Aconselhamento

Página dedicada a quem necessita de

 aconselhamento ou tem dúvidas bíblicas.

 

Atenção:

Os temas Namoro, Casamento, Sexo e Vícios já foram tratados aqui exaustivamente, seja em forma de mensagens, seja nos comentários adicionais.

Peço aos amados irmãos que pesquisem no site essas mensagens e comentários, antes de colocar sua questão, pois ela pode ter sido respondida com razoável grau de precisão. 

Que a graça e a paz do Senhor Jesus esteja contigo.

82 opiniões sobre “Aconselhamento”

  1. Pastor bom dia. Graça e Paz.
    Por pensar que Deus não ouvia minhas orações (que pedia tanto pelo meu casamento e nada acontecia) estive separado por quase 2 anos – nesse período me afastei da igreja (comunhão) e passei me envolver com várias mulheres uma delas do meu local de trabalho (que é umbandista).
    Sentia-me aprisionado por essa colega de trabalho – e não aceitava essa condição.

    Decidi voltar a minha “antiga vida” e retornei com meu casamento, minha filha e a comunhão da igreja. E simplesmente me afastei da pessoa do trabalho sem falar nada e deixei de se comandado por aquela mulher que quando queria minha presença ligava ou fazia cenas de ciúmes.
    No começo o retorno para meu casamento não foi legal, minha esposa via que havia alguma coisa errada – contei tudo para ela (aliás após ser aconselhado pelo senhor, pastor – obrigado). Sentia meu corpo muito estranho .
    Uma noite no culto dentro de uma igreja o bispo pediu para todos casais se aproximarem do altar quando começou a orar e minha esposa começou a tremer e vomitou sangue (o bispo disse que era uma macumba feita contra nosso casamento).
    Na hora lembrei de várias coisas que a mulher deu para eu comer, chocolate, pipoca, pão, água, sucos, cafés, enfim.

    Faz aproximadamente 3 anos que tudo aconteceu e até hoje sinto uma sensação ruim no meu corpo quando entro no meu local de trabalho (sinto arrepios no meu órgão genital) além de sentir que essa mulher fica me observando para qualquer erro me acusar de alguma coisa.

    Isso me deixa com raiva. Não aguento mais viver assim.
    Já tentei outro emprego mas, não deu certo. Agora preciso do plano de saúde para que minha esposa faça uma cirurgia.
    Me ajude com um conselho, por favor.

    Curtir

    1. Amado, fico feliz em saber que você voltou, se reconciliou com a esposa, tem se esforçado para ser um bom marido e, principalmente, voltou para o Senhor Jesus.

      A chave para o sucesso do cristão é permanecer firme na fé, na oração e vigilância. Não há condenação para quem está em Cristo. Essa colega de trabalho pode até estar sendo instrumento das trevas para ameaçar-lhe espiritualmente, mas Jesus venceu as trevas. Maior é o que está com você e sua esposa do que quem está com ela.

      Sujeite-se ao Senhor, resista ao diabo e ele fugirá de você, do seu lar, da vida de sua esposa. Te aconselho a colocar essa colega de trabalho em sua lista de alvos de oração, para conversão dela, pois é uma alma perdida. O Senhor ama a ela e quer salvá-la.

      Havendo oportunidade, depois de ter orado e pedido ao Senhor sabedoria, chegue-se a ela, peça perdão pelo que aconteceu entre vocês e fale que você errou em sair da presença de Deus, mas que arrependeu-se e não ama a Jesus acima de todas as coisas.

      Fale com ela também que Jesus a ama e deseja tê-la com Ele, eternamente. Não fique dando muitas explicações e nem entre em polêmicas, debates, etc. Deixe que o Espírito Santo faça a obra de convencimento do pecado dela, do juízo e da justiça.

      Depois disso, encerre os contatos pessoais com ela, mantendo apenas os obrigatórios, de trabalho. E ore pela salvação dela.

      Quanto ao mal estar de sua esposa, creio tratar-se mais de uma enfermidade natural do que em obra de feitiçaria. Mas, mesmo que seja, se voces estiverem firmes,, unidos, buscando a jesus, nem mal prosperará em sua casa (sua tenda. salmo 91).

      Eu oro pedindo ao Senhor que te fortaleça e que conceda os recursos para tratamento de sua esposa e a sua cura, em Nome de Jesus.

      Curtir

  2. Boa noite.
    Sou jornalista, fotógrafo e cinegrafista de turismo e eventos, e a minha área de atuação está se expandindo cada vez mais.
    Se eu viajar com alguma amiga (auxiliar) para fazer um trabalho longe e tiver que dormir no local (pois a minha região tem um péssimo sistema de transporte público, mesmo sendo a mais importante região turística do estado do Rio de Janeiro, e algumas estradas daqui são escuras e ruins demais para eu trafegar com o meu ciclomotor à noite), há problema em dormirmos no mesmo quarto (em camas separadas)?

    Curtir

    1. Amado, que a paz do Senhor Jesus esteja contigo. Embora seja perigoso e tentador, não é pecado, pois vocês estariam apenas dividindo o mesmo quarto. Porém, o melhor, é evitar situações como essa, principalmente se a sua auxiliar não tiver o mesmo temor de Deus no coração que você.

      Curtir

  3. pastor graça e paz tem uma irmã e congregamos na mesma igreja e ela tem dois filhos e os meus são amigos dela só que eu cortei a amizade da minha filha porque ela tava levando conversas da minha casa p lá e tbm desavenças da minha casa e meu filho continua amigo lá e ele fica falando daqui p lá ai quando ela tem oportunidade na igreja fica atacando com a palavra esses dias me pediu perdão na igreja no microfone e falou tudo que eu tinha falado p a igreja ouvir junto com o ato de perdão eu confesso q ela quis me envergonhar pois ela podia ter vindo em minha casa se consertar ou só pedir perdão não precisava lavar roupa suja no microfone

    Curtir

    1. Irmã, a paz do Senhor jesus seja contigo.

      Em primeiro lugar você deve ensinar seus filhos a serem reservados com relação ao que acontece e é dito dentro de sua própria casa. Eles precisam saber o valor da discrição e, desde pequenos, serem ensinados a ter domínio da língua. Isso será útil não somente agora, nesse caso, mas para toda as suas vidas.

      Quanto a essa irmã, não é cortando relacionamento com ela que se resolve o caso, mas orando e abençoando a vida dela. Cristianismo não é religião, mas relacionamentos entre irmãos, numa grande família.

