor a encaminhe para perto de alguém que já passou por grandes sofrimentos e que poderá ampará-la, consolá-la e fortalecê-la.

      Volte para sua congregação, viva uma vida simples de cristã que precisa ser alimentada e tratada com o bálsamo de amor do Filho de Deus. Não se preocupe com ministérios nesse momento, mas apenas com deleitar-se na Palavra de Deus, nos louvores, na graça maravilhosa do Senhor Jesus Cristo.

      E peço que seja minha intercessora diária, pois também necessito de orações.

      Que a paz do Senhor Jesus, a qual o mundo não poderá lhe dar, seja no seu coração e na vida de sua filhinha, hoje e sempre.

      Curtir

      1. Amém pastor!!!!!
        O Senhor é um exemplo vivo do que é servir verdadeiramente a Cristo! Suas palavras são sábias e acalmam o coração!!!!!!

        Estarei sendo sim uma intercessora por sua vida e por esta obra tão linda que realiza em nome de Jesus!!!!!!

        Curtir

    2. Querida Fabíola,eu também tenho uma história semelhante a sua.
      Entendo sua dor e frutração.
      Se eu puder ajudar de alguma maneira.
      Segue meu email.
      josi.lubril@hotmail.com

      Abraço e fique firme em Jesus,ele nos ama e sabe de todas as coisas.

      Curtir

Os comentários estão desativados.