Ela Não Era Virgem


PERGUNTA

Paz do Senhor, pastor José. Minha história é um tanto complicada,até agora não consegui obter nenhuma reposta ,gostaria que o Sr. me ajudasse.

Casei muito novo,e fui criado na igreja sou batista,quando conheci minha esposa foi amor a primeira vista, eu era servo de Deus e tinha ministério tomei conta de uma congregação por 5 anos, Deus me levantou quando menino para fazer a obra,nunca tive medo de pregar aonde fui e sempre falei a pura verdade pois meu compromisso era com Deus,eu moço servo de Deus Virgem, e orando a Deus para que Deus prepara-se para mim uma moça Virgem também nunca tocada por homem,no namoro tudo bem,passado um tempo casamos ,mas como é normal venho de família tradicional aonde falar de sexo é tabu, meus pais nunca me contaram que a moça sangra na maioria das vezes,mas depois de um certo tempo de casado tudo certinho,comecei a ter sonhos com minha esposa na cama com outro homem,mas me questionava pois ela é tão seria?e no nosso namoro nunca ela deixou nenhuma vaza ou algo que eu pudesse saber,no dia da noite de nupcias ela não sangrou, mas como eu na minha inocência fiquei calado,mas na época do meu namoro disse a ela que eu era virgem e se ela também era ela me falou por tudo de mais sagrado que era, eu não iria pedir um exame,mas como era muito novo e ingenuo acreditei, a moça era da IPI e fazia parte do grupo de louvor no vocal e eu um pregador na igreja Batista,depois de um tempo tivemos um filho o qual foi apresentado na minha igreja aonde ela me acompanhou, passado um tempo comecei a ter sonhos com ela na cama com outro, estes sonhos me perturbaram foi aí que cheguei junto dela e falei o que sonhava ela desmentiu tudo até eu começar a jejuar para ela contar, ela veio e me contou a verdade dizendo que teve um namorado da mesma igreja e que ela se deitou com ele perdendo a virgindade, e não quis me contar para não me perder,mas se a bíblia nos diz que quando nos deitamos nos tornamos uma só carne então Deus viu este ato sexual dela com o 1 namorado como um casamento? essa é minha duvida, mas isso me intriga ,mas uma coisa nunca tive bons momentos com ela e não sabia porque,sempre fui bom marido ,bom pai, Homem Honesto e de Bons Costumes, e levei esta bordoada da vida,imagina o Sr,orar e jejuar e pedir pela pessoa honrada por mais de 5 anos, jejuando, e pegar o resto…
Tenho tanta vergonha que ninguém sabe,escondi de minha família,mas se ha uma união de carme houve uma aliança de sangue pois ela sangrou, como ela me disse porque não casaram, ela teve que pegar um trouxa pra fazer de bobo, sem dizer que as vezes o ex-dela passava perto de nos e ela nunca falou.peço sua ajuda e seu aconselhamento ,pois pedi ajuda a uns 2 pastores na net pessoas conhecidas e nem resposta,não estou pensando em separar não não foi agora que descobri mas carrego um fardo muito grande que não aguento mais…..por favor me ajude.gostaria de uma resposta bem objetiva e bem simples para que eu em minha ignorância possa entender.pois pago o preço do pecado e mentira dela……Abraços.

 

RESPOSTA

Amado irmão, a graça e a paz do Senhor Jesus seja contigo e em seu lar. Minha resposta é bem simples e objetiva, conforme seu pedido.

Não vou me ater ao porque Deus permitiu que seu casamento se realizasse nessas bases, embora suas orações e jejum, pois isso somente Ele sabe responder.

De fato sua esposa falhou feio em esconder de você, ainda na fase de noivado, que não era mais virgem. Ela pecou por fornicação, pecou por mentira e peca em não esforçar-se por corresponder às suas expectativas no casamento. Eu não entendo que, por ter transado com o namorado ela tenha tornado-se uma só carne com ele. No meu entendimento, isso só acontece quando os pais abençoam os filhos para unirem-se em casamento: “por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne” (Gn 2:24).

