Aconselhamento

Página dedicada a quem necessita de

 aconselhamento ou tem dúvidas bíblicas.

 

Atenção:

Os temas Namoro, Casamento, Sexo e Vícios já foram tratados aqui exaustivamente, seja em forma de mensagens, seja nos comentários adicionais.

Peço aos amados irmãos que pesquisem no site essas mensagens e comentários, antes de colocar sua questão, pois ela pode ter sido respondida com razoável grau de precisão. 

Que a graça e a paz do Senhor Jesus esteja contigo.

116 opiniões sobre “Aconselhamento”

  1. A paz!!!! Fazem dez anos q luto pra q meu marido volte pra presença do Senhor. E cada vez fica pior, ñ vejo arrependimento nele e muito menos vontade de voltar aos caminhos do Senhor. tenho me levantando e levado nossos filhos a igreja. Ele por sua vez, ker ter vida de solteiro, as contas em kasa estão atrasadas, não se importa em manter a casa, deixa a desejar, não se preocupa com o futuro: pra ele andar a pé com uma lata de cerveja na mão basta… Não aguento mais, como Deus permite isso, pk ñ da um basta… ele se afastou dos caminhos do Senhor, eu não,. Casa vez mais me sinto humilhada, ele não aceita separação, não sai de kasa, e eu q sofro…Pk ñ tem vida, ñ tem relacionamento, ñ vou aceitar alguém q ker ter vida de solteiro. agora mesmo vi um comentário dele no facebook elogiando uma mulher,,, e ele ker q eu aceite. Ñ entendo eta situação… Deus tem abençoado minha vida, mas esta situação ta dificil pk ñ são 10 dias, nem 10 meses. SÃO 10 ANOS!!! To cansada…. Este ano me convenci de q ele ñ keria mudar, ñ tem nada a ver com satanas é a prórpia pessoa, fiz uma previdencia, passei em um concurso publico q estou aguardando chamada pro ano q vem… Pk Deus ñ me tira dessa??? me sinto escrava dentro de um relacionamento. Dialogfar é impossivel com ele ( ele se faz de vitima e começa a gritar e xingar feito um loko ) ME AJUDE SOCOOOOOOOOOOOOOOORRRRRRRRRRRRRRROOOOOOOO

    Curtir

    1. A paz do Senhor irmã Simone. Interessante seu comentário porque nos leva a meditar na pessoa do Espírito Santo que nos foi enviado para nos conduzir a Cristo, servindo de Penhor até a volta do Senhor Jesus.

      O Espírito Santo tem que conviver conosco, pecadores, sem poder apartar-se em hipótese alguma. Ele se entristece, mas não pode apartar-se. E muitos de nós pecamos sem qualquer arrependimento, como você diz, sem reconhecermos nossos erros e pecados.

      Espírito Santo, tenha misericórdia de nós, pecadores que te trazemos tanta tristeza quando insistimos em pecar, sem importar-se com a Sua tristeza e santidade!

      Irmã, não desista de seu casamento e nem de seu marido, pois em Deus há esperança para ele.

      Que o Senhor tenha misericórdia dele e e o liberte desse mal, abrindo-lhes os olhos para a vida medíocre que tem levado e para as bênçãos que está perdendo em casa. em Nome de Jesus.

      Curtir

  2. Oi Pastor a paz do Senhor Jesus.
    Sou casada no civil a 3 anos e meio, tenho 25 anos e um filho de 5 meses, sou diaconisa e ministra de louvor na igreja onde congrego.
    Meu marido tem 29 anos, é levita desviado.

    Pastor em primeiro lugar quero te parabenizar pelo seu trabalho aqui, pude ler alguns comentários e vejo que o senhor é bem prudente nos seus aconselhamentos, vejo que é tudo muito correto com base bíblica e com direção do Espírito Santo.

    Minha história é essa…

    Eu não nasci em berço evangélico mas meu marido sim, meus pais e familiares são até hoje católicos só a minha mãe que se converteu ao evangelho quando eu ainda era pequena, mas a minha mãe ainda precisa de muita libertação, meus sogros são separados mas não divorciados, meu sogro era presbítero mas devido a falta de sabedoria da minha sogra ele saiu de casa e foi morar com outra mulher.

    Eu cresci um pouco a vontade e por causa disso fui apresentada ao sexo cedo, meus pais não tinham sabedoria para me criar me deixavam brincar na casa de colegas e na rua e durante essas brincadeiras rolava umas brincadeiras eróticas, mão naquilo, aquilo na mão e boca naquilo… Não rolava penetração… Fazíamos tudo escondido dos nossos pais, a gente gostava de fazer aquilo, e eu praticava isso com meninas e meninos… É pastor te falo com tristeza isso porque cresci dessa maneira, praticando essas coisas, vendo filmes pornográficos eu sabia que se meus pais visse eu ia apanhar mas não tinha noção de onde isso ia me levar. Conheci Jesus ainda criança passei a minha vida toda indo e voltando da igreja mas nunca me firmava e batizava. Aos 15 anos perdi minha virgindade com um rapaz mesmo sabendo que era pecado de fornicação, eu não era crente batizada mas ele sim e ainda tocava no ministério de louvor, chegamos a ter vida de casados morei algumas vezes na casa dele devido a algumas circunstâncias (brigas com a minha mãe) o pai dele pagou uma casinha para eu morar na época porque minha mãe havia me expulsado de casa e ele dormia lá comigo mas não me assumia como sua mulher. Eu nunca dei motivos sérios a minha mãe para ela chegar a esse ponto ela me expulsava porque ela achava que eu já era mulher e podia me virar, mas eu só era uma menina. Cansei desse namoro que só me trouxe tristeza e terminei e caí no mundo conheci outros caras tive relação sexual com vários deles até sexo com dois homens eu pratiquei… Só nunca fui lésbica nem me envolvi com drogas… Aos 17 anos eu conheci meu marido. Meu marido me conta que mesmo ele na igreja tocando e batizado ele tinha vida sexual ativa com algumas meninas inclusive até com filhas de pastores, (escondido é claro) e uma dessas ele namorou com ela quando ele era bem novo chegaram a morar juntos e tiveram uma filha mas eles não se casaram no civil nem na igreja, quando aconteceu isso eles eram do ministério de louvor. Conheci ele no mesmo bairro que eu morava quando eu tinha 17 anos e ele já bebia só não fumava, saíamos para as baladas juntos até que decidimos namorar sério depois que eu voltei de onde eu estava morando e quando eu voltei ele estava bebendo muito cerveja não tinha dia nem hora pra beber e ele aprendeu a fumar. Com menos de um ano que a gente estava namorando fomos morar juntos e antes de completar um ano que estávamos morando juntos eu renovei minha aliança com Deus e finalmente me batizei, muitos dizia que eu não deveria me batizar antes de casar mas os meus pastores não via mal nisso então me batizei, mais meu marido continuou no mundo bebendo e fumando e saindo direto e eu ia junto com ele pra acompanhá-lo mas não bebia nem dançava nem fumava, eu estava decidida a permanecer no caminho. Eu fui morar com ele porque meu relacionamento com a minha mãe não era bom e ela havia me expulsado de casa já várias vezes e por várias vezes eu morei de favor. Quando completou um ano que eu estava morando com meu marido decidimos voltar a morar separados para tentarmos comprar uma casa e casar no civil, queríamos sair do aluguel e casar direitinho, então voltei a morar com a minha mãe e ele com a dele, eu quis fazer um voto com Deus de até o casamento não transar pois eu estava muito focada na minha caminhada cristã e não queria mais aquela vida de pecado para mim eu queria casar direitinho tudo como mandava o figurino. Ele aceitou e tudo e até ficamos uns meses sem sexo mas devido a eu e minha mãe não estar se dando bem minha mãe mais uma vez me expulsa de casa não porque eu era má filha ou fiz algo de grave para ela chegar nesse ponto ela fez só porque eu contei ao namorado dela com ela me tratava e ele ficou com raiva dela e esse foi o motivo dela ter me expulsado. Ai fui morar numa casa de favor e meu marido e eu decidimos colocar os papéis do casamento pra correr e ele mandou eu procurar uma casa pra alugar, eu resisti várias vezes mas devido a muita insistência dele voltamos a transar antes da casa ser alugada, achei a casa, alugamos ela e ele estava disposto a casar comigo formar uma família… Enfim nos casamos.

