Dieta Saudável


José Adelson de Noronha

 

“Filho meu, não te esqueças dos meus ensinos, e o teu coração guarde os meus mandamentos; porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz” (Pv 3:1,2)

 

Conheci intimamente um homem que, na força da maturidade, admirado e amado pelos que com ele conviviam, profissional exemplar, amigo e companheiro de todos, sempre solícito nas dificuldades alheias, bom pai, bom marido e excelente filho, adquiriu grave enfermidade. Consternação geral. Tristeza para muitos, especialmente para a família.

 

As filhas, ainda adolescentes e a mãe, já idosa e ainda abalada com a recente perda do marido, foram poupadas da gravidade da situação. Mas os médicos e os exames não mentem e o diagnóstico era de doença incurável. Com tratamento e muito cuidado, talvez se prolongassem a vida dele por mais alguns anos. O último recurso seria um transplante do órgão comprometido.

 

Sua esposa, verdadeira amiga e companheira, largou excelente trabalho, seguro e bem remunerado, onde era também admirada e respeitada para dedicar-se ao marido, que tanto amava. E, sendo nutricionista profissional, passou a dedicar seus conhecimentos à dieta do marido, que tinha que ser especial. A esperança era viva no coração de todos nós.

 

O tratamento médico tradicional, aliado aos cuidados da esposa prolongou seu tempo de vida além do que os médicos prognosticaram inicialmente. Infelizmente, porém, nem mesmo o transplante foi possível, devido ao comprometimento do órgão enfermo e à generalização da enfermidade por outros órgãos do paciente. A morte foi inevitável, para tristeza de todos. Sua esposa, que a tudo renunciou, não conseguiu salvá-lo!

 

Mas o que mais me admirava era que ele aceitava de bom grado o alimento preparado especialmente pela esposa amorosa: sem tempero, sem sal, sem gordura. Poucas variedades no cardápio, dia após dia, mês após mês, ano após ano. E ele comia tudo com gosto e alegria, sem queixar-se de nada. E comia fartamente.

 

Nas festas da família, enquanto todos se deliciavam com churrascos, carnes assadas, cervejas geladas, doces e bombons de toda espécie, ele por sua vez, assentava-se junto a todos, recebia da mão da esposa seu prato especial e comia agradecido, rindo, conversando e contando casos de família. Era um exemplo, como sempre fora. O que para nós era banquete, para ele era veneno.

 

E, após a refeição, assentava-se conosco, seus irmãos, para jogar truco, fazendo festas, como se a vida se resumisse àquele momento. Quantas saudades eu sinto dele, Júlio de Noronha Filho, meu irmão e melhor amigo, desde o seu nascimento.

 

Amados, nós estamos nesse mundo, mas não somos dele. Todos nós, por causa do pecado, estamos condenados à primeira morte, que é a separação da alma do corpo físico. Seja por velhice, enfermidade ou acidente. Para alguns o tempo será mais longo. Para outros, nem tanto. Todos nós estamos num corpo condenado à morte, e um dia a alma irá separar-se do corpo, como fez a alma do Júlio. Mas, para alguns, haverá também uma segunda morte, isto é, a separação da alma eternamente de Deus. Para esses, a alma também está enferma, condenada à morte.

 

É inevitável que, ao longo dos anos vamos sistematicamente contaminando-nos com o alimento mundano: cobiça, ódio, avareza, mentira, murmuração, prostituição, idolatria, egoísmo e todo tipo pecado. O homem é pecador por natureza. Não faz o bem que deveria fazer, mas sim o mal. E, quando faz o bem, não está fazendo mais do que sua obrigação, pois para isso é que o Senhor o criou.

 

O Senhor sabe que ao contaminarmo-nos com as iguarias desse mundo ficamos  envenenados e comprometidos na vida eterna. Por outro lado, se aceitarmos o sacrifício de Jesus e obedecermos ao Senhor e guardarmos seus mandamentos e ensinos, estaremos edificando-nos espiritualmente, desenvolvendo a salvação da alma, protegendo-a do veneno do mundo e, consequentemente, da morte eterna. Por isso a Palavra de Deus nos diz: “não sejas sábio aos teus próprios olhos. Teme ao Senhor e aparta-te do mal” (Pv 3:7).