Biblicamente você tem direito em pedir o divórcio, mas com isso irá expor o pecado dela a todos, pois terá que revelar o motivo para tal atitude.

A Bíblia diz que o amor cobre multidão de pecados e vemos o exemplo de José, noivo de Maria, que ao descobrir sua noiva grávida e não sabendo de quem era o filho, não a expôs ao apedrejamento, como a Lei o permitia. Pelo contrário, ele decidiu abandoná-la sim, mas levando sobre si a culpa pela gravidez dela. Aos olhos da comunidade ele passaria por pai da criança e por injusto ao abandonar a noiva grávida. Sabemos, pela narrativa bíblica, que José foi avisado, em sonhos, por um anjo que Maria carregava o Filho de Deus no ventre e ele então assumiu a esposa e o filho, vindo a tornar-se guardião e protetor de ambos.

Divorciando-se você perderá a convivência com o filho e perderá, possivelmente, a vinda de outros filhos. Mas conservando o casamento, você conservará o lar e conservará a convivência com o filho, podendo ensiná-lo diariamente tudo o que ele necessita saber de um pai e sacerdote do lar. Mantendo seu casamento e edificando seu filho, quem sabe ele não virá a tornar-se um grande homem de Deus?

Irmão, se você decidir usar da lei a seu favor, pedindo o divórcio, você terá perdido, talvez, a maior chance em sua vida de pregar, não por palavras, mas por atitude, o que é o verdadeiro amor cristão. Perdoando, porém sua esposa, você conservará não só o lar, a família, mas também um galardão diante de Deus que permanecerá para todo o sempre. Os seus pais, os pais dela, pastores e demais pessoas jamais saberão de sua atitude amorosa, mas Deus saberá e te recompensará, com certeza.

Perdoe sua esposa, assuma a dor da traição, assim como Jesus fez conosco, pecadores, pois é mandamento de Deus que o marido ame a esposa como Cristo amou a Igreja, dando a vida por ela.

Eu oro e peço ao Senhor que tenha misericórdia de sua esposa, trazendo ao coração dela o arrependimento, quebrantamento e dedicação em fazê-lo feliz, como você não foi até o momento.

Oro e peço também ao Senhor que lhe sustente em sua missão de pai, marido e obreiro capaz, de que não tem do que se envergonhar e que seu ministério seja frutífero, para honra e glória do Senhor, em Nome de Jesus.

13 opiniões sobre “Ela Não Era Virgem”

  1. tive o mesmo problema deu para outro e só descobri depois de casado,para piorar ela tinha feito até sexo anal com outro, e nunca quis fazer comigo,apelei bati nela e comi o cuzinho dela a força e depois me separei,procuro uma virgem até hoje mas não encontro, e fim de mundo mesmo.

    Curtir

    1. Antônio, seu comentário é de péssimo mau gosto! Creio que trata-se de uma brincadeirinha ignorante e sem graça. Se não for brincadeira, pior ainda!

      Existem moças virgens sim, mas com certeza não são para homens machistas, ignorantes e sem Deus na vida, como demonstra teu perfil! Vá se converter, estudar, fazer algo de útil para sair dessa ignorância!

      Curtir

    2. Pare de dizer abobrinhas, tá parecendo muito um garoto de 15 anos, e tenha mais respeito com as coisas de Deus, não é bom brincar com as coisas de Deus né!