    Meu casamento não foi forçado, antes de tomarmos essa decisão conversamos muito, eu fui ter meu filho depois de 2 anos de casada no civil com ele, eu dizia a ele que queria trabalhar na obra de Deus e não queria viver no pecado e ele quis tudo numa boa ele sempre disse que me ama e que eu sou a mulher da vida dele e ele não me proíbe de fazer nada na casa de Deus até hoje. Antes quando começamos a morar juntos assim que eu renovei minha aliança com Deus meus pastores disseram para eu não me casar com ele porque ele bebia a e fumava me aconselharam a eu terminar com ele e esperar ou Deus fazer a obra na vida dele ou eu encontrar um rapaz de Deus pra casar.
    Mas pastor quando eu conheci meu marido tanto eu quanto ele estávamos no mundo, meu marido já havia me acolhido quando minha mãe me abandonou e eu tinha uma gratidão por ele muito grande eu também o amava e hoje eu tenho descoberto mais ainda o que é o amor com ele… Eu não podia simplesmente deixá-lo como se nada nunca tivesse acontecido só porque eu tinha virado crente sinto que ele precisava de mim… das minha orações… E foi isso que eu fiz casei com ele e passei muitas lutas e ainda passo porque ele ainda bebe e fuma e todo final de semana ele quer beber e quer que eu vá junto. O tempo passou e quando eu engravidei ele renovou sua aliança com Jesus e voltou a tocar e ele tocava e eu cantava ele ficou um ano na igreja no mesmo ministério que eu foi até líder do ministério de louvor, ele teve 3 recaídas com a cerveja durante esse tempo nas duas primeiras nosso pastor deu um voto de confiança a ele deixando ele voltar pro ministério mas na terceira e última faltando um mês pra eu dar a luz ao nosso filho ele caiu meu pastor colocou ele no banco e ele não voltou mais nem frequentar mais a igreja ele frequenta… Meu mundo caiu eu fiquei desanimada espiritualmente achei que Deus não ia permitir mais que isso acontecesse a sensação foi como se cada oração e busca teria sido em vão, eu fiquei mal no meu ministério quase não cantava mais, me senti envergonhada, derrotada… Sabe pastor ele bebe uma vez por semana aos finais de semana, as vezes eu vou as vezes não e quando eu não vou ele chega de madrugada fico chateada a gente se desentende e eu peço a ele pra ele não fazer mais isso ele disse que eu conheci ele assim e que se eu não quiser ficar em casa é pra eu ir com ele, mas eu não gosto de ir, já sentei com ele e conversamos sério sobre isso mas ele disse que não aceita ficar na igreja sem beber porque ele acha que é regra do homem e que a bíblia não condena isso satanás colocou essa mentira e engano na cabeça dele, quando ele estava estava na igreja ele orava pouco e ler a bíblia então quase nunca só na igreja, hoje em dia ele nem fala em voltar pra Jesus mais antes ele até falava e até admitia estar errado em estar bebendo e fumando mas hoje nem isso ele fala ele acha que está certo. Pastor contudo isso eu amo o meu marido e continuo orando por ele para sua total libertação desses vícios e para que Deus o transforme num homem de Deus, eu quero ser feliz criar meu filho num lar cristão diferente de tudo que eu vivi e ele também, quero que Deus mude isso para poder eu mostrar pra minha família um bom testemunho, mas as vezes sinto que ele não vai mais mudar… Sinto que tô pagando o preço de ter fornicado, de ter casado com um homem desviado sendo que na época meus pastores disseram que eu corria esse risco de sofrer mas eu estava disposta a pagar o preço porque eu o amava e não achava justo largá-lo só porque eu havia virado crente. As vezes eu vejo casais que casaram virgens e na presença de Deus tão felizes e caminhando juntos e sinto que eu posso até nunca mais poder experimentar essa vida de ter toda a minha casa servindo a Deus. Pastor o que o senhor acha disso tudo? Será que eu vou pagar um preço pro resto da vida? Devido o meu marido ter tido uma filha contribui? Eu canto e ele toca e eu tenho chamado e promessa de CD o senhor acha que a possibilidade de Deus usar de misericórdia e nós ainda termos um lindo ministério juntos? O senhor acha que eu preciso passar por um trabalho de quebra de maldições? Meu marido é um homem que parece que nunca teve o temor de Deus de verdade e ele comete os erros e eu não vejo ele sofrer as consequências de nada ainda moramos de aluguel não temos um carro meu marido ganha super bem mas o dinheiro dele não rende por causa do gasto ilícito porque ele era dizimista e hoje não é mais… Perdemos muitas bênçãos por causa da saída dele da igreja mas ele não enxerga isso. O que eu faço pastor?

    Curtir

    1. Filha, seu texto é longo, mas a resposta é curta: permaneça casada, orando e crendo no poder de Deus que a tudo pode transformar. Assim como Jesus transformou água em vinho de excelente qualidade num casamento, ele também pode transformar, em seu casamento, lágrimas de dor em lágrimas de alegria.