      Perdoe-a mais uma vez pela falta de sabedoria e sempre que tiver alguma coisa que lhe entristeça, procure-a pessoalmente, para consertarem entre vocês duas.

      O Senhor lhe abençoe e guarde sua casa e seus filhos, em Nome de jesus.

      Curtir

  4. Ola Pastor.
    Vou ser bem honesto com o senhor, não sou evangélico, mas sou temente a Deus e acredito muito que ele sempre quer o melhor para todos. E gostei muito das suas respostas dadas aqui.
    Minha dúvida é sobre voto, conheci uma mulher sensacional que a muito tempo não tinha o prazer de encontrar, tinha um certo bloqueio com mulheres depois de passar por algumas decepções. Porem ela tem sua religião e eu respeito, não acho que religião seja motivo pra afastar as pessoas, no meu modo de ver Deus nos quer sempre bem e vivendo em plena felicidade.
    Vamos lá… quando a conheci nós conversamos bastante sobre varios assuntos e um deles foi sexo, e ela deixou claro pra mim que havia feito um voto e que ficaria um ano sem ter relações, nenhum tipo de relação nem mesmo beijo. Como gostei dela eu resolvi arriscar, isso porque ainda falta 11 meses pra terminar o voto…
    Começamos a sair mais vezes, cinema, shows, barzinhos… e cada vez mais estava dificil de nos segurar, a vontade de ambos era enorme… até que uma noite aconteceu o inevitável e o voto foi quebrado.
    Ela esta se sentindo muito mal pelo o que aconteceu e eu por mais que eu queria e achasse uma loucura o voto dela, tambem fiquei chateado pois de alguma forma eu forcei a barra, os hormonios as vezes sobressaem a nossa vontade…
    Minha duvida Pastor é o que posso fazer pra ajudar ela? Ela já quebrou o voto e decidiu retomar ele… isso pode? E outra não sei como aguentar ficar com ela sem ao menos beija-lá… é muito dificil pra mim…

    Curtir

    1. Se você a ama mesmo, respeite o voto dela. Quem ama, sacrifica-se em favor da pessoa amada. Cristianismo não é religião, mas um Sacrifício de Deus a favor do homem perdido no pecado. Jesus Cristo, sendo Deus, veio ao mundo como homem, viveu sem pecado e morreu na cruz para perdão de nossos pecados. Foi sepultado, mas ressuscitou e quem crer nesse amor e o receber, será salvo.

      Sua namorada creu e quer ter comunhão com o Senhor. Por isso, ame-a, respeitando o voto dela. Quanto a você, se você crer também será salvo dos seus próprios pecados e da condenação eterna.

      O Senhor lhe abençoe concedendo-lhe o amor ágape, isto é, o amor que tudo suporta, que tudo espera, para que ambos sejam felizes, em Nome de Jesus.

      Curtir

  5. Preciso muito de ajuda , estou na igreja á 29 anos eu estou morta sou cooperadora em uma igreja tradicional, casei a 8 anos conheço meu marido á 10 anos desde quando comecei a namorar sempre o trai, casei com ele pq cai em pecado ,devido a igreja e a familia ser tradicional casei hoje tenho uma filha linda amo de paixão, mais nao sou feliz no meu casamento nao gosto de ter relação sexual com meu marido, meu marido so reclama de mim em tudo… hoje um levita da igreja da em cima de mim e saio com ele a 5 anos alternativos, eu nao aguento mais essa opressao essa vida q tenho levado cometo o ato depois me arrependo… sei q vou pro inferno ja pedi pra Deus tirar minha vida nao sou feliz quero me afirma mais nao consigo algo me puxa hj estudo faco faculdade de Ciencias contabeis e hoje estou desesperada acabar de voltar de um encontro com ess levita , na quero ir mais na igreja Deus nao se agrada comigo, sei q deu vai me cobrar me ajuda por favor me ajuda me ajuda , tenho vergonha de chegar ao meu pastor minha pastora , minha familia , ja tentei tirar minha vida tomando remedio fortes nao nao deu certo, contratei um pessoa para tirar minha vida estava pagando não acietou por ser “crente” preciso de ajuda

    Curtir

    1. Mulher, a sua situação é tão grave que somente uma medida radical pode surtir algum efeito em sua vida. Você precisa tomar um choque, para nascer de novo, nascer da água e do Espírito. Você PRECISA confessar ao seu pastor, urgentemente. Confessar tudo.

      Você é uma roseira doente. Em muitas casas do interior existem ainda jardins com roseiras que dão poucas rosas, por estarem fracas, doentes, sem trato algum. Quando vem um vento muito forte, as folhas doentes ou secas caem, o dono vem e poda-a, deixando apenas o tronco. A roseira então faz brotar novos ramos e se torna saudável e florida.

      Confesse seus pecados ao pastor, peça a ele oração e aconselhamento para poder confessar também ao marido passar assim por esse “balançar e poda da roseira” para que caiam todas as folhas secas e/ou doentes de sua vida, ficando apenas as sãs.

      Não tome mais nenhuma iniciativa de morte, pois há esperança para você, em Cristo Jesus.

      Eu oro e peço ao Senhor que te perdoe, te dê forças para confessar e ser liberta e renascida, em Nome de Jesus. Me dê notícias.

      Curtir

  6. Pastor me ajuda.
    Sou muito nova e aceitei jesus mais eu nao quero abrir mao do que eu gosto de fazer…
    Eu fui na igreja estava muito emocionada e me perguntarao se eu queria aceitar e dai eu falei que queria mais nao pensei antes de falar e agora estou com medo.
    Ainda nao e a minha hora.
    Oque eu fasso pasto? Eu nao quero deixat de ser e nen deixar de fazer aqui que eu gosto,Bom pelo menos agora nao.
    Tipo eu nao sou crenti nao sou nada so falei q eu queria aceitar.
    O senho pode mi falar se oque eu fisso e ruim ou si eu ainda posso continuar fazendo aquilo que eu gosto de fazer e uzar aquilo q eu gosto de uzar?
    Me ajuda porfavor.

    Curtir

    1. Quanto a isso, filha, não se preocupe. Cristianismo não é religião, mas uma entrega. Você não se entregou a Jesus, de fato. Está livre para continuar fazendo o que quiser, vestir e usar o que quiser, ir onde quiser, andar com quem quiser.

      Mas lembre sempre que Deus está lhe dando chances hoje, pois ninguém sabe o dia de amanhã e o fim de um pecador é terrível, se não se arrepender.

