Como funcionam os principados?


Pergunta:

 

Como funcionam os principados? São os querubins adversários? Guilherme

 

 

Resposta:

 

Irmão, o mundo espiritual é real e mais verdadeiro do que o mundo visível que conhecemos. A Bíblia cita alguns seres habitantes desse mundo, aqueles que precisamos saber na nossa peregrinação. Biblicamente não temos como comprovar se existem outros, mas eu penso que sim, pois nosso Pai é um Deus criador que trabalha até hoje. Mas, como não temos como provar, vamos ficar somente com os que conhecemos.

 

O versículo abaixo refere-se a Jesus e fala deste mundo invisível: “Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste” (Cl 1:15-17).

 

Resumidamente, podemos dizer que esses seres podem ser divididos em algumas classes: anjos, arcanjos, querubins, serafins e demônios. E agora, na plenitude dos tempos, por meio de Jesus e para Jesus, nasceu mais uma classe: os filhos de Deus! Todos os demais seres são criaturas, mas nós somos filhos. Nós fomos gerados, à imagem e semelhança de Cristo, pelo sangue de Cristo!

 

Os filhos de Deus são superiores a todos os demais seres celestiais, embora, no presente, sejam menores: “Pois não foi a anjos que sujeitou o mundo que há de vir, sobre o qual estamos falando; antes, alguém, em certo lugar, deu pleno testemunho, dizendo: Que é o homem, que dele te lembres? Ou o filho do homem, que o visites? Fizeste-o, por um pouco, menor que os anjos, de glória e de honra o coroaste e o constituíste sobre as obras das tuas mãos. Todas as coisas sujeitaste debaixo dos seus pés. Ora, desde que lhe sujeitou todas as coisas, nada deixou fora do seu domínio. Agora, porém, ainda não vemos todas as coisas a ele sujeitas” (Hb 2:5-8).

 

Além disso, os filhos de Deus formam a Igreja, que é a Noiva de Cristo! Grande privilégio o nosso, pela maravilhosa Graça de Deus! Graças a Deus por Jesus Cristo! Não é sem razão que tantos te amam, Jesus!

 

Irmão, os seres espirituais estão reunidos em principados e potestades, organizados e extremamente eficientes, com objetivos bem específicos.

 

Vamos falar um pouco deles, deixando os anjos por último.

 

Querubins: Não temos muitas referências a eles nas Escrituras, mas sabemos que Deus os colocou no jardim do Éden para guardar a árvore da vida. Aparecem também em Ezequiel e Apocalipse, numa forma extraordinária e de difícil compreensão. Na construção da Arca da Aliança Deus ordenou que Moisés colocasse a figura de dois deles sobre o propiciatório, olhando para o sangue do sacrifício colocado sobre a Lei.

 

A Bíblia cita somente um querubim adversário de Deus, que é conhecido como Lúcifer, Satanás, Diabo e outros nomes.

 

O nome Lúcifer (anjo de luz) não aparece na Bíblia na nossas versões em português, mas sim em algumas versões em inglês, traduzidas da Vulgata Latina, no versículo de Isaías 14:12: “How art thou fallen from heaven, O Lucifer, son of the morning! how art thou cut down to the ground, which didst weaken the nations!” (versão AV, 1789).

 

Em português é traduzido como “estrela da manhã”: “Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!” (Versão Ferreira de Almeida, RA).

 

O nome satanás não é um nome próprio, mas sim um substantivo, significando “adversário de Deus”.

 

 

Serafins: Eles lideram o louvor a Deus e aparecem somente no livro de Isaías, cap. 6.

 

Arcanjos: A Bíblia cita somente um: Miguel. É o ser responsável pela proteção à nação de Israel, bem como aos filhos de Abraão. Ele lidera legiões de anjos bons e trava luta renhida contra satanás e seus anjos.

 

Demônios: Sabemos muito pouco sobre eles. A Bíblia não cita nada a respeito da sua criação ou origem, mas sabemos que não são os anjos caídos. A Bíblia nunca cita uma pessoa possuída por um anjo mau. Cita, isso sim, pessoas sob possessões demoníacas ou espíritos do mal ou espíritos imundos. Também verificamos que os demônios, aparentemente, têm fome e sede de estar dentro de um corpo vivo, seja de homem, seja de animal. O demônio precisa de um corpo para alimentar-se, praticar o mal e satisfazer seus vícios e suas necessidades pecaminosas.