      Não brigue com seu marido, mas em silêncio, ganhe-o para Cristo. Não fique pensando em ministério disso ou daquilo, mas apenas em estar próxima de Deus, esperando que Ele lhe honre no devido tempo.

      Eu oro e peço ao Senhor que converta o coração de seu marido, que traga a ele luz sobre as trevas e que ele tenha experiências para arrependimento e rendição ao Senhor Jesus, assim como foi com o apóstolo Paulo, em Nome de Jesus.

      Curtir

      1. Pastor muito obrigado pela resposta!

        Resposta sábia a sua!

        Encheu meu coração de paz…

        Tenho outra dúvida…

        Eu mencionei que as vezes eu saio com ele e as vezes não mas te afirmo que não danço, não fumo nem bebo nada saio crente e volta mais crente ainda porque eu tomei nojo total das coisas mundanas.
        O senhor acha que eu devo acompanhar ele por questão de sabedoria?

        Ele faz questão que eu vá, gosta da minha companhia, se ele vai sozinha eu fico em casa preocupada e triste e imaginando mil coisas só vou dormir quando ele chega o que devo fazer nesse caso?

        Curtir

        1. Irmã, a Bíblia orienta que não devemos ser demasiadamente justos e nem exageradamente sábios para que não venhamos a nos auto destruir (Ec 7:16).

          Jesus andava com pecadores, entrava em casas de pecadores, comia e bebia com pecadores. Mas Jesus não pecava, porque em seu coração Ele era abençoador por natureza. Ele ia com eles por amor a eles e para falar-lhes do Reino de Deus.

          Você não precisa sair sempre com seu marido, mas eventualmente deve ir sim, para alegrá-lo. Pode até dançar com ele sim, desde que não sejam danças eróticas ou de conteúdo sensual. É seu marido, que mal há em dançar com ele? Que mal há em sair com ele? Tudo feito com moderação é sábio e a mulher sábia edifica a sua casa.

          O Senhor continue lhe abençoando e dando-lhe sabedoria, em Nome de Jesus.

          Curtir

          1. Amém pastor, mais uma vez muito obrigado pela resposta, a palavra sempre sábia, o que me chamou a atenção no senhor foi isso todos os conselhos dados com base bíblica por isso o povo peca por falta de conhecimento. Estou ansiosa pela resposta do próximo conselho que eu pedi em relação a minha saída da igreja em que eu estava congregando. A paz do Senhor!

            Curtir

      2. Pastor a paz novamente!

        Eu estou arrasada com algo que me aconteceu essa semana.

        E gostaria de te pedir um conselho novo.

        Pastor na minha adolescência Deus usou alguns vasos para me dizer qual seria o meu chamado, (no caso na área do louvor) e ao longo dos anos Deus vem confirmando e a exatamente dois anos atrás conheci um casal de pastores que me deram oportunidade de fazer parte do ministério de louvor e Deus começou a me usar e a me capacitar tremendamente.

        Pastor a mais de dois anos atrás eu estava congregando numa igreja onde tinha dois casais de pastores, mas eu me identifiquei somente com um dos casais, eu até falava que o dia que eles abrisse uma filial dessa igreja eu iria acompanhar eles porque eu gostava muito deles e Deus me mostrou que era eles que iam cuidar de mim espiritualmente dali pra frente e eu orava nesse sentido pra Deus me dar um casal de pastores presentes na minha vida pra cuidar de mim e do me marido….

        Mas não foi bem assim que aconteceu, devido a algumas desavenças entre os dois casais de pastores o meu atual pastor e sua esposa resolveu sair desse ministério e montar outro, e eu saí junto com eles disposta a ajudá-los, paguei um preço junto com eles porque falavam muita coisa de mim por causa deles e quando saímos não tinha igreja e nada pronto, mas devido a nossa busca Deus disse que em 90 dias daria o local e tudo que a igreja precisasse para funcionar e dito e feito Deus fala e Ele cumpre! E Ele disse mais que iríamos para o olho do furacão ou seja, as pessoas daquele bairro precisava muito de libertação. Quando começamos foi maravilhoso eu era a única ministra de louvor, cantava sozinha e sempre peguei ônibus porque eu morava longe mas não faltava um culto, logo depois meu marido entrou para o ministério e íamos juntos e Deus me usava muito….

        Eu e meus pastores eram muito ligados eu frequentava a casa deles e eles a minha e depois que a igreja começou a lotar começou a rolar ciúmes por parte das ovelhas e meus pastores parou de sair com o pessoal do começo que incluía eu e mudaram um pouco com a gente.

        Por diversas vezes nós que iniciamos com eles tentamos conversar com eles para saber o porque que eles tinham mudado mas todoa vez que rolava esse assunto nos aborrecíamos.

        Os meus pastores começou a colocar gente que tinha acabado de conhecer no ministério ou seja colocou muita gente despreparada (gente doente cuidando de gente doente) e começou a ter muita fofoca na igreja, disse me disse, contendas, para o senhor ter uma noção até gente em adultério estava no ministério sem ir pro banco, eu comecei a ver minha pastora envolvida em fofocas e daí então eu comecei a mudar minha visão sobre eles.

        E foi horrível porque eu já não queria mais nem fazer parte do ministério nem da igreja em si. Entrou outra menina no ministério de louvor que canta muito bem como eu, eu fui uma que incentivei a entrada dela e estimulava ela a ministrar, mas sabe aquelas pessoas cheias de individualismo que só quer o altar pra ela e queria brilhar mais que Jesus, e quando meu marido se afastou eu fiquei muito abalada não queria mais cantar direito sentia falta dele comigo e logo veio o parto eu me ausentei um pouco das minhas atividades e essa menina começou a ir aos poucos tomando o meu lugar, não que eu queria ser a única até mesmo que eu orava pra Deus mandar novos músicos e cantores mas dividir o altar com alguém que quer somente cantar era muito difícil pra mim porque eu queria ministrar a cura a libertação a novidade de vida e a pessoa só pensava em escolher os melhores louvores para mostrar sua voz enfim…
        Comecei a me aborrecer com o filho da pastora que também é do ministério de louvor mais não tem postura de crente fala palavrão escuta música do mundo posta um monte de coisa imprópria no facebook, tem namoros impróprios e fora outras coisas e quando eu ia falar com a pastora sobre ele ela não aceitava de jeito nenhum e ele tocava sem cear sem ir para EBD enfim… Ele tinha regalias que nós não tínhamos porque os pastores não queriam de jeito nenhum ele fora do ministério de louvor ela prefere ele lá agindo dessa forma do que fora.

