Adultério e Arrependimento


 

Pergunta:

 

Boa noite pastor, estou precisando me consertar com Deus. Eu me separei há quase um ano, mas não nos papéis. Na verdade eu pequei e sinto arrependimento.

 

Eu e meu marido tínhamos uma vida cheia de problemas, sem diálogo, sem uma vida a dois e eu acabei conhecendo um homem e me relacionei com ele. Eu estava fragilizada com o meu casamento e traí o meu marido e hoje me arrependo muito.

 

Fui a uma igreja evangélica com os meus filhos e eles pediram a Deus que eu e o meu marido voltássemos. Isso tocou meu coração, mas não sei se mereço, estou confusa.

 

Pastor, o meu desejo é que Deus me perdoe e o meu marido também. Quero muito voltar com ele e termos uma vida centrada no Senhor. O que devo fazer? Como consigo sentir o perdão de Deus? Me ajude pastor. Cristina

 

 

Resposta:

 

Filha, o perdão de Deus não é para ser sentido, mas crido. A Bíblia Sagrada diz que se pedirmos perdão, Ele nos perdoa. E Seu perdão é imediato. Está escrito e, portanto, é verdadeiro: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1:9).

 

Mas, para isso, é necessário que confessemos diante de Deus que pecamos mesmo. E que pecamos por nós mesmos, sem jogar a culpa noutra pessoa ou circunstância. Você traiu seu marido porque quis e não porque o casamento estava ruim. Conheço muitas pessoas cujo casamento está ruim e nem por isso elas traem o cônjuge. Conheço outras em que o casamento estava bom e ainda assim traíram.

 

Não fique se justificando, mas reconheça que pecou porque quis. Se você sondar seu coração, verá que, no fundo, alimentava alguma fantasia a esse respeito, seja por gosto, seja por vingança. Talvez até mesmo tenha tido uma ou outra experiência extra-conjugal antes. Não falo da relação sexual propriamente dita, mas de algo romântico, aventureiro, misterioso com algum colega de trabalho, vizinho, amigo. Isso também é adultério.

 

Não falo isso para lhe condenar, mas para ajudar. Jesus Cristo veio para salvar o pecador e Ele lhe ama e quer lhe dar o perdão e a paz no coração. Mesmo que seu marido não volte jamais para você, ainda assim, você terá paz porque foi perdoada.

 

E, se você tem paz no coração, anda com o senhor, faz-lhe a vontade, Ele pode até restaurar-lhe o lar, a família. Não significa que irá fazer, porque seu marido também precisa querer, mas que o Senhor tem poder para isso, tem. Não se trata de merecer, como você diz, mas sim que essa é a vontade de Deus: que todo lar, toda família, glorifique a Deus.

 

Confesse agora a deus que é pecadora, peça-lhe o perdão e um novo nascimento e comece a glorificá-lO. Procure seu marido (ou escreva-lhe, se for o caso) e peça-lhe perdão pelo adultério, assim como por todas as demais coisas que fez contra ele. Deixe o resto por conta de Deus. Comece a ler a Bíblia diariamente, a orar, a andar com Deus. Procure uma Igreja perto de sua casa e comece a congregar para que nela você seja edificada espiritualmente.

 

Para sua meditação: Leia Salmo 84.

 

Deus lhe abençoe com a plena restauração da paz, da alegria e do amor do marido e dos filhos.

 

Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração se encontram os caminhos aplanados, o qual, passando pelo vale árido, faz dele um manancial; de bênçãos o cobre a primeira chuva” (Sl 84:5,6).