 

E se você já está envenenado, se já tem sua alma contaminada, se está condenado à segunda morte, há solução para você: Jesus Cristo, renunciou à sua glória e majestade no céu, veio à terra dedicando-se totalmente ao doente e condenado. Jesus viveu sem pecado e, por fim, renunciou também à sua humanidade perfeita, fazendo-se maldito por amor a você.

 

Jesus morreu na cruz do Calvário para perdão dos seus pecados. Jesus Cristo ama você. Ele morreu sim, mas ressuscitou, está vivo e lhe chama hoje. Seus pecados já não podem separá-lo de Deus, pois Jesus já pagou por eles. Aceite agora o perdão, entregue-se aos mandamentos e ensinos do Senhor e tenha vida eterna.

 

E para você, que já conhece a Cristo, que alimento você tem servido à sua alma até agora? Alimento saudável ou veneno? Os mandamentos de Deus, os ensinos, parecem, aos olhos do mundo, sem graça, insossos, sem tempero. Mas para aqueles que querem viver a eternidade com o Pai, eles são alimentos saudáveis. Já o mundo nos oferece verdadeiros banquetes, é verdade, mas que para a alma temente a Deus, são puro veneno.

 

Aparte-se das iguarias do reino das trevas, desse mal terrível que envenena sua alma. Alimente-se do pão da vida, que é Jesus Cristo, alimente-se somente da verdade, da justiça e, principalmente, do amor a Deus e amor ao próximo, que são os mandamentos de Deus e os seus ensinos. Por mais insossos que pareçam ser, eles são vida. A verdadeira vida.

 

Que a graça e a paz do Senhor lhes sejam multiplicadas.

Uma opinião sobre “Dieta Saudável”

  1. O que é o pecado?
    Umas das definições sobre pecado é: Errar o alvo. Espera ai, Errar o alvo??? Certamente que em nossa vida temos um alvo, e o nosso alvo principal é alcançar a nossa salvação, estamos caminhando para isso, mas e o restante das coisas? O que acontece com o restante? (Esposa/esposo, Filhos, familia, pais, amigos, bens e imoveis, animais, etc…?) Mediante tudo isso podemos perceber que estamos vivos para um propósito especial que vai alem do que é material, e alias, que deveriamos levar em maior consideração para sermos realmente felizes. Teve um homem que conseguiu perceber tudo isso, ele se chamava Jó, muitos veem Jó como o homem da paciencia, mas não era somente isso, Jó possuia uma fé e amor admiráveis, e sabia que tudo tinha um proposito mais importante da parte de Deus. Devemos tentar perceber que em tudo há detalhes importantes, Jó vigiava ate nas palavras, e soube se posicionar, pois nao vemos Jó se reclamando com as pessoas, mas vemos Jó dobrando os joelhos e indo ate a fonte da solução “DEUS”. Esta é a principal lição que tiro de Jó para minha vida, ir direto a fonte, buscar Ele, confiar nEle, crer, esperar sua resposta, indagar a Ele, chorar em oração a Ele, que é a fonte unica e verdadeira do socorro imediato… Jesus falou com a mulher samaritana e ela não se dava conta que estava diante da fonte de água viva, mas Jesus esclareceu a ela isso, imagino que aquela mulher se sentiu profundamente perdoada e feliz por ter encontrado a fonte. Em outra ocasiao discipulos estavam sendo postos a prova, e Jesus fez a pergunta que ecoa ate hoje “e voces tambem querem me abandonar e ir embora?” ou em outras palavras : voce tambem quer desistir da caminhada? Creio que Jesus esta disposto a nos ajudar mais do que nunca, se tão somente conseguirmos entender o segredo da vitória na vida do crente, segredo esse que Jose compreendeu, Davi, Abraao, Isaque, Moises entre outros…Temos alguem que quer nos ajudar agora,… e que esta disposto a ser nosso melhor amigo, melhor conselheiro e Pai, assim como a galinha tem cuidado com os seus, assim Deus tem cuidado e carinho com todos os seus filhos….. Que Deus nos abençoe….
    moisesbelem@hotmail.com

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s