        Por fim quando eu dei uma ausentada eu sempre deixei meus pastores cientes de tudo e começaram a inventar fofoca sobre mim e eles acreditaram tanto que eu pedia sempre a eles um tempo para conversar e acertarmos algumas coisas mas nunca tinham tempo mas pro povo que não queria nada eles sempre tinham, faziam gabinetes até na hora da palavra, mas foram falar que eu estava falando mal deles do filho deles e da igreja rapidinho eles marcaram um gabinete e mal me ouviram só eles falavam dos meus erros o tempo todo mas não reconheciam os deles…

        Sabe pastor eu amava essa igreja vestia a camisa da obra cavei muito poço com eles lutei e sofri com eles no início eu louvava abortando meu primeiro bebê mas sempre estava ali de pé e no final me descartaram começaram a não fazer mais questão e mesmo me conhecendo a fundo foram acreditar em fofocas sendo que eu não falei nada fiz até alguns comentários mais nada sério e distorceram tudo pra eles e essa semana eu pedi minha bênção pra sair de lá e agora estou aqui esperando em Deus para me direcionar a outra congregação o senhor acha que eu tomei a decisão certa?

        Até falei com Deus que não foi a melhor decisão mais também não foi a pior, sair porque eu não aguentava mais ver tanta falsidade e hipocrisia por parte do povo do ministério, e ver um querendo derrubar o outro para estar no lugar do outro que foi conquistado com tanto sacrifício fora os que conquistavam a confiança dos pastores falando mal do irmão, a igreja virou um antro de fofocas, contendas…. Por isso eu tomei essa decisão de sair… Meu pastor hoje me nadou a seguinte mensagem pelo wathsapp…

        “Você tomou uma decisão precipitada mas já entreguei nas mãos de Deus”

        Fiquei chocada eu em casa triste e arrasada e ele nem me pergunta se eu estava bem ou quisesse uma visita nem a paz e bom dia ele me deu…

        Quando eu saí eu tive a plena convicção de que eu não tinha amigos ali ninguém me ligou ao menos para perguntar se eu estava bem nem os próprios pastores e nem a menina do ministério de louvor que sempre me mandava mensagem na verdade ela estava mesmo esperando que eu saísse para ela ficar sozinha porque era tudo que ela e o marido diácono queria. Nem o líder do ministério de louvor que dizia que gostava de mim muito me mandou uma simples mensagem tô chocada com a falta de consideração das pessoas.

        Curtir

        1. Irmã, a graça e a paz do Senhor lhe sejam multiplicadas.

          Uma casa dividida não pode subsistir, diz a Palavra de Deus. Esse casal de pastores que se desentendeu com a antiga congregação está em desacordo com a vontade de Deus, que é a união de Seus filhos. Por isso, vocês que saíram com eles, também estão em desacordo e sofrem as consequências.

          Os membros de lá são todos imperfeitos mesmo. Assim como os membros de todas as outras congregações, pois ninguém é perfeito. Não guarde mágoas e nem tristezas contra pessoas, pois você é quem sairá com sua alma envenenada, com raiz de amargura.

          Uma coisa é importante: que você congregue. Não fique em casa sozinha, pois aí sim você se deixará abater mais ainda. Por que você não volta à antiga congregação? Se arrependa e volte.

          Ou, se preferir buscar uma terceira congregação, vá à sua congregação atual, peça perdão aos seus pastores, ao mesmo tempo que lhes perdoe, e saia debaixo da bênção. Não saia de lá brigada ou com mágoas e tristezas no coração. Quanto ao seu ministério, confie em Deus e Ele mesmo é quem lhe abrirá as portas para exercê-lo com alegria.

          Curtir

  3. Boa noite pastor!
    Tenho uma dúvida para tirar!!!
    Pastor, sei que existem pessoas que são escolhidas por Deus e no entanto se deixam corromper na caminhada. Eu tenho algumas dúvidas em relação a “falsos profetas” e tb aqueles q Deus realmente escolheu, mas se corrompeu!!!
    Pastor, hoje em dia vemos muitos sites “gospel” que nada mais são do que uma rede de fofocas.. apontando e julgando atitudes de pastores ou de homens que levam o evangelho de Deus; Eu sei que existem muitos homens e mulheres que não são escolhidos de Deus, são aqueles que se intitulam “pastores”, mas apenas para arrecadar com as ovelhinhas. Por outro lado, tem aqueles pastores (muitos famosos, passam culto na tv) que você, a princípio, até via ser usado por Deus, era alguém com sabedoria, que levava uma palavra que toca ao coração, era (ou ainda é) usado por Deus.. mas consequentemente com o crescimento da igreja (e com o aumento de dízimos e ofertas) vemos uma verdadeira ostentação de bens, ou aquele “ar” diferente.. o qual não fazia parte antes. Parece que se corrompeu, decidiu servir ao dinheiro. Algo que eu não compactuo, não sou contra um homem de Deus ser bem de vida, não mesmo, eu queria isso para todas as pessoas. Mas sou contra, a perca da simplicidade, aquela simplicidade que Deus diz sobre o semeador da palavra.

    Pastor, sei que somos todos humanos e estamos sujeitos a falhas. Nós, como irmãos, acreditamos na mesma fé, no mesmo Deus e na mesma Palavra, devemos ou não, orar por esses irmãos que perderam o foco em Deus e estão se ‘desviando’ pouco a pouco do caminho da salvação? Estão perdendo a simplicidade e se deixando levar pelo o dinheiro, pela a ostentação……

    Minha outra dúvida pastor, é em relação a certos falsos profetas (que o povo diz ser). Pastor, existe uma igreja, não ou citar o nome pq fica feio, mas ela é bem famosa mundialmente, só que infelizmente o seu “dono” já foi filmado ensinando a roubar os fiéis… todas as pessoas do mundo, q não são evangélicas e odeiam a igreja, usam do exemplo dele pra dizer q os pastores são ladrões. Mas pastor, Jesus disse q qm não ajunta não espalha, ou algo parecido rsrs … vc não acha que muitas pessoas chegam a Deus por eles? Conhecem esse caminho por eles? Mesmo q tenham essa fama… quantas e quantas pessoas não conheceram Jesus através deles? Sei q com o tempo, com o discernimento de Deus, talvez a pessoa até vá p uma igreja “melhor”, pq o evangelho pregado lá as vezes é “depurtado”…..

    Eu fico em dúvida com essas coisas… qnto puder, me responda!!