      Curtir

  2. Amigo, divorcie-se ou essa coisa vai te acompanhar por toda vida, vc não tem estrutura psicológica para suportar o fato de ela ter tido outra pessoa e você ,homem , não , entra o lado machista que todo homem tem! Vc não é feliz assim, vc pode orar muiiiiiito que o Hímen dela não voltará ao tempo e será só seu, perdoe ela e óbvio ,mas seguir em frente com ela não te fará feliz, tudo tem limite

    Curtir

    1. verdade; se mentiu sobre a virgindade que é o principal , imagina o que mais ela te escondeu , estou na mesma situação e vou me separar, apesar de te 28 anos de casamento não suporto mais isso ,
      agora entendo porque muitos casam com prostitutas , elas não tem o que esconder !!!
      fique com deus

      Curtir

      1. Anônimo, largue de ser preconceituoso. Conheço homens machistas que querem casar-se com mulheres virgens, mas pergunte se eles são virgens? O que vale para uma mulher cristã, vale para homem cristão também. Não é certo esconder do cônjuge algo assim, mas também não é caso de atirar pedras e preferir prostitutas. E não se engane, prostitutas também têm seus segredos…Não seja ingênuo, já vi inúmeros relatos de prostitutas “anônimas” e também têm seus segredinhos e bem mais graves do que esconder virgindade.

        Curtir

        1. Na verdade o que acontece é que as pessoas gostam demais de julgar os outros. A mulher desse caso, errou sim em esconder a virgindade, mas agora vão atirar pedras nela, à semelhança do tempo do AT?! O melhor seria esse homem perdoar a mulher e tentar fazer com que o casamento dê certo, se não der…pelo menos ele tentou. Nesse caso pelo menos o rapaz segundo ele, era virgem. Mas como falei, o que há de homem que apronta e borda em orgias e depois vem querendo se casar com jovenzinhas virgens e puras…Faça-me o favor! Tanto o rapaz cristão, como a moça cristã, devem se manter virgens até o casamento!

          Curtir

          1. Correção: a mulher do caso mencionado, errou em esconder que não era mais virgem quando se casou. Havia dito que errou em esconder a virgindade, me confundi.

            Curtir

            1. Outra coisa, depois de 28 anos de casamento acha que a solução é o divórcio? Pense bem nas consequências, porque separação as vezes é somente o começo do abismo, ou seja, nem sempre é solução se separar.

              E veja também se somente tua mulher tem culpa…quando paramos para analisar os divórcios, sempre os dois têm a parcela de culpa, embora sempre tenha um querendo jogar toda a culpa no outro cônjuge! Ore a Deus, converse com sua mulher e veja o que dá para ser feito, participe de cursos para casados que algumas igrejas oferecem…não aceite a separação pacificamente, tente salvar o
              casamento. Por mais difícil que seja manter um casamento desgastado, não é impossível se ambos cônjuges quiserem se esforçar para melhorar a relação.

              E evite comparar sua esposa com prostitutas…isso é horrível! Se sua mulher lhe escondeu algo, não é o caso de perdoar? E como falei, prostitutas também têm seus segredos e alguns bem mais graves do que o de uma mulher que esconde que já não é virgem, com medo da reação do companheiro. Pense bem antes de partir para separação. Abraço.

              Curtir

  3. Graça e paz. Aproveitando q hoje estou de folga, resolvi comentar essa mensagem, pq comigo quase aconteceu a mesma coisa. Realmente é uma situação ruim essa q esse rapaz experimentou ao casar com uma moça q julgava ser virgem e não era. Mas não acho que o divórcio é a melhor solução, o perdão é melhor. Eu como não era convertido ainda, iniciei minha vida sexual muito cedo e como meu pai tbm não era convertido na época, ele me incentivava a ser “homem”. Então, apesar de ter me casado cedo (aos 21anos), antes disso saí com várias garotas, tive infelizmente uma vida desregrada. Mas conheci uma moça séria e me acertei na vida, com pouco tempo de namoro casamos, mal ficamos noivos, os pais dela não queriam enrolação. Casamos ambos com 21 anos, e ela se casou virgem, apesar de eu não ser. Depois de um tempo me converti, tivemos uma filha (q hoje tem 22 anos) e respeitei essa mulher, deixei a vida de farra e fui fiel até ela falecer. Depois de viúvo, já com 43 anos na época, conheci uma jovem q me atraiu desde a primeira vez, mesmo ela sendo bem mais jovem, resolvi tentar (qdo quero uma coisa não cruzo os braços, vou atrás). Ela tinha 20 anos na época e começamos depois de minha persistência um relacionamento sério, apesar das críticas por causa da diferença de idade e por eu ser pai de uma jovem (já casada) da idade da namorada. É aí que começa a semelhança com a história desse rapaz. Até poucos dias antes do casamento eu achava q minha esposa era virgem (já q era da igreja e do louvor). Então veio a surpresa, o pai dela me contou em particular q a filha não era virgem pq qdo bem jovenzinha havia namorado um rapazinho mau elemento e ela foi vítima desse rapaz com outros colegas. No caso de minha esposa, ela não queria isso, ela foi vítima.

