As Raposas na Vinha


 

Pergunta:

O que faziam as raposinhas e as raposas quanto à referencia de cantares 2.15?  Alberto – Aguaí/SP

Resposta: 

Irmão, 

o contexto de Cantares 2, a partir do versículo 10 é de alegria, pois o inverno já passou, as chuvas cessaram, as flores começaram a aparecer no campo, no pomar, no jardim. Há um aroma de alegria no ar e neste contexto, aparecem de repente as raposas e seus filhotes para destruírem os brôtos das vinhas. Vinha, na Bíblia é uma figura de fonte de alegria.

 

Isso é motivo de grande preocupação e cuidados urgentes, pois não haverá alegria no futuro, pois, destruídos os brôtos, destroem-se os frutos antes mesmo que nasçam.

 

Por isso, a “esposa” apela para uma providência para que nenhuma raposa ou raposinha permaneça na vinha, no campo da alegria, pois nada deve atrapalhar aquele cenário perfeito, coisa alguma deve se interferir no relacionamento entre o Amado e a sua amada.

 

Essas raposas e raposinhas para nós, hoje, são um símbolo de tudo o que vem para nos roubar a comunhão com o amado de nossas almas, Jesus Cristo! Elas representam a nossa conformidade com os sistemas deste mundo, com os valores mundanos e profanos, especialmente na vida do cristão que, passado o primeiro amor, torna-se mais acomodado, complacente.

 

As raposinhas são um símbolo daquilo que parece inofensivo, bonitinho, mas que no futuro nos trarão desgostos. São os resquícios de antigos pensamentos e desejos pecaminosos; são as buscas de prazeres fúteis e vazios em shoppings, TV, internet, salas de bate-papo, tempo gasto em vaidades e futilidades; são os pequenos desvios da verdade ou quaisquer outras coisas “inofensivas” mas que nos roubam a comunhão com Jesus. “Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes” (1 Co 15:33) 

 

Jesus, irmão, é o amado de nossas almas. Nada deve atrapalhar a intimidade que Ele quer ter conosco. Que o Senhor te conceda pleno entendimento de seu Filho amado.

 

José Adelson de Noronha

19 opiniões sobre “As Raposas na Vinha”

  1. A paz do Senhor Pastor. Algum tempo atrás eu vi o seu blog,e acho que para a situação que estou passando o seu conselho será muito valido. Há 2 anos atrás eu namorei um rapaz da minha igreja, o qual eu sempre tive muita admiração, e sempre sonhei com ele como meu namorado, mas infelizmente o nosso namoro só durou 3 meses, ele quem acabou comigo, afirmando que eu era muito calada, e acho que imatura,pelo fato de ser mais nova que ele. 6 meses depois do nosso termino (o qual sofri muito, por gostar dele) fui morar em outra cidade próxima a minha, fui cursar a universidade, curso o qual o meu ex já é formado, e lá conheci um rapaz (tbm cristão), e começamos a namorar, hoje já estamos com 1 ano e 5 meses de namoro. No começo nosso namoro era uma benção, mas infelizmente deixamos o pecado entrar no nosso relacionamento, e temos brigado muito, muito mesmo. Já tentamos mudar e deixar o pecado de lado, mas não temos conseguido. Duas semanas atrás vim passar alguns dias de férias na minha cidade, e quem eu reencontro ? O meu ex, mas até então nada ocorreu, 6 dias depois foi o meu aniversário, e o meu ex me manda um sms (só lembrando que 2 anos separados essa foi a primeira vez em que ele lembrou). E nessa sábado o meu namorado foi fazer uma viagem para o exterior com a família dele, e estamos sem contato algum. Vim novamente passar alguns dias na minha cidade, e tenho encontrado com o meu ex com muita frequência, visto que somos da mesma igreja e temos amigos em comum. E tenho tido uma recaída por, fico ansiosa pra vê-lo, meu coração acelera quando estou perto dele, todos esses e muitos outros sintomas. E não é só isso, o jeito que ele me olha, me trata, fala comigo. Pensei que era coisa da minha cabeça, mas duas amigas minhas tbm notaram e me contaram, elas acreditam que ele só não pede para reatarmos o nosso namoro pelo fato de eu já estar namorando. E sinceramente pastor, não sei o que fazer, já orei muito ao Senhor e pedi respostas dEle, pois não posso tomar nenhuma decisão precipitada. Mas não tenho sentido falta do meu namorado, como das outras vezes que ficamos longes, gosto muito dele, mas essas brigas e o pecados vem desgastando o nosso relacionamento. Mas tenho medo de deixar um relacionamento de 1 ano e 5 meses, onde a minha famílias gosta muito dele, e a dele de mim, por algo que não sei se é certo. Pois com o meu ex, namoramos apenas 3 meses. Sei que nesse tempo todo, estou mais madura e mais experiente. E rever o meu ex depois de tanto tempo, realmente mexeu comigo, e além do mais o modo como ele tem me tratado. Por favor, estou precisando muito do seu aconselhamento, não gostaria de estar passando por isso, pois sinto como se estivesse enganando o meu namorado. Por favor, desde já agradeço.

