Restauração do Casamento


PERGUNTA 

Pastor, nas tuas palavras encontrei consolo e paz e mesmo lendo aconselhamentos semelhantes não consegui ter uma direção. Tenho 46 anos, aos 16 anos, ainda não convertida, conheci um rapaz com quem convivi 18 anos. Tive um filho aos 26 anos. Nosso relacionamento sempre foi coberto por muito amor, ciúmes e brigas e traição (da parte dele) até que em 2001 resolvi sair de casa levando apenas meu filho, meus documentos e muita magoa. Infelizmente não fui sábia. Depois disto tive dois relacionamentos fracassados. Após perder meus pais em 2008 e uma empresa que tinha, cheguei ao fundo do poço em todos os sentidos (até porque sou filha única e não tenho parentes na cidade onde vivo), até a saúde perdi. Em 2009, todos os supostos amigos sumiram, mas restou uma que me apresentou o SENHOR JESUS e desde então reencontrei forças pra viver. O Pastor então me perguntaria. — Filha em que posso te ajudar? E eu te digo pastor!!! Sou convertida e procuro viver pela fé e obediência, mas sinto uma enorme falta de um ambiente familiar, vivo há dois anos sozinha pois meu filho vive mais com o pai que comigo. Minha única companhia é um Deus que sei que não me desampara. O pai do meu filho também teve dois relacionamentos fracassados e de três anos para cá nos tornamos amigos ao ponto de não sentirmos mais magoas um do outro, ele pediu perdão das traições e do sofrimento que me gerou no passado e eu de forma inexplicável consegui perdoa-lo totalmente. Sou muito amiga da família dele, alguns inclusive hoje são convertidos e eu não sei de onde renasceu em mim uma enorme vontade de reconquistá-lo, ter minha família de volta e mostra-lo o que Deus pode fazer na vida daqueles que o amam. Ele mudou muito, hoje é calmo, íntegro sabe a importância da fidelidade e do respeito. O problema é que ele tem o temor de Deus, mas não é evangélico (apenas frequenta a igreja católica), alem de beber cerveja e fumar cigarros, muito menos do que antes, mas ainda faz as duas coisas. Sempre que posso falo com ele sobre a Palavra e ele ouve sem rejeitar. Ele também é muito família e vive por eles. Acontece que ele também é separado. Mas do seu ultimo relacionamento foi gerada uma filhinha e a mãe dela vive criando uma série de problemas, brigas e desavenças tirando a paz de toda a família. Oro por ela. Eu, às vezes fico sem direção, nunca disse a ele o desejo do meu coração, alias , o sr. pastor é a única e primeira pessoa com quem desabafo. Só tenho conversado com meu PAI, mas não sei mais como orar e nem o que pedir.

Gostaria de pedir-lhe um conselho. Será que este meu desejo é pecaminoso? Não sinto culpa quando oro para que Deus me dê uma segunda chance.

 

RESPOSTA 

Irmã, é legítimo o seu desejo de restaurar a família e se ambos têm tido uma boa convivência e companheirismo, mesmo com esses problemas da parte dele, não vejo porque você não deva tentar. A cerveja e o cigarro são problemas contornáveis, pois com amor de sua parte, ele poderá ter domínio sobre esses vícios e até mesmo libertar-se um dia. 

Você também terá que entender que ele precisará apoiar a filha pequena quanto à parte      emocional e material, pois é um direito dela. E terá que ter paciência (sem cobranças e pressões) quando, por algum motivo, ele precisar tratar de assuntos relacionados à filha com a ex-companheira. 

O que você não pode fazer é voltar com ele apenas na base do “morar juntos” como foi no passado. Se quiserem voltar, que seja sob a bênção dos pais dele, do seu filho (já que você não tem mais pais) e de Deus. Têm que ser via casamento, nem que seja uma cerimônia particular, íntima. 

Também é importante que ambos façam primeiro um curso na área de casamento, como o curso “Casados Para Sempre” ou “Aliança”, para que aprendam mais sobre a importância da aliança conjugal dentro dos princípios cristãos. 

Ore primeiro, peça conselho ao seu pastor, converse com seu filho e tome coragem para propor ao ex um retorno em novas bases. Que o Senhor lhe abençoe e alegre seu coração, em nome de Jesus, é minha oração a seu favor.

José Adelson de Noronha

38 opiniões sobre “Restauração do Casamento”

  1. Lucineide, obrigado pela força. Se pudesse, gostaria de uma opinião sua, uma opinião feminina, porque como homem não sei como uma mulher pensa e você sendo mulher talvez possa ajudar. Minha filha tem traumas grandes desde a infância. Na infância ela sofreu abuso, aos 6 anos de idade. Quando descobri fiquei transtornado, a pessoa que fez isso, morreu pouco tempo depois, mas se não tivesse morrido, eu teria levado o caso à justiça com certeza. Mas isso não foi tudo, mais tarde já mocinha, 13 para 14 anos, ela conheceu um rapazote também menor de idade, e começou namorar escondido. Só descobri porque ela foi de novo abusada, pelo namoradinho e mais dois colegas dele, ela ficou muito machucada e engravidou. Mas esse bebê foi entregue a outra família para ser criado. Minha filha era muito novinha, não sabia cuidar nem dela direito e depois, minha mulher disse que não cuidaria de um “pirralho”. Mas hoje temos contato com o menino (ele tem sete anos, vai fazer oito anos esse ano ainda) e ele já veio em minha casa, ele mora em outra cidade, mas minha filha não conheceu o garoto porque estava internada, isso foi em fevereiro. Os três rapazes menores foram entregues à justiça pelo que fizeram, mas hoje nem sei mais do paradeiro deles, mudei de cidade para ajudar minha filha a esquecer o caso. Mas claro que não esqueceu, ela ficou muito traumatizada e tomou nojo de rapazes, por isso se envolveu com uma moça da escola. Essa moça era barra pesada, de gangue e chegou a agredir minha filha fisicamente várias vezes por ciúmes e possessão. Minha filha sempre foi muito bonita: loira, olhos azuis, covinhas no rosto, corpo curvilíneo e por isso sempre foi muito visada por vários homens e até algumas mulheres. Queria saber na sua opinião, acha que minha filha tem como se recuperar de ter sido abusada de forma tão brutal? O que acha que eu posso fazer para amenizar os traumas. Ela se casou ano passado, aos 21 anos com um homem de 46 anos. Minha filha já estava na igreja, e o namoro com esse homem foi sem sexo, ela estava na igreja e tinha traumas. Na lua de mel, ela chegou ao cúmulo de me ligar chorando dizendo que não iria conseguir ser mulher, ou seja, cumprir com as obrigações do casamento. Eu conversei com ela, mas sei que apesar de cumprir com as obrigações no casamento, ela ainda tem dificuldades. Nesse ano através de vários exames foi constatado que ela tem problemas psiquiátricos que causam certas limitações, ela é bem mais lenta de raciocínio do que pessoas saudáveis. Já pedi inúmeras vezes pra minha mulher ser uma mãe para a menina, ajudar conversando, mas minha mulher não gosta de minha filha. Então, você poderia me dar uma opinião nisso? Quando puder deixe uma resposta aqui. Se outra pessoa quiser opinar também ficarei grato. Minha filha também sofreu perseguição na escola por ser bonita, pode parecer bizarro, mas as outras meninas na escola, agiam mal com ela por inveja, despeito e implicância. Uma vez ela chegou da escola com o rosto vermelho de um tapa na cara que levou de outra colega de escola, que não ia com o jeito dela. Todo tanto que pensar que ela sofreu, ela sofreu mais. A possessão demoníaca que ela tinha (até ano passado, hoje ela está liberta) fez ela cair num poço de lama de pecado e dor. Ela via vultos e ouvia vozes e esses vultos diziam que ela seria sempre uma pessoa dominada na área sexual, que ela sempre iria atrair maus elementos, então até ela ser liberta, ela sofreu muito. E hoje ela sofre com as consequências, tem dois filhos, um fruto de uma circunstancia horrível e outro do casamento. Graças a Deus meu genro é muito dedicado e demonstra amar mesmo minha filhota. Desejo uma boa viagem a você, Lucineide e espero que sua causa logo seja resolvida. Quando puder deixe sua opinião, mulher enxerga melhor essas coisas e sabe lidar melhor com o sofrimento de alguém. Minha filha continua em estado crítico, mas ainda estou orando e esperando o milagre. Quando receber seu milagre escreva aqui também, vou gostar também de ver sua vitória. Abraço.

