O Filho Gerado em Pecado


PERGUNTA 

Pastor, peço sua ajuda. Meus pais se divorciaram por motivos de traição de ambas as partes. Passou um tempo e meu pai acabou casando-se novamente com uma mulher da igreja e agora ela está grávida. Fiquei muito chateada com ele. Por outro lado minha mãe tem estado muito infeliz, procurando um novo companheiro, ela diz que sente falta de companhia. Eu não tenho desejo de me casar, disse que ficaria com ela, mas mesmo assim ela sente falta de um homem com quem possa ter um relacionamento e se casar novamente. Não sei se devo apoia-la, se isso é permitido por Deus. Pastor, meus pais estão em pecado de adultério? Eles perderão a salvação? Tudo que eu mais quero na vida é que eles sejam salvos, eu os amo muito, não sei mais o que fazer. Por favor me ajude.

 

RESPOSTA 

Filha, a salvação de seus pais, assim como de qualquer pecador, seja de adultério, seja de mentira ou qualquer outro pecado, pertence exclusivamente a Deus e Ele a dá a quem quiser. O Senhor é soberano nesta questão.

Seus pais são salvos exclusivamente pela Graça de Deus jamais por obras meritórias deles. Nenhuma obra, por maior ou menor que seja, pode acrescentar algo à salvação deles. Então, se obra boa não pode salvá-los, obra má também não pode condená-los, pois Jesus já pagou na cruz do Calvário pelas más obras deles.

O que pode condená-los é apenas o livre arbítrio, isto é, o direito de escolherem viver suas vidas à revelia de Deus. No julgamento final, ninguém será questionado por que pecou, só sobre a razão por que não se arrependeu.

Mas existem situações que, mesmo havendo arrependimento, não há como voltar atrás e refazer o que foi perdido. Imagine Adão e Eva, depois de terem comido do fruto do conhecimento do bem e do mal, se arrependendo e desejando refazer o que fizeram de errado? Como vomitar o pedaço comido, pegá-lo e colá-lo no fruto, e depois colar o fruto na árvore? Impossível!

Só a misericórdia de Deus na vida do pecador é que dá sustento a uma vida digna, depois de ter pecado de forma irremediável. Infelizmente, no atual estágio de degradação a que a humanidade chegou, os casamentos já não são para sempre e acontecem-se adultérios, divórcios e novos casamentos, à revelia da Palavra de Deus, que manda que arrependamos, perdoemos e sejamos perdoados.

Infelizmente desobedecemos! Estaremos condenados para sempre se não pudermos mais “colar de volta na árvore o fruto comido”? Para nos salvar foi que Jesus morreu na cruz em nosso lugar, foi sepultado, mas ressuscitou!

Poderá seu pai rejeitar o filho gerado em pecado? Abandoná-lo? Sacrificá-lo para ficar livre do pecado? Não! A Graça de Deus é suficiente para salvá-lo!

Assim também sua mãe, já que o marido está com outra. A misericórdia de Deus pode abençoá-la, dando-lhe nova oportunidade. Não é direito líquido e certo um novo casamento, mas por causa da misericórdia de Deus, ela pode ter esperança.

Leia mais na mensagem no site intitulada A Graça de Deus é Suficiente – https://verboeterno.wordpress.com/2009/03/30/a-graca-de-deus-e-suficiente/

Que o Senhor tenha misericórdia de seus pais e de você e visite-os em suas faltas e necessidades, tanto para a alma, quanto para o espírito, em Nome de Jesus!

2 opiniões sobre “O Filho Gerado em Pecado”

  1. Bom dia José, shalom a vc, e parabéns por ser deixado ser direcionado pelo Espírito de DEUS em suas palavras que na verdade não são suas e sim do Senhor. Até a próxima.

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s