Deus é a Benção


José Mateus

www.reavivamentos.com

 

1. Deus não faz trocas. Mas, o homem tem a ideia da troca comercial enraizada nele. Por vezes, Deus aproveita-se da ideia do homem para convertê-lo, mas, isso não significa que Deus faça trocas. Deus pode prometer abençoar o homem que quer salvar depois que se converta. Mas, a bênção é uma consequência lógica da conversão mesmo quando não é ‘prometida’.

A vida do homem corre mal quando afastada de Deus e o seu espírito tem paz em qualquer circunstância sempre que está em Deus. Se Deus (que é a nossa maior bênção pessoal) está afastado de nós, a bênção também permanece afastada porque a bênção d’Ele está com Ele. Se Ele se vai de nós, a bênção afasta-se junto com Ele e, se Ele se aproxima, ela vem com Ele. “Eis que o seu galardão está com Ele“, Is.40:10.

Só que, os homens assumem erroneamente que, se vierem a Deus, serão abençoados por isso e que recebem algo em troca pelo ato de virem a Deus, o qual consideram ousado. Na verdade, vindo a Deus, qualquer pessoa será abençoada, esteja bem antes de vir ou não. Estaremos bem de qualquer jeito perto de Deus. Contudo, o fato de sermos abençoados não se deve a termos vindo, mas, de estarmos com Ele porque a bênção não está separada d’Ele.

Para nós, aquilo que podemos considerar como uma recompensa, é uma consequência lógica de estarmos bem com Deus. Deus não nos abençoa porque nos convertemos e antes porque Ele, em quem estamos, é a bênção em si mesmo e não podemos separá-Lo dela. Usufruímos da bênção porque estamos com Ele e, onde Ele está, está a sua bênção. Quando nos convertemos, estamos com Ele. Por isso, não devemos ir a Deus pela bênção, mas, ir à bênção por causa de Deus.

2. “Quando Eu quiser, castigá-los-ei”, Os.10:10. Os pecadores, de forma geral, não se sentem incomodados depois de haverem entrado na vida de pecado (Sal.73:4-7).

Na maioria dos casos chegam a justificá-la. Deus incomoda aqueles que pode salvar e deixa quietos os que escolheram a vida que leva ao inferno para que eles possam prosseguir o seu caminho sem problemas de maior. Eles andam como se nada de mal lhes fosse acontecer. Deus deixa-os em paz até ao dia que Ele quiser e, como será apenas nesse dia que Deus pegará neles, sentir-se-ão ilesos e seguros até lá. Esse dia virá, porém, como o ladrão de noite, será uma hora que o pecador não espera e em uma momento e de uma maneira que não esperava ser possível acontecer-lhe.

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s