 

 

José Adelson de Noronha

866 opiniões sobre “Adultério e Arrependimento”

  1. Pastor ,as coisas estão difíceis em meu lar, o que eu faço?
    Preciso de um conselho. Sou casada, temos filhos e filhas, vamos a igreja e servimos a Deus, mas a nossa relação conjugal não vai bem. Meu marido era um doce de pessoa antes de nos casarmos, porém depois de casados, ele mudou muito. Antes ele me trazia flores, era gentil e cavalheiro, mas agora, não faz mais nada disso. Eu fico esperando uma mudança por parte dele, mas parece que está piorando. Ele está crítico, ninguém é bom para ele, ninguém presta, nem a igreja lhe parece servir mais. Ele tem feito a gente sofrer muito, não consigo me aproximar dele, ele está agressivo, e as coisas começam a faltar em casa, pois está gastando dinheiro não sei onde. Outro dia ele me deu um tapa no rosto, e os gritos, já são uma constante, estou ficando com medo e as crianças também. Tenho percebido também alguém que liga para ele e, as vezes , não atende, ou quando o faz, vai para longe impedindo que eu escute a conversa. O que devo fazer, o que o pastor acha disso tudo, será que é o fim?

    Curtir

    1. Amiga, não sou pastora, mas posso comentar. As vezes, o casamento passa por “altos e baixos” e é preciso sabedoria para num momento de crise, o casamento não chegar ao fim. Uma coisa importante: o casal jamais deve discutir/brigar na frente dos filhos, pois afeta muito as crianças e adolescentes, a ponto deles mudarem de comportamento na escola, nas amizades etc.

      Você perguntou se é o fim, mas uma resposta concreta é difícil. Você pode conversar com o marido para juntos tentarem uma terapia de casal com um profissional cristão que saberá ajudá-los sem ir contra os princípios bíblicos. Seu marido apesar de ir a igreja, pelo comportamento demonstra uma “frieza” espiritual, pois um cristão convertido realmente não age grosseiramente com agressões físicas ou verbais e um possível caso extraconjugal. Por isso, ore pela conversão real de seu marido. Convide-o a juntos lerem uma passagem bíblica e depois orarem juntos em prol do casamento.

      Certos homens quando arrumam amantes, ficam agressivos e sem paciência com a esposa e filhos. Resolvem de uma hora para outra descontar toda sua frustração em casa. Por isso, se quer manter o casamento será preciso uma dose de paciência, oração e ação. Uma terapia de casal pode ajudar se ele topar participar. E procure observar o que pode melhorar também, porque é preciso esforço de ambos. Procure se arrumar mais, a se cuidar e valorizar como mulher, uma mulher segura, com autoestima e bem cuidada, atrai. Homens gostam de ver suas mulheres bonitas, perfumadas e com autoestima. Claro que há muitas coisas envolvidas num casamento e vai muito além da estética, mas é preciso se atentar nisso.

      Procure se firmar com Deus , porque para Ele nada é impossível. Mas uma ressalva: cuidado com o seu bem-estar e o de seus filhos. Não aceite passivamente agressões físicas e verbais de seu marido. Muitas tragédias acontecem infelizmente com as mulheres e filhos, por conta de problemas conjugais mal resolvidos. Então esteja atenta!

      Um abraço.

      Curtir

      1. Obs: Você disse que não consegue se aproximar de seu marido. Entendo que isso acontece muito, de um se afastar a tal ponto de se instalar uma barreira. E se não se atentarem rapidamente, a barreira só aumenta com o tempo. Não posso afirmar que teu marido esteja com amante, mas supondo que esteja ( os sinais são quase óbvios) , o trabalho é em dobro. É preciso reconquistar o marido e geralmente com pressão não dá certo. É preciso ser sutil, de um jeito sábio. Apesar de ser difícil, procure encontrar um momento para conversar a sós com o marido e então fale que do jeito que as coisas estão não dá para continuar e fale sobre uma terapia de casal ou um curso para casados. Se ele não quiser, infelizmente ficará mais difícil, pois um casamento para dar certo depende do esforço de ambos cônjuges. E repito: não se acostume a aguentar grosserias, tapas no rosto não! Não se sujeite a esse tipo de comportamento, você merece respeito!

        Que Deus lhe abençoe e ajude nesse nomento complexo que está passando.

