Deus Engana as Pessoas?


Rei Acabe

Pergunta:

Boa tarde,

estava lendo a Bíblia no capitulo 18 de II Crônicas e me deparei com o acontecimento onde, segundo eu entendi, o próprio Deus libera um espírito para mentir para seus profetas, não sei se estou certo, mas até aí tudo bem… o que me deixou de orelhas em pé, foi saber que Deus tinha um plano para enganar o rei de Israel, e o profeta Micaías, “descobriu” o plano de Deus.

 

Você teria alguma explicação para este trecho bíblico? Dei uma olhada em várias bíblias de estudo e não encontrei quase nada a respeito.

 

Abraços, Luiz.

 

 

Resposta:

 

Amado,

 

Realmente o plano de Deus era confundir Acabe e assim puní-lo pelas suas transgressões. E Deus já estava operando esse plano por meio dos quatrocentos “profetas” consultados. Havia um espírito de engano operando no coração deles, e, pelas suas bocas, operando no coração de Acabe.

 

Mas vemos pela análise do texto que esses quatrocentos profetas consultados pelos reis Acabe e Josafá não eram profetas de Deus, mas sim de Acabe. Eles falavam o que Acabe queria ouvir e não o que Deus mandava dizer. Eles falavam o que o espírito mentiroso os inspirava. E tudo isso com o consentimento de Deus, é claro.

 

Por isso Josafá pede que se busque um outro profeta, que realmente seja de Deus: “Disse, porém, Josafá: Não há, aqui, ainda algum profeta do SENHOR, para o consultarmos? Respondeu o rei de Israel a Josafá: Há um ainda, por quem podemos consultar o SENHOR” (2 Cr 18:6,7).

 

E esse profeta de Deus era Micaías, que sempre ouvia a Deus e falava o que Deus mandava que se dissesse. Deus não deixou Acabe enganado, mas revelou seu plano a Micaías e ele, por sua vez, o revelou a Acabe. Isso era a vontade de Deus também. Até aí vemos a bondade de Deus, dando oportunidade a Acabe para arrepender-se e voltar-se para Deus.

 

Mas ele não quis arrepender-se e foi à guerra, perecendo. Acabe escolheu o engano, como tantos outros têm feito hoje em dia. Engano esse que a cada dia será mais presente na vida de muitos, especialmente nesses últimos dias que antecedem a volta de Jesus: “Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça” (2 Ts 2:9-12).

 

Espero que tenha lhe esclarecido. Que o Senhor lhe abençoe e guarde.

 

José Adelson de Noronha

9 opiniões sobre “Deus Engana as Pessoas?”

  1. Para José Adelson. Para mim, afirmar que algo é infalível, sem conhecer e nem considerar a possibilidade de qualquer falha, já é sinal de fanatismo, e abuso de confiança. Concorda? E pode comprometer a integridade física e psíquica de muitas pessoas. Eu não apoio.

    Curtir

    1. Felippe, eu não sou iletrado e nem inculto e já vivi entre filósofos e homens racionais, mas só encontrei razão para minha vida quando encontrei a fé em Jesus Cristo e no Seu sacrifício, na cruz do Calvário, a meu favor.

      Quando tive a revelação de que Deus me amou com tal intensidade que deu Jesus Cristo em holocausto para que meus pecados fossem pagos e assim eu pudesse ser restaurado à convivência com o Pai, então me tornei um homem feliz.

      Por isso não concordo com suas afirmativas que a fé é fanatismo e abuso de confiança, pois foi decisão minha aceitá-la e viver por meio dela, assim como é decisão minha não discutir com quem resiste ao amor de Deus, mas apenas orar por eles.

      Eu não concordo com seus comentários e afirmativas, mas não vou ficar aqui debatendo com você e nem com qualquer outro, pois o propósito do blog não é o de debate, mas apenas ajudar a quem me procura. E eu ajudo com o que recebi, isto é, anunciando aos aflitos a boa notícia de que cristo morreu pelos nossos pecados, foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia. Quem crer será salvo. Quem não crer, já está condenado.

      Eu oro para que o Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda fé para crer e seja assim salvo.

      Curtir

  2. Para José Adelson: Considero uma enfermidade a atitude de qualquer entidade que te ameaça ao sofrimento eterno caso você não veja a suspender ou sacrificar qualquer tipo de dúvida ou seu lado racional no sentido de ter que considerar a imposição de verdades duvidosas como infalíveis sem conhece-las. Para mil isso é mais que incoerência. É abusar da confiança. E estou certo que muitos terão muitas surpresas em algum momento da sua trajetória evolutiva descobrirem que há muitas falsas e meias verdades em vários livros sagrados que servem para escravizar e adoecer muitas consciências.

    Curtir

  3. A palavra “Deus” se torna tão confusa e perigosa, que posso utilizar a mesma para me referir à conceitos diferentes: “à “Deus” ninguém engana.” (pelo menos a todo momento não). “Deus” no sentido de outros grupos nessa dimensão material e imaterial livres da imposição da violência dogmática e abuso das emoções.

