Amor ao Homossexual é Bíblico


PERGUNTA 

Olá pastor, tenho uma dúvida sobre homossexualismo, nos tempos que estamos vivendo hoje, está tendo muita crítica com alguns pastores e evangélicos, pois não apoiam os homossexuais. Eu sei que na bíblia tem escrito que é pecado, mas os homossexuais dizem que isso foi antigamente, que os tempos mudaram e etc.. Não sei como me portar nessa situação, não tenho preconceito, mas não acho que Deus aceite essa prática, é como se diz, Deus ama o pecador, mas não o pecado… E pra mim vale o que está na bíblia, mas não sei como orientá-los para que eles saibam que isso não é correto, tenho alguns familiares homossexuais, e eles sempre discutem comigo por eu não achar correto, mas eu nem sei mais o que falar, queria que o senhor me ajudasse em algumas palavras ou versículos, obrigada! 

 

RESPOSTA 

Irmã Patrícia. Obrigado pelas suas participações no site, orando e consolando os que nos procuram com suas aflições. Seja o Senhor a retribuir e galardoar você no Grande Trono Branco, naquele dia em que todos nos apresentaremos diante dele, com vestes brancas e resplandecentes. 

Sua pergunta é muito fácil de ser respondida: Homossexualismo é pecado, tanto antigamente quanto agora. Para Deus o tempo não muda, pois o Senhor não muda jamais. Ele é o EU SOU e não há passado para o Senhor, mas apenas o presente. 

Irmã, sempre houve homossexualismo na humanidade e Jesus quase não falou a esse respeito, mas apenas se ateve aos pecados do sexo fora do casamento. Toda e qualquer forma de sexo fora do casamento é pecado. E, biblicamente, casamento abençoado por Deus é apenas o casamento entre um homem e uma mulher. 

Quando a Bíblia fala a respeito do pecado e da necessidade de arrependimento, ela está falando para os salvos, como foi no Monte Sinai, aos que havia sido salvos do Egito e como é no Novo Testamento, cujas exortações foram escritas para os crentes. 

Os incrédulos já estão perdidos mesmo e para eles a pregação é outra: Jesus Cristo morreu pelos seus pecados, foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as escrituras (1 Co cap 15). Essa era a pregação que o apóstolo Paulo anunciava sempre que chegava a qualquer local, onde havia ladrões, adúlteros, mentirosos, assassinos, cobiçosos, e também homossexuais. 

Primeiro ele anunciava o Evangelho, depois ensinava aos convertidos, fossem homossexuais ou não. 

E se o pecador, ouvindo o evangelho, não quiser arrepender-se e continuar na sua prática, devemos deixá-lo, pois já está perdido mesmo. Não apenas pela prática sexual escolhida, mas por tudo o que vive e viveu até então. 

Irmã, o Senhor abomina o homossexualismo, mas ama os homossexuais e quer salvá-los. Assim como quer salvar também o heterossexual, que pode não pecar desta forma, mas peca de muitas outras, inclusive na religiosidade com propósitos errados, por exemplo. Uma pessoa ética e caridosa, por exemplo, que pensa assim estar conquistando sua entrada no céu, está tão perdida quanto o homossexual. 

Uma pessoa heterossexual, mas que cobiça e não se arrepende ou que murmura e jamais agradece o que recebeu de Deus, também está perdida e necessita de salvação. 

Então, o problema do homem não é o homossexualismo, mas o pecado. Qualquer forma de pecado. 

Por que os pregadores pregam tanto contra o homossexualismo? Muitos o fazem por medo de terem suas congregações contaminadas com a presença dos homossexuais, que é um pecado visível e que traz estranheza a todos. Mas e quanto aos pecados ocultos? São tão graves quanto o homossexualismo, no que tange à separação de Deus.

 As congregações deveriam abrir suas portas à presença dos homossexuais, assim como abre suas portas à presença dos cobiçosos, dos murmuradores, dos mentirosos, dos adúlteros, etc.. Deveriam abrir e ali ensinar a sã doutrina, sem julgamentos dessa ou daquela pessoa. Deveriam ensinar a respeito do pecado (de uma forma ampla e verdadeira) e da salvação por meio do arrependimento e do sacrifício de Jesus na cruz do Calvário. 

Não podemos afastar os pecadores da presença de Deus, como queria fazer o profeta Jonas, mas anunciar-lhes a Palavra de Deus e assim sermos mensageiros de Deus para salvação de todos. 

Espero ter esclarecido um pouco, pois esse assunto é longo e polêmico. Que a graça e a paz do Senhor Jesus esteja em seu coração e em seu lar. Continue orando por nós.

 

José Adelson de Noronha

Uma opinião sobre “Amor ao Homossexual é Bíblico”

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s