    Deus abençoe

    Curtir

    1. Irmã Bianca você esta certíssima em dizer que há verdadeiros homens de Deus que se desviam da sã doutrina, assim como há falsos homens de Deus, ambos na seara, trabalhando. Aqueles, por alguma razão, perderam o foco, caíram, mas ainda tentam voltar à pureza e santidade originais. Eles necessitam de oração e intercessão, para que sejam restaurados. Estes, por interesse pessoal, seja de fama ou dinheiro e também necessitam de oração e intercessão, para que se convertam e sejam santificados.

      O apóstolo Paulo recomenda que oremos pelas autoridades, para que tenhamos vida mansa e pacífica. E ele não está falando apenas das autoridades civis, mas de todo tipo de autoridade, inclusive pastores, padres, chefes e até pais. Por isso todo cristão deve orar pelos seus líderes espirituais, assim como pelos que, de alguma forma, os edificam por meio de outros ministérios, seja na TV, na internet ou em literaturas diversas.

      O amor ao próximo é o cumprimento da Lei. No amor ao próximo, seja ele merecedor ou não, está a prática cristã em sua integralidade. No mesmo capítulo 13 de Romanos, que fala da obediência à autoridade, o apóstolo fala que não devemos ficar devendo coisa alguma a qualquer pessoa, a não ser o amor, pois por mais que amemos, ainda seremos devedores no que tange ao amor. Ninguém peca por amar e amar muito.

      Por isso, vendo um líder espiritual que não anda segundo a sã doutrina, interceda por ele, de todo o seu coração. E também, vendo um líder fiel e tementer a Deus, ore por ele, pois ninguém que está de pé está isento de cair. Aproveitando, ore sempre por mim também e seja o Senhor a recompensá-la abundantemente.

      Sei de qual denominação a irmã se refere e tenho a firme convicção de que há muitos ensinos deturpados lá sim, mas eu vejo essa denominação como um pronto-socorro para os aflitos.

      Muitos que vão lá pela primeira vez estão indo atrás de bênçãos terrenas, como restauração de lar, de saúde ou prosperidade. Estão errados? Isso depende de cada um, individualmente. As pessoas podem terem seus lares restaurados, abençoados até à morte, mas sem arrependimento dos próprios pecados morrerão perdidos. Assim também com a saúde. Poderão ser curadas das enfermidades mais terríveis, mas sem arrependimento, morrerão de velhice, mas perdidas. E nem preciso falar da prosperidade material.

      O que, na verdade, todos nós precisamos? De salvação da nossa alma! Quem vier para Jesus apenas por causas das coisas desta vida, será a pessoa mais miserável de todas: “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens” (1 Co 15:19)

      Eu espero que aqueles que vão lá por alguma razão terrena encontrem a verdadeira Pérola, o verdadeiro Tesouro, que é Jesus Crucificado por amor a eles. E espero que se convertam e sejam salvos.

      Eu oro e peço ao Senhor que continue lhe abençoando, irmã e lhe direcionando os passos pelo Caminho, em Nome de Jesus. Não gosto de aconselhar livros, pois o nosso tempo é curto e devemos gastá-lo no que é pão, isto é, na Bíblia Sagrada, mas quero te recomendar um: O Peregrino. É um livro clássico do cristianismo, escrito há mais de 300 anos e muito bom. Compre-o e leia com carinho e te asseguro que você não se arrependerá.

      A Graça e a paz do Senhor Jesus esteja contigo, hoje e sempre

      Curtir

  4. Boa Noite Pastor. Nasci em berço evaNgelico, sofro desde a epoca da escola, por me acharem bonita, sempre tive serios problemas, ha 5 anos atras, fui aliciada por duas vezes por uma pessoa da minha familia, inclusive casado e se diz evangelico, as vezes me perguntou porque que justo eu fui passar por isso, eu sempre fui uma menina reservada nunca deixei ninguem tocar em mim, nunca fui de balada, sempre pedia a Deus que me protegesse que nada de ruin acontece, tem horas qe me da vontade de desistir de tudo me da vontade de chorar, me pergunto o PORQUE aconteceu isso O QUE É QUE FIZ DE ERRADO, tenho vontade as vezes de sair de casa de sair da igreja, tenho poucos amiigos…
    Desde o ocorrido nunca mais consegui ser a mesma pessoa, hoje com 20 anos solteira, ja tive varias experiencias familiares de decepçoes, e por eu ja ter passado o que passei, não consigo me relacionar com ninguem, brinco bastante com homens, ja feri um que era meu melhor amigo e hoje nem olha na minha cara, E outro por brincadeira; tentei engatar em um relacionamento com uma pessoa evangelica mas não consiguia confiar nele, ele tinha muito ciumes de mim e não me deixava trabalhar, acabei terminando; E quando mudei de trabalho ha exatamente 1 e 2 meses, no 1 mês de trabalho enfrentei serios problemas de saude com uma pessoa da familia, tendo que faltar por quase 1 mês, nesse periodo meu chefe catolico, solteiro, foi o que mais me apoiou e me deu chance de continuar na empresa, pois o rh tinha praticamente me demitido, e ele brigou para que eu continuasse. O tempo passou fui o conhecendo um pouco mais, e ele contando um pouco de sua vida, sempre confiou em mim, soube que ele sofreu em um relacionamento de quase 3 anos e não consiguiu mais se relacionar a ninguem, sempre brincava com os outros que ele seria meu pai na empresa, pois eu era a mais nova. Hoje ele trabalha em outra empresa, e desde que ele saiu a gente se viu poucas vezes, e ex dele que eu não o conheço chegou a dizer aos amigos que ele é gay pois o relacionamento que teve com ela ele nunca queria fazer sexo. Ate hoje sempre me aconselha a não desistir, me ajuda muito. Somos amigos, nunca entramos em outro assunto, pois ele me disse que tem muito medo pq ninguem mais quer coisa seria, e sempre falava para os homems da empresa q eu era mulher pra casar, e se um dia alguem quizesse algo comigo teria que pedir a ele…não sei tenho medo de feri-lo, ele sempre diz que fara de tudo pra eu estar na msm empresa que ele. Não sei se o que sinto por ele é sentimento de amor ou amizade…Sou uma pessoa muito brincalhona, sou querida pelos meus clientes, e pelo pessoal da minha equipe, mas os homens ficam muito no meu pé, falam que eu sou tudo o que os eles querem ter “gostosa” simpatica, alegre e decidida e as vezes mandona. Niinguem acredita que sou virgem por eu ter um corpao por genetica, as vezes tentao me beijar, passam o dia todo me pedindo pra sair, homens casados tambem…eu não sei mais o que faço pra fugir deles, e sei la passar a confiar mais nas pessoas. Me ajude Pastor.

