A Insegurança


José Mateus

www.reavivamentos.com

  1. A insegurança instalou-se, regeu e buscou o meio de manter-se… insegura.
  2. Como o doente crónico sente falta de sua dor; como o cego, depois de abrir seus olhos, acha-se diferente e numa vida onde não apalpa o caminho e não precisa ouvir os ruídos para andar; como o preocupado nunca abre mão de sua preocupação – pensando que só assim pode acrescentar ou diminuir em sua vida; do mesmo modo, a insegurança só quer ser insegura para achar que vive e está segura. O pecador quer sentir-se pecador para acreditar que obterá perdão, o santo tem de achar que é santo para achar que será aceite em Cristo. Mas, na verdade, quando Cristo entra e é real, nem santidade será sentida como algo a que nos devemos apegar (ainda que vivamos muito acima das expectativas) porque o Senhor Jesus tomou Seu devido lugar em nós. “Nem (…) a vida nos separará do amor que está em Cristo Jesus…”
  3. Deus nunca nos pediu que tenhamos um grande coração, mas, que o sirvamos e amemos com todo ele, seja ele pequeno ou grande

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s