    Mas ao saber fiquei abalado, mas em nenhum momento passou pela minha cabeça cancelar o casamento. Ela é q ficou envergonhada e tentou terminar o relacionamento comigo, mas eu não aceitei isso, a convenci a seguirmos em frente com o casamento. Resolvi perdoar, perdoar de verdade não é esquecer, é lembrar sem rancor. De qualquer forma, se o pai dela não tivesse contado, eu teria descoberto na primeira vez q tivéssemos relação, eu com certeza perceberia. Mas depois disso ainda houve uma coisa q vim a saber só após o casamento. Meu pastor conversou comigo e falou supondo q eu já sabia e não sabia. Minha esposa ficou traumatizada por uns tempos com homens por causa do abuso e se envolveu com uma garota, tiveram um relacionamento conturbado onde até sofreu agressões físicas e verbais. Não foi fácil descobrir isso, mas por amar minha esposa perdoei novamente por ela ter escondido o passado de mim. Não vi isso como traição da parte de minha esposa, ela só tinha medo de ser rejeitada, não ser perdoada, de ser julgada. Não me arrependi de ter me casado com essa mulher, estamos casados há cinco meses e se voltasse no tempo faria tudo igual. Eu poderia ter cancelado o casamento ao saber q ela não era virgem, ou poderia ter divorciado ao saber do relacionamento q ela teve com uma garota, mas ao invés disso, resolvi compreender o q levou minha esposa agir do jeito q agiu, resolvi perdoar, não jogo na cara dela o passado dela e a respeito, a trato com dignidade e amor. Ela tem vários problemas de saúde e está grávida, mas mesmo assim, acho q valeu a pena estar com ela. Ela merece ter uma vida digna, feliz, mesmo q ainda não tenha conseguido alcançar essa graça devido aos traumas e decepções do passado. E parte dela ter tido uma vida “solta” no passado foi em decorrência dos pais, q não se importavam da filha dormir fora de casa todo fim de semana, não se preocupar se ela estava ou não com algum problema.

    Eu nunca permiti minha filha ficar fora de casa qdo adolescente, passar a noite fora sem me importar, então infelizmente, parte da culpa de todo o sofrimento de minha mulher é da negligência dos pais. Hoje minha esposa se converteu a Cristo de verdade e já se percebe várias mudanças de atitude e pensamento e creio q o bebê q vem, vai ajudar ela a ter mais força de vontade de ser nova criatura. Talvez o fato desse rapaz ser jovem dificulte ele a perdoar a esposa, eu já tenho 45 anos, creio q a maturidade ajuda mto nessas horas. Mesmo com críticas sobre a diferença de idade com minha esposa q tem 22 anos, enfrentei a situação e mesmo com problemas, acertei na decisão de dar amor e perdão à minha esposa. Espero q esse rapaz saiba perdoar a esposa e q a esposa possa se arrepender e ser uma companheira fiel para esse rapaz. Gostei dessa matéria e qdo li vi semelhança com minha história e decidi comentar e a resposta do irmão foi de acordo com o q penso. Graça e paz.

    Curtir

Escreva seu Comentário ou pergunta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s