    Curtir

    1. Oi amigo desculpe não ter visto logo seu pedido.mais é que ando muito em comunhão com Deus.olha amigo,sobre abusos sem mais omenos um pouco o que ele deve ter sentido.Pois eu quando tinha 9 anos . Também, quase que fui abusada mais meu Deus é tão grande que não deixou.isso me atrapalhou muito no meu primeiro casamento . tive que fazer consultas.com psicólogos, para que vinhese superar o trauma melhorei um pouco.Mais só depois que conheci meu Deus verdadeiro foi que vi superar tudo hj eu sou curada.no caso da mel foi mais forte.olha amigo somente Deus vai pode te ajudar entra em uma firme comunhão com Deus jejuando e orando que ele vai te dar a resposta certa de como vc agir.porque a nossa capacidade é pouca mais a de Deus e profunda pois ela esquadria o coração do homem . só Deus tem a resposta para todas nossas perguntas e dificuldades dessa terra.Deus ver todas as coisas.se fortaleça na palavra pois Deus vai te dar a resposta que vc provura.olha é Deus com a Mel por ela chegar onde ela chegou é Deus puro ele tem promessas para ela por isso que ela é tão perseguida. Deus tem vitoria poriso que o inimigo à persegui tanto.A tempo de chorar, a tempo de sofrer a tempo sorrir.A tempo de vitórias . Não desista seja perseverante lute.pessa para Deus te reverti com as armaduras dele.e vá em frente.olha minha luta não é facil mais Deus é comigo.ele me deu um grande livramento.tirando o homem de perto de mim pois eu não sabia que ele estava na prostituição. E nem usando porcarias.pois Deus mostrou tudo pra minha. Irmã mais eu sega não quis dar ouvidos . Deus tirou ele de mim to pagando o preso por não ter escutado a voz de Deus. Mais ele fala comigo quase todas as madrugadas que ele é comigo. Poriso vim pra são Paulo para ficar na comunhão pois ele tá me tratando e que ele tem o melhor pra mim. Que quando for o tempo ele vai me libertar de tudo isso mis ele tá passando junto comigo.e ele vai fazer justisa com o homem por ter usado o nome dele em vão. Não ta fácil mais seria pior sem meu Deus. Aquele não é mais pra mim. Não posso nem pedir misericórdia porele se não vou pagar preço. Eu tenho um Deus fiel e verdadeiro.O mesmo que vai pegar sua causa e vai ser contigo.se apegue a ele verdadeiramente. E clame pela a sua filha que ele vai te responde.(alegraivos na esperança sede paciente na tribulação, perseverai na oração. Rm.12v.12) e essa força que tenho pra te dar amigo Deus é contigo.Amem.

      Curtir

      1. Obrigado pela palavra amiga. Se você ficou com trauma por quase ter sido abusada, imagine minha filha que realmente foi… As consequências acho que sempre estará entranhado nela. Ontem minha filha disse que eu preciso descansar, veja bem, ela me dizendo isso… Eu já disse que por ela ter problemas psiquiátricos, ela é meio infantil na maneira de encarar as coisas, mas também é sincera, ela diz o que pensa sem rodeios. Ela me olhou calada por um bom tempo na hora da visita no hospital e disse: “Papai, o senhor está abatido, não precisa vir todo dia me visitar, fala pra mãe vir me ver no seu lugar de vez em quando…” Senti um nó na garganta ao ver que ela se preocupa comigo, sendo que ela é quem precisa de cuidados e amor. Depois ela olhou para o marido dela e disse: “Você pode vir todo dia porque é mais forte que o papai, eu preciso de você, tá bom?” Ela apertou a mão do meu genro e disse: ” Sua força me ajuda, sabe disso não é?” Bom, os dois apesar da diferença de idade se gosta muito e cada dia fico mais satisfeito de ver como meu genro cuida de minha filha, ele é um marido dedicado, sem sombra de dúvida. Falei com minha filha para ela não se preocupar comigo e tratar de ficar boa logo, eu tentei brincar com ela, mas não consegui arrancar nenhum sorriso. Sem contar que ela está impaciente e fica emburrada com algumas enfermeiras (ela implica com alguns procedimentos desagradáveis). Ela age imaturamente devido aos problemas psiquiátricos, mas eu falei para ela ser boazinha e educada com as enfermeiras que estão ali para ajuda-la na recuperação. Pode estar estranhando, mas com ela temos que falar as vezes como a uma criança, não é por mal que ela faz isso, mas pelos problemas dela. Um dos médicos disse que ela está com depressão e falou que ela tinha dito em tom emburrado quando ele foi vê-la: “Doutor, eu quero ir para casa, ninguém pode me obrigar a ficar onde não quero. Eu tenho filho e ele precisa de mim, então me dê alta, eu prometo ficar de repouso”. Ela é assim, quando dá a agonia e ansiedade ela dá o doido para ir pra casa. Bom, ela depois que sair do CTI ainda ficará dias no quarto e ela ainda não tem previsão de sair do CTI, mas nem pode falar isso pra ela , porque senão ela surta lá dentro. Ela tem crises de ansiedade e de nervos desde a adolescência, dá tremores no corpo e fica descontrolada, não pensa direito e é dose. Ela está sofrendo, tem momentos que nem conversar quer na hora da visita, fica calada olhando avoada. Mas ontem ela falou até muito, falou da Bíblia, do bebê, do filho maior (quis saber se tenho mantido contato), enfim, ela falou até muito, antes de ir embora, ela segurou minha mãe e disse: “Descansa papai, não precisa vir amanhã, pode relaxar, se cuida, você está abatido”. Abatido eu estou por dentro, mas por fora nem tanto, eu acho, mas ela é de cismar. Quando criança, as vezes ela sentava em meu colo e dizia: “Papai, o senhor está triste?” Quando eu dizia que não, ela agarrava meu pescoço e depois de dar um beijo em meu rosto dizia: “Papai, quando fica triste eu também fico, eu não quero que morra nunca”. O maior medo dela quando criança era de eu morrer, sei lá porque pensava nisso ainda criança, mas ela dizia com os olhos azuis arregalados de medo: “Papai, se o senhor morrer, eu vou ficar sozinha, ninguém vai cuidar de mim, porque todo mundo não gosta de mim.” Essas lembranças volta e meia vem em minha mente, tempos da infância dela, tão linda e frágil, de lá para cá, ela apenas cresceu e virou mulher, mas por dentro, sei que é uma menina frágil, tímida e com seus medos e traumas. Lembro que ela me perguntava quando criança: “Papai, o senhor vai morrer?” Eu explicava a ela que um dia sim, que todo mundo um dia morre, ela arregalava os olhos de pavor e me agarrava o pescoço no meu colo e dizia soluçando: “Mas vai demorar?” Eu dizia que ninguém sabe quando vai morrer… Hoje me recordo com tristeza que eu achava engraçado a preocupação dela e ria de seu medo, achava engraçadinho ela toda medrosinha e eu provocava isso prolongando o assunto. Que panaca eu era, ela ficava assustada e uma vez lembro que eu estava deitado na cama e ela chegou e me chamou, eu estava descansando numa tarde de feriado, eu demorei a responder e ela me sacudiu, eu fiquei calado e imóvel, eu pensava estar pregando uma peça na menina, uma brincadeira de mau gosto, eu sei. Ela me sacudiu e começou a entrar em pânico: “Papai, acorda, acorda…” Ela subiu na cama em cima de mim e chorando gritou a minha mulher: “O papai morreu…” Eu parei com a brincadeira ao ver o estado que ela ficou, ela estava branca que nem papel, chorando e o pior é que depois disso, ela demorou a se recuperar do susto… Hoje, se pudesse voltar no tempo, teria sido um pai bem melhor e cuidado dos problemas psiquiátricos dela desde cedo. Eu demorei a aceitar isso e creio que isso fez os problemas dela se agravarem. Desculpe minha “viagem”, mas recordo de muitas coisas de minha filha e percebo em mim, falhas demais. Bom, vou terminar meu comentário quilométrico e mais uma vez, obrigada pela opinião. Fica com Deus e que tudo dê certo pra você na dificuldade que está enfrentando, fique firme com Deus e Ele agirá na sua causa.

