Contar ou Não?


Pergunta: 

Comecei um relacionamento de quase dois anos com um rapaz que não era cristão quando estava ”afastada” de Deus e durante esse tempo tive relações sexuais com ele. Já era convertida, mas me afastei da igreja e dos ensinamentos do Senhor, mesmo sempre O temendo. Depois tive uma restauração espiritual e voltei com sede de Deus. Deus falou diretamente comigo sobre o meu erro, e sobre este relacionamento e mesmo sendo difícil terminei. 

Daí apareceu um varão em minha vida, um rapaz sério, comprometido e virgem. Ele não sabe que eu já tive sexo. O que eu faço? Será que Deus realmente quer ele na minha vida, e eu na vida desse rapaz, que parece ser enviado por Deus pra mim, mesmo eu com tantos pecados, arrependidos, mas que não voltam mais?

 

Resposta:

Filha, quanto aos seus pecados, pelo seu arrependimento sincero, o Senhor já lhe perdoou, com certeza. As consequências, porém, são inevitáveis, como por exemplo, a vergonha e a necessidade de declarar seu pecado ao futuro marido.

Você deve falar sim, porém somente se estiver desenvolvendo um namoro com intenção de casamento, principalmente da parte dele. Por que sair confessando seu pecado a todo pretendente que lhe aparecer?

Espere para ter certeza que ele tem intenções de casar-se com você e aí, então sim, você tem obrigação de contar-lhe, pois não é justo deixar o namoro desenvolver-se e ele assumir compromissos na ignorância da sua situação.

O Senhor lhe abençoe com firmeza de propósito de não mais pecar e que seu futuro lar seja rico de paz, gozo, harmonia.

José Adelson de Noronha

10 comentários em “Contar ou Não?”

    1. Irmão, devido aos muitos compromissos, estou evitando responder emails particulares, mas apenas aos que são colocados aqui no site, pois assim a resposta a uma pessoa pode ajudar e esclarecer milhares de outros com problemas semelhantes.

      Também peço que se for problema relacionado a namoro, sexo, vícios ou casamento que leiam antes as mensagens postadas no site, e, principalmente os meus comentários adicionais, logo abaixo de cada mensagem, pois assim a resposta que dei a alguém no passado pode ajudar em muito o problema de outros, no presente.

      Me ajudem a ajudar aos que realmente têm problemas novos e que necessitem de atenção. Se esse é o seu caso, por favor escreva seu problema nos espaços destinados a comentários. Caso não queira expor-se publicamente, não precisa citar nome e nem email.

      O Senhor lhe abençoe lhe conceda paz.

      Curtir

  1. Pastor mim ajude por favor, responda minhas perguntas pois estou muito afrinto. fiz sexo com minha namorada, e agora estou muito triste, pastor minha duvida é devo mim conversa aos meus irmão, fala com o pastor, ele vai fazer pedir perdao diante da igreja, tenho vegonha irmao, pois sou ou era irmao nao sei…. exemplo na igreja, tenho o chamado de Deus, para pregar a sua palavra (sou Pregador), DEus vai regeita a minha chamada?
    a mae dela irria fica muito triste pq queria ver sua filha casar na igreja virgem.
    pastor tire minhas duvidas sobre minha perguntas, se aprofunde mais sobre elas e mim responda por favor.
    nao sou tao forte como pensava. MIM AJUDE PASTOR!!!
    Deus te abençoe.

    Curtir

    1. Filho, lamentação você deve ter apenas por causa do seu pecado. Chore diante de Deus, se quebrante diante dele e jamais tenha medo dele, pois Deus é Pai de ternas misericórdias. Jesus Cristo morreu na cruz para pegar pelo seu pecado. Jesus ressuscitou, está vivo e lhe ama. Confesse a ele o seu pecado e tenha paz no coração. O Senhor não rejeita o pecador, mas o usa poderosamente, como foi o caso do apóstolo Paulo.

      Agora, chorar por medo de homens, isso não. Homens de verdade assumem as consequências de suas atitudes. Se tiver que passar por disciplina na igreja, passe glorificando a Deus pela sua salvação. Se tiver que passar por safado diante da mãe dela, passe glorificando a Deus que lhe amou assim como você é: nada! Aliás, como diz a Palavra de Deus: menos que nada!

      E essa experiência dolorosa, que é descobrir que é fraco e pecador será boa para você, pois por ela, você poderá ensinar muitos outros jovens.

      O Senhor lhe abençoe e guarde do mal.

