Adultério e Culpa


Pergunta:  

Estava afastada do Senhor há mais de 12 anos. Voltei há 4 e, desde então, aconteceram várias coisas boas e outras muito ruins. A boa foi que consegui parar de fumar e a ruim é que adquiri um relacionamento no mundo e vivia com meu esposo há 7 anos. Há 2 anos, devido a muita guerra e até mesmo agressão, resolvi separar-me. Temos um filho lindo, mas não estava aguentando mais tanta humilhação. 

Então nestes 2 anos me relacionei com 2 pessoas, mas não consegui prosseguir com esses novos relacionamentos pois ainda sinto algo pelo meu ex marido (apesar de não sermos casados no civil) e ele também, mas não sabemos ao certo o que aconteceu de fato. A primeira vez contei a ele, numa breve reaproximação, e minha vida virou um inferno. Então meu pastor disse que agi errado, pois se gera contenda não é de Deus, não deveria ter contado, até mesmo sabendo como ele é agressivo. Desta outra vez não contei, pois temo a reação dele, e estamos retornando. 

Sabe pastor, acho que estou dando murros em ponta de faca. Queria que minha família desse certo, mas nesse nosso vai e vem, ele se relaciona com outras pessoas. Eu fiz isso há um tempo atrás, mas me senti mal pelo Espírito Santo, não por ele. 

Sinto o diabo me acusando a todo instante, mesmo porque ele não me conta o que fez. Meu pastor diz se queremos tentar, devemos deixar pra trás o que passou e não ficar cobrando um ao outro, porque ambos erramos, estávamos sós, sem pretenção de voltar. Sei que errei, me arrependo e sinto até uma certa agonia, mas sei que o Senhor me perdoou e eu não pequei mais. Faz tempo, mas às vezes me sinto mal com isso tudo. Preciso de um aconselhamento de alguém que não me conheça e seja boca de Deus nessa hora. Victória

 

Resposta:  

Filha, de fato, nossos pecados estão todos pagos por Jesus Cristo, lá na cruz do Calvário. Se há arrependimento sincero em seu coração por esses envolvimentos, certamente você já foi perdoada pelo Senhor. Assim como também já foi perdoada se está arrependida de tudo o que fez ou falou contra seu ex. Por isso, tenha paz no seu coração e viva sua nova vida segundo o que tem aprendido nos cultos e na leitura da Bíblia Sagrada. 

O que importa agora é você permanecer na presença de Deus, obedecendo à Sua Palavra, dia após dia. Luta após luta. E elas serão muitas, sem dúvida alguma. Guardando sua fé em Deus e no sacrifício de Jesus Cristo a seu favor o problema da sua salvação está resolvido. Isto é o que importa, acima de todas as coisas. É pessoal, individual e intransferível. Não tem nada a ver com o seu retorno ou não ao “casamento”. 

Agora, quanto a voltar com o ex você é livre para fazê-lo ou não. Depende somente de saber se está disposta a sofrer as consequências, sem murmurar e sem pecar. Pois está claro que esse retorno não será pacífico e sem sofrimento, pois há muitas mágoas e feridas entre vocês. E essas mágoas serão um forte aliado de satanás para desestabilizar suas vidas. Ele é especialista em confusão, briga, divisão e separação. Satanás é especialista em roubar, matar e destruir. 

Seu ex tem demonstrado mudança de caráter? Tem mostrado que está disposto a ser um marido segundo os princípios bíblicos? Ou ainda continua sendo o mesmo velho homem que você conhece tão bem? Ele também necessita arrepender-se dos seus pecados e aceitar a Cristo como seu Senhor e Salvador, para que seja uma nova criatura. 

Filha, somente tendo um novo nascimento é que podemos ser novas criaturas. Caso contrário, o velho homem estará sempre à espreita, esperando o momento certo para manifestar-se e assumir o controle das nossas vidas. Muitas pessoas demonstram, por causa dos seus interesses, mudança de comportamento, mas isso é só até ter seus calos pisados, Aí então, quando essas pessoas são contrariadas nos seus interesses, o velho homem retorna com toda força. 

Sendo seu ex um homem não convertido, ele agirá segundo os valores do mundo, enquanto que você, sendo serva do Senhor terá que agir segundo os valores do seu Senhor, Jesus Cristo! Quais valores? Os principais são: amar sempre, até quando for ferida. Perdoar sempre, mesmo tendo razão e mesmo se for setenta vezes sete. Andar duas milhas quando for obrigada a andar uma. Dar a face esquerda se for atingida na direita. Honrar e respeitar o marido, etc.. 

Você está disposta a sofrer com esse jugo tão desigual? É a ele que estará se colocando ao assumir uma relação conjugal com um ímpio. Por isso, pregue o evangelho ao seu ex e leve-o a Cristo. Ensine-o a amar mais a Cristo do que a você mesma e aí sim, ele será um bom marido. Depois disso, case-se legalmente, diante dos homens e diante de Deus, para que sejam abençoados e felizes. 

Que o Deus da esperança lhe encha de gozo e paz, segundo a sua fé no poder que o Espírito Santo tem de modificar todas as coisas, segundo suas orações. 

José Adelson de Noronha

8 opiniões sobre “Adultério e Culpa”

  1. Paz pastor, tentei achar uma resposta pra meus questionamentos, mas não encontrei. Então vou ser clara e objetiva pois já li diversas vezes sobre assumir o erro.
    Pastor, não amo meu marido, estou envolvida em outro relacionamento com um homem solteiro. Já pedi ao meu marido a separação para então casar com quem realmente amo. Posso fazer isso? Ou tenho que suportar meu marido mesmo não o amando? E deixar quem me ama e que está disposto a construir uma família comigo?

    Curtir

    1. Irmã, não pode, a não ser que você queira viver deliberadamente no pecado de adultério. Casamento é coisa séria diante de Deus. Quando você entregou sua vida ao seu marido, o fez para sempre. E mais: fez votos de amá-lo até que a morte a separasse dele. Fez votos de honrá-lo e respeitá-lo, na saúde e na enfermidade, na alegria e na tristeza. Não foi assim?

      No cristianismo o amor é fruto do Espírito Santo e não sentimentos nossos. No altar, diante de Deus, você fez esses votos de amá-lo e suportá-lo e agora não quer mais suportá-lo? Você pode ter perdido o sentimento de gostar do seu marido. Isso é outra coisa. Mas não pode deixar de cumprir seu voto de amá-lo a não ser que decida-se pela vida de pecado.

      Se você quisesse amar mesmo, teria que submeter-se primeiro à ação do Espírito Santo. No casamento é onde mais esse amor aparece, pois nele aprendemos a compartilhar vidas, assim como Jesus deu a vida dele na cruz do Calvário por você, pelos seus pecados.

      Largue mão desse rapaz, do qual você gosta, e volte-se para seu marido, para ser liberta da condenação eterna diante de Deus.

      Curtir

      1. Paz pastor.
        Obrigada pela resposta, me deixou abalada, pois são alguns anos de agressões físicas, e vários de agressões verbais e ele é evangélico, mesmo assim percebo pela sua resposta que nada justifica?

        Curtir

        1. Não, filha. Nada justifica, pois tomar decisões sem consultar a Deus é o mesmo que não crer que Deus pode todas as coisas. Se você tiver fé em Deus, então você colocará seu casamento no altar de Deus, crendo que o Senhor poderá reverter essa situação, transformando o que hoje são “águas de choro” em “vinho de alegria” de primeiríssima qualidade.

          Se sua fé em Deus é pequena, você irá tirar os olhos de Jesus e certamente submergirá nas ondas revoltas de um casamento infeliz. Mas mantendo os olhos firmes em Jesus você andará sobre essas águas perigosas e, mesmo que venha a vacilar, como está agora, ainda assim Jesus lhe socorrerá ao primeiro pedido de ajuda seu.

          Caso de violência doméstica, agressões físicas, etc. são tratados com atitudes policiais, mas não com separação. Chame a polícia para seu marido, caso ele venha a agredi-la ou ameaçá-la, mas não se separe dele. Isso não é pecado, mas defesa da vida. E, se ele for preso, vá visitá-lo, ore por ele, perdoe-o, mas não se separe dele.

          Deus pode mudar sua situação hoje, enquanto que para o adultério com esse jovem, a solução é uma só: Jesus Cristo na cruz do calvário!

          Que o Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda paz.

          Curtir

  2. Peço oração,pois preciso de sabedoria de Deus para resolver meus problemas familiares,sou casada a 14 anos,meu marido sempre foi um excelente esposo cristão,mas no meado de 2010 tudo mudou ,ele passou a mentir para mim,fazia promessas e não cumpria eu comecei a desconfiar que ele havia se envolvido com outra pessoa,porém ele sempre negava,as vezes chegava tarde em casa ou era visto em companhia de pessoas não recomendáveis,quando eu cobrava um apostura diferente ele prometia que iria melhorar,mas acaba quebrando a promessa,eu senti um grande esfriamento espiritual nele,mas ele não deixou de ir pelo menos uma vez por semana à igreja,inclusive participava da ceia,porém na semana passada descobri que ele estava me traindo a pelo menos 8 meses,quando eu falei que tinha descoberto sua traição,ele afirmou que era verdade mas que estava arrependido,me pediu perdão,confessou que estava errado e me pediu mais uma chance,como serva de Deus eu quero perdoa-lo,e tentar restituir nosso lar pois apesar de toda a magoa eu ainda o amo muito,mas estou com medo de que ele esteja falando da boca para fora,e que não venha a ter forças para se erguer na presença de Deus,pois a mulher continua indo atras dele,quem já se deixou seduzir uma vez,não pode continuar a pecar?
    O que fazer nesta situação?e o que ele deve fazer,não sabemos se devemos relatar esta situação para nosso pastor que costuma ser bastante intolerante com este assunto,porém meu marido disse que mesmo que seja para ele ser humilhado,ele continuará indo à igreja,isto é sinal de um arrependimento sincero,antes eu conhecia muito meu marido mas hoje não consigo,ver a diferença quando ele esta sendo sincero ou não.
    me ajudem em oração e de de um conselho.

    Curtir

    1. Irmã, já orei por você e creio no poder de Deus para restaurar todas as coisas, inclusive a confiança e o respeito entre vocês.

      Você está certa em buscar sabedoria para lutar pelo casamento e pela família. Porém, sozinha, será bem mais difícil. Se seu marido estiver realmente arrependido e desejando voltar o relacionamento conjugal, ele irá concordar com você em fazer um dos dois cursos que lhe sugiro:
      1) Casados Para Sempre – http://www.mmibrasil.com.br/ ou
      2) Aliança – Amor Incondicional – http://www.udf.org.br

      Escreva para eles e peça informações sobre o curso em sua cidade. Local, datas, líderes, igreja onde é ministrado, etc.

      E, filha, ore bastante pelo seu marido, pois ele entrou em estado de sonolência espiritual e deixou de vigiar e orar, vindo a cair em tentação e pecado.

      Que o Senhor tenha misericórdia de vocês e lhes conceda plena restauração.

      Curtir

  3. Andreza, você deve, em primeiro lugar, orar pelo seu pastor, pela liderança da igreja, liderança dos ministérios. Só assim você terá paz no coração, mesmo que eles venham a agir errado.

    Em segundo lugar deve preocupar-se somente com o seu ministério e não com outros ministérios da igreja. Se o Círculo de Oração está inativo, ore você sozinha. Ou chame alguma outra irmã, irmãos, e comecem a orar em casa. Orar é necessidade de todos nós e não precisamos esperar que pastor ou líder mande ou autorize.

    O Senhor lhe abençoe e guarde.

    Curtir

  4. A MINHA IGREJA É DE USO E COSTUME CERTO,MAS VEJO QUE POR ESSE MOTIVO ELES OLHAM COM DIFERENÇA PARA PESSOAS DE OUTRO MINISTÉRIO,MAS NAO É ISSO QIE A BIBLIA ME ENSINA,MEU DIRIGENTE NAO FAZ UMA REUNIÃO COM O CIRCULO DE ORAÇÃO PORQUE DIZ QUE SO SAI BRIGA,ESTAVAMOS CONVIDANDO PREGADORES,CANTORES DE FORA,E UMA DAS IRMAS DEU O PETI E IMEDIATAMENTE ELE PEDIU QUE PARASSE O TRABALHO PRA EVITAR CONVERSA,POR MIM TDO BEM,MAS ACREDITA QUE AGORA ESSA MESMA IRMA QUE DEU O PETI,ESTA FAZENDO O CULTO DA TARDE E ADIVINHA???CONVIDANDO PESSOAS DE FORA???COMO AGIR NESSE CASO?????

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s