        Curtir

        1. O amigo bom dia fico feliz de saber que a Mel tá conversando com vc tá se recuperando um pouco . graças a Deus.mais vá em frente que Deus é contigo.oro muito por vcs ,um dia vou ouvir e ler vc falar que ela ta bem tudo pela a fé eu creio.fica com Deus é quando quiser desabafar estou aqui se achar melhor meu wat.zap. O numero é.085 987983610 é da operadora oi fica melhor da gente se comunicar e vc dessabafar um pouco sinto muito carinho por vcs adotei vcs em minhas orações. Bjs até a próxima e força não desista já mais.a sua filha não vai demorar pra sair dai não. porque Deus é maior o seu pensamento é um o de Deus é melhor vc vai ver.ele vai curar a mel por completo.eu creio vc crê. Deus tem o melhor pra nós, e ele não falha nunca.amem.

          Curtir

      2. Oi amigo bom dia fico feliz de saber que a Mel tá conversando com vc tá se recuperando um pouco . graças a Deus.mais vá em frente que Deus é contigo.oro muito por vcs ,um dia vou ouvir e ler vc falar que ela ta bem tudo pela a fé eu creio.fica com Deus é quando quiser desabafar estou aqui se achar melhor meu wat.zap. O numero é.085 987983610 é da operadora oi fica melhor da gente se comunicar e vc dessabafar um pouco sinto muito carinho por vcs adotei vcs em minhas orações. Bjs até a próxima e força não desista já mais.a sua filha não vai demorar pra sair dai não. porque Deus é maior o seu pensamento é um o de Deus é melhor vc vai ver.ele vai curar a mel por completo.eu creio vc crê. Deus tem o melhor pra nós, e ele não falha nunca.amem.

        Curtir

  2. Mais uma vez venho pedir oração, vivo junta com meu companheiro a 13 anos em meio esse tempo, temos 8 anos que aceitamos jesus.so que nesse anos todos venho lutando pelo casamento pois me sinto mal saber que sirvo o senhor no pecado, se dependese de mim já teria acontecido.Mais ele não quer e pra completar esse ano resolvi que ia dercer as águas. Ele falou que eu podia seguir sozinha porque ele não estava preparado para casar.falou que não me amava, e o que sentia pormim era apenas uma grande gratidão. E que ele não ia me atrapalhar mais seguir a jesus.perguntei se ele tinha alguém. Pra tá pebsando assim.e aconteceu que tinha sim.depois disso com 3 dias ele saiu de casa no domingo . só que aconteceu dele voltar com uma semana só que não era mais o mesmo e com muita peleja ele falou que não ia conseguir me fazer feliz separamos dinovo dessa vez ele tá na sala e eu no quarto tá muito dificil coviver assim.Mais tenho medo de jogar tudo pro alto e agir como a mulher tola tô orando jejuando para que Deus venha trabalhar no coração dele.ou se não for pra ser mais venha arrancar esse sentimento que ainda tenho por ele. Me der uma resposta tô sem saber como agir.a paz do senhor pra todos.

    Curtir

    1. Amada, o conselheiro do site está em tratamento de uma enfermidade na medula óssea e por isso não tem podido responder a todos como antes, apenas de vez em quando, ele escreve quando dá.

      Vou arriscar a dar minha opinião, mas já deixo claro que não sou pastora, apenas visito o site e respondo algumas pessoas que o irmão José Adelson não tem podido aconselhar. Acho que deve priorizar seu relacionamento com Deus. Seu companheiro disse claramente que não lhe ama, não quer se casar e ainda afirmou que não irá fazer você feliz, sem contar que pelo que entendi, apesar de estarem na mesma casa, estão separados, um na sala e outro no quarto… Isso é muito triste, principalmente para você que diz ainda ter um sentimento por ele. Continue orando e jejuando em prol dessa causa, da conversão de seu companheiro, só assim o relacionamento de vocês entrariam em equilíbrio e harmonia. Mas se notar que ele não quer mesmo se casar, manter essa postura de dizer que não lhe ama…é o tempo de você pensar se vale a pena ficar junto com ele desse jeito. Acho que você iria ser infeliz, porque estaria vivendo com alguém que não lhe corresponde o amor e ainda estará frustrada de estar vivendo em pecado, sem poder se batizar (já que a maioria das igrejas não batizam amigados).

      Eu não posso lhe dizer o que tem que fazer, você deve orar e buscar direção de Deus na sua vida. Se tiver como, procure se aconselhar com seu pastor, exponha suas dificuldades, quem sabe ele não possa te dar um conselho bom e lhe ajudar com orações? A função do pastor não é só de pregar, liderar igrejas, mas também de ajudar os aflitos e aconselhar.

      Que o Senhor venha lhe abençoar, ajudar-lhe na decisão que deve tomar e que Ele possa alcançar seu companheiro, quebrantando-o e fazendo ele ser nova criatura. Deus a abençoe e um abraço.

      Curtir

      1. Obrigada irma pelo o conselho. Mais já fiz isso sim falei com meu pastor ele me aconselhou que me batizase sim porque a salvação e individual . Já que ele não quer Deixar com Deus.eu já fiz o dicipulado vou batizar dia07 do 06 esse mês.E ele Deus vai trabalhar com ele não posso perder minha salvação se ele não quer a dele.amem e até a proxina

        Curtir

        1. Que bom que falou com seu pastor, Lucineide. Espero de coração que Deus toque no coração de seu companheiro e ele se converta, para terem uma vida abençoada juntos e na presença de Deus. Tudo de bom para você.