      Curtir

  7. Pastor, me ajude. Eu não quero mais ir na igreja, não me dou bem com as pessoas, tenho problemas para me relacionar e acabo sofrendo com comentários negativos e também pelo o meu jeito. Sinto falta de ser uma pessoa feliz. Estou com depressão há 4 anos, tenho crises muito fortes de humor, de repente sou tomada por uma irritabilidade que é fora do comum, parece que existe um monstro adormecido dentro de mim. Mas quero mudar..porém as vezes sinto que as coisas pioraram desde que comecei a procurar religiões. Qualquer uma delas. Poxa, só quero ser feliz um pouco, eu amo Deus e jamais vou colocar outro “deus” em Seu lugar, pois sei que o único amigo verdadeiro que tenho é Jesus, mas não tenho mudanças em meu gênio, odeio ser do jeito que sou. As coisas que me trazem felicidade é música e danças. Me sinto livre quando danço, faz para o meu corpo e alma. Porém quando eu estava na igreja tive que abandona-la. Não consigo manter uma relação fiel a Deus, falho muito, não consigo encontrar determinação em mim para seguir a diante. Fato é que estou levando a vida…vou a igreja de vez em quando, converso com Deus e me sinto atendida, sei que Ele me ouve pois vejo as mudanças daquilo que eu peço. Fico triste por desapontar Ele. Mas não consigo, simplesmente não consigo. Pastor, ultimamente me tem invadido um medo, uma sensação ruim. Aconteceu tantas tragédias na minha família em menos de 2 meses e tenho acompanhado tantas coisas terríveis que tem acontecido pelo o mundo, que temo muito pela a minha vida. Tenho medo de sair dessa zona de proteção de Deus e acabar morrendo. Alguma tragédia acontecer comigo. O que me deixa muito mal, pois queria seguir a minha vida e tentar ser feliz, mas esse medo é algo muito ruim, pelo fato de eu conhecer a verdade. Pastor, será que se eu viver a minha vida, não me metendo em coisas erradas, Deus irá se aborrecer comigo e irá deixar algo ruim acontecer comigo?

    Curtir

    1. Filha, que a graça e a paz do Senhor Jesus esteja contigo, hoje e sempre.

      Essa aflição, medo, angústia, tristeza ou seja lá o que for que estiver em seu peito é fruto do mundo em que estamos vivendo. Por outro lado as ofertas de satanás e suas potestades querendo nos enganar, embora saibamos, pela nossa consciência que aquilo é sedução das trevas.

      Por um lado, as acusações (mesmo que silenciosas) dos religiosos de plantão que nos tornam mais culpados, ainda que sejamos fracos diante das tentações.

      No meio disso, nossa velha natureza, que sabe (pelo espírito que está em nós) que não herdará o céu e quer aproveitar o máximo que puder enquanto tem um fôlego de vida.

      Algumas pessoas são mais susceptíveis a essas pressões todas e sofrem mais, como é o seu caso. Outras são mais racionais e sabem administrar na alma esses conflitos e contradições.

      o importante mesmo é que você reconheça, em seu íntimo, o pecado que está em você. Não digo seus pecados, pois eles são incontáveis. Mas digo “o pecado”, pois me refiro à sua natureza pecadora e que, mesmo querendo fazer o bem, não consegue fazê-lo. Por isso a sua sede de Deus.

      Jesus veio ao mundo como O Cordeiro de Deus, para tirar O PECADO do mundo. Jesus não veio tirar os pecados das pessoas, mas para dar-lhes um novo nascimento, pelo Espírito Santo e dar-lhes, assim, uma nova natureza, sem pecado.

      Quem reconhecer que é pecador, sem ficar com “hemhemhem”, isto é, sem ficar se justificando, e crer que Jesus é o Filho de Deus que, sendo Santo e sem pecado, deu a Sua vida na cruz do Calvário para perdão de seus pecados, crer também que Jesus ressuscitou, está vido e o ama poderá ser salvo dessa condenação.

      Mas é preciso que a pessoa decida-se a aceitar o perdão, pois tem muitas pessoas que até crêm em Jesus, mas continuam querendo ser santos por meio de obras, isto é, dando esmolas, sendo bonzinhos, sendo éticos e de boa moral. Tudo isto é obra morta, pois apenas Jesus foi santo e pôde assim sacrificar-se e ser ressurreto.

      Jesus já pagou pelos nossos pecados e deu-nos o perdão. Mas temos que aceitar esse perdão incondicionalmente. A salvação é pela Graça de Deus e nunca por obras nossas.

      Quem crê em Jesus, mas não aceita a Graça que salva é como um doente terminal, que vai ao hospital, recebe o medicamento que irá salvá-lo da morte, mas não o toma. Fica com o remédio na mão, andando com ele, sem tomá-lo. Vai morrer com o remédio na mão. O pecador só terá vida eterna se aceitar a Graça, incondicionalmente.

      Você, se aceitar a Graça, verá que as pessoas na sua congregação são todas como você mesmo: pecadoras por um tempo, até que a sua redenção venha e sejam libertos da sua velha natureza. Aí então você conseguirá congregar sem julgar e não se magoando com os julgamentos. Conseguirá ter um coração perdoador, pois reconhecerá que foi perdoada. E se submeterá à ação do Espírito Santo, que irá, gradualmente limpando-o dessas arestas e até mesmo usando irmãos-lixas, pastores-lixas que nos lixam e nos depuram.

      Se você tem alguma mágoa na congregação, se tem alguém lá que te magoou ou entristeceu, volte, conserte, peça perdão se for preciso, se humilhe, perdoa também e submeta-se à direção espiritual dos pastores e edifique seu coração baseado na Palavra de Deus.

      E não se angustie se demorar em ver resultados em seu caráter, pois nem sempre vemos melhoras em nós mesmos, de tão próximos que estamos. Mas os de fora verão, se permanecermos em fé, esperança e amor (1 Co 13). Basta apenas que permaneçamos no Caminho, que é Jesus.

      Eu oro e peço ao Senhor Jesus que tenha misericórdia de você, lhe concedendo oportunidade de voltar à congregação, em paz, gozo e alegria e reconciliando-lhe com irmãs e irmãos que porventura lhe ofenderam, julgaram ou entristeceram seu coração.