    Curtir

    1. Filha, você pode ser simpática e expansiva com as pessoas, mas sem perder o respeito delas.

      Quando perceber que alguém está te cantando ou extrapolou nas palavras ou atitudes, aberta ou veladamente, dê um fora imediatamente. Diga que não gostou, que não gosta desse tipo de atitude. Fale um “não” que seja verdadeiramente “NÃO!”.

      Quanto ao parente que lhe aliciou, perdoe-o e ore por ele, pois ele está mais perdido que você.

      E quanto ao seu ex-chefe, desenvolva amizade com ele, para ver se há afinidades entre vocês, se ambos tiverem temor de Deus no coração e se ele amar mais a Cristo do que a religião, ele pode vir a ser um bom marido.

      O Senhor te abençoe e guarde de todo o mal e te direcione os passos, em Nome de Jesus.

      Curtir

  5. Traição de amiga e namorado.

    Pastor gostaria de uma orientação, há dois anos atras estava passeando com uma amiga, ambas somos evangélicas, quando conhecemos dois rapazes estrangeiros, não evangelicos, no dia seguinte saimos para passear com eles, e foi somente um passeio, acabei me relacionando com um deles, mas não contei a minha amiga, embora ela percebesse o interesse entre nós dois, ele nao e da minha cidade, alguns dias depois foi embora e voltou alguns meses depois a trabalho, quando nos reencontramos, e passamos um ano nos relacionando a distancia e nos encontrando somente algumas vezes quando podiamos. Minha amiga demonstrou um certo interesse nele e sempre fazia comentarios em tom de brincadeira insinuando que tive algo com ele e escondi. Agora o reencontrei e ele me disse que ela nao era minha amiga, pois ficou com ele em uma das vezes que esteve aqui, que disse a ela que estava se relacionando comigo mas mesmo assim ela se relacionou com ele sexualmente, segundo ele isso aconteceu somente uma vez, e segundo a forma de pensar dele, eu nao posso cobra-lo porque na epoca nao tinhamos um relacionamento assumido. Isso me magoou muito, pois se tivessem me contado eu teria me afastado dos dois e evitado muitos problemas que tive com ele depois alem disse eu a ajudei muito em periodos que ela precisou. A questionei sobre isso e ela nega veementemente, dizendo que ele e mentiroso, e que eu devo orar. Fico muito confusa, ele foi um mal carater mas eu o amo e sinto falta dele, ela teve atitudes que me fazem acreditar que possa ter feito isso, mas nega, e eu gostava muito dela como amiga, e eu nao quero ser injusta, nao sei o que pensar, tenho quase certeza que e verdade,. Sou uma mulher adulta, de mais de 30 anos, mas nunca passei por tal situação e nao consigo ver essa atitude com naturalidade como ele, so porque nao eramos namorados assumidos nao quer dizer que poderiam fazer isso, sinto-me decepcionada e enganada. como devo agir em relaçao aos dois?

    Curtir

    1. Irmã, coisas espirituais se resolvem espiritualmente. Mentira é coisa espiritual e se não há testemunhas ou forma de comprovação sobre quem está falando a verdade, então somente Deus pode pôr luz nessa dúvida sua, por meio de oração.

      Mas se você estiver se relacionando com ele sexualmente, também está em pecado e aí não pode pedir a Deus que faça justiça com relação a eles sem também ser submetida à justiça de Deus, pois com a mesma medida com que julgamos, seremos julgados também.

      Curtir

  6. Olá pastor, queria tirar uma dúvida.

    Eu queria entender pq o ser-humano em geral é tão indiferente com a vida dos animais. Sou um pouco suspeita pra falar, pq eu amo muuuuito a natureza e os bichos, mas eu consigo ver a essência, o amor de Deus no olhar dEles…. é lindo, é puro, é verdadeiro, é um amor sem interesse, um amor sincero, algo que só poderia vir do Ser que é puro amor: Deus. As pessoas são tão “cegas””, buscam a felicidade a todo o custo, só que não entendem que para ser feliz não precisa de muito.. é só você ver um céu azul, com aquele sol maravilhoso, uma arvore, as flores…as plantas, os animais, o carinho deles.. cada um vivendo do seu jeitinho… coisa mais linda do mundo… Posso contar vários casos de pessoas que maltratavam os animais e pagaram muito caro… e pq será? pra mim é incoerencia alguém pregar amor e maltratar os animais.. não combina.

    A minha dúvida é: Pq a maioria das pregações e estudos dos evangélicos inferiorizam os animais? e alguns (ou muitos) se atrevem a dizer que gatos são do diabo. Posso dizer porque já conheci, frequentei e ouvi todo tipo de incoerência e asneiras em igrejas pequenas onde se conhce de forma mais íntima as pessoas. Inclusive o R.R. Soares um dia disse que não gostava de gato, influenciando milhares de pessoas, fato irresponsável e inconsequente, e pior ainda por conta da faixa educacional de seu público

    O que significa então Provérbios 12:10? O homem bom é sensivel para respeitar e cuidar do bem-estar dos animais, mas o ímpio, mesmo sendo sensível, não se preocupa e é cruel até mesmo com os seres humanos.

    Curtir

    1. Irmã, realmente não sei lhe dizer porque pregam contra os gatos ou cães. Na verdade nunca ouvi ou li pregação assim.

      E se algum dia ouvir, tratarei de descartá-la logo de meu coração, pois os animais são criaturas de Deus e sofrem na terra por causa do pecado do homem. Não apenas os animais, mas toda a natureza geme, aguardando que o homem seja redimido e glorificado, para que assim também ela seja redimida de tanto sofrimento e angústias.

      Existem animais no céu e creio que todos os animais da terra que morreram, por causa do pecado do homem, ressuscitarão no último dia, pois Deus é justo. A morte chegou a eles por meio do pecado do homem, mas quando a morte for derrotada definitivamente, os animais terão que ser ressuscitados.