        Curtir

  2. Mulheres que traem tipo essas duas e muitas outras sempre vem com esse papinho: meu marido é excelente, é muito bom comigo etc etc. Parece que sao esses bonzinhos que mais levam Chipre mesmo. Minha opinião: mulher que trai sente remorso. Mulher que não trai sente arrependimento! Pq o que mais tem hoje em dia é mulher traindo principalmente quando o marido é muito bom para ela. Estranho não? É o instinto de vadiagem de muitas mulheres. Até no meio religioso! Conheci uma que traia o marido com o padre mas depois se arrependeu. Vadias arrependidas tem em todo lugar. Ficava falando pras amigas que se envolveu com o padre e estava arrependida. Falou para o padre que queria contar tudo para o marido pq estava sofrendo e queria contar tudo para o marido.
    Alguém lhe convenceu que ela precisava oferecer sua vida em sacrifício para ter o perdão de deus, alguém, o santo padre queria se livrar dela que estava arrependida e abrindo o bico. Apareceu morta em um suposto
    “despacho”. Traições sempre acabam muito mal! Até em casamentos abertos.

    Curtir

    1. Phil, infelizmente há muitas mulheres que traem mesmo e algumas nem se arrependem, outras se arrependem e mudam de vida. Mas é bom lembrar que o joio está misturado ao trigo…Por isso, vemos alguns cristãos agindo displicentemente, sem temor ao Senhor. Mas ainda há mulheres honestas e que honram seus maridos bons… Toda regra tem exceção. E tem razão: traição sempre acaba mal mesmo, porque todo pecado, mesmo quando confessado e deixado, tem consequências.

      Um abraço.

      Curtir

  3. Sou casada há 16 anos, tenho um filho de 14 anos, tudo ia bem até eu reencontrar um homem pelo qual fui extremamente apaixonada aos 15 anos, agora anos depois o reencontrei pelo face,ele está divorciado, nos falamos há 3 meses diariamente, não falei que sou casada, meu marido é excelente, mas esse cara mexe profundamente comigo, ele mora a 500 km da minha cidade, creio que por isso ainda não traí o meu marido.
    Sou evangélica, não bebo, não fumo, sou graduada, tenho uma vida financeira estável. Ele é católico fervoroso, mas bebe, fuma, fala palavrão, não estudou, não sei o que me atrai tanto a esse homem, foi um erro ter reiniciado contato com ele, já tentei não manter mais contato, não sei o que fazer é mais forte que eu.

    Curtir

    1. Irmã, você diz que seu marido é excelente, certo! Então foi com ele que você se casou e jurou diante de Deus a amar e respeitar independentemente de qualquer circunstância. Na verdade, essas redes sociais são um perigo por isso mesmo, muitos tropeçam por aí mesmo, com redes sociais, WhatsApp, carona, etc. É preciso vigiar e muito, pois o diabo anda como leão, procurando a presa mais fácil….
      Se continuar com isso, a tentação chegará num ponto sem retorno, e não pense que seja algo difícil, pois muitas fazem sexo virtual, ou marcam encontros, e aí em toda parte sempre tem um Motel né…

      É preciso rejeitar todo sentimento represado, toda paixonite e toda uma fantasia de algo que nunca ocorrerá, pois o seu príncipe que se casou é o seu marido, é a ele que você deve amar e respeitar. O outro é apenas uma fantasia, motivada pela distância e pelo tempo, a pessoa imagina uma história que nunca vai existir, e na prática mesmo, se tivesse se casado com esse homem, veria o quanto ele deve ser insuportável.

      O que fazer amada, é cortar todo contato, excluir esse homem depressa da sua vida. Temos que ser intransigentes com o pecado, e não deixar que a tentação te domine. Exclui essa pessoa dos seus contatos, pois se continuar será apenas uma questão de tempo e da oportunidade (que o diabo já deve estar providenciando), para ambos irem pra cama mesmo, e depois só vai restar amargura, frustração (Sim) e vidas destruídas. Tenha coragem de tomar atitudes drásticas agora, para não chorar depois. Que o Espírito Santo lhe convença e lhe fortaleça. Abraço.