      Curtir

      1. Pastor, obrigado pela a sua resposta! Eu concordo com tudo o que você disse, mas tenho algumas dúvidas.
        Essa igreja que eu frequentava era em células e portanto tinha líderes. Eu gosto muito dela (minha antiga líder), mas acho que por eu ser assim sempre achei que ela ajudava e procurava mais as outras pessoas do que eu. Sempre me senti uma zero a esquerda, mas hoje, entendo que não é isso, é porque Deus sempre leva os seus filhos, aqueles que tem um propósito grande na terra, em um tempo de solidão, onde você não pode contar sempre com alguém. Onde você tem que buscar a sua solução aos pés de Deus. Sem depender de alguém. É difícil assim aceitar, se eu tivesse um botãozinho, juro que apertava pra isso entrar no meu coração e eu parar de me sentir rejeitada. Como eu dizia pastor, por eu ser de um gênio forte, notava que muitas vezes quando eu tentava ser de um jeito mais calmo, sempre acontecia algo em que eu não conseguia e alguns comentários dizendo sobre o meu jeito me chateavam, pois eu tava tentando mudar. Foi aí que resolvi visitar uma outra igreja, conversei com a minha líder, ela disse que era para nós orarmos e para eu visitar, se eu fosse gostar então eu poderia ir com a benção dela. Não sei bem se foi a vontade dela, mas ela disse que preferia que eu fosse ao invés de morrer espiritualmente ali nessa igreja. Pastor, essa igreja (que eu era) é uma igreja maravilhosa, onde a palavra genuína de Deus é pregada) mas eu não me sinto bem no meio daqueles jovens.. é uma panelinha. E não é só eu que notei isso. Ia em cultos jovens, células jovens, mas é tudo um grupinho, não te dão muito espaço, entende? Por isso me chateei muito com tudo isso. Quando visitei essa outra igreja, me senti em casa. As palavras que são pregadas sempre vem ao encontro, muitas são palavras de confronto, por isso tenho aprendido a reconhecer meus erros e não esperar perfeição das pessoas. Visitei a célula e amei. Me senti em casa.

        Eu tinha combinado com a minha antiga líder de nós conversarmos (a respeito de se eu tinha gostado e tudo mais), mas simplesmente larguei tudo, em uma das minhas crises, não quis mais frequentar igreja nenhuma (ainda não tinha visitado a igreja q estou hj). Depois me arrependi, foi quando visitei e me senti em casa, mandei um email para ela pedindo desculpas, agradecendo tudo que fez por mim e falando que eu ia começar a ir nessa outra e que queria a benção dela. Deu tudo certo.

        Pastor, a única coisa no entanto é que assim. Eu não tenho dúvidas e nem nada, e nem penso em voltar para a antiga igreja, pois me sinto muito bem nessa, mas sei que se as coisas não mudarem em mim, os mesmos problemas vão me acompanhar. Reconheço que a mudança tem que partir de mim. Mas as vezes, em algumas pregações, o pastor diz assim “as vezes você saiu de uma igreja que Deus não queria q vc saísse antes”, acho que ele já falou algo parecido em suas ministrações umas duas vezes. Aí fico com isso na cabeça. Sei que a verdade de Deus liberta, na verdade isso não mexe nem um pouco comigo. Mas entenda pastor, as vezes penso, sera que eu não saí por conta própria? Não quero sair na desobediência. Pastor, não por nada, mas só de pensar em voltar a essa antiga igreja, já me da uma vontade de parar. Sei lá, não consigo me sentir a vontade nesse lugar. Me sinto bem nessa outra e tenho conseguido levar amigos comigo, até a minha mãe tem ido e amado. Coisa que nessa outra eu não conseguia, pois não gostavam de ir lá.

        Não quero desobedecer a Deus, mas como saber se é essa a vontade dEle (voltar para a outra) sem dúvidas. E então que se for a vontade dEle, que Ele tire essas coisas ruins de mim, pois só de pensar em voltar pra lá já me dá um desânimo enorme.

        Não tenho dúvidas pastor, não estou confusa. Só quero fazer as coisas certas e ter uma confirmação de Deus para ter a certeza que não estou em desobediência.

        Deus abençoe

        Curtir

        1. Irmã, Deus não é de confusão, mas de paz. Se você não se sentia bem numa congregação e agora se sente bem em outra, a ponto de levar convidadas, então é ali o seu local.

          O que diz o salmo 23, com relação ao bom pastor? “Em verdes pastagens me faz repousar. Para águas tranquilas me conduz e restaura minhas forças; ele me guia por caminhos justos, por causa do seu nome”.

          Filha, ouça o bom Pastor te guiando mansamente. Você se sente bem nesta nova congregação? Sua antiga líder te abençoou para sair? A Palavra ministrada ali é edificante? Jesus é o centro das pregações? Se sim, desfrute então, coma e beba do que o Pastor lhe oferece.

          Quanto ao seu temperamento inconstante e crítico, ele vai manifestar outras vezes, com certeza, mas o importante e jamais deixar de andar com o Senhor e Ele mesmo é quem irá te aperfeiçoando.

          A Graça e a paz do Senhor esteja contigo nesta nova congregação, em Nome de jesus.

          Curtir

  8. Bom dia Pastor Adelson, eu fui casada por 5 anos e tenho uma filha, porém, meu esposo e eu divorciamos em 2013 (ele que pediu o divorcio), e nesse período, pude ver Deus agindo na minha vida espiritual (e foi os melhores dias que vivi por ter muita comunhão com Deus), busquei ao Senhor pedindo que Ele restaurasse a minha aliança com meu esposo… e agora reatamos o casamento. Hoje estamos juntos e felizes, entretanto, meu coração me diz que estou em pecado por que ele ainda não refez a aliança dele com Deus, e também diz que não quer casar novamente e isso me incomoda muito, pois me sinto suja… contaminada! É como se ele tivesse sendo uma barreira que me impedisse de achegar-me a Deus.
    A minha pergunta é: Como a bíblia trata esse caso? O casal que se divorcia e depois reatam eles devem se casar novamente? Estou em pecado se não casar novamente com meu próprio marido? E se o meu marido não quiser se converter e se casar novamente o que eu devo fazer?

    Curtir

  9. Ola Pastor .. Tenho Poblemas que invadem minha fe e meu relacionamento …Sou Cristão e tenho enfrentados problemas que eu as nao conto a ninguem por medo . Eu Sou Viciado Em Masturbação e Pornografia e Não Consigo Parar , Ja fiz de tudo mas não consigo , Estudo Integralmente e e tenho um relacionamento serio e faço parte do ministerio da igreja e isso me deixa bastante mal e envergonhado por causa dos meus atos .. e isso me tras muita aflição que as veses penso que deus nao esta comigo .. No Meu Namoro Venho tentando Me Controlo , So tem 2 meses e tem se esquentado demais com as caricias .. Mas Não quero ter relacionamentos (Sexo) Antes do casamento .. Eu tenho 18 anos e minha namorada tem 14 , Nos 2 Somos Da Mesma Igreja .

