Abrigo


Myriam Rebuzzi

“O Senhor é o rochedo em que me abrigo” (Sl 94.22)

Ao estudarmos o comportamento das águias verificamos que são aves solitárias e tidas como símbolo de arrojo e valentia. Elas buscam seu abrigo nas rochas, bem no algo das montanhas onde dominam altaneiras e possuem uma aguçada visão, conseguindo localizar sua presa a quilômetros de distância.

Se o homem se espelhasse nelas, buscaria abrigo na Rocha Eterna e só olharia as coisas lá do alto, pois é só ali que estará seguro e protegido. Enquanto permanecer aqui em embaixo vivendo uma vida pequena, buscando abrigo em lugares e coisas do mundo, estará constantemente sujeito a ser esmagado como um verme ou a cair nas redes daqueles que o querem apanhar.

“A rocha deles não é como a nossa rocha” (Dt 32.31).  Deus é o abrigo seguro onde devemos nos refugiar: “pode cair chuva, transbordarem os rios e soprarem os ventos” contra nós mas não seremos alcançados pelas calamidades, pois estaremos abrigados e seguros lá no alto na Rocha, que é o nosso Deus” (ver Mt 7.24-27)

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s