Quando Jesus se Torna um Problema


José Mateus

www.reavivamentos.com 

1) “Tu és o meu louvor” (Jr 17:14). Para muitos Jesus é um problema e não um louvor, principalmente quando não conseguem fazer aquilo que desejam.
 
2) A Palavra de Deus não é uma ciência no verdadeiro sentido da palavra. É suposto ser ou tornar-se uma realidade e nunca uma ciência. Por essa razão é que a simplicidade do que Deus diz confunde muita gente. “A palavra da cruz é loucura para os que perecem” (1Co 1:18).

3) Os salteadores, por norma, procuram um lugar onde esconderem-se após os seus assaltos. Procuram cavernas nos montes ou outro lugar onde se refugiarem. Muitos crentes fazem de Deus a sua caverna, onde se vão refugiar para de lá entrarem e saírem para cometerem seus pecados. “Porventura furtareis, matareis, adulterareis e andareis após outros deuses que não conhecestes e, então, vireis e vos poreis diante de Mim e direis: Fomos libertados para fazermos todas estas abominações? É pois esta casa, que se chama pelo meu nome, uma caverna de salteadores aos vossos olhos?” (Jr 7:9,10).

4) “Negaram ao Senhor, dizendo: Não é ele” (Jr 5:12). Não é preciso negar Deus descaradamente para o havermos negado. Bastará Deus fazer alguma coisa e não assumirmos que foi Ele quem a fez. Por outro lado, podemos negá-Lo, também, assumindo algo que não vem d’Ele como sendo d’Ele, dizendo que foi Ele quem fez o que não fez.

Uma opinião sobre “Quando Jesus se Torna um Problema”

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s