    Curtir

    1. Filho, o vício te prendeu e só buscando Jesus com fé e determinação, é que você pode ser liberto. Diz o próprio Senhor Jesus: “se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:31,32).

      Essa verdade que liberta, é Jesus! Leia mais a Bíblia e, principalmente, obedeça à Palavra e você será liberto.

      Quanto ao namoro, não é boa coisa o que você está fazendo, corrompendo uma menina de 14 anos. Você deveria é estar ensinando a ela a buscar a santidade, viver em santidade e não o contrário. Juízo e cuidado!

      Curtir

  10. Sou casada a 10 meses e meu marido tem ciúmes doentio, ele é ciumento com roupas, até para provar roupa em uma loja se o provador for de cortina ele não aceita eu provar, minhas blusinhas tem que ser todas sem nenhum decote quase igual uma camiseta, eu tenho me irritado muito pois, não tenho gosto nem de colocar um vestido no joelho que ele me faz tirar e se teimar ele rasga, ele também não aceita eu estudar ou sair pra outra cidade sem que esteja acompanhada por ele. eu não consigo aceitar esta cituação e acabo brigando gritando e magoando muito ele. não sei mais o que fazer pois sempre fui evangélica nunca fui vulgar e nunca imaginei passar por isso.Ele se converteu a 2 anos mas do ciúmes ele não esta liberto. Pr o que eu faço?

    Curtir

    1. Filha, certamente ele já era ciumento antes de casar-se. Talvez nem tanto quanto agora, mas com certeza você sabia desse traço de fraqueza dele. Isso é insegurança, fraqueza.

      Você deve continuar buscando a paz de seu lar, obedecendo seu marido, enquanto ora ao Senhor pela transformação de seu marido. Não há outra solução, pois confrontá-lo é pior. A mulher sábia edifica sua casa, mas a tola a derruba com suas próprias mãos (boca).

      Ore a Deus continuamente, mas aja também, motivando seu marido a desenvolver relacionamento mais íntimo com o Senhor. Assim ele não se sentirá tão inseguro e poderá ter olhos para sua fidelidade, não só a Deus, mas também a ele.

      O Senhor tenha misericórdia de vocês e lhes traga paz no lar, em Nome de Jesus.

      Curtir

  11. Boa tarde Pastor , ando mexendo em blogs e achei esse e me enteressei , olha eu quero um concelho , tenho um namoro a 1 e 6 meses mais agente briga muito pois ele bebe e eu quero que esse vicio saia dele ja fisso muitas oracoes para pedir a Deus mais nada resolve , pensso em desistir mais logo me vem uma forca me pedindo pra ficar eu gosto muito dele porisso quero o bem para ele , sei que quando eu o conheci ele ja tinha esse vicio mais eu creio que Deus me colocou na vida delle para tirar isso , estou certa ? obrigada Deus te abencoe

    Curtir

    1. Filha, ele quer parar? Se ele não demonstra arrependimento algum e nem manifesta desejo de parar, então é melhor deixá-lo.

      Já muitas e muitas mulheres infelizes porque casaram com viciado pensando que o seu amor pelo rapaz o iria livrar de vícios e isso jamais veio a acontecer. Casaram-se e se arrependeram, vindo a sofrer pelo resto de suas vidas. Elas e seus filhos. Pense bem, pois é seu futuro e sua felicidade em perigo.

      O Senhor te abençoe com prudência, discernimento espiritual do perigo e a livre de todo o mal, em Nome de Jesus.

