A Birra Envenena a Alma


 

José Mateus

www.reavivamentos.com 

1. Quando alguém me sequestra ou faz mal, devo esperar do Senhor o livramento e a salvação, mas, nunca que venha vingar o mal. O que se deve esperar é o livramento. “Não digas: Vingar-me-ei do mal; espera pelo SENHOR e ele te livrará”, Pv 20:22. 

2. Sabedoria é a experiência de vida que se consegue explicar e explanar e não o estudo. Sabedoria que não seja experiência pessoal é falsidade e hipocrisia. 

3. Existem, neste mundo, coisas que serão sempre opostas. Por exemplo, a sabedoria e o pecado, o conhecimento da verdade e a impiedade serão coisas impossíveis de serem achadas em um mesmo coração ao mesmo tempo.

 4. Muitos fazem birra, amuam, ficam zangados com outros e fazem questão de mostrá-lo pensando que, com isso, arranjam uma forma de se vingarem sobre alguém por causa de alguma coisa que pensam que o resto do mundo lhes deve. Contudo, a verdade única é esta: só fazem mal a eles próprios, pois, a birra e o amuo só ferem quem os tem e pratica. “Quanto ao ímpio, as suas iniquidades o prenderão e com as cordas do seu (próprio) pecado será detido”, Pv 5:22. 

5. Quando ainda estamos aprendendo, se a nossa fase ainda é a da aprendizagem, é mais importante fazer bem que fazer tudo, pois, se tentarmos fazer tudo, faremos tudo mal! A aprendizagem ensina a fazer bem – é essa a sua finalidade.