      Curtir

      1. Lembre-se que você poder escolher pecar, porém você NÃO poderá escolher qual consequência enfrentará. Pode ser uma bem pior ée sem haver com o casamento(filhos em perigo).
        Não faça isso. Preserve a sua família das consequências.

        Curtir

    2. Queria deixar um comentário para essa anônima acima casada há 16 anos…

      Você disse que não sabe o que te atrai nesse homem, pois sabe a resposta para isso? O que atrai provavelmente é a lembrança da “paixonite” que teve por ele aos 15 anos de idade. E aos 15 anos, amada, principalmente as meninas, fantasiam demais, se iludem demais. Então, me surpreende você hoje, ainda se prender nisso. Até o homem depois desses anos todos já não é mais o mesmo daquele de anos atras, pois o tempo passa para todo mundo.

      Traição não é somente quando há encontros. Ficar de conversinha fiada, flertando também é traição. E sabemos quando a intenção é ruim, quando começa a esconder fatos: como você fez, não dizendo que é casada. O ideal é cortar o mal pela raíz, parando de conversa nas redes sociais com o cara. Infelizmente, as vezes é melhor ser radical.

      O cara bebe, fuma, fala palavrão, não estudou e você ainda está nutrindo fantasia?! Seu marido provavelmente é bom marido segundo você mesma disse, então cuidado. O diabo lança ciladas e nunca dá nada de bom. Pode até dar coisas legais mas depois toma tudo ou perturba tanto que a coisa boa não compensa. Cuidado, porque pode perder um excelente marido por causa de alguém que nem vale a pena. Valorize sua família. Honre teu casamento. Quando ficar tentada com o tal homem. Lembre-se que na internet todo homem parece bonito, educado, rico e melhor do que o marido. Mas na realidade, muitas vezes é o contrário do que apresenta na internet: é feio ( usam fotos de 15 anos atrás ou fotoshop), não são finos, são grosseiros e enganadores. Trocar o certo pelo duvidoso, é ruim hem!!! E antes de continuar na tentação lembre-se que os anos passaram e já não tem 15 anos. Seja madura e sábia. Não deixe o diabo destruir sua família. Pise nas armadilhas de satanás. Que Deus lhe abençoe com sabediria.

      Um abraço.

      Curtir

      1. Correção: onde escrevi “sabediria”, leia-se “sabedoria”.

        Obs: Não estou sendo preconceituosa ao dizer que na internet os homens parec bonitos, ricos, educados etc, mas que na realidade muitos são feios, grosseiros etc. O que estou alertando não é sobre “feiúra ou pobreza” ( isso não é defeito e beleza não põe mesa rsrs), estou alertando que na internet é fácil se passar por alguém diferente. As fotos são corrigidas ou se usa fotos de 15 anos atrás e alguém “cai” nisso dizendo: “Nossa, fulano está bonito e meu marido está acabado. Fulano é educado e meu marido não me nota”. Muitos caem nessa( homens e mulheres) e depois quando se dão conta, veem que tudo era ilusão.

        É melhor fugir da aparência do mal, principalmente os casados. E se não têm domínio próprio: melhor excluir certos contatos do que depois cair em adultério, pecando contra Deus e a família.

        Curtir

            1. Pois é, anônimo…internet é muito útil e bom se usado com responsabilidade. Mas muitos enganam e muitos são enganados. E na era do photoshop, etc, fica fácil ser ” bonito, encantador e fino” e …Muito fácil um “sapo” se passar por “príncipe” rsrs. A verdade é que muitos se passam por alguém diferente do que é ( isso que quis dizer, a questão de beleza é relativo. Mas falo de enganação na internet que faz muitas vítimas. Deus lhe abençoe.

              Um abraço.