      Curtir

  12. Boa tarde Pr. Adelson.
    A paz do senhor, e Shalom para a nossa terra.
    mas uma vez lhe escrevo , com muita dor e tristesa em meu coração.
    é uma história longa e complicada. a respeito de mim e meu marido, que agora ja não quer mas ficar comigo. pois vevemos juntos por quase 12 anos, temos juntos um filho , e foi uma relacionamento muito conturbado , com muitas brigas, três separações, por conta de minhas prórpias decisões insanas, e impensadas, por conta da raiva que sentia pelo o que ele me dizia e me humilhava com palavras. pois que ele é um pouco altosuficiente e seguro de si, se apoia no que tem materialmente. Eu tenho um filho que não é dele, de que quando nos conhecemos em 6 meses resolvemos viver juntos , meu filho ainda tinha 3 anos e meio. ele aceitou meu filho , porém com o passar do tempo eu percebi que ele nunca gostou e nem se apegou ao meu filho. embora meu filho tenha sido uma criança muito difícil, até hoje com 15 anos ainda faz um pouco de problemas. Eu por ser uma pessoa meio que complexada com meus fantasmas do passdo , tipo racismo, ou despreso, humilhação, preconeito, adotei o comportamento do meu ex com meu filho de preconceito, porque ele falava coisas que realmente magoava, como : ( seu filho é um favelado, voce não sabe educar filho, ou ele é um retardado coisa desse tipo. ele jogava sempre na cara que tudo que tem na casa é dele e quem paga é ele…. isso é meu, eu paguei isso etc… esses tipos de coisas de comportamento, foi me desgastando, pois que eu travava uma luta entre ele e meu filho mas velho pos que amava ele muito. depois que nasceu o nosso filho ai sim se tornou cadavez pior, pois que a outra meu primeiro filho tinha ciúmes, e ele como sempre desprezava o meu primeiro filho. eu como mãe lõgico que percebia e muitas das veses até mesmo deixava de dormir com ele por conta desse tratamento que ele dava ao meu filho. brigavamos muito até mesmo por causa de dinheiro. vevemos juntos desde 2003 e no ano de 2008 aceitei a jesus como meu salvador e meu único Deus. pois que antes eu praticava muitas coisas ruims , antes de ele me chamar para viver com ele eu fazia até macumba para prender-lo mas isso não teve sucesso. pois que ele estava relmente apaixonado por mim, e eu por ele.
    mas eu na minha nova caminhada com Deus, fui ficando chata, pocessiva, e arrogante, pois que acabei me tornando uma fanática.
    Meu marido que agora não esta comigo, eu e ele eramos pessoas comuns, gostavamos de beber, discotecas, festas… bagunçinhas sempre …eu era mesmo mundana, mas depois que eu aceitei jesus altomaticamente eu parei com tudo. bebida, cigarros, discotecas, bagunças, em menos de 2 anos eu estava uma crente, fiel e decidida a caminhar com Deus.
    dai então ao envés de eu melhorar fui piorando, achava que porque eu passei a ser crente meu marido também teria de ser. e dai eu ja não gostava mas da maneira que ele vivia. eu chorava e ficava com muita raiva porque ele não ia comigo a igreja, e não me escutava quando começava a falar de Deus. ele não queria saber…
    no ano de 2010 por decisão minha nos separamos outraves, voltei para o brasil, e ele ficou aqui na Alemanha. sosinho, mas ele sempre me dava assistência, pois que ele ainda me amava, e ainda me queria.
    pois então ; dai eu tentei viver no Brasil por 1 ano e meio. e dinovo senti a falta dele, e ele me pediu para voltar, e dai decidimos tentar dinovo. eu voltei para alemanha com ele em 2012. a para a minha surpresa, foram so 3 meses de romance, porque eu queria que ele se casasse comigo, porque eu sou crente e não queria ficar com ele sem me casar por causa da igreja e por obediência a Deus. ( antes de voltar considerando o fato sobrenaturla, Deus usou alguns profetas que ainda tem nessa terra, para me dizer que ainda não era a hora, e que não seria da maneira como eu sonhava que seria.
    duas manas antes de eu voltar Deus ainda usou um pastor e me disse que eu teria vitòria sim, que eu pagaria um preço muito alto. preço de muitas lagrimas, e o pastor acrescentou que possos de lagrimas ele teria visto em minha frente, mas que eu teria que ser forte porque eu teria a vitória. mas sofreia muito. preço de lagrimas eu pagaria por ele. me afimrou o Pr. da igreja batista no brasil 2 semanas antes de eu voltar.
    Pr. resumindo : eu fui burra, tola, e insensata. veja o que aconteceu:
    EU COM MINHAS VONTADES, ACABEI TOMANDO MAS UMA VEZ A DECISÃO ERRADA.
    Eu voltei, ele me aceitou, o que eu fiz, começei a infernizar ele dinovo com assunto de para de beber, parar de ir atraz de amigos, para das festinhas etc… e ainda ele continuou com as inplicacia com meu filho mas velho. dai Pr. eu explodi. botei ele na parede e mandei , veja bem eu ( mandeu ) ele decidir ou a familia e Deus, ou a cachaça e o mundo.
    Pronto !
    dai o senhor ja pode resumir no que se deu!
    Pr. hoje estamos assim. eu e ele dentro de casa, porque eu não tenho como pagar sosinha um aluguel, e aqui se o homem e mulher vivem juntos por anos, mas não saõ casados não tem pensão. a mulher não tem direito a nada, dai começou o verdadeiro inferno. ele me expulsando da casa dele. dizia que me botaria na rua se eu não saisse e eu sem ter para onde ir. dai brigamos feio, deu até policia. ele me humilhou muito e eu a ele. eu o chigava até de nomes horrives, eu sendo “crente praticante cristã, leitora da Bíblia todos os dias ” eu amaldiçoava ele com palavras até por mensagens.
    dai Pr. nessa luta ele ficou la e ka, saindo direto , perdeu o respeito total e eu por ele, foram muita ofensas fortes, eu agredia ele fisicamente, mas ele não me agredia e eu sim a ale. eu expulsava ele de casa sempre que ele procurava e tentava ficar aqui, ele ainda me dava atenção , mesmo não sendo como eu queria, mas de alguma forma ele ainda procurava ter contacto comigo, e eu coração duro cheio de ódio, e muita arrogancia e orgulho, fui uma pessoas realmente muita ruim e de um pessimo testemunho que nada condiz com uma mulher de Deus. e o pior ! eu sabia disso, mas não queria admitir. afinal se não era como eu queria , para mim não servia ! era assim que eu pensava e agia com ele. eu sabia que tinha que continuar orando por ele, pois que quando estava no brasil orava muito e jejuava pela vida dele, EU SONHEI COM ELE AINDA QUANDO ESTAVA NO BRASIL, SONHEI QUE ELE ESTAVA MORTO, MAS QUE AO REDOR DELE TINHA DOIS MÉDICOS QUE CUIDAVA DELE, MAS ELE ESTAVA MORTO, O CORPO DELE NÃO TOCAVA NO CHÃO, E ELE ESTAVA COM O FIO DO SORO AMARRADO EM VOLTA DA SINTURA DELE , PELA METADE DO CORPO. O FIO ESTAVA ESTICADO MAS NÃO SE VIA ONDE SE FIRMAVA O FIO. E ELE ESTAVA CAÍDO NO CHÃO MORTO, MAS O CORPO DELE NÃO TOCAVA NO CHÃO. ERA COMO SE FLUTUASE , E OS DOIS MÉDICOS CUIDA DELE COM MUITA ATENÇÃO. A AS ROUPAS DOS MEDICOS ERAM TÃO BRANCAS QUE CHEGAVA A SER FLORESCENTE.
    em fim no decorrer dessa gerra toda entre eu ele, ele acabou conhecendo uma mulher. E ele esta com ela ja mas de 2 meses oficialmente, ele não esconde e ja até levou nosso filho na casa dela. ele mora aqui , mas dorme la todos os dias e come, bebe, ele so vem aqui para trocar de roupa.
    Eu na busca por conseguir perdoa-lo , porque eu sei que teria de perdo-lo e pedir perdão. mas eu estava lutando commigo mesma, eu não queria pedir perdão. mas eu orava e pedia a Deus que me ajudasse a perdoa-lo e pedir perdão a ele. PORQUE É ASSIM QUE DEUS QUER. QUE PERDOAMOS QUEM NOS FAZ MAL.
    conclusão : eu consegui pedir perdão a ele e o perdoei de todo o meu coração. mas agora estou sofrendo muito , porque me despertou dinovo o sentimento de amor por ele, e estou sofrendo porque ele esta com outra mulher, e ele esta levando ela a sério, pois ele é um homem fiel. e eu agora que acordei e percebi o quanto eu fui tola e insensata. ele é o pai do meu filho , mau ou ruim ele sempre me ajudou em tudo ainda que eu não reconhecia. e agora eu estou sofrendo porque eu quero ele de volta. e o pior desta ves eu sei que eu errei em minhas atitudes de querer força-lo a ser como eu queria, a fazer o que eu queria, agora também de certa forma eu sinto que exagerei a respeito do meu filho mas velho , pos que o menino cresceu e nunca me deu respeito como mãe. sempre rebelde, e malcriado , embora eu o ter defendido tanto ele nunca me respeitou como mãe.
    Pr. essa é a minha história. eu estou sofrendo muito, e não quero perde-lo. eu descobri que ainda o amo, e sei que posso com sabedoria e paciência ganhar ele para jesus. mas eu fui apressada e muito, mas muito idiota mesmo.
    estou mas que arrependida, mas agora ele não quer mas saber de mim.
    o que devo fazer Pr. ?? meu coração sofre e eu não consigo mas ter paz dentro de mim.estamos bem agora não brigamos mas desde de que eu pedi perdão, ja me humilhei para ele, mas agora ele não quer mesmo mas saber de mim.

    peço oração em meu favor e um conselho do que fazer , se o deixho ir, ou se luto por ele em oração se é da vontade de Deus.
    o que o senhor me aconselha por favor ?
    graça e paz.