      Veja mais sobre isso em Romanos 8:18-22 e também no texto:
      Animais vão para o Céu? – http://verboeterno.wordpress.com/2012/07/18/animais-vao-para-o-ceu/

      Curtir

      1. Esse assunto sobre animais sempre rende muito o que falar. Antes de tudo quero dizer que respeito as opiniões de cada um, porém quero deixar a minha aqui. Gosto de animais, tenho uma cachorro, labrador ecuido com amor e carinho, levo sempre no veterinário, compro produtos para banho, limpeza de ouvido, levo pra passear etc. Tive dois cachorros antes e morreram, chorei e senti a morte de ambos e sei que quando esse que tenho morrer vou sentir a sua falta. Porém, discordo com a parte em que diz que animais vão ser ressuscitados juntamente com os crentes em Jesus no arrebatamento. É claro que toda criação geme e sofre nesse mundo corrompido e mau, mas a Bíblia não revela esse fato de ressuscitar animais (cães, gatos, elefantes, baleias etc). Os seres humanos têm alma, são seres racionais e esses é que ressuscitarão um dia e herdarão o Reino de Deus. Os animais não tem pecado porque são seres irracionais e não possuem alma, a vida deles se resumem a terrena, por isso a importância de fazer com que tenham uma vida confortável, boa, que sejam cuidados, amados. Apocalipse fala sobre o cavalo branco sim, mas muita coisa nesse livro é em sentido figurado. Nunca li nada na Bíblia que garanta que os animais irão para o céu, como a matéria diz. Respeito essa opinião, mas não creio nisso, falo baseado em leituras bíblicas. Também não creio que o RR Soares tenha tido a intenção de dizer que gatos devem ser odiados, eu mesmo posso dizer que não gosto de gatos, no sentido de ter alergia, de não quere ter em casa, mas isso não significa que ao dizer que não gosto de gatos estou induzindo outras pessoas a maltratá-los e odiá-los, isso é absurdo. Eu não caio de paixão por gatos, mas toda vez que aparece um no meu quintal, deixo alimento para ele, mesmo não sendo meu. Todos os animais merecem carinho e amor e muito cuidado e há leis que os defendam e isso é ótimo. Mas animais sendo ressuscitados e indo para o céu já acho um exagero, mas cada um pensa de um modo, mas na Bíblia não fala disso. Muito bom esse blog, participativo e de grande utilidade e auxílio a muitas pessoas sem dúvida.

        Curtir

        1. Amado, por que razão o céu não poderia ter animais? Pássaros? peixes? Insetos? E que os animais morrem injustamente é fato, pois eles não pecaram e não poderiam morrer. Por isso creio na sua ressurreição, pois a morte será derrotada e ninguém poderá ficar prisioneiro dela. “Onde está, ó morte, a tua vitória?” (1 Co 15:55).

          Curtir

          1. Amado, é disso que eu não gosto e acho estranho. Não falo de você, pois vc mesmo disse que trata bem (memso que não goste), mas o que me deixa aborrecida é a indiferença com eles já que muitos creem que os animais não vão para o céu. Me responda você… não acha estranho alguém seguir a um Deus de amor e maltratar animais? É isso que quis dizer, pois já vi muito “crente” enchendo a boca pra falar de Deus, mas chutando cachorro e destilando ódio contra os animais. Não é estranho? Se você recebe amor de Deus, não teria que dar amor para os outros? E isso inclui tudo. Ah não, mas como animal é apenas um animal e não vai para o céu (segundo muitos) eles se tornam insignificantes. (segundo a lógica de alguns “cristãos”)

            Quero aproveitar para deixar o link de um site cristão que fala sobre isso: http://www.dihitt.com/barra/o-cristao-e-os-animais-deus-ama-os-animais-e-eles-possuem-alma

            Pastor, muito obrigado por sua resposta! Fico feliz em ler isso!!!!!

            Curtir

            1. Anônimo, você fala como se vários evangélicos, crentes odiassem e maltratassem os animais. Querido (a), você não está sendo muito justo, existem católicos, espíritas, ateus etc. que maltratam animais. Na verdade pessoas que praticam a macumba por exemplo usam animais para sacrifício em rituais de magia negra. Você tem que entender que em todos os seguimentos seja evangélico ou não há pessoas boas e caridosas e outras nem tanto. E tem mais, eu não odeio gatos, como disse não sou apaixonado, tenho alergia, mas de maneira nenhuma maltrataria um gato ou outro animal. Veja aí, se de repente você não está com implicância contra os evangélicos. Porque veja bem, sou cristão, leio muito, pesquiso bastante, e já ouvi milhares de pregações e nunca ouvi ninguém incentivando ódio aos animais. E reafirmo, não acredito que animais serão ressuscitados.

              Agora porque creio assim vai me dizer que estou odiando os animais, inferiorizando?! Na verdade, os animais são inferiores no que tange a racionalidade, os seres humanos tem a habilidade de raciocinar (mesmo que uns usem isso para o mal, infelizmente). OS ANIMAIS MERECEM AMOR, CUIDADO, PROTEÇÃO. Você é uma pessoa sensível aos animais e admiro isso, também não posso ver um animal abandonado, jogado que meu instinto protetor aflora, tenho compaixão. E sim, respondendo sua pergunta, é estranho sim um cristão chutar animais. Mas não sei se você presenciou isso de fato ou se apenas sugeriu para dar exemplo. Mas preste atenção, a maioria dos evangélicos tratam bem sua criação, seja cachorro, gato, papagaio, peixes etc. Não é porque você ouviu uma ou duas pregações menosprezando animais que você deve chegar a conclusão de que os evangélicos são ignorantes, falsos, etc.

              Preste atenção e verá que em todos os seguimentos religiosos e até mesmo ateu há os bons e os maus. E mais uma vez repito, não é porque uma pessoa não crê em arrebatamento de animais que essas pessoas estão maltratando e influenciando outros a odiá-los. Acho que está exagerando um pouco quando afirma que os evangélicos pregam contra animais e influenciam pessoas a maltratá-los.

              Espero que tenha entendido o que quis passar, VOCÊ NÃO É OBRIGADO(A) A CONCORDAR COM MINHA OPINIÃO DE QUE ANIMAIS NÃO SERÃO RESSUSCITADOS.

              Porém, como respeito sua opinião, respeite a minha, o que não vale é entrar em contendas por causa disso. Se animais irão ou não para o céu, só Deus sabe, afinal a Bíblia não afirma isso em lugar nenhum, então, ao invés de ficar especulando isso, o melhor que temos de fazer é viver o presente, porque o futuro à Deus pertence.

              AMEMOS NOSSOS ANIMAIS, PROTEGENDO-OS DE TODO MAL, CUIDANDO, PASSEANDO COM ELES, DANDO UMA VIDA DIGNA E FELIZ. Fique com Deus, amado(a).

              Curtir

              1. Irmão, em nenhum momento te acusei, inclusive se você ler lá em cima eu falei : ” Não falo de você, pois vc mesmo disse que trata bem (mesmo que não goste)”. O que eu falo é sobre a minha experiência, isso eu vivenciei. Eu vi e ouvi asneiras sobre animais e também soube de atitudes horríveis, como chutar um cachorro. Não são suposições, são verdades. Jamais falaria isso da boca pra fora. E não, eu não estou de implicância. O que eu acho errado é você se posicionar como um mensageiro do amor, mas não viver isso com TODOS, entendeu? Enquanto você fala de Jesus para uma pessoa, quando ninguém vê, desconta seu estresse pra cima de um cachorro (ou qualquer outro animal). Esse é o ponto de vista meu que eu estou tentando explicar. Eu sei que há pessoas boas e ruins em todas as religiões, mas não entrei nessa questão, estou falando de outra coisa.