              Curtir

  4. A paz irmã Cacau, Sou uma mulher casada ha 6 anos tenho 26 anos.tenho uma filha que e do fruto de casamento. Sou crista ja desde a adolescencia e meu esposo é pastor. Sou estudante e durante o tempo de estudos cometi um grande pecado contra Deus e meu esposo. Estava mal na escola e aproximando um dos meus professores com intenção de pedir ajuda para poder passar de classe. Ele seduziu-me de uma maneira que não consegui me conter em reprovar de classe, pois o meu grande desejo era passar de classe. Aceitei me meter com ele, fui com ele a cama, onde pela primeira vez trai meu marido. Pois fiz isso a pensar que consiguiria esquecer naquele mesmo dia, pois naquela altura eu se afastei de Deus pensava que por mim só seria capaz de resolver as minhas proprias preucupações pois apesar de ter sido uma e unica vez. Cacau, desde aquele dia ate hoje eu vivo o maior tormento da minha vida, fui com o professor a cama, passei de classe, mas estou pagando por isso, sinto dentro de mim um grande ódio, raiva do professor, e de mim por ter acontecido o que não devia ter acontecido. Sinto-me inútel perante o meu marido e as demais pessoas, após ter passado 4 meses a raiva aumentando em mim. mais o que eu nao deixava de fazer era de orar, por tanta angustia dentro de mim que ja não suportava carregar sozinha, procurei conversar com o meu marido, confessei-lhe tudo o que havia acontecido,apesar de não ter sido facil pra mim e pior foi para ele. ele procurou saber como foi e com quem foi. fui forte falei toda a verdade sem esconder nada, pos eu ja estava preparada para qualquer reação dele, até mesmo si ele tivesse me dito que seria o fim do casamento, pós pra mim a coisa que eu achei importante era de buscar ao senhor e pagar qualquer preço pela minha maldade. mas graças a Deus o meu marido houviu-me e perdou-me. só que apesar de meu marido saber da verdade e ter me perdoado, ainda é dificel para mim por que ainda ando na mesma escola, e o professor ainda continua a ser o meu professor, sinto despreso, espezinhação da parte dele mesmo no meio da aula.ele sabe que arrependi. Sinto medo que ele possa querer prejudicar-me nos estudos. Agora sinto em como a escola para mim não tever peso, tentei aproximar me do professor para conversar com ele demonstrar o meu arrependimento pra ele mais ele evita estar perto de mim até dentro de recinto escolar, isso faz com a minha raiva aumente e o meu desejo é abandonar a escola, mais o meu marido aconselha-me a terminar a escola, mas eu ja não me sinto a vontade na escola principalmente quando o vejo.Houve um tempo até que me deu vontade de lhe processar, mas dentro de mim sente porque iria acabar com o emprego que ele precisa pra si sustentar assim com a familia dele. Cacau, por favor ajude-me em oração assim como em palavras o que posso eu fazer nesta situação? eu nao gostaria que ele perdesse o emprego dele partindo de mim, e gostaria de um dia ter a oportonidade de conversar com ele lhe fazer entender o mal que fizemos, e que se fossi possivel ele também se arrependesse e não voltar a fazer esse tipo de coisa com qualquer que seja aluna. Sera que isso pode acontecer,Cacau? Sera q posso ter esperança de um dia hover uma amizade dentro de nós e nao odio? Nunca desejei mal a ninguém, e nunca foi de meu desejo provocar sofrimento para outra pessoa. eu continou orando para poder tirar esse peso todo dentro de mim, sem que traga mais tristeza. Obrigado Cacau por eu estar desabafando a ti.

    Curtir

    1. Amada, li com carinho teu desabafo. Primeiro quero dizer que o mais importante já fez que foi confessar ao marido e por ele ser pastor, de uma vez só confessou ao marido e pastor. Mas a quem é mais importante confessar arrependida é a Deus.

      Realmente não é bom guardar ódio e se vingar fazendo algo para o professor perder o emprego também não é legal, até porque o envolvimento a que dá a entender foi consensual. Você não precisa ficar tentando conversar com o professor e nem tentando se explicar…Aliás, uma amizade entre os dois seria na verdade um perigo de recaída ( e o Inimigo sabe jogar em cima disso). Você não precisa alimentar raiva dele, mas uma amizade não seria prudente e teu marido poderia se sentir desconfortável, chateado.

