Murmuração Mata Famílias


PERGUNTA 

Oi gostaria de desabafar, pois ando um pouco triste. Sou evangélica de berço e tive uma vida bem difícil, me casei com 18 anos aos 20 fui mãe até os 28, pois tenho 4 filhos e na mocidade tinha amigas não crentes, e que tiveram filhos, estudaram em escolas particulares, tinham muitos brinquedos e os meus não podiam ter nada. Hoje os filhos delas têm faculdade, se casam, parecem ser felizes; mas os meus, o mais velho era viciado em maconha, outra engravidou solteira, outra fez faculdade, mas namora um moço pobre e tem relacionamento sem ser casada, o quarto estava num banco, eu era feliz com isto, mas um dia pediu as contas, gastou o acerto em viagem e agora tem que entregar o carro, pois não pode pagar. Ando triste com meus filhos, realmente me sinto uma fracassada como mãe, fiz tudo errado, nunca ensinei nada, pois não sabia, era muito infeliz, só murmurava, e pra terminar, meu marido tem agora um bom emprego, mas nosso relacionamento acabou, não existe mais nada entre nós. Sou cabeleireira e trabalhava em um salão que estava crescendo, mas um dia fui em uma reunião crente e a missionária profetizou que o Senhor ia me dar um salão, e realmente me deu, como ela disse, mas está muito fraco, não tem quase clientes, minha filha é manicure e depiladora,  mas fica mais parada que tudo, mas mesmo assim faço ginástica, caminhada e procuro pensar que vai tudo passar. Estes dias a filha desta minha amiga, que sempre danou e nunca quis saber de Deus, teve um lindo casamento e ela e o marido foram pra Alagoas, e senti uma ponta de inveja, mas sei que a bíblia manda a gente ficar quieta.

 

RESPOSTA 

Pois é, irmã, o seu problema principal é a inveja dos outros e a murmuração contra Deus. Você não tem lido a Bíblia, não tem procurado conhecer e se relacionar com Deus, mas quer apenas as bênçãos dele. Inveja envenena, são só o invejoso, mas toda a família. 

Por estar longe de Deus, você passou a acreditar em “profetizas” e não na Palavra de Deus. Pensa: se esse salão que você tem tivesse vindo de Deus você estaria com tantas dificuldades com clientela? Que Deus é esse que dá a bênção para que você passe por dificuldades? 

Então, irmã, a Bíblia realmente manda ficar quieta, porém crendo que é o Senhor quem nos sustenta em todas as coisas: materiais sim, mas principalmente emocionais, espirituais, relacionais, na saúde, na fé, na esperança e no amor. 

Os israelitas quando foram tirados do cativeiro do Egito, se encaminhavam para a terra prometida, tendo o Senhor como guia. Mas, porque murmuraram várias vezes, ficaram vagando pelo deserto por quarenta anos. A maioria morreu pelo caminho e não entrou na terra. Murmuração “mata”, não só o murmurador, mas toda a família. 

Quem fica se comparando é tolo, pois sempre encontrará alguém em melhor situação que ele, especialmente nas áreas que ama mais. Você compara seus filhos com os filhos das amigas e sofre com isso. Compara sua situação financeira com outras e sofre também. E se, porventura, ao comparar, você descobrisse que era mais abençoada familiarmente ou financeira que elas, teria obrigação de ajudá-las, pois se não estivesse ajudando estaria pecando. 

Pare de olhar para a vida delas, arrepende-se e busque a Deus, não por causa de marido, filhos ou de bênçãos materiais, mas por gratidão por ter Ele te dado a salvação. As demais coisas lhe serão acrescentadas à medida da sua necessidade. Se você for uma mãe alegre, sábia e uma esposa temente a Deus, seus filhos e marido poderão ver Deus em você e terem paz e alegria no lar. 

Eu oro para que o Senhor renove sua fé, assim como a graça e a paz que um dia você teve na infância e que seu lar seja transformado, seja abençoado e que seus filhos sejam restaurados, em nome de Jesus. 

Leia mais a respeito da gravidade da murmuração, um dos piores pecados contra Deus, em 

https://verboeterno.wordpress.com/2013/07/22/murmuracao-maldicao-com-causa/ 

https://verboeterno.wordpress.com/2007/05/29/o-pecado-de-murmuracao/

José Adelson de Noronha

Uma opinião sobre “Murmuração Mata Famílias”

  1. Irmã, me compadeço muito da sua situação, mas não desista. Não deixe que o diabo lhe roube a sua fé ou a Palavra que o Senhor tem plantado em seu coração através de mensagens de fé. Nesse tempo de amargura e tristeza lhe aconselho a se separar para buscar ao Senhor na igreja e na sua própria casa para que a sua fé possa ser restaura. Leia a bíblia, ore e adore-o, pois em assim agindo Deus lhe tornará forte nessa situação. Irmã, sei que é natural ficarmos preocupados com as coisas dessas vidas, mas lembre o que Cristo disse que o Senhor sabe das coisas que precisamos (Lc 12:30). Na verdade ele nem quer que tenhamos esse tipo de preocupação, mas que primeiramente façamos a sua vontade e, depois, as demais coisas nos serão acrescentadas. Leia a história de Noemi e veja como ela sofreu. Perdeu os seu marido mais os seus dois filhos, ficando viúva e “desamparada”. Será mesmo que ela ficou desamparada? Não, irmã. A sua nora Rute a acompanhou de volta a Jerusalém porque teve notícia de que a miséria estava acabando, pois o Pão estava voltando. Irmã, o pão é Jesus, confie nele e não deixe que o diabo lhe influencie com esses pensamentos de morte, pois quando duvidamos morremos espiritualmente e nem nossas orações serão respondidas, pois veja isto: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito à figueira, mas até, se a este monte disserdes: Ergue-te e precipita-te no mar, assim será feito (Mt 21:21).
    Irmã a Palavra de Deus é nosso guia, nossa bússola. Quando não a observamos então somos conduzidos por nossos próprios pensamentos e erramos. Será que seus filhos por falta de serem guiados pela Palavra de Deus se deixaram conduzir erroneamente? Irmã, nada é o fim, pois você crê em um Deus do impossível, mas não deixe de adorá-lo e buscá-lo em oração e ler mais a Palavra para que ele lhe renove.
    Irmã, saia desse abatimento ele não lhe fará bem: “o coração alegre aformoseia o rosto, mas o espírito abatido seca até os ossos” (Pv 17:22) outro texto interessante é esse: “Todos os dias do aflito são maus, mas o de coração alegre tem um banquete contínuo” (Pv. 15:15). Tenha um banquete contínuo em todos os seus dias irmã e que você possa dizer como Paulo que você aprendeu a estar contente tanto no abatimento quanto na abundância (Fp 4:11,12a).
    Irmã, que Deus lhe abençoe!

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s