                Não preciso buscar exemplos na igreja, posso te citar da minha família mesmo. Minha avó é evangélica e tem um ódio mortal de animais. É um ódio tão grande que uma vez aqui apareceu um filhotinho de gato e ela saiu chutando o coitadinho até lá fora. Isso é atitude de uma cristã que VIVE o amor de Deus? Claro que não. Posso te citar omeu vizinho também, que é evangélico e espancou um cachorro da rua que entrou no seu quintal. Eu vivenciei tudo e quase surtei. Nessa hora sai de mim.
                Veja só, não são implicâncias irmão, jamais falaria de algo que não vejo. Não costumo perder o meu tempo com picuinhas, o que não entendo é que como um pessoal que prega o amor, frequenta igreja, são líderes, demonstrar algo totalmente desprezível com essas atitudes!

                Quantas e quantas pessoas conheci que usaram esse tipo de argumento para não ir conhecer uma igreja. Aqui perto de casa mora um pastor que envenenou os filhotinhos de sua cachorra, as pessoas que não são evangélicos usaram esse argumento para dizer o PQ de não ir numa igreja. Sei que não são todos, os cristãos de verdade que recebem amor do Pai, com certeza, se não gostam, ao menos respeitam.

                É disso que falo. Sei muito bem quem se alimenta do medo e do pavor… É por isso que eu tenho certeza de que quando alguém espanca, seja um cachorro, uma criança, uma pessoa, está consumido pelo o ódio e o ódio não vem do Pai, porque ele é Amor!

                Querido, minha dúvida era somente com esse tipo de pessoas, não com todos. Conheço muitas pessoas cristãs que amam animais e se não amam, jamais cometeriam um ato tão horrível. Não generalizei, por favor, não confunda as coisas.
                Respeito sim sua opinião e a do pastor também!
                Em relação aquilo que não temos certeza, vamos deixar para o dia que formos morar com o Pai! Não somos donos da verdade, mas sim irmãos em Cristo que necessitam da misericórdia de Deus, não somos nada.

                Eu creio que esse amor que eu tenho pelo os animais, foi Deus quem colocou. Sensibilidade é um dom para poucos e eu agradeço a Deus por isso, pois sou muito feliz assim.

                Fique com Deus irmão e que Ele te abençoe cada vez mais! Que ilumine seus caminhos e que realize todos os seus sonhos que são alinhados com os dEle! Paz

                Curtir

                1. Amada, fique em paz e com Deus, em momento algum me senti acusado por você e entendi seu questionamento. O que repito para você é que infelizmente tem seres humanos que se comportam selvagemente, são cruéis.

                  Sua avó e as pessoas que citou que maltratam animais precisam se converter de verdade a Cristo. Na Bíblia fala que o cristão cuida bem de sua criação.

                  Ainda mantenho minha posição de antes quanto a ressurreição de animais, mas é como disse, amo os animais e isso é um mero detalhe. E não acho correto entrar em contenda por causa disso.

                  Lembra que te disse que o futuro a Deus pertence? É isso aí, nenhum de nós dois podemos afirmar estar 100% com a verdade, porque a Bíblia não fala sobre animais serem arrebatados,isso é fato.

                  Mas querida, não se estresse com isso, continue amando os animais e falando sempre que puder com as pessoas que verem maltratando os animais para que possam se conscientizar e deixar a prática de menosprezar os animais.

                  Amada, vi a matéria que me indicou e entendi perfeitamente o que quiseram passar, tem partes ali que concordo e outras que discordo, mas somos seres livres para pensarmos diferente. Afinal, que graça teria todos pensando igual que nem robô? Viva o livre arbítrio, a diversidade de pensamento!!!

                  Eu ainda acredito que a maioria dos cristãos, seja católicos ou evangélicos, tratam bem os animais em geral. E como disse já ouvi milhares de pregação, seja através de vídeos, seja em igrejas e NUNCA ouvi ninguém incentivando ou inferiorizando os animais.

                  Digo para você não pensar que por ter presenciado tais pessoas “cristãs” maltratando animais, a maioria é assim. TODA REGRA TEM EXCEÇÃO!!!

                  Tenha certeza que AINDA HÁ PESSOAS BOAS, CARIDOSAS, QUE AMAM SEU PRÓXIMO E SEUS ANIMAIS SEM RESERVA. Fique com Deus, irmã e na paz que só pode vir Dele.

                  Curtir

  7. ola. pastor, gostei de suas resposta.
    E estou em a tremenda “dúvida”, namoro ha 3 anos com meu namorado estamos juntos desde o tempos de escola. Ainda somos jovens para nos casarmos e sermos livres como desejamos. Mas fico feliz pois nesse tempo nos mantivemos a integridade do nosso namoro não fazendo sexo. Por mais que a vontade fosse inevitável. Chegamos ate aqui intactos sobre isso. Porem o desejo de sermos livres nos aflinge, e com as mudanças de rotinas e rotinas super puxadas acabamos por ter problemas, e agora, ele acha que é melhor terminamos, mesmo que provisoriamente, pois com esses desgastes, resolvemos que talvez fosse melhor ficarmos um pouco longe do outro e buscarmo melhorarmos nosso jeito e nossas vidas. Mas temos o intuito de ficarmos juntos e nos casarmos. Você acha que é um boa atitude nós nos ” afastarmos” por um tempo em busca de melhorias para o relacionamento que queremos continuar a ter mai no futuro. Onde as coisas possam ser melhores para nós? Agradeço urgente sua resposta

    Curtir

    1. Filha, me perdoe pela demora na resposta. Vocês estão de parabéns pela integridade de caráter e pela santidade no namoro. Foi a soma de esforços entre vocês, buscando ao Senhor juntos, que permitiu que chegassem até aqui sem se envergonharem.

      Dar um tempo não é solução, pois ficarão mais vulneráveis sozinhos. Além disso, essa fase agora poderá ser um preparatório para a fase de casados, quando não será mais possível “dar um tempo” em situações de crise. E pode ter certeza que crises virão quando casados, e algumas delas bem bravas, quando necessitarão de toda a experiência que for possível, de toda a união e acordo, para poderem vencê-las em Cristo!

      Eu oro e peço ao Senhor que continue lhes capacitando na solução de eventuais desajustes de pensamento e que seu namoro continue bem e forte, em Nome de Jesus!

      Curtir

Os comentários estão desativados.

Em Defesa da Sã Doutrina Cristã

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 963 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: