Romantismo de Risco


Pergunta: 

Boa tarde!! Gostaria de um conselho, sei que é bem complicado opinar sobre coisas do coração, mas vamos lá.

Tenho 23 anos, moro em Recife e por meio da net conheci o homem da minha vida. Ele tem 35 anos mora em São Paulo, Mairiporã. É perfeito, carinhoso, amoroso, diz todo dia que me ama e tal. Antes de nos conhecermos ele me pedia em casamento todos os dias e eu sempre dizia que isso não estava certo, pois não nos conhecíamos. Então um belo dia fui até ele, para conhecer um homem que só tinha contato por telefone há 3 meses. Passei 15 dias lá e tudo foi lindo, perfeito. A despedida foi terrível. Ele tentou me esquecer e não conseguiu. Deixou de me atender, não respondia minhas mensagens, fiquei sem chão.

No feriadão voltei lá e passei 4 dias. Foi pior! A cada dia descobria que ele era mais perfeito ainda. Ele dizia sentir a mesma coisa por mim. Nossa, como é bom acordar com ele, senti-lo bem perto de mim. Então voltei, mas dessa vez uma despedida sem choro, mas com a sensação de que somos feitos um para o outro. Então ele nunca mais me pediu em casamento, mas quero muito isso.

Falei com a dona da empresa onde trabalho e ela me disse que posso ir sem medo, que se nada der certo meu emprego está guardado. Então tenho o seguro desemprego por uns meses até conseguir alguma coisa lá e tenho uns conhecidos no qual já falei com eles e todos estão me dando a maior força. Dizem para eu ir atrás do amor da minha vida. Mas ele não fala mais nada, nem fala mais comigo, diz para eu tirar essa idéia da cabeça, pois tenho uma vida linda, moro num estado maravilhoso, tenho minha família perto e ele não tem nada para me oferecer.

Agora pergunto: o que devo fazer? O que você me aconselha? Priscilla

 

Resposta: 

Priscilla, está claro que este homem não lhe quer como esposa, mas somente como mulher, amante. E mesmo assim, à distância. A experiência que você já teve com ele é suficiente para saber que um relacionamento sério e duradouro não dará certo.

Filha, à distância os homens (e mulheres também) falam muitas coisas, escrevem muitas coisas, prometem muitas coisas. Muito disso que é dito pela internet é pura fantasia, jogo de sedução! Mas, quando a realidade chega, fica claro a existência de dois tipos de pessoa: 1) os verdadeiros, que assumem o que disseram ou então que confessam seu engano e pedem perdão e voltam atrás e 2) os covardes, que fogem ou se fazem de desentendidos.

Esse homem, nas entrelinhas e nos silêncios, pode estar falando a verdade com você, dizendo que lá, como ele, você não tem futuro e nem terá família. Ele teve o que queria (sexo) e agora não quer compromisso com você e nem quer assumi-la pela vida toda.

Filha, não existe homem perfeito, mas mulher cega. Perfeito é um só: Jesus Cristo! O resto é tudo imperfeito. Por que largar tudo para tentar viver ao lado de um homem que já não fala em casamento como falava antes? Um homem que não lhe atende mais? Não lhe aconselho isso, mesmo porque, fazendo isso você estará colocando-se em pecado de fornicação.

O Senhor lhe abençoe com prudência.

José Adelson de Noronha

4 comentários em “Romantismo de Risco”

    1. Filha, todos nós somos livres para escolhermos a pessoa com quem queremos fazer aliança.

      Deus, raríssimamente, vai escolher alguém para alguém. Só vemos isso acontecer com alguns personagens bíblicos, como por exemplo Eva para Adão, Rebeca para Isaque, etc..

      Deus deixa a cargo de cada um escolher com quem casar. Não existe namoro na Bíblia e, portanto, Deus não vai mandar essa ou aquela pessoa para que seja namorada (o) de alguém.

      Os namorados podem escolher, só não podem pecar. Estarão fazendo a vontade de Deus quando têm um relacionamento sem pecado, santo, verdadeiro (com o amor bíblico) e com intenção de casamento.

      Curtir

  1. Célia, não é atitude cristã uma mãe rejeitar filhos. Em hipótese alguma. Muito menos por causa de outro homem, que nem pai deles é. Quem sabe esse homem não está rejeitando seus filhos influenciado, inconscientemente, por você mesma?

    Arrependa-se e cumpra sua missão de mãe, missão essa dada por Deus. Só assim você será guardada de tantas influências malignas e das tentações do mundo.

    Curtir

  2. Ho, minha amada, queria uma solução tb, pois tenho 3 filhos do meu ex relacionamento, nao gostava nem amava meu ex, hoje em dia, estou casada e meu atual marido não gosta dos meus filhos, apesar que nunca me sentir mãe, pois vieram de um casamneto sem amor, o que fazer, alhuem me ajuda, Célia

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s