      Curtir

  2. Bem, muito interessante as perguntas e respostas…
    Tenho uma história parecida com a primeira que foi declarada.
    Há 4 anos tive um relacionamento do qual Deus não se agradava, me entreguei, paguei o preço pelos meus erros, me arrependi, fui disciplinada e hoje ainda sofro com essa situação. Após dois anos e meio sozinha, conheci um rapaz… Já foi casado, porém a ex esposa engravidou de outro homem e por este motivo houve o divórcio. Já irá completar 1 ano que nos conhecemos… ele é incrível… me faz muito bem. Já soube do meu passado, mas não se preocupou com isso. Para ele o futuro é mais importante. Antes de minha mãe saber que ele já foi casado, ela o aceitava bem, porém, depois que soube foi quando começou o reboliço. Hoje, tudo que fazemos, se é para sair para jantar ou até mesmo se divertir no shopping ou em qualquer outro lugar, é escondido. Sei que é errado, mas não quero deixá-lo. Nos amamos muito, e estamos sofrendo com essa situação… Não sei o que fazer…Ele até já me pediu em casamento! Quero muito conversar com minha mãe para entender o motivo pelo qual ela não permite nosso relacionamento, mas não temos intimidade suficiente para obtermos uma conversa sadia. No final, sempre discutimos. Não sei o que fazer, Pastor… Preciso muito dos seus conselhos…!

    Curtir

    1. Filha, sua mãe tem a fé dela, tem os valores dela e é difícil mesmo aceitar que a filha se envolva com homem divorciado. E você deve respeitá-la e obedecê-la pois os pais são autoridade espiritual sobre os filhos. Essa é a vontade de Deus.

      Filhas que namoram às escondidas estão pecando de imediato. Pecado de mentira. E um abismo chama outro abismo. E pior, se vocês passarem a se amar de fato e resolverem casar-se em rebeldia, aí é que vocês ficam sem a bênção dos pais mesmo. Raramente um casamento em rebeldia dá certo.

      Raramente!

      Curtir

  3. Pastor, APDSJ;

    Gostaria de saber uma coisa, o fato de uma pessoa não contar em um caso como este, comprometeria a Salvação desta pessoa, ou ela somente teria que vencer este sentimento de culpa? Digo pois tenho um amigo que foi desleal antes de casar e se casou, mas nunca disse nada à esposa, hoje ele é fiel e vivem felizes juntos, buscam sempre ao Senhor, no caso dele que já se arrependeu e deu frutos de arrependimento, é necessário contar para ser perdoado por Deus, ou como ele acha melhor ficar calado para poupar a esposa de sofrimento, e já que mudou de vida, há algo que coloca a Salvação dele em risco?

    Curtir

    1. Irmão, há casos em que contar poderá ser pior para o relacionamento, pois pode comprometer definitivamente o vínculo entre os cônjuges. O pecado foi cometido antes do casamento e não é pela confissão à esposa que ele será salvo por Deus. A salvação já veio por intermédio de Jesus Cristo, lá na cruz do Calvário. A salvação é exclusivamente pela Graça de Deus e jamais por confissão de pecados, especialmente a homens.

      Deus nos concedeu a salvação, na verdade, antes da fundação do mundo. Quem crer no Seu Enviado, que é Jesus e no sacrifício Dele a seu favor, será salvo. Quem não crer, já está condenado.

      Por isso, não vejo necessidade de confessar à esposa pecados cometidos antes do casamento, pois teria que confessar todos os pecados e não apenas este.

      O Senhor tenha misericórdia de você e lhe conceda fortalecimento de espírito e vigilância contra maus ensinamentos.

      Curtir

  4. Meu caso é parecido, só que eu durante meu namoro com minha esposa, eu me envolvi com garotas de programa, me arrependi amargamente, vivi de tristezas durante muito tempo, mas graças a Deus(só Ele liberta) consegui vencer, então após ficar de pé, me casei com ela, somos felizes, e nunca mais envolvi com o pecado, só que até hoje não contei nada a ela, vivemos felizes demais, se Deus quiser que eu conte eu contarei, mas somente quero contar se isto comprometer minha salvação, caso contrario não contarei, pois quero poupar de tristezas a minha esposa, pois já me libertei do pecado e hoje vivo para meu Deus e para ela, só escondo por vergonha dela, e para não ver ela sofrendo, para não ter desconfianças dela, pois creio que contando a unica coisa que irá mudar é que ela ficará muito magoada, para Deus já confessei, e reconheço o quanto errei, como disse, nunca mais voltei ao mesmo erro, do contrário hoje vigio muito mais, e tenho mais comunhão com Deus, só não quero que nada comprometa minha salvação, o pastor poderia me dizer na luz da Palavra se eu guardar isto comigo e Deus, eu posso estar pecando, pois Davi confessou seu pecado somente a Deus e mais ninguém, pois tenho certeza que se ele fosse ao sacerdote ele seria apedrejado, e mais ele disse:”…contra ti somente pequei…” sendo que o seu pecado abrangia Urias e toda uma nação… gostaria de saber a opinião do pastor? Sei que meu erro foi grande, mas meu arrependimento é ainda maior…

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s