Sofrimento de Filha


PERGUNTA 

A paz do senhor. Preciso de sua orientação. Há um bom tempo venho sofrendo com o relacionamento que eu e minha irmã temos com a nossa mãe.

Pastor não é inveja de forma nenhuma, mas o comportamento da minha mãe não tem aparência com nenhuma das outras mães que eu vejo por aí, até mesmo minhas próprias tias que são ajudadoras, conselheiras, amorosas e de muito carinho com seus filhos.

Meu relacionamento com ela nunca foi fácil e por vezes eu penso que ela desconta tudo de ruim que já viveu na vida dela.

Há mais ou menos 1 ano atrás eu pedi ao senhor orientação pois ela havia saído de casa, foi muito complicado tudo que passei e consegui reconquistar aos poucos tudo que ela levou de casa e pouco da paz que perdi. Quando estava com a vida encaminhada ela voltou para casa, achei que nesse tempo ela tinha mudado e não foi o que aconteceu, voltou igual ou pior, agora está fazendo 5 meses que ela voltou, não tem um dia que não choro, M sinto triste e humilhada, me acusa de várias coisas, fala mal de mim e da minha irmã, fez uma intriga tão grande dentro da congregação que nós estávamos e todos até o pastor ficou do lado dela, isso acabou comigo, mexeu tanto que eu acabei me desligando do ministério.

Às vezes me pergunto o que eu fiz para ser tão perseguida, chega a ponto de eu achar que nunca vou merecer nada de bom de tanto que ela minha autoestima é ruim sabe, tudo que eu faço não tem valor nenhum, não escondo o que sinto e sempre que posso falo com ela que todas as coisas estão me afetando, sempre choro e oro tento conversar com ela, mas só recebo más respostas ela me trata como inimiga mesmo. Tenho pedido a Deus direção do que fazer mas até agora nada.

Pastor por favor me ajude em oração, o senhor pode me orientar o mais rápido possível? É muito importante para mim, pois sei que o senhor é um homem de Deus. Desde já obrigada.

 

RESPOSTA 

Irmã, não me lembro do que escrevi na época, mas a bíblia diz que nossa luta não é contra carne e sangue (pessoas), mas contra os principados e potestades do mal, que agem por trás das pessoas, que usa as pessoas para nos agredir, entristecer e prejudicar.

Ela é sua mãe, embora não aja como tal. Não podemos revidar ao perverso, pois nos tornaríamos iguais a ele e sofreríamos o mesmo mal reservado a ele. Jesus manda que perdoemos, que oremos pelos inimigos, que falemos bem de quem fala mal de nós e que, se ofendidos em nossa honra, que ofereçamos a outra face para apanhar.

Isso é cristianismo real e não religião.

Se obedecermos ao Senhor, Ele é quem ficará responsável por tornar o mal em bênção, pois afinal fizemos o que Ele mandou. Toda responsabilidade em reverter o mal recairá sobre o Senhor.

Então, meu conselho, é que você não brigue, não revide, mas ore diariamente por ela e pela sua irmã. Havendo oportunidade, fale bem dela a outras pessoas do círculo de vocês. Mas não fale apenas da boca pra fora, mas sim por ter observado algo de bom nela. Essas pequenas coisas farão com que o inimigo, que quer destruir a ambas, saia fora, pois além de você ser abençoada por obedecer ao Senhor, sua mãe também será por causa das suas orações e atitudes cristãs. Isso satanás odeia: que pessoas que ele quer o mal, sejam abençoadas. Por isso, ele para de agir por trás e bate em retirada, deixando vocês livres.

O Senhor lhe abençoe e lhe conceda ânimo e disposição para ser uma pacificadora, pois os pacificadores são bem-aventurados e serão chamados filhos de Deus. Um abraço e que a paz do Senhor Jesus esteja em seu coração.

José Adelson de Noronha

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s