    Curtir

    1. Irmã Carla, li com carinho seu comentário e o vejo mais como um desabafo e confissão, pois não tenho o que fazer por você a não ser orar e aconselhá-la na Palavra que diz: “tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele sendo Deus, não reivindicou ser tratado como Deus; antes a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz” (Fp 2:5-8).

      Jesus foi obediente até à morte sim, mas ao Pai e não a homens.

      Quer ser de fato discípula de Jesus? Ame o pai de seu filho (em obediência a Deus), mas não ame o pecado dele. Se ele não quer mesmo casar-se, mesmo você o amando, melhor você voltar ao Brasil,, e isso em definitivo, pois parece que ele também não quer converter-se. Esse homem não é seu marido e nem quer ser. Continuar com ele aí, é continuar com o pecado.

      Te aconselho a buscar ajuda espiritual junto aos seus pastores, tanto os daí, quanto os daqui, pois eles conhecem melhor sua situação e poderão ajudá-la com mais sabedoria e discernimento.

      Eu oro para que o Senhor lhe conceda a graça de ter as orações atendidas e sua situação transformada, para que haja salvação de seu companheiro e restauração do seu lar, em Nome de Jesus.

      Curtir

  13. paz do senhor veio aqui pastor pedir que ore por mim e desabafar pois estou passando por um momento mais dificil na minha vida minha casa só tem confusão eu nunca tive amor de pais eu nunca fui feliz não tenho prazer de estar em casa sou tão rejeitada humilhada ,sirvo a Deus desde o inicio nasci no berço evangelico tenho o dom do louvor tenho promessas e sou fiel a Deus oro busco estou na igreja sempre sou regente de mocidade mais sinto muita dor dentro de mim muita aflição angustia ninguém me dá atenção um abraço nunca fui feliz eu amo fazer a obra de Deus mais doi tanto tudo o que passo dia a dia em casa e não são 1 ano ou 2 nesse luta são 20 anos que é a minha idade nessa luta muita dor muita angustia um nó na garganta uma dor tão grande por dentro eu sou tão esforçada a igreja é longe e meia hora da minha casa pois eu nao perco um culto chovendo sol frio estou na igreja adorando e exaltando ao senhor mais n estou aguentando tanta aflição só tive decepção amorosa minha vida é toda frustada e eu sou tão fiel a Deus muitas vezes dormi chorando e desejando n acorda mais e no outro dia acordeiii chorando eu oro clamo a DEUS esses dias tá pior eu choro o tempo todo queria tanto que Deus me levasse n aguento mais sofrer tantooo seria bem melhor estar com Deus do que passar por tanta dor

    Curtir

    1. Filha, tem algo errado em seu desabafo, pois quem adora a Deus de verdade, não fica se lamentando pela falta de coisas menores. Que é o amor de pessoas se você tem o amor de Deus? Onde está o seu Deus que não é suficiente para satisfazer sua alma? Ou você está com depressão há muito tempo ou deixou crescer dentro de si uma raiz de amargura, que está lhe corroendo a alegria e a paz.

      Você, provavelmente está cantando e regendo na Igreja, mas anda de semblante descaído dentro de casa. Tem dedicado-se mais à Igreja e ministério e quase nada em casa e à família. Provavelmente você tem muito tempo que não pergunta pelo bem-estar de sua mãe, de seu pai. Que não faz um carinho a eles. Que não dirige a palavra a eles casualmente. Sem esperar qualquer retorno.

      Faça um teste consigo mesma, por quarenta dias: dê amor primeiro, sem esperar recompensa alguma, conforme 1 Coríntios, cap 13. e esqueça, nesse período, o desamor dos seus pais e foque sua mente e coração apenas em Deus e no que Ele fez por você. Vá dormir, depois de ler a Bíblia e orar por seus pais, pensando em Jesus e na Sua beleza e você acordará cantarolando. Passe o dia com Jesus em seus pensamentos e sentimentos e você verá que as pessoas notarão mudanças em sua vida. Pode não ser no primeiro dia, ou na primeira semana, mas notarão, com certeza

      Se isso não melhorar o comportamento deles, você terá aprendido a viver sem essa carência. Jesus é maior que eles e Ele supre toda a nossa carência.

      Te aconselho também a consultar um médico, pois você deve estar com depressão e um tratamento irá fazer-lhe bem também.

      O Senhor tenha misericórdia de seus pais e lhes conceda libertação desse deserto em que vivem, e assim possam abençoar você, em todas as suas necessidades, é minha oração a favor de vocês, em Nome de Jesus.

      Curtir

  14. Olá Pastor, sei que o senhor é um homem de Deus, então estou aqui lhe pedindo ajuda, uma orientação. Pastor, minha vida tá uma bagunça, pra começar vou fazer 21 anos de idade e ainda nem conseguir entrar numa faculdade, tenho estudado muito pra concursos, já fiz tantos mas num passei em nenhum, isso tem me frustado muito. Tenho me perguntado se sou mesmo capaz, tenho me sentido tão inferior, já sou uma mulher adulta e sem nenhuma perspectiva de vida. Tenho pedido a Deus ajuda, que me capacite, me oriente, mas parece que quanto mais eu peço mais fico desesperada, as vezes tenho fé, certeza que vai dá tudo certo, e as vezes me desabo a chorar. Preciso muito que algo dê certo em minha vida, não aguento mais depender de minha mãe, ela num é muito de sentar e confessar comigo sobre sentimentos, mas sei quando ela tá decepcionada comigo. Quero muito acreditar que sou capaz de vencer tudo isso, mas como isso pode ser possível quando tudo diz que não. Obrigado pela atenção, que Deus o abençoe.