          Curtir

          1. A paz irmã venho lhe informar que diante da quela situação.resolvi tomar uma atitude, pois do jeito que tava não estava mais aguentando. Pedi quê ele fosse embora pois já que não sentia mais nada pormim seria o certo. Não foi facil fomos questionar o quê temos de direito e isso é muito chato quzndo um já pensa diferente.ele tá me odiando pois comcerteza não esperava essa minha atitude pois procurei fossas no senhor e quê Deus me desse a atitude certa.creio que Deus vai trabalhar na vida dele . amem.fica com Deus

            Curtir

            1. Amada, sinto muito pelo relacionamento ter acabado, mas sempre é melhor priorizar Deus e as outras coisas são acrescentadas com o tempo. Deus realmente pode trabalhar na vida dele e mudar o coração dele. Um abraço.

              Curtir

                1. Lucineide, que Deus venha suprir todas as suas necessidades e venha trabalhar na sua causa. Creia somente, e o mais Ele fará por você. Jesus te ama e Ele cuidará de você.

                  Curtir

  3. Também preciso de restauração de meu casamento. Eu sou casado, vivo com minha mulher mas estou sempre com alguns problemas. Li todos os comentários aqui e as respostas. Estou aproveitando que hoje estou em casa à tarde, para escrever, geralmente escrevo mais à noite. Apesar de sempre haver problemas, o relacionamento sexual é ótimo com minha mulher. Mas ela nunca esqueceu que no passado eu de certa forma troquei ela pela irmã caçula, que para complicar era garota de programa, então na cabeça dela eu a troquei por uma prostituta e isso ela nunca engoliu. Mas não era casado com minha mulher, era apenas um paquera como dizem, mas acabei me envolvendo com a irmã dela, me casei e assumi a paternidade de uma criança que era de outro homem. Depois quando fiquei viúvo acabei me casando com a minha mulher e para piorar de novo, tive um caso extraconjugal por um ano. Ela acabou descobrindo e foi terrível, ela fez o auê, mas não quis separação (eu teria dado, eu casei com ela mais pela menina, a Mel, do que por amor). Mas estou com ela até hoje, mas me converti e nunca mais a traí, graças a Deus, apesar de ter amado de verdade a mãe da Mel e não minha mulher. Tem uma coisa estranha, que tentei negar até para mim, mas acabei reconhecendo, minha mulher é uma coisa em particular comigo e outra com minha filha no meio. O sexo é bom com minha mulher, ela consegue até falar palavras apaixonadas, e ela me diz que me ama, que sou o único homem que ela amou na vida. Conseguimos nos divertir saindo juntos, vendo filmes juntos em casa, enfim, depois que minha filha se casou, quando estamos a sós parece uma segunda lua de mel. Mas aí vem o lado estranho: se minha filha estiver perto ou se eu quiser conversar sobre a menina, ela muda. Torna-se fria, insensível e chata, chego a odiá-la mesmo nessas horas. Meu casamento só não é bom por causa de Mel (minha filha). Um amigo meu já me falou que acha que minha mulher tem ciúmes de me ver dando atenção para a Mel. Até agora que minha filha está no CTI, ela continua igual. Eu quero ter fé e esperança, mas estou desanimado, fui visita-la hoje, e parece que nada muda. E hoje minha mulher falou uma coisa que ficou martelando na minha cabeça: que a Mel é amaldiçoada que nem a mãe dela foi e que é bom eu me preparar porque ela vai ter o mesmo fim da mãe. Tivemos uma briga, tanto que ela nem quis ir comigo ao hospital. Ela brigou com a filha do meu genro, enfim, ela não gosta de ninguém da família de meu genro, exceto ele, porque ela acha ele bom partido. Mas xinga os outros, ela diz nomes horríveis. Peço oração pela minha família, minha mulher precisa de mudança. Ela é insensível com tudo que é relacionado à Mel, ela diz que ama a menina, quando eu a questiono, mas ela age como se não amasse. Estou completamente desanimado, sem esperança. Minha esperança acabou e eu acho que minha filha não vai voltar pra casa dela. Meu genro pensa diferente, ele é forte, determinado, ele ainda diz para quem vai entrar para ver a Mel, que não falem nada de negativo e ele diz que está pensando positivo. Peço que na oração interceda por mim, minha filha: Mel, meu genro Heitor, meus netos Gabriel e Matheus . Estou também preocupado com o Gabriel, de ele puxar, herdar a índole do pai biológico dele. Ele apesar de criança, está rebelde e não está fácil lidar com ele, está revoltado . Minha mulher falou que tudo é culpa da minha filha, por ela ter se envolvido com um marginal. Tudo ela bota a culpa na menina, não adianta falar dos problemas da filha, ela nem escuta. Peçam pela Mel, para ela sair do estado em que se encontra e para eu ter esperança. Parte da revolta do Gabriel é porque ele quer ver a mãe biológica, a Mel e quer conhecer o irmãozinho: Matheus. Orem pela minha mulher, ela tem ciúmes de qualquer atenção que eu dou a Mel, e ela um dia falou que a Mel é a cópia da mãe em questão de corpo e jeito de ser e que isso ela odeia e ela praguejou falando da irmã morta. Eu sempre tentei esconder da Mel o verdadeiro sentimento da minha mulher, porque é chocante demais. Ela tem ciúmes e até certa raiva da beleza da Mel. Uma vez ela pegou uns shorts e vestidos da Mel e picotou tudo com a tesoura, dizendo que eram roupas de prostituta. Não eram, mas como a menina sempre teve corpo curvilíneo e atraente, tudo que ela veste realça as curvas e minha mulher tem inveja e ciúmes. Nem preciso dizer que a menina chorou um monte ao chegar em casa e ver as roupas picadas. A minha mulher fala que a beleza da Mel é do demônio e que ela é carregada de energia negativa. Minha filha já foi liberta de possessão maligna, mas minha mulher insiste em dizer que ela, a Mel é do diabo. Isso é chocante, estou desabafando aqui, porque o que ela fala da Mel é horrível, ela é dura. Orem então por mim e especialmente pela Mel e Heitor. O Heitor está mostrando que de fato é o homem certo para minha filha, ele tem uma força impressionante, que eu se tivesse metade, já estaria satisfeito. Os médicos irão tirar os sedativos amanhã para ver como a Mel reage… vamos ver como ela vai estar.Vou ficar por aqui. Obrigado.

    Curtir

    1. Amado, infelizmente nem sei o que dizer no seu caso. Parece que sua esposa não ama a enteada e senti nas entrelinhas mesmo não tendo falado claramente, que a sua esposa talvez sente ciúmes de você por ver na enteada uma rival, já que ela sabe que você não é pai dela. Sua filha já foi possuída por espíritos malignos, mas já foi liberta, ainda bem, mas parece que a relação das duas é péssima… Irmão, senti nas entrelinhas um emaranhado de problemas, parece que não ama sua esposa (disse que amou a mãe de sua filha) e talvez ela perceba isso e por isso implica ainda mais com a enteada. Mas sabe, quando ela disser que sua filha é do demônio e amaldiçoada, repreenda isso, não deixe ela dizer isso da sua filha., porque isso é grave e triste. Quando ela amaldiçoar, abençoe sua filha e seu neto (que você declarou ter medo de herdar a índole do pai). Irmão, sinto que precisa de uma orientação maior, um bom conselho e eu não sei sinceramente como aconselhar seu caso.

      Espero que sua filha receba a cura da enfermidade e que haja restauração em seu casamento. Desculpa não saber como aconselhar no seu caso, acho que o irmão José Adelson, saberia ser um bom conselheiro no seu caso se pudesse aconselhar. Deus abençoe você.