    Curtir

  4. No decorrer de anos de experiência de vida material e imaterial, observação de fatos e vivências também lúcida fora do corpo físico, cheguei a conclusão que a palavra “Deus” se torna perigosa, pouco confiável e promíscua: vale-se para explicar coisas e fenômenos bem diferentes, sem maior critério esclarecedor, que diminui a lucidez das pessoas. Grupos de indivíduos nessa e em outras dimensões (fora da matéria) utilizam também desse pseudônimo para manipular, enganar, mentir, roubar, matar, forçar reconciliações falsas com assediadores com uso de mais mentiras, dentre outras ações. Estimula o contágio de sentimento de medo e ódio irracional, cujos os efeitos colaterais muitos deles já conhecemos no decorrer dos séculos. Fomenta dependências emocionais excessivas entre os grupos, assim como a separação (sectarismo) entre eles com base em lógicas irracionais com suspensão da razão e da dúvida. O medo e o ódio escravizam. Limitam e prejudicam diversos comportamentos evolutivos contribuindo para que a consciência fique paralisada em vários aspectos repetindo muitos comportamentos do passado já evitáveis. A experiência fora do corpo, proibida por alguns grupos em nome de “Deus” (explicada como prática de “feitiçaria” e “ocultismo”) serve como recurso para manter “oculto” o que poderia se tornar revelado denunciando tais armadilhas. Existem grupos com diferentes interesses políticos: o “Deus” da religião X, Y, (…): que também manifestam determinados delírios de grandeza e abusos de poder. Dentro da religião cristã existem mais de 3000 denominações falando de um Deus “igual” e ao mesmo tempo diferente.

    Curtir

    1. Felipe, você pode ter tido muitos anos de experiência material e imaterial (embora eu não o creia, pois isso não é bíblico), mas não tem experiência com o nosso Deus e nem sabe que o Deus dos cristãos tem um nome: PAI!

      Curtir

      1. -Concorda que pode ter muitos fatos extrafísicos (“ou espirituais”) que independem de você crer ou não crer nos mesmos para eles continuarem existindo? Concorda com a frase abaixo?

        Fonte: Marcelo da Luz. Onde a Religião Termina? p.161 – Gratuito no google livros.
        “O amor do “Deus” cristão, descrito nesses termos, não difere muito do desequilíbrio da paixão manifesto em pessoas imaturas ou mentalmente enfermiças, quando estas, inadvertidamente, passam do amor ao ódio – ou do céu ao inferno – em questão de minutos.”

        Aguardo resposta.

        Curtir

  5. Aline, isso não é fúria do inimigo não. Esse seu medo é uma reação normal de quem sabe que pecou e que, ao evangelizar, terá que confessar seus pecados, publicamente.

    Mas não se preocupe não, porque todos pecamos. As pessoas a quem você vai falar são tão pecadoras quanto você. Por isso elas precisam ouvir a boa notícia (evangelho) que há perdão de pecados para elas, assim como houve para você, seu marido, e para mim também.

    Evangelismo é um faminto contando a outro onde encontrar pão. Por isso, a importância de falarmos de nossos pecados e de como encontramos o perdão e a paz.

    Mas veja bem: nos testemunhos pessoais de evangelismo nós não ficamos entrando em detalhes de pecados não. Só dizemos qual era nossa vida antes de conhecermos Jesus. Por exemplo, o meu testemunho curto:

    “Meu nome é JOSÉ ADELSON, casado, administrador.

    Eu era mentiroso e adúltero e isso me deixava com medo da morte!

    Hoje sou um novo homem pois descobri que sou amado por Deus, que Jesus morreu pelos meus pecados, foi sepultado e ressuscitou.

    Jesus está vivo. Ele lhe ama e quer dar-lhe também o perdão de seus pecados”

    http://omaiorprazer.wordpress.com/

    Entendeu?

    O evangelho que devemos pregar é muito simples e direto. Era o que o apóstolo Paulo pregava em todos os lugares onde ia: “Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (1 Co 15:3,4). Confira o texto completo em 1 Co 15;1-8.

    Essa mensagem é que é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crer. Nenhuma outra mensagem no universo é mais poderosa do que essa para salvação de qualquer pecador, por mais torpe que ele seja.

    Outra coisa, filha: no evangelismo nós falamos é de Jesus e do que Ele fez por nós. Não ficamos falando de nós mesmos, porque em nós não há bem algum. Há pessoas que gastam um tempo precioso pra falar de suas sujeiras e maldades e quando falam de Jesus, é só pra encerrar. Nada disso. Não há testemunho melhor do que o outro, pois todos devemos falar é de Jesus crucificado e não de nós mesmos.

    Por isso, não fique com medo de sair a campo evangelizando, distribuindo folhetos, falando do amor de Jesus ás pessoas. Vá e seja feliz.

    Que o grande amor de Deus esteja em seu coração, assim como no de seu marido, hoje e sempre.

    “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação!” (2 Co 1:3)

    Curtir

  6. Olá, a paz do Senhor! pastor, eu me reconciliei mesmo na casa do Senhor ha um ano, dai entao eu me casei, e eu e meu esposo nos damos muito bem! mas o Senhor nos deu a oportunidade de estar trabalhando na obra, e no inicio do m~es de dezembro eu falei com o pastor da minha igreja sobre um grupo de evangelismo que Deus colocou no meu coração. Desde entao ja teve dias que eu nao tava nem conseguindo dormir. Comecei a ter medo, principalmente na hora de dormir, mas eu venho orando e repreendendo, pq fik vindo em minha mente os meus erros do passado, e vem tantos pensamentos malignos, e eu tenho repreendido. Isso é fúria do inimigo? A paz do Senhor!!! Me ajude em Oração…

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s