Enfermidade e a Graça de Deus


Pergunta: 

A Paz do Senhor!

Estou vivendo uma situação muito difícil, pois estou com um problema físico que tem tirado minha paz. Não consigo mais dormir, não sento mais no local destinado à mocidade, só vivo a chorar. É o que estou fazendo agora, enquanto escrevo. Peço a Deus para me libertar, mas tudo em mim, sonhos, expectativas de vida, se foram.

Não tenho mais alegria, nada dá certo, estou desempregado e precisando ajudar minha mãe, mas não posso. Sinto-me inútil devido à fraqueza e acabo pecando, desagradando a Deus, ou seja, estou no fundo do poço. Já pensei em acabar com minha vida e, a todo momento, fico nervoso devido ao problema.

Irmão, o que eu faço para Deus me libertar, pois sei que estando liberto desse mal eu voltarei a ter alegria? Júnior

 

Resposta: 

Júnior, nossa alegria principal deve ser pela salvação já alcançada. O apóstolo Paulo compreendeu isso, quando pediu ao Senhor por três vezes que lhe tirasse do corpo um sofrimento (espinho na carne) do qual nada sabemos a respeito e o Senhor lhe disse que não tiraria, porque a Graça (salvadora) lhe era suficiente: “Paulo, a minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza” (2 Co 12:9).

Alegre-se pela salvação da sua alma e as demais coisas lhe serão acrescentadas. Entregue seu coração a Deus e deixe que o Senhor lhe sustente, tanto física, emocional, quanto espiritualmente.

A Graça de Deus é muito mais do que podemos imaginar. Ela é para o nosso passado (perdão de pecados), é também para o nosso presente (sustentação nas fraquezas e desânimos, seja por enfermidade, por vícios, por incredulidade ou qualquer outra razão) e também é para nosso futuro (relacionamento eterno entre Pai e filho, entre Jesus e sua Noiva).

Nem toda enfermidade será curada por Deus, mesmo com toda oração nossa, pois é certo que todos morreremos. Se não for por enfermidade, será por acidente.

Não estou dizendo com isso que não devemos orar quando estivermos enfermos. Devemos sim, e com grande temor e perseverança. O próprio Senhor Jesus manda que oremos. Mas, quando oramos pela cura, insistimos, insistimos mais vezes, e ela não vem, nunca devemos desistir de adorar a Deus, mesmo na enfermidade, pois aí sim, entra o que Paulo recebeu de Deus: “a minha graça te basta, Paulo. Se eu deixá-lo passar o resto da vida com esse “espinho na carne” ainda assim, você já recebeu o que de melhor ainda tinha para lhe dar: Perdão de pecados, salvação eterna e gozo no relacionamento comigo”!

O Senhor lhe abençoe e lhe retire toda e qualquer enfermidade e espinho na sua carne, se porventura houver, é minha oração a seu favor. O Senhor lhe console e sustente, em todas as suas tribulações.

José Adelson de Noronha

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s