      Curtir

      1. Amém, irmã. Só Deus mesmo para me fortalecer, porque a barra está pesada. Peço que orem por mim, minha vida desde que me casei com minha mulher é cheia de complicações. Mas o problema maior é o ciúmes de minha mulher que é infernal, ela tem uma implicância com a Mel, minha filha que é triste. Ela nunca foi uma mãe para a menina e pior, sempre foi dura com ela, insensível. Somente demonstrava sentimento à menina, quando esta fazia sua vontade em tudo. Na adolescência da Mel, ela chegou a mandar a Mel sair de casa, isso teve consequências horríveis para a Mel, que já tinha a vida complicada e acabou fazendo mais uma besteira de se entregar a um primo dela ao se refugiar no apartamento do primo. Essas coisas foram aparecendo à tona e a reputação de minha filha piorou mais ainda. Não tenho nada contra meu sobrinho, ele é jovem e minha filha também, acabou rolando, mas ele é homem, e nossa sociedade ainda é machista… Ninguém o recriminou, mas minha filha foi criticada, rotulada de coisas ruins e vulgares. Minha mulher descobriu e agora fala mais mal ainda da menina, fala que ela é uma sem vergonha etc. A verdade é que minha mulher tem prazer de falar mal da menina porque sabe que assim me tira do sério e penso que assim, ela me dá o troco de minha traição. Ela não é uma mulher que esquece o passado, ela guarda tudo e fica jogando na cara depois. Penso que teria sido melhor ter casado com outra mulher, alguém que tivesse gostado de minha filha, a amado como filha. Se eu consegui amá-la como filha mesmo não sendo pai biológico, porque minha mulher sendo tia da menina, nunca pôde ser uma mãe? Isso é muito triste, mas nem eu brigando, falando sério, nada fez ela amolecer. Ela tem ódio da mãe falecida da Mel, por ela ter sido prostituta e sempre falou que a Mel seguiria os passos da mãe. A Mel caiu em várias ciladas nessa vida, tão nova já tem marcas demais em seu coração, já tentou até suicídio no passado. Mas apesar de tudo, de ainda lutar contra a depressão, síndrome do pânico, e agora estar no CTI devido à complicações de uma cirurgia cardíaca, problema nos rins e um dos pulmões, penso que ela queria viver já que tem um bebê para criar. Eu passei por várias provações com minha filha :namoro com um rapaz que era um canalha, cruel e a fez passar por horrores, e ainda ela engravidou depois, mais tarde teve um namoro homossexual com uma moça possessiva, briguenta, de gangue na época. Ela tinha uma fama que metia medo nos colegas de escola e redondezas. Sofreu demais nesse relacionamento, passou coisas horríveis também com ela, nem quero entrar em detalhes agora. Não é porque sou pai dela que vou dizer isso, porque todo mundo que a conhece diz que ela tem uma beleza estonteante, a Mel é linda mesmo e por isso sempre foi visada por muitas pessoas e acabou se tornando presa fácil devido aos problemas psiquiátricos que tem. Se tem alguém que sofreu fortes baques nessa vida foi minha filhota. Tenho alguma parcela de culpa também, mas agora não posso voltar no tempo. Se pudesse faria tudo, mas tudo mesmo diferente. Teria dado mais amor ainda, a protegido melhor, dado mais atenção e ser compreensivo com seu problema psiquiátrico e intelectual. Enfim, teria dado valor enquanto a tinha comigo, agora nem sei se ela voltará para casa, isso me deixa arrasado e corroído por dentro. Lamento mentalmente todos os dias minhas besteiras, minhas cobranças infundadas, minha mania de querer que ela fosse que nem os primos dela nos estudos… Eu fui tolo, eu sei e como nessa vida tudo tem um preço, estou pagando caro por tudo. Peço que orem pela Mel, para Deus ter misericórdia dela e a livrar desse mal que a aflige. Hoje quando eu segurei sua mão, eu notei que ela parecia um anjinho dormindo, tão frágil e pequena… Ainda tão bela… Não aguentei, chorei que nem uma criança, meu genro apesar de sofrendo, ainda me consolou, me falou para ter fé e esperança. Mas ao ver a Mel nesse estado, desabei e chorei e chorei e chorei… E olha que sempre tive vergonha de chorar na frente de alguém e acabei fazendo isso na frente de Heitor, ele demonstra estar sofrendo, ele ama minha filha, mas ele é forte, ele segura a barra. Está orando de madrugada, e ele crê no agir de Deus, mas eu me sinto fraco, desanimado… Minha força interior está quase extinta. Quando cheguei em casa, peguei o Matheus no colo, chorei de novo, ele tem as covinhas da mãe dele, os olhinhos azuis, cabelos loirinhos, me recordo então da Mel bebê, tão pequenina e linda, nasceu prematura e frágil, mas era linda, eu a amei desde o primeiro momento. Penso que muita coisa teria sido diferente se eu tivesse sido um pai mais presente e compreensível e a protegido de maus elementos. Orem pela minha família por favor. E se Deus for levá-la que Ele me prepare, porque não estou preparado para ver a partida de minha menina. Só de pensar isso, sinto-me fraquejar e tenho medo. Essa madrugada o telefone tocou aqui em casa, eu olhei para minha esposa nervoso, ela arregalou os olhos e falou que não ia atender, no fundo ela também teve medo. Eu fui atender, tremendo que nem vara verde, nem parecia um homem, parecia uma criança com medo. Tive medo de ser notícia dizendo que a Mel faleceu… Era engano, eu voltei para a cama, mas o sono me abandonou, as horas estavam intermináveis, só pensava que ficaria no lugar da Mel se pudesse, ela sempre foi tão frágil, linda, mas frágil demais… Opa, estou praticamente escrevendo um livro, perdão. Obrigado.

        Curtir

        1. É amigo estou em oração por vcs pesso que Deus venha lhe da todas as forças necessárias.que vc precisa. DEUS NÃO NOS DAR UM FARDO MAIOR DO QUE NÃO PODEMOS CARREGAR.Amem eu to passando por um vento claro que não chega aos pés do seu mais não tá sendo fácil mais já sei que Deus estar agindo na minha causa.e vai agir na sus tbm continui firme porque agors mais do que nunca ela precisa de vc.se vc quiser conversar comigo por watzap.para que venhamos orar juntos o meu é esse. 085987983610.fique a vontade para me pedir orações.estou pronta pra te ajudar. Um abraço

          Curtir

        2. Amado, nos momentos difíceis devemos buscar forças no Pai Celestial, somente Ele pode ajudar a carregar nossos fardos e dores e nos sustentar na caminhada. Procure também demonstrar mais amor por sua esposa, o fato de você ter dito que amou a mãe de sua filha e que se casou com a tia da sua filha apenas por causa da filha, demonstra que não ama sua esposa como deveria. A Bíblia fala que o marido deve amar sua esposa. Entendo que ela não age certo com a sua filha, não dá amor, como você mesmo disse, ela é insensível com a sua filha. Mas você deve fazer sua parte, amando a esposa. Uma mulher mal amada é um problema, e não pense que a mulher não percebe isso, ela pega no ar quando não é amada. Claro que amar é um ato espontâneo, não é forçado, mas dá para trabalhar isso, orando e pedindo ao Pai para restaurar seu casamento. Você mesmo disse que o relacionamento sexual entre vocês é ótimo e que ela se declara a você, então eu penso que ela te ama e o ciúmes dela, é porque no passado a traiu e talvez porque não demonstre amor suficiente por ela. Ela vê sua filha como rival e você precisa ter sabedoria para mostrar a sua mulher que são sentimentos diferentes o que tem pela filha.