      Seu marido foi legal perdoando e ainda continuando a lhe apoiar os estudos ( mesmo sabendo que está perto do professor) então valorize seu marido: amando e respeitando, dando um bom exemplo para sua filha. Filhos observam os pais e por isso, os pais devem ser exemplos bons que eles possam se espelhar.

      Foque nos estudos para concluir o curso, ore sempre a Deus pedindo direção, sabedoria para não voltar a cair no pecado. Peça a Deus que ele tire toda raiva, ódio de seu coração, mas sinceramente: evite uma amizade com o professor. Melhor fugir da aparência do mal.

      Um abraço.

      Curtir

    2. Esses tipos covardes estão em toda parte, agora imagine que eles se especializam nisso, sabem como assediar uma aluna, oferecendo uma suposta “ajuda nas matérias,” mas com outras intenções bem safadas, e fazem chantagens, até as alunas cederem e irem ‘meter com ele’, mesmo que algumas resistam, mas eles sabem muito bem que sempre haverão algumas mais fáceis, ou vencem pela insistência.
      Irmã, e a pior coisa é esse seu desejo de falar com ele, de manter amizades, se continuar com isso, a única coisa que vai conseguir, é que ele vai te levar pra cama de novo! Da mesma forma que ele fez com você, imagine que ele já é acostumando com isso, quantas já levou pra cama da mesma forma e quantas ainda levará. É provável que ele nem queira nada com você por já estar “comendo outra” aluna.
      E as mulheres também não que sejam nenhuma vítima, elas aceitam por que querem mesmo, são seduzidas, mas poderiam ter dito NÃO, ninguém colocou uma arma na cabeça, certo.

      Apenas ore por ele, mas não queira mais ter conversas com o sujeito, não queira explicar mais nada, se ele vier numa calçada, vá para a outra para não falar com ele (e isso não é ódio, é sabedoria), lembre-se que o diabo se possível vai usar ele (ou outros homens), pois sabe que você já caiu e é fraca nessa área. Se continuar dando bobeira, vai continuar caindo irmã, é preciso vigiar mais. Apenas ore pelo sujeito, que o Senhor tenha misericórdia dele, mas esquece ele, pois parece que ainda está querendo se ligar com ele de novo. E que o bom Deus vos abençoe.

      Curtir

  5. Irmã Cacau, sou eu mesmo o médium Anselmo muito conhecido nos meios Espíritas e lamento não podermos manter um diálogo coerente pois vejo seu carma muito confuso e instável amiga.
    Busque ajuda dos amigos do plano Superior para equilibrar suas energias. Procure ajuda em um Centro Espírita “Kardecista.” Ouvirá palestras esclarecedoras e receberá passes que equilibrarao seu interior.
    Estendo o convite aos que ainda não encontraram a Espiritualidade Superior. Até mais.

    Curtir

    1. rsrs Estou rindo aqui da sua hipocrisia, pois com este “convite” está me julgando mais uma vez sem nem ao menos me conhecer. Contra os textos bíblicos que apresentei você não tem argumentos e por isso insinua que ” meu carma ” é instável e confuso. Eu sei quem está por trás do Anselmo rsrs. Tem tanta implicância que continuará sempre achando “ponta” para me perseguir ….

      Pode crer que não sou confusa nenhum pouco. Medite nos versos e no que falei…Quem está confuso no que segue não sou eu. E não procurarei centro espírita, eu até citei o verso sobre médiuns, lembra? Uma vez te disse: siga tua fé, que eu sigo a minha. E diálogo coerente eu posso ter com quem acredita na Bíblia e entende e aceita a sua mensagem, agora ficar no “lenga-lenga” com alguém que nitidamente só quer atacar e provocar…não é comigo mesmo!

      Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s