A Beleza do Cristianismo


“Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor; fui para eles como quem alivia o jugo de sobre as suas queixadas e me inclinei para dar-lhes de comer” (Oséias 11:4).

 

O pecado do homem desonrou ao Criador e o separou de Deus, que é Santo! Mas Deus, sendo amor, sempre amou ao homem e sempre desejou que houvesse uma reconciliação entre o homem e Ele, pois o que o Senhor deseja é ter relacionamento com o homem, como Pai e filhos.

 

O homem, portanto, tinha que pagar a sua dívida para com o Senhor, obtendo assim, o livre acesso ao trono do Pai. Mas o homem é absolutamente incapaz de resolver o problema do seu pecado e Deus, por causa da sua justiça, também não poderia perdoá-lo. Como resolver isso?

 

Então, e aí está a prova absoluta, eterna e incontestável do amor de Deus por nós, o Pai enviou Jesus Cristo, seu Filho amado, para pagar por nossos pecados.

 

Jesus não veio como Deus, mas como homem, semelhante a nós, nascido de uma mulher, sujeito a todas as privações, provações, tentações e fraquezas de um homem. Jesus viveu entre nós e nunca pecou, podendo assim dar a sua vida em favor do homem pecador, como eu e você.  Jesus nos amou, sendo nós pecadores, imundos, perdidos, ímpios e cheios de iniquidade.

 

A beleza do cristianismo é que ele não é uma religião, mas uma confissão de incompetência contra o poder do pecado, como tantos têm confessado aqui. E eu me incluo entre eles. É disso que o Senhor precisa para poder agir na nossa vida, pois enquanto pensarmos que há poder em nós para concertar a podridão de nossa alma, o Senhor não poderá agir.

 

Mas, na nossa confissão de incompetência e na nossa renúncia a chegar ao céu por meio de boas obras, aí então, pela Graça de Deus, obtemos a salvação e a libertação.

 

Irmão, irmã, pare de pensar em morte e passe a pensar em vida. Vida plena, completa, abundante, eterna. Talvez ela não venha na plenitude enquanto você estiver nesse seu corpo mortal, mas certamente virá quando estiver num corpo de glória.

 

Jesus é o Caminho, a verdade e a vida. Alegre-se, pois o Senhor ama você e já providenciou, lá na cruz do Calvário, o perdão de todos os seus pecados. Jesus morreu em seu lugar, foi sepultado, mas ressuscitou. Jesus, de fato, está vivo.

 

Aceite essa verdade e sua vida nunca mais será a mesma.

 

Eu oro para que o Senhor lhe conceda fé para crer e para que sua libertação venha tão logo essas palavras toquem em seu coração.

José Adelson de Noronha

Uma opinião sobre “A Beleza do Cristianismo”

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s