          Quanto a sua filha, ela precisa de amor, carinho e apoio. Pelo que contou ela sofreu muito e ainda sofre, não tem amor de mãe. Então, trabalhe nisso também, orando e pedindo que Deus venha restaurar o relacionamento entre sua mulher e sua filha. Creio que há mágoas de ambos os lados. Seu caso é complicado e só Jesus pode consertar o que está errado. Mas lembre-se: quando se sentir fraco, clame o nome de Jesus, Ele vem te socorrer e ajudar. Não deixe de apoiar e dar amor à sua filha, ore sempre por ela, e tenha esperança dela sair desse estado grave. Que Deus abençoe sua família, restaure seu casamento, seu lar e sua fé e que Ele conceda a cura a sua filha. Um abraço.

          Curtir

          1. Boa noite! Agradeço as palavras de Lucineide e Cacau, obrigado irmãs. Continuem orando pela minha família. Cacau, está certa em dizer que devo demonstrar mais amor a minha esposa. Na verdade eu penso que de alguma forma a amo, depois de anos juntos ainda estou com ela e isso é porque gosto dela. Ela não é cristã e por isso, ela não tem sabedoria para lidar com alguns assuntos. Ela é sim insensível com minha filha, ela guarda mágoas, ressentimentos. As duas têm mágoas demais, a verdade é essa. Realmente a história toda é muito complicada e há fatos que eu não comento em público, tem coisas mais íntimas e pessoais que guardo comigo apenas, mas o passado da família tem coisas obscuras demais. A Mel saiu do coma induzido, está entre “trancos e barrancos”, mas de seu jeito está lutando para sobreviver. Esse problema serviu para me aproximar mais de meu genro, ele é apenas um ano mais novo que eu, então estamos mais próximos para ajudar a Mel. Ele é bem mais velho que a Mel, mas penso que foi melhor, se fosse um rapaz de 22 anos por aí, não daria conta de segurar a barra, meu genro é maduro para lidar com situações difíceis e isso é ótimo. Mesmo depois de anos de casado, ainda sinto atração pela minha mulher, ela é bonita (não é tão bonita como era a irmã dela, minha primeira mulher, que faleceu ainda jovem, mas é bonita). Isso é importante numa relação, e tem razão, ela parece me amar mesmo, ela se cuida para mim. Ainda me faz “surpresas” interessantes, como preparar o quarto e vestir uma lingerie bonita e sensual para mim, gosto quando ela faz isso. Como disse, o problema surge é o com a simples menção do nome de minha filha. Aí ela se transforma, ela nunca foi mãe para a menina, isso desde sempre, não é apenas por vingança por no passado a ter traído. Não, eu a traí na época justamente porque me estressava ao chegar do trabalho e ver o jeito ríspido com que falava com a menina. Eu não sou o pai biológico da Mel, não tenho filhos biológicos, ela é minha única filha. Minha mulher nunca conseguiu engravidar. Mas mesmo não sendo pai biológico a amo muito e eu sou muito mais pai dela do que o que a gerou, com certeza. Eu sempre fui um pai que deu amor, mas cobrei muito também em relação a estudos e outras coisas, hoje me arrependo, porque minha filha tem problemas psiquiátricos que eu não percebia antes ou tentava não ver e por isso, suas notas sempre foram ruins não por falta de estudo, mas devido aos seus problemas psiquiátricos, minhas cobranças pioraram seus problemas. Estou agora orando pela conversão de minha mulher, porque assim ela mudaria em relação à Mel, isso seria o melhor para mim, porque quando estamos a sós é ótimo, mas se eu falo na menina, pronto a briga está armada, ela tem ciúmes. Ela é ciumenta, já peguei ela mexendo no meu celular, nas minhas carteiras, bolsos de calças e camisas, ela é possessiva. Da última vez que vi ela mexendo em minhas coisas, a Mel estava em casa, a Mel é meio meninota, devido aos seus problemas psiquiátricos e ela viu a mãe mexendo nas minhas coisas, ela tentou tomar da mão de minha mulher (minha filha sempre preferiu a mim e na cabeça dela, ela pensa que eu preciso de alguém que me defenda). Pois bem, ela tentou tomar da mão da minha mulher e o celular caiu e quebrou a parte de vidro. Minha mulher transformou a casa num inferno por causa disso, brigou e xingou a menina de tudo quanto é nome ( e mais uma vez disse que ela é como a mãe biológica dela), eu falei para ela que não era pra tanto, mas tudo é motivo dela xingar (palavrão dos bravos). Para terem uma base, quando ela descobriu minha traição, ela pegou a outra mulher (era minha amante, eu não era convertido ainda)e desceu o braço. Foi um horror, a amante na época levou a pior ela fala até hoje que valeu a pena ter “descido do salto” e ter dado uma lição na mulher. Quando eu fui terminar tudo com a amante depois do bafafá, ela falou que ela é quem queria um fim do caso, porque minha mulher era uma “psicopata” e ela tinha medo de pessoas assim, ela ficou realmente com medo de minha mulher. Mas essas coisas ficaram no passado, hoje sou um homem que apesar de falho, creio em Deus e sou um marido fiel. Ainda preciso de restauração de meu casamento, mas estou orando. Minha filha hoje conseguiu conversar um pouquinho melhor, ela disse que me ama muito e perguntou da mãe. Mesmo minha mulher sendo dura na queda, convenci ela a ir amanhã ver a menina. Quando falei para a Mel que a mãe vai amanhã, ela apertou minha mão e disse para eu dizer para minha mulher que a ama muito e sente saudades. Eu disse, minha mulher tentou disfarçar, mas notei que ela não esperava isso. Eu acho que o bem tem que vencer o mal, o amor tem que vencer o ódio. Sendo assim, talvez um dia ela consiga amar a menina e perdoar os deslizes da Mel, mas quem mais tem que o que perdoar é a Mel, a minha mulher já magoou e machucou demais a menina. A Mel foi vítima de muita coisa ruim, devido às suas doenças psiquiátricas e à possessão demoníaca que tinha. Graças a Deus ela ficou liberta dessa possessão ano passado, agradeço ao José Adelson, ele é quem disse ao meu genro através do site, para levar ela para expulsar os demônios. A Mel merece ser feliz, ter a chance de cuidar do bebê dela e de conhecer o filho maior (que é criado em outra família) que é o seu maior sonho. Espero que orem por nós. Irmãs, valeu pelas palavras e orações, Deus as abençoe hoje e sempre. Quanto à minha filha, eu agora estou tratando com mais cuidado e meço mais as palavras, parei de comparar ela aos primos, minha filha não pode ser comparada às pessoas saudáveis, com a mente sadia, ela tem o desenvolvimento e ritmo mais lento, mas meu amor por ela, continua o mesmo, foi ótimo os conselhos sinceros do José Adelson a esse respeito, eu mereci a sinceridade dele nos conselhos. Então, obrigado José Adelson, você me abriu os olhos e você também disse que era meu dever amar minha esposa, afinal se eu casei com ela, devo pelo menos me esforçar, porque eu pisei na bola com ela também, por causa da menina. Espero que a Mel sobreviva e possa ser feliz com seu marido e filho e ter a presença do filho maior de vez em quando em sua casa. Bom, vou ficar por aqui. Obrigado.