 

Anjos: Os anjos foram criados livres, com capacidade de escolherem seu destino. E eles já fizeram isso, não sabemos quando. Por isso, hoje temos anjos bons e anjos maus. Os anjos maus são liderados pelo querubim Lúcifer. Uma outra organização formada por anjos bons é liderada pelo arcanjo Miguel, com a missão de proteger Israel. Ambas as organizações são extremamente organizadas, trabalhando com afinco e dedicação. Eles são organizados, formam  batalhões e podem assumir a forma humana. Alguns desses anjos maus já estão presos e os demais serão presos também, no tempo oportuno, pois nada está fora do controle de Deus!

 

Os anjos não devem ser adorados, em hipótese alguma. Adoração é devida somente a Deus. Os anjos bons são espíritos ministradores a favor dos homens, comunicam a vontade de Deus ao homem, executam os propósitos e os juízos de Deus e regozijam-se com o arrependimento de cada pecador.

 

Que o Senhor lhe abençoe com grande paz no seu caminho de edificação espiritual.

 

José Adelson de Noronha

9 opiniões sobre “Como funcionam os principados?”

  1. A Bíblia, no original, usa palavras distintas para referir-se a anjos e a demônios. Por isso é que podemos afirmar que os demônios não são os anjos caídos, os quais são também malignos, perversos, inimigos de Deus e dos homens.

    Só distinguimos os anjos bons dos caídos pelas suas ações e contexto bíblico, pois o termo usado no original é o mesmo para ambos. Exemplo:
    “O sexto anjo tocou a trombeta, e ouvi uma voz procedente dos quatro ângulos do altar de ouro que se encontra na presença de Deus, dizendo ao sexto anjo, o mesmo que tem a trombeta: solta os quatro anjos que se encontram atados junto ao grande rio Eufrates Foram, então, soltos os quatro anjos que se achavam preparados para a hora, o dia, o mês e o ano, para que matassem a terça parte dos homens” (Ap 9:13-15)

    Observe que nos versículos acima existe um anjo do Senhor (o anjo da sexta trombeta) e quatro anjos maus, que estão amarrados junto ao rio Eufrates, Esses, só serão soltos quando o Senhor determinar, pois a fúria assassina deles é tamanha, que matarão um terço da humanidade, usando um exército de 200 milhões de homens.

    “Depois destas coisas, vi descer do céu outro anjo, que tinha grande autoridade, e a terra se iluminou com a sua glória. Então exclamou com potente voz, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia e se tornou morada de demônios, covil de toda espécie de espírito imundo e esconderijo de todo gênero de ave imunda e detestável,” (Ap 18:1,2).

    O Senhor continue lhe abençoando com sede da Palavra de Deus.

    Curtir

  2. Eu amei esse estudo ele nos ensina a nos esquivarmos das armações do diabo,e é in-
    crivel a incapacidade do ser humano em ñ acreditar
    q anjos e demonios existem.Sou evangélica a um bom tempo sou batizada nas águas,no fogo e com línguas espirituais.Mas cada vez mais to buscando a face do Senhor.E espero q tenha mais estudos para eu ler
    Amei muito!!!!!!!!!

    Curtir

  3. gostaria que reeditassem esse estudo sobre anjos arcanjos querubins e serafins porem com clara base biblica pois assim fica confiavel ..cintando todos os verciculos que serve de prova nas afirmaçoes ….

    Curtir

  4. É triste constatar a ignorância das pessoas na internet e a falta de iniciativa em pesquisar sobre assuntos do próprio interesse. Ficar limitado a respostas que são baseadas na bíblia é igualmente sofrível. Isso é assunto para estudos baseados na cabala, seja pelo zoroastrismo, grimório, torá ou o que mais faz referências explícitas sobre isso. A bíblia simplesmente é um livro cujo contexto original já foi transgredido tradução a tradução a muitos séculos e assim permanece sendo. Fosse com transcrições ou mesmo retirada de vários trechos que depois foram tidos simplesmente como “apócrifos” pela igreja, é mais do que sabido que a bíblia não é confiável historicamente.

    Curtir

  5. olha gostei muito estou no caminho evangelico a pouco tempo.gostaria de saber mais como sao as coisas de DEUS.fui batizade em linguas espirituais .quero me aprofundar nos conhecimentos de JESUS.

    Curtir

    1. ola. quero saber sob qual base vc diz que demonios não são anjos caidos conforme segue abaixo…?
      ” Demônios: Sabemos muito pouco sobre eles. A Bíblia não cita nada a respeito da sua criação ou origem, mas sabemos que não são os anjos caídos.”
      desde já agardeço.

      Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s