Consolo na Angústia


Ronaldo Ribeiro 

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação! É ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus” (2 Co 1:3,4 

Na Bíblia Sagrada temos mencionada diretamente, sem contar suas concordâncias, a palavra misericórdia 121 vezes, sendo 75 no Antigo testamento e 46 no Novo testamento. 

A palavra consolação, da mesma forma, 26 vezes no Antigo Testamento e 2 vezes no Novo Testamento.

 

Pai de Misericórdias 

Misericórdia é um dos atributos de Deus, o qual Ele nos concede de maneira ilimitada, não nos imputando o castigo merecido, o pagamento de nossas transgressões.  

Ser misericordioso é ter compaixão da incapacidade, da limitação de alguém. É não cobrar aquilo que é devido, perdoar alguém no sentido de não exercer a justiça sobre a sua transgressão. Deus é o Pai de Misericórdias. 

A nossa dívida para com Ele é impagável, nosso débito é imensurável. Ele simplesmente, não só perdoou, como também providenciou um meio de estarmos, por assim dizer, “quites“ com Ele. Isso porque Ele é justo e a sua justiça exige um sacrifício, uma propiciação pelo pecado, pela nossa transgressão. Uma vez que éramos e somos incapazes de pagar a nossa dívida para com Ele, como iríamos obter esta reconciliação? Jesus! 

Graças a Deus por Jesus Cristo, seu Filho, seu amado Filho! Jesus Cristo pagou o preço por nós. Jesus, sendo Deus, se esvaziou de sua Divindade, se rebaixou ao nosso plano terrestre e humano, e se ofereceu como sacrifício vivo em nosso lugar. O justo pelos injustos. 

A Misericórdia do Senhor se renova a cada manhã sobre nossas vidas e esta é a causa de não sermos consumidos. Ele nos perdoa, estende sobre nós sua misericórdia, resolve a questão de nossa dívida através da Cruz de Cristo e ainda nos concede sua Graça Infinita. Deus é maravilhoso!

 

Deus de Toda Consolação 

O Senhor também nos consola quando estamos abatidos. Um coração quebrantado, uma alma angustiada e um clamor por socorro, são elementos que somados tocam o coração de Deus. Ele sente prazer em nos consolar e nos consola de diversas maneiras. Com suas promessas presentes na sua Palavra, com seus milagres, falando conosco através de homens santos e separados para seu serviço… enfim, Deus usa todos os elementos naturais e sobrenaturais para falar ao homem, instruindo-o, advertindo-o e consolando-o. 

Eu mesmo pude experimentar o consolo do Senhor de diversas formas. Uma delas foi através de uma palavra que me foi dada em um momento de extrema angústia, de muito sofrimento, onde eu clamei pela misericórdia do Senhor e Ele me respondeu, me consolou com sua palavra, me fez uma promessa, a qual está se cumprindo em minha vida agora, em todas as áreas. Uma palavra do livro de Sofonias ( Sf 3: 17-20 ). 

As promessas feitas por Ele a mim nestes versículos não só me consolaram como também me deram forças para clamar mais ainda e prosseguir na sua busca, na restauração de meu relacionamento com Ele. 

E uma vez consolados e confortados por Ele, podemos fazer o mesmo por aqueles que estiverem angustiados. Aqueles que estão passando pelas mesmas, ou até piores, dificuldades que passamos. 

O Reino de Deus é assim: De graça recebemos, de graça damos. Se somos abençoados, se somos alvo das misericórdias e consolação do Senhor, deveremos estar aptos e comprometidos para sermos usados por Ele, a fim de que possamos consolar e confortar os necessitados. 

Abaixo seguem alguns versículos relacionados ao tema Misericórdia e Consolação, para leitura e edificação: 

Gn 19:19 / Gn 43:14 / Ex 20:6 / Ex 33:19 / Is 61:1-3 / Nm 14:18-19 / Dt 5:10 / Dt 7:9 / Sl 104-4 / 2Sm 24:14 / 2Rs 13:23 / 1Cr 17:13 / 2Cr 6:42 / Ne 9:19 / Sl 23:6 / Sl 25:7 / Sl 51:1 / Pv 16:6 / Is 30:18 / Is 63:7 / Dn 9:4 / Mt 5:7 / Mt 9:13 / Mc 5:19 / Lc 16:24 / Rm 9:15 / Rm 11:30-32 / 2Co 1:3-4 / Hb 4:16 / Tg 5:11 / 1Pe 1:3 

Graças a Deus por Jesus Cristo!