            Curtir

            1. Lembrei de um pedido da Mel. Hoje ela estava conversando um pouquinho melhor e perguntou sobre o “pastor da net”. Ela está falando meio enrolado e custei entender, mas aí quando disse que não sabia de nada, ela pediu para eu escrever aqui dizendo que hoje se lembrou de você (José Adelson). Ela não fala seu nome, ela o chama de “pastor da net”. Memorizei as palavras dela: “Papai, escreve no blog que eu quero que ele fique bem, que hoje eu lembrei dele e fala que eu não esqueci dele. Fala pra ele não me achar mal agradecida de ter sumido quando ele ficou doente. Eu quero muito que ele fique bem. Eu gosto muito do “pastor da net””.
              Ela disse isso parando, ela está ainda bem debilitada, mas uma coisa posso dizer, ela tem um respeito grande por você, José Adelson. Ela também disse depois: “Papai, ele me ajudou muito, quando eu estava desistindo de tudo, o “pastor” me dava uma palavra forte e amiga. Diz para ele que eu aprendi a gostar muito dele e vou orar por ele e a família dele.” Ela fechou os olhos por um tempão e depois falou que se lembrou de uma música linda, e falou para eu procurar na “net” e enviar (a fé move montanhas). Olha, José Adelson, vou fazer a vontade de minha filhota, daí depois se quiser delete. Ela falou também “Fala que eu estou mandando beijinhos para ele e a família e pede pra ele orar por mim, eu preciso porque tem horas que eu penso em desistir de lutar porque está difícil, mas depois eu penso no meu bebê, ele precisa de mim. Diga que vou orar por ele sempre que lembrar, explica que eu não sou mal agradecida, eu ainda não posso escrever pra ele, mas eu me lembrei dele”… Ela disse mais ou menos isso que escrevi, depois falou da música. Mas o engraçado, é que depois que ela falou isso, ela voltou a ficar meio confusa, ela mistura realidade com sonhos, mas os médicos falaram que é assim mesmo devido aos problemas dela. O caso ainda é grave, mas meu genro está confiante que Deus vai ajuda-la a voltar para casa. Então, acho que eu também devo ter esperança e parar de ser tão incrédulo. José Adelson, a música foi a Mel que escolheu e pediu para eu enviar, estou fazendo isso porque quero fazer o pedido dela, mas se não quiser ouvir, tudo bem, apenas delete depois o comentário com o vídeo. Boa noite.

              Ela disse que essa música não sai da cabeça e coração dela. Talvez devido a ela ter cantado essa música inúmeras vezes, não sei. José Adelson, na cabeça dela, ela ter sumido justamente na sua enfermidade, ia parecer egoísmo e mal agradecimento, já que a aconselhou muito por isso quis que eu deixasse aqui a mensagem dela. Ela precisa de oração está com a cabeça confusa na maior parte do tempo, mas quando está pensando direitinho, ela pensa em Deus e em músicas que falam de fé, como essa. Isso me deixou de queixo caído, eu saudável fico incrédulo às vezes e ela mesmo na situação triste em que se encontra, ainda demonstra fé, mesmo chorando, sofrendo, mas está lutando para viver, é uma pequena guerreira. José Adelson, fiquei sabendo de sua enfermidade por ela, não sabia, então vou orar também por você e sua família. Obrigado e pode deletar depois se assim desejar.

              Curtir

            2. Amado, experimente demonstrar mais amor a sua esposa, verá que ela tenderá a ser mais maleável e menos possessiva. Espero que sua mulher venha a se entregar a Jesus e mudar sua atitude em relação a sua filha. Que as duas possam ser grandes amigas ainda! A oração com fé pode muito em seus efeitos. Ore sem duvidar, crendo que o milagre pode sim acontecer na sua família.

              Também espero que sua filha venha a se recuperar e assim possa voltar ao lar, para seu marido e filho, assim como é seu desejo também. Que Deus estenda suas mãos de bondade e misericórdia para sua família e restaure seu lar para honra e glória de Deus. No mundo passamos muitas aflições e provações, ninguém escapa de algum momento da vida padecer algum problema. Mas tem diferença quando é um cristão que passa por provas. O cristão sabe em quem se apoiar e se firmar: em Jesus Cristo, o Nosso Salvador.

              Curtir

            3. Oi amigo boa tarde.desculpe por ter visto hj seu comentario.fiquei feliz de saber que a Mel já falou um pouco . É sinal que Deus está realmente ouvindo nossas orações. Parabéns por ter apredido a cuidar mais dela.dar mais atenção, compriender a situação. Em que ela estar passando.oro todo dia meia noite com uma irmã minha de São Paulo. Ela lá e eu aqui em fortaleza.lembro sempre da mel.oro pela minha causa que é a restauração do meu casamento . Não se preocupe tudo vai termina bem.porque a vontade de Deus é sempre boa para nós. To eu indo amanhã para são Paulo porque creio que é a vontade de Deus eu ir lá. Ontem Deus falou tremendo comigo na madrugada através da minha irma.Que estaria ele quebrando aquele vaso e que eu só mente louvase e glorificase o nome dele.e que eu já podia cantar o hino da vitoria. amém vc pode imaginar como é lindo o todo poderoso falar com agente.e disse mais to eu arrancando toda a tua anciedade.ou Deus de maravilhas. E crwio eu que asslm ele vai fazer com vcs Deus vai lhe dar a vitoria completa do jeito que vc quer . É só pedir, pedir, ele vos dar. Vc tem que começar liberar o perdao que só assim Deus trabalha na sua causa.eu creio que ainda vou ler aqui vc agradecendo a sua VITORIA.PORQUE A SUA VITORIA É A MINHA VITORIA.FIQUEM COM DEUS

              Curtir

              1. Esse louvor é lindo. Eu ouvi e paresse muito com nós quando estamos clamando ao nosso Deus.amigo o lnimigo queria que eu ficasse louca.mais Deus não permitiu que ele tocase em mim. Porque eu sei que o que tô passando é permissão de Deus pois fui desobidiente a ele.não dei ouvidos quando falou comigo.coloquei a mão onde não era pra colocar.poriso ele precisava fazer uma limpeza.E hj estou bem melhor.vou viajar bem e creio que quando eu voltar vou encontrar tudo nos seus lugares . porque o quê Deus prometi ele faz.uma boa tarde.cheia de Bênçãos pra vcs der um abraço na mel pormim.e lembranças pra sua esposa e seu gero.e um xeirao no neto bjs.

                Curtir

                1. Boa viagem Lucineide. Que Deus venha abençoar e resolver sua causa. Sua vitória me fará feliz também. Eu deixei um texto sobre a minha filha, mas ainda precisa ser aceito para ser publicado. Quando for publicado nessa seção, gostaria que lesse e desse sua opinião sobre minha filha, está bem? Abraço.

                  Curtir

  4. Pesso oração para mim e meu companheiro pois estou orando para nosso casamento acontecer pois não quero mais viver em pecado as lutas tem sido grandes mais creio quê Deus ta no comando.

    Curtir

  5. Venho pedir oração pelo meu casamento que esta passando por conflitos.

    Estou com meu esposo a 20 anos e ele saiu de casa

    apos uma seria discussão com agressao e fisica e verbal.

    Tenho um filho de 6 anos com ele e nao aceito meu lar destruido por obra do maligno.

    Passei tantas coisas para esta ao lado dele, lutei tanto e nao aceito este mal em nossas vidas.

    Peço seu apoio para quebra desta maldição em nome de Jesus Cristo.

    Curtir

    1. O Senhor tenha misericórdia de seu marido, trazendo arrependimento e quebrantamento ao coração dele e levando-o a pedir perdão e a retornar para o lar, em Nome de jesus. O Senhor te sustente nas tribulações e também leve-a a reconhecer seus erros e a pedir perdão ao seu marido, pois a mulher sábia edifica a sua casa. O Senhor visite sua criança, consolando-a e sustentando-a, para que ela não venha a sofrer mais ainda.

      Curtir

  6. A paz do Senhor pastor!
    Sou casada 17 anos,meu esposo arrumou uma amante a engravidou e foi morar com ela. Ficou um tempo com ela e separou,foi morar sozinho,aceitou Jesus e então voltou pra casa. Hoje ele è batizado,faz ceminário,frequenta aos cultos e ainda chama a atenção das crianças que não querem ir. A questão è que com tudo isso ele voltou a me trair e com a mesma mulher depois que ela começou aandar mensagem pra ele dizendo que ele nåo iria ficar longe dela e que eles ainda iam morar juntos,apartir dai,ele dorme com o celular de baixo do travesseiro e ainda colocou nos contatos “vida” no numero dela. O pior que ele nem esconde dos meus filhos o que tá fazendo,outro dia ele disse pra minha filha,que não podia leva-la porque teve que levar a amante no centro de moto,meus filhos estão crescendo achando que o errado è certo,minha filha nem pra igreja quer ir mais,ela diz que Deus é injusto por estar permitindo tamanha dor e sofrimento na familia. Desde que ele voltou pra casa,ele è frio comigo,nunca me deu um beijo nem no rosto,eu sempre tentando fazer com que desse certo,mais só eu tentando. Estou muito decepcionada,não sei mais o que fazer,tenho orado,lutado e parece que só piora,pois quando comecei a orar,a clamar nem filhos eles tinham e hoje o menino já vai completar 4 anos. Pastor,eu me sinto uma idiota em aceitar tudo isso,o menino vive mais aqui doque na casa da mãe e eu cuido dele como se fosse meu. Toda vez que meu esposo vai leva-lo pra casa,ele demora muito tempo para voltar,quando volta é como se nada tivesse acontecendo e se eu falar algo a respeito ele ainda parte pra discussão e ofença. O que devo fazer,devo me separar dele? Tenho medo te decidir por mim mesma e Jesus me virar as costas,já que todas as vezes que quero desistir,Deus me manda não desistir. Estou muito triste,me sinto muito humilhada com tudo isso. Só pra terminar pastor,ele já deita na cama de costas pra mim,sexo,a muito tempo não existe entre nós. O que faço? Me ajuda.
    Desde já, muito obrigada.

    Curtir

    1. Irmã, a paz do Senhor Jesus esteja em seu coração.

      Seja paciente um pouco mais, orando, suplicando a Deus pelo seu marido, pois ele está enredado (preso em rede) pela ação do inimigo. Mesmo que ele deseje se libertar desse mal, sozinho ele jamais conseguirá.

      É tempo dele ter ajuda da esposa, mesmo sendo tão ingrato, tão fraco, tão inútil. Se ele mantiver-se porém debaixo das suas intercessões, das intercessões da Igreja, ele poderá ser ajudado e receberá forças divinas para libertar-se desse mal. Mas, se você o deixar agora, aí sim, você o perderá para sempre e todos sofrerão: você, seus filhos e até ele mesmo.

      Proponha a ele que ambos congreguem na mesma igreja, (seja a dele, seja a sua) e que também façam o curso Casados Para Sempre, do ministério MMIBrasil, ou o curso Aliança, da Universidade da Família.

      Também peça à sua igreja orações em favor da amante dele, para que ela se converta e tenha compreensão do mal que está fazendo. Se ela se converter ela passará a ser bênção e não causa de destruição de lares.

      Irmã, entendo sua situação, mas no cristianismo quanto mais fracos e impotentes nós somos, mas dependentes da graça de Deus nos tornamos.

      E aí é que é maravilhoso, se tivermos fé, pois na nossa incompetência em resolver as coisas, Deus supre tudo o que necessitamos, seja de uma forma, seja de outra.

      Hoje você não tem opção e nem solução na questão relacionamento/sexo, pois caso use do seu direito em divorciar-se (biblicamente você pode pedir o divórcio, sem pecar), dificilmente encontrará algum homem que queira casar-se contigo, especialmente tendo 4 filhos. Ter sexo casual sem ser casada é pecado e não é opção para você.

      Então sua única opção é manter o casamento com esse homem, buscando em Deus uma transformação em suas vidas. Procure agir com sabedoria, mansidão, se humilhando se necessário, para que, pelo seu comportamento, ele sinta-se melhor com você do que com a outra.

      Faça seu papel de dona de casa, lave as roupas dele, faça almoço, janta, arrume a casa, mantenha o lar, cuide dos filhos e cuide da sua aparência, especialmente à noite, ao dormir. Passe cremes, uma lavanda ao dormir e ore sempre ao Senhor, clamando por uma mudança em sua vida.

      Eventualmente diga a ele que naquele domingo você e as crianças vão com ele na congregação dele. Se humilhe e você será exaltada.

      Não há opção para você a não ser confiar no Senhor e no Seu poder.

      O Senhor te fortaleça e opere na vida de seu marido, é minha oração a seu favor.

      Eu oro para que o Senhor tenha misericórdia dele, de você, dos seus filhos, dessa mulher e que seu lar seja renovado, abençoado e transformado, em Nome de Jesus.

      Que o Deus da esperança lhe encha o coração de gozo e paz, segundo a sua fé no poder que o Espírito Santo tem de operar todas as coisas a favor daqueles que amam a Deus.

      Curtir

  7. Venho pedir oração para a restauração do meu casamento, pois estou passando por um momento muito difícil, um mês depois que o meu esposo foi embora eu descobri que estava gravida de 6 semanas do nosso primeiro filho agora vou fazer 3 meses de gravidez e ele diz que vai voltar para criarmos nosso filho juntos mas não sabe quando isso vai acontecer, ele me deixou por uma mulher que fica com qualquer homem e não consegue deixar ela.Então eu peço que orem por mim para que Deus possa quebrantar o coração dele e que ele volte pra casa para a nossa família.

    Curtir

    1. Irmã, que o Senhor tenha misericórdia de seu marido e o liberte da cegueira em que está vivendo, restituindo-o á família, ao lar. Que o Senhor te conceda uma gravidez com saúde e cuide de você e seu bebê, em todas as suas necessidades. Que o Senhor tenha misericórdia dessa mulher com quem ele se envolveu e a liberte desse espírito de pomba-gira que atrai e seduz os homens, levando-a a um verdadeiro encontro com o Senhor, são minhas orações a seu favor, em Nome de Jesus!

      Curtir

  8. Me permita perguntar algumas coisinhas…
    1- Vc se casou com esse rapaz com quem teve seu filho?
    2- Se separaram?
    3- Ele casou com essa OUTRA mulher que tem o filho dele e vive a incomodar?
    Aguardo esclarecimentos, para que possa entender melhor.

    A Paz do Senhor nos Guie para realizar o que é justo e correto aos olhos de Deus.

    Curtir

  9. Querido Pastor, obrigada por estar disposto a deixar-se ser usado e por compartilhar os sus conhecimentos com todos nós. Que Deus continue lhe cobrindo de bençãos e sabedoria. Obrigada

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s