    Curtir

    1. Filha, de fato você não deve ficar nessa situação: pecando com um e pensando em outro. As duas coisas precisam ser interrompidas. Aconselho-lhe a dar um tempo nesse namoro, mas sem ser por causa do primeiro rapaz. Faça uma coisa independente da outra, pois se sair dos braços de um, para ir para os braços do outro, pode decepcionar-se muito, como foi da primeira vez.

      Deixe que o rapaz prove, pela perseverança, que está mesmo transformado. Mas vigie, para que não venha a cair no pecado como faz com o atual.

      O Senhor lhe abençoe com prudência e espírito vigilante.

      Curtir

  2. Obrigado irmão Marcos pela sua visita. Que o Senhor abençoe toda a Paraíba derramando graça e o Dom do Espírito sobre todos, do maior ao menor, é minha oração.

    Continue conosco e indique o site aos seus amigos e colegas.

    Curtir

  3. Obrigado irmã Rosângela. É assim mesmo que começa. Pequenininho. A gente se dispõe a expor a alma e o Senhor vai dando graça. Parabéns pela sua iniciativa.

    Que o Senhor lhe conceda sabedoria e cada dia mais pureza no coração, iluminando-lhe os pensamentos.

    Tenho publicado seus textos e muitos internautas retornam com comentários edificantes.

    Curtir

  4. Parabéns J. Adelson pelo seu blog\site
    O meu está apenas começando.Mas estou gostando muito de tornar público o meu dia a dia.
    Quando eu era pequena isto era feito num caderno grosso de capa dura e só o usuário tinha acesso. Agora, nos moldes on line, todos participam do nosso pensamento. Já, já eu acostumo com esta novidade.
    rosadesião

    Curtir

  5. Pr. Reginaldo, obrigado pelos seus comentários e oração. Deus lhe abençoe também com graça e sabedoria na explanação da Palavra Eterna.

    A Jesus, nosso amado Salvador, toda honra e glória.

    Curtir

  6. Pr. Marivaldo, obrigado pelas suas palavras. Louvemos ao Senhor Jesus, o amado de nossas almas.

    Continue conosco e indique o site aos membros de sua congregação, amigos e colegas.

    ” graça e paz vos sejam multiplicadas, no pleno conhecimento de Deus e de Jesus, nosso Senhor” (2 Pe 1:2).

    Curtir

  7. Pr. Raimundo, um abraço também. Obrigado pelas suas palavras. Toda honra e glória pelo nosso trabalho pertencem ao Senhor Jesus, o nosso amado que breve, muito breve, virá nos buscar. Maranata!

    Curtir

  8. Paz queridos.
    Amei o comentário sobre as raposas e a vinha, o texto foi aplicado com muita sensibilidade à realidade do casamento. Obrigado por nos dar a oportunidade de aprender mais a Palavra de Deus.
    Abraço fraternal em Cristo.

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s