    Curtir

    1. Filha, como era sua infância e adolescência com seus pais? Você os respeitava, os honrava diante dos parentes e vizinhos? Deu motivos a eles de se entristecerem contigo. Alguma vez os ofendeu, seja com palavras ou atitudes?

      Curtir

      1. Olá Pastor, a questão num era bem essa, mas já que o senhor tocou no assunto; vamos lá: passei a maior parte da minha infância com minha vó, e outra parte com minhas tias, de vez em quando ia passar uma temporada com minha mãe, por ela trabalhar até tarde como professora, não tinha tempo pra ficar comigo, então sempre quem cuidava de mim era uma parente, ela já tentou contratar uma babá, mas num deu certo; não me queixo disso, até porque minhas tias e minha avó sempre gostaram de mim e cuidavam muito bem de mim.
        Quando passei a morar com ela definitivamente, só eu e ela, sem ter algum parente por perto, eu já tinha uns 13 anos de idade, a nossa convivência tinha seu momentos de conflitos, quando algumas atitudes dela me irritava e vice-versa, mais nada muito sério, não me lembro de tê-la ofendido ou a tratado com desrespeito, seja como for a nossa relação num é a das piores e nem a das melhores, vivemos bem; só que tem coisas que gostaria que fossem diferentes como nós duas conversarmos sobre tudo uma pra outra, em expressar sentimentos, devido eu ter sido criada longe dele, nem eu nem ela tem essa atitude, eu sei eu devia dar o primeiro passo já que é eu quem quer a mudança, mas sei lá.
        A questão é que por mais que mãe não fale eu sei que ela quer me ver formada em uma faculdade, trabalhando, até porque ela conseguiu se formar e se empregar como servidora pública, tendo que morar nas casas de parentes para cursar a faculdade e trabalhar, pois onde ela morava só dava pra viver trabalhando em roça e minha vó não queria isso pros filhos dela; o problema sou eu, que desperdicei minha adolescência em relação aos meus estudos, só queria ter feito as coisas diferentes, ter sido mais madura em relação ao meu futuro e mais consciente de minhas decisões, acho que despertei um pouco tarde pra isso, e quando acordei vi que o tempo passou e que tinha que correr atrás do tempo perdido, já faz um tempo que estou consciente disso, tenho feito de um tudo, estudo muito, feito tudo que é concurso, enem; mais parece que nunca é o bastante, sempre há o que fazer, parece que todo o meu esforço é inútil, não consigo ver os frutos, não consigo ver o crescimento.
        As vezes bate um desanimo, uma vontade de me isolar e deixar as coisas pra lá, mas não posso fazer isso. Eu só queria ser outra pessoa, mais forte, mais capaz, certa do quer e do que é preciso ser feito pra se viver bem, para se sentir bem consigo mesmo. Acho que estou pedindo um pouco demais. Não sei como mudar isso, como me mudar. Que Deus me ajude. Tento me apegar a palavra de Deus, tenho procurado versículos bíblicos de encorajamento, mais parece que não consigo fixa-los em minha mente, em meu coração. Pois bem Pastor é isso aí. Obrigado pela atenção, que Deus abençoe seu ministério.

        Curtir

        1. Filha, que a doce graça e paz do Senhor Jesus esteja em seu coração, hoje e sempre. Em Jesus encontramos paz verdadeira.

          Muitas vezes a ansiedade é que nos atrapalha e, nesse desejo de alcançar logo nosso objetivo, perdemos de vista o que é realmente importante.

          Até os doze anos a criança recebe seus valores principais, aqueles que irão nortear sua vida Depois disso é apenas enriquecimento do que já lhe foi dado. Você é o que fizeram de você. Não é sua culpa não conseguir relacionar-se bem com a mãe, pois sua formação, até os treze anos, foi feita por avó e tias, sendo que esse papel deveria ter sido feito pela sua mãe, que aliás, é professora.

          Não se culpe e nem fique se lamentando pelo passado. O que passou, passou. É tempo agora de você formar seu próprio caminho, porém de forma consciente.

          Procure focar seu objetivo. É faculdade ou é concurso? Se é concurso,, qual área de atividade? Quais lugares você está disposta a ir trabalhar? Se é faculdade, só pode ser pública ou via próuni. Para qual área de conhecimento? Em quais localidades você aceitaria ir morar enquanto estuda?

          É preciso definir algumas coisas para que suas ações sejam objetivas e direcionadas. Se sua mãe tem somente a você como filha, eu creio que ela tem condições de lhe sustentar enquanto se prepara para um concurso de nível médio. Depois de empossada e trabalhando, então você terá condições de fazer a faculdade que sonha. E depois de formada e trabalhando, você terá condições de viver com seus próprios recursos e até mesmo de sustentar sua mãe na velhice dela.

          Eu oro para que o Senhor lhe conceda vitória em sua vida profissional e também no relacionamento com sua mãe. E oro também para que o Senhor lhe sustente em sua fé e esperança de dias melhores, em Nome de Jesus.

          Curtir

  15. pastor ore por mim que vim com o veneno da serpente não consigo mas enchergar o bem so vejo o mal perdão escreve meu nome no livro de deus perdoe me por ser tao fraca no amor na misericordia minha alma e condenada neguei em nao saber me confessar em não saber o que realmente e o amor tive medo de me entregar ao caminhos santos perdão ore por me

    Curtir

    1. Irmã Vilma, eu oro e peço ao Senhor que te conceda a graça de ver o quanto é amada por Deus, a ponto dele ter enviado Jesus Cristo, o Seu Filho, ao holocausto na cruz do Calvário para perdão dos seus pecados. Que ao ver seus pecados perdoados, você receba também de Deus a graça para poder perdoar a todos os que lhe ofendem e assim tire todo esse veneno de sua alma, em Nome de Jesus.

      Curtir

  16. Eu e meu namorado somos evangélicos e antes de namoramos oramos muito e jejuamos , mais quando completamos 2 meses de namoro percebemos que tudo não ia como queríamos … talvez por eu não ter tanta confiança nele (pois já sofri muito com outro namoro meu)
    então resolvemos dar um tempo … mais nesse tempo eu e ele estávamos nos encontrando e continuamos gostando um do outro é errado continuar só nos encontrando sem entrar em um relacionamento sério ?

    Curtir

    1. Não é errado não, desde que seja sem pecado. Só não sei se o rapaz vai concordar com isso por muito tempo, já que você está com dificuldades emocionais e precisa resolvê-las, caso queira ter um relacionamento sério e com compromisso, seja com esse rapaz, seja com qualquer outro, no futuro.

      Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Em Defesa da Sã